BrasileirasPeloMundo.com
Cinema Pelo Mundo França

Filmes para entender a cultura francesa moderna

Filmes para entender a cultura francesa moderna.

Existem várias formas de aprender sobre a cultura de um país, seja por livros, músicas, ou até mesmo através de filmes. Eu, particularmente, absorvo melhor as informações com tudo que é visual. Sempre preferi estudar assistindo aos documentários, entrevistas, filmes,  a me debruçar em cima de um livro. Porém, cada pessoa, é claro, tem um perfil próprio.

Grande parte da cultura francesa aprendi através de leitura e, acima de tudo, por meio da vivência quotidiana. Mas, mesmo depois de um certo tempo morando na terrinha, senti que precisava buscar outros meios de conhecimento. Então, resolvi dar preferência aos filmes franceses na intenção de conhecer um pouco mais sobre o cinema local, e também algumas subutilidades percebemos melhor através da telinha. O resultado disso foi uma paixão ainda maior pela produção cinematográfica francesa e uma melhor compreensão da cultura francesa moderna.

Para quem conhece bem, o cinema francês é um tanto quanto diferente das grandes produções cinematográficas americanas. Em outras palavras, não tem musiquinha de drama sensacionalista, nem grandes efeitos visuais, nem pele hiper maquiada, nem elenco selecionado pela beleza bombástica. A produção é mais realista e simples, e conta com pessoas normais e seus diferentes tipos de beleza.
Também não podemos negar que, apesar disso, o cinema francês está se “transformando” e incorporando alguns elementos do cinema americano. Ainda assim, ele ganhou meu coração!

Leia também: tudo que você precisa saber para morar na França

Portanto, esqueça Amélie Poulain, Os intocáveis ou Azul é a cor mais quente. Os filmes que assisti e compartilho, aqui, trazem referências do quotidiano francês e não são necessariamente os mais premiados em Cannes. Contudo, ajudam não somente a ter uma percepção dos problemas sociais atuais, mas também a compreender melhor sobre o comportamento e as peculiaridades dos franceses.

Leia também: Hábitos e curiosidades francesas

Samba

Nada melhor que uma boa dose de humor e de emoção para abordar o drama da imigração no país. O filme conta a história de Samba, um senegalês que mora há 10 anos na França e que tem por ambição conseguir regularizar a sua situação no país. Tentando ganhar a vida por meio de bicos, o filme retrata a triste realidade de vários outros imigrantes que estão no país e que vivem quotidianamente o medo de serem expulsos. O elenco conta com dois atores que eu particularmente adoro: Charlotte Gainsbourg e Omar Sy.

De l’autre côté du périph (O outro lado da periferia)

Conflitos entre grandes centros e periferias não são exclusividade do Brasil. Na França as “favelas” são chamadas de Cités, ou cidades. É claro que o contexto e até mesmo a infraestrutura estão distantes de qualquer comparação, mas acho importante ressaltar que podemos mudar de país e até de continente que, infelizmente, alguns problemas continuam os mesmos: violência, exclusão social, tráfico de drogas, estigmatização, etc. O filme é uma comédia policial e foi lançado em 2012. Apesar do tempo, poucas coisas mudaram. Ele retrata o quotidiano de dois policiais, um parisiense e o outro que cresceu na periferia de Paris.

Les tuches

Beauf é um adjetivo utilizado para se referir a uma pessoa inculta, vulgar e de mente estreita. Nada muito simpático, não é? Pois bem, beauf também é utilizado para se referir a um público específico, que tem uma maneira de se vestir, de falar e de se comportar bem típico de alguns franceses que moram no norte do país. O filme Les tuches faz uma caricatura desse público que também compõe a cultura do país.

Leia também: Tipos de vistos e residência na França

Coexister

Assim como a maioria dos países da Europa, a França enfrenta atualmente um conflito em relação à multitude de religiões que estão presentes no território. Muçulmanos, judeus e cristãos habitam o mesmo espaço e aí a questão do respeito vira logo discussão. Esse filme aborda, de maneira leve e humorada, alguns clichês dessa coexistência no país e, ao mesmo tempo, tem como objetivo fazer os franceses, seja qual for o credo, refletirem sobre a importância do respeito e da tolerância religiosa. Vale a pena assistir!

Entre les murs

A França é, hoje, de maneira geral, um país cosmopolita, com algumas regiões mais desenvolvidas nesse sentido do que outras, é claro. Essa abertura traz vantagens e desvantagens e a nova geração é um exemplo disso. O que observamos é um choque de culturas, intolerância, dificuldade na comunicação, ingratidão, entre outros. Esse filme conta a saga de um professor de francês em uma turma de oitava série de um bairro francês, e como ele lida com essa juventude. Assim, vale muito a pena assistir se você tem interesse em entender um pouco mais sobre a juventude francesa, seus anseios, medos e ambições. O filme recebeu a Palma de Ouro no Festival de Cannes.

Polisse

Se tem uma coisa que adoro fazer é observar o comportamento dos franceses. Sou a típica people watcher (pessoa que observa pessoas). Eles têm uma personalidade muito peculiar e em vários aspectos e nos filmes posso observar isso de outra maneira, com mais distância. O filme Polisse trata de casos reais que foram analisados pela Brigada de Proteção de Menores de Paris. Mostra uma realidade crua, direta, um tanto quanto bruta, mas é isso que me encanta porque consigo perceber a outra face do comportamento francês, mais raivoso, estúpido, depressivo e tudo isso de uma forma bem verdadeira. É claro que existem vários outros elementos a analisar, como por exemplo, a delinquência, a violência, etc. Além de todos esses detalhes, o filme recebeu várias premiações. Mais uma razão para assistir!

Espero tê-los ajudado, com essas sugestões, a entender um pouco mais da cultura francesa moderna e também transmitindo-lhes um gostinho do cinema francês atual.

Related posts

10 coisas que gosto na França – Parte 1

Amy-Carole Diene

Hábitos e curiosidades francesas

Sabrina de Paula

Associação Herança Brasileira na França

Anna Mendonça

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação