BrasileirasPeloMundo.com
Rússia Turismo Pelo Mundo

Guia de turismo em Moscou

Guia de turismo em Moscou.

Nesse um ano em Moscou eu já recebi várias visitas de amigos. Uma coisa que vários deles me disseram foi: “Eu vim para Moscou sem esperar muito da cidade e percebi que estava totalmente errado”.

É interessante como as pessoas realmente não sabem exatamente o que é Moscou, o que tem de bom por aqui e até mesmo quanta coisa interessante de se ver a cidade oferece.

Nesse post eu vou listar algumas coisas interessantes – e não tão óbvias – de se fazer em visitas turísticas na cidade. Assim, eu posso mostrar que Moscou vai muito além da Praça Vermelha e também posso ajudar nas decisões de alguém que esteja pensando em conhecer, mas não sabe exatamente o que esperar da cidade.

– Praça Vermelha:  o mais conhecido ponto turístico de Moscou conta com vários pontos interessantes de se visitar e alguns podem até mesmo ser desconhecidos do turista desavisado. Portanto, estando por ali, vale a pena ver:

A famosa Praça Vermelha
A famosa Praça Vermelha. Fonte: arquivo pessoal

* Mausoléu do Lênin: a entrada é de graça e funciona das 10:00 às 13:00. O mausoléu guarda a múmia do líder da Revolução, exposta ao público e em perfeitas condições de preservação.

Leia também: dicas de turismo em São Petesburgo

* Catedral de São Basílio: construída sob ordem de Ivan, o Terrível, marca o centro geométrico da cidade (que tem formato redondo) e está aberta ao público. É necessário comprar ingresso para visitar.

* GUM: o prédio que abrigava uma loja de departamentos do Estado durante a URSS, hoje abriga um shopping lindo e luxuoso. É interessante parar para almoçar no restaurante Stolovaya no. 57 , tipicamente soviético.

* Kremlin: a fortificação não é apenas uma muralha vermelha bonita. É o coração da cidade, onde ela nasceu. Lá dentro há vários prédios do governo, igrejas, museus e teatros. É interessante visitar a Praça de Catedrais e o Palácio do Arsenal.

– Catedral de Cristo Salvador: a igreja, construída no século XIX pelo imperador Alexandre III, foi demolida durante a URSS. No seu lugar foi construída uma piscina pública. No início dos anos 2000 ela foi reconstruída exatamente como era antes. Disputa a posição de igreja mais importante de Moscou com a Catedral de São Basílio. (Se você visitar Moscou no verão, sugiro que atravesse a ponte em frente à catedral e pare em algum dos bares do outro lado do rio que possuem varandas para assistir ao pôr-do-sol. O sol se põe atrás da igreja e a vista é um espetáculo)

thumb_IMG_6929_1024
O pôr do sol atrás da Catedral. Fonte: arquivo pessoal

– Parque VDNKH (Parque Panrusso de Exposições): é um centro permanente para feiras e exposições. O parque conta com uma enorme mata e um lago, fontes belíssimas e inúmeros pavilhões que abrigam restaurantes, lojas e áreas para exposições. Também é possível observar várias esculturas interessantes pelo parque, a mais famosa na sua entrada, intitulada “Operário e Mulher Kolkosiana”, foi feita em 1937 por uma escultora soviética e representa o símbolo soviético: ele levante um martelo e ela uma foice.

thumb_IMG_6608_1024
“Operário e Mulher Kolkosiana”. Fonte: arquivo pessoal

– Museu do Cosmonauta: a mesma ida ao VDNKH deve vir acompanhada da visita ao museu dedicado à conquista do cosmos. O museu fica na base do Monumento aos Conquistadores do Espaço, que por si só já é lindo. O monumento chega a ser mais alto que as torres do Kremlin e foi construído de aço e titânio, como as próprias naves espaciais. Para visitar o museu eu sugiro que a turista escolha levar um guia de audio para entender melhor tudo que irá ver. É bom reservar umas horinhas, já que o museu é enorme e interessantíssimo. Destaque para as cachorrinhas conquistadoras do espaço Belka e Strelka empalhadas logo na entrada do museu.

Leia também: 10 curiosidades sobre a Rússia

Monumento aos Conquistadores do Espaço
Monumento aos Conquistadores do Espaço. Fonte: arquivo pessoal

– Teatro Bolshoi: o grande teatro de Moscou tem sua alta temporada durante o outono e inverno. Durante o verão os bailarinos saem em turnê para outros países e sobram apenas umas poucas óperas sendo apresentadas em Moscou. Minha sugestão para aqueles que querem conhecer o teatro é que fiquem de olho no site do Bolshoi com muita antecedência, pois os ingressos esgotam muito rápido e meses antes dos espetáculos.

– Kremlin de Izmailovo: muitos devem achar que “kremlin” é o nome daquele lugar na Praça Vermelha, mas não. “Kremlin” significa fortaleza, havendo vários kremlins pela Rússia e o mais famoso deles sendo o da Praça. O Kremlin de Izmailovo foi construído para remeter o visitante à arquitetura da Rússia antiga. Lá dentro há vários museus interessantes (o da vodka, por exemplo), restaurantes e bares. Ao lado de kremlin tem uma feirinha de artesanato e antiguidades super interessante para quem quer comprar lembrancinhas típicas russas.

Entrada do Kremlin de Izmailovo
Entrada do Kremlin de Izmailovo. Fonte: acervo pessoal

– Convento de Novodevichy: construído no século XVI, é um dos complexos mais bem preservados de Moscou e é Patrimônio Mundial da UNESCO. Ao lado do convento fica o Cemitério Novodevichy onde estão enterrados vários grandes nomes russos como Vladimir Mayakovsky e Boris Iéltsin

– Rua Arbat: rua histórica no centro de Moscou, apenas para pedestres. Conta com várias lojinhas de souvenir, restaurantes e cafés. É muito gostoso caminhas por ali e relaxar.

– Universidade Estatal de Moscou: é uma das universidades mais antigas e importantes da Rússia. A grande atração é o prédio principal da universidade, um dos 7 arranha-céus stalinistas e, na minha opinião, o mais bonito deles. Vale dar a volta no prédio todo observando seus detalhes e caminhar até o mirante que fica Vorobyovy Gory do lado oposto do prédio. Do mirante é possível ver bem a cidade toda e ainda contar mais algum prédios stalinistas ao longe.

Sim, eu que tirei essa foto. Não, ela não tem filtro.
Sim, eu que tirei essa foto. Não, ela não tem filtro. Fonte: acervo pessoal

Essas são apenas algumas dicas de turismo em Moscou. A cidade conta com centenas de museus e teatro e casas de concerto. Vale a pena pesquisar com antecedência quais museus e espetáculos mais interessam e se programar. A cidade nunca se esgota. Uma semana pode ser muito pouco para tantas opções, então quanto mais tempo puder passar na cidade melhor. Se não tiver muito tempo disponível, organização e planejamento  são essenciais, já que a cidade é imensa.

No mais é só fazer as malas e aproveitar tudo de lindo que Moscou tem a oferecer! Boa viagem!

Related posts

Lugares para visitar em Praga para quem gosta de Franz Kafka

Isadora Costa

Viajar pela Nova Zelândia

Natália Souza

Vinte dicas para viajar por Cuba

Viviane Naves de Alencar

25 comentários

Beatriz Pereira Fevereiro 18, 2017 at 7:37 pm

OLa’ Renata,
Gostei muito das suas dicas turísticas de Moscou!
Pretendo viajar para Moscou com meu marido e dois filhos adolescentes em julho.
Você poderia me dizer se é perigoso viajar sem guia para Moscou ou se é
ais seguro viajar em grupo organizado.
Muito obrigada,
Beatriz

Resposta
Renata Rossi Fevereiro 28, 2017 at 9:10 am

Ola, Beatriz!
Vocês virão na época mais gostosa de Moscou! Verão, calor, ruas lotadas, parques animados…
Moscou é absurdamente segura. Não precisa se preocupar em vir com grupo. Eu, particularmente, acho que viajar com grupo “desconhecido” é meio desconfortável, já que cada um tem um interesse e tal. Só você com sua família já vão ficar muito bem aqui, fazendo as coisas no seu ritmo e de acordo com o seu interesse.
Contratar um guia pode ser interessante para conhecer mais da história, entender melhor o que você está vendo e ver coisas interessantes que, talvez, planejando sozinha, passariam em branco.
Mas a cidade em si é muito gostosa e extremamente segura e vocês podem caminhar sozinhos a qualquer hora do dia ou da noite.
Se precisarem de mais dicas ou indicações pode me escrever por e-mail que eu ajudo no que puder!
No mais, boa viagem e aproveite muito Moscou!
Abraços!

Resposta
Janio Maio 4, 2019 at 7:47 pm

Renata, tudo bem? Parabéns pelo post ! Estou indo agora em junho e queria saber se vc faz serviço de guia e quanto custa ? Estou indo só com minha esposa , se vc puder ajudar agradeço

Resposta
Adriana Faria Gontijo Assuncao Abril 14, 2017 at 11:25 pm

OLá Renata, parabéns pelas suas dicas, que são excelentes. Sou mineira também e adorei saber de sua caminhada como funcionária do Itamaraty. Estarei na Rússia em julho de 2017 próximo e gostaria de saber qual moeda devo levar? Dólar? Euro? O que você sugere. Muitíssimo grata, forte abraço com um sabor de café com pão de queijo! Adriana Gontijo

Resposta
Renata Rossi Abril 25, 2017 at 8:49 pm

Ola, Adriana!

Obrigada! Que bom que gostou das dicas! Ah, Minas é uma delícia e os mineiros são demais!
Você pode trazer qualquer uma das duas, o que for mais fácil para você. As casas de câmbio aqui trocam qualquer uma delas facilmente e com boas taxas. E tem uma casa de câmbio em cada esquina!
Se precisar de mais dicas pode me escrever por e-mail.
Espero que você goste muito da Rússia! Depois me conte o que achou!
Abraços.

Resposta
Dora Agosto 15, 2017 at 2:53 am

Oi Renata meu nome e Dôra
Estarei em moscou em outubro com 4 amigos 3 mulheres e 1 homen
Estou querendo alugar apto Airbnb ?
Preço melhor que hotel pois o grupo e misto.
Aí e seguro?
Vc acha que um guia nos ajudaria?
Você indicaria alguém?
Disseram que os russos não falam e não gostam do inglês?
Verdade?

Resposta
Renata Rossi Agosto 17, 2017 at 7:33 am

Olá, Dora,

Que bom que está vindo visitar Moscou!
Aqui é muito seguro, nunca vi problema nenhum com violência, principalmente no centro.
O passeio por aqui pode ser com ou sem guia, tudo vai depender do interesse de vocês. Pode me enviar um e-mail no [email protected] que eu tenho algumas indicações.
Os russos mais jovens falam um pouco mais de inglês, mas não muito. Dizer que eles não gostam de inglês não é verdade. O russo é muito solícito e, mesmo não falando a mesma língua que você, procura te atender e ajudar da melhor forma.
Abraços!

Resposta
Amarilio Caiado Fraga Filho Abril 9, 2018 at 1:39 am

Olá Renata
Estarei indo passear em Moscou e em outros lugares do oeste da Rússia.
Irei no final de agosto

Resposta
Amarilio Caiado Fraga Filho Abril 9, 2018 at 1:41 am

Gostei das suas dicas e seus comentários.
Abraços.

Resposta
Amanda de Moraes Maio 4, 2018 at 6:02 pm

Estou adorando todas as dicas de Moscou e cada vez mais encantada com a cidade. Você escreve como se estivesse falando com um amigo, então a leitura é muito agradável. Parabéns!!
Você tem alguma indicação de casa de câmbio ou todas elas possuem taxas similares?
Obrigada. Abraço

Resposta
Renata Rossi Maio 7, 2018 at 3:12 pm

Olá, Amanda!
Muito obrigada! Fico feliz em saber que gosta dos meus posts! Só me dá mais ânimo para continuar contano sobre Moscou para vocês!
As casas de câmbio são mais ou menos a mesma coisa, não varia muito. Pode confiar na que tiver o câmbio melhor.
Abraços!

Resposta
Lorenza Tanure Maio 26, 2018 at 12:08 pm

Oi Renata! Vamos em agosto para Moscou e gostaria do contato de um guia que fale português para contratar serviço e otimizar nosso pouco tempo em Moscou.
Adorei as suas dicas.

Resposta
Sergey Junho 11, 2018 at 9:39 pm

Olá! Eu me chamo Sérgio (em russo é Sergey). Eu vivi e trabalhei no Brasil por mais de 6 anos e falo fluentemente português. Sou guia de turismo credenciado pelo Ministério de Turismo do Brasil, em 3 categorias de guias : regional, nacional e internacional. E se for Renata permite deixar meus contatos aqui…..

Resposta
Marcos Daniel Bianchini Setembro 20, 2018 at 9:58 pm

Boa noite
Gostaria de um guia em Moscou para o final de outubro. Pode me ajudar?
Desde já agradeço

Resposta
Fernando Moura Junho 14, 2018 at 2:23 am

Olá, Renata.

Eu, minha esposa e meu filho estaremos em Moscou no início de julho\18, você teria indicar um guia para nos acompanhar pela cidade.
Agradeço

Fernando Moura

Resposta
Leila Chacon Novembro 4, 2018 at 7:59 pm

Boa tarde Renata, Pretendemos, eu e meu marido, conhecer Moscou e S.Petesburgo em abril de 2019. Vi nos comentarios do seu blog referências ao guia turistico chamado Sergey. Você poderia me passar o contato dele. Agradeço antecipadamente. Leila Chacon ( [email protected])

Resposta
Anastasia Janeiro 9, 2019 at 9:55 pm

Olá pessoal, gostaria de indicar para aqueles que precisarem de guia, traslado e etc a empresa Guinter Tour, e uma empresa de um brasileiro que mora na Rússia. Eles tem uma equipe muito amigável e profissional, indico! O facebook da empresa é http://www.facebook.com/guintertourussia.

Resposta
Fernando Janeiro 21, 2019 at 9:46 am

Bom dia Renata
Irei para a Russia agora em Maio com a minha esposa.
Vc poderia indicar guia para contato lá me Moscou?
Segue meu email: [email protected]
Att
Fernando

Resposta
Klaudia Fevereiro 1, 2019 at 9:00 pm

Oi Renata, estarei em Moscou com um grupo de amigos em Março 2019 por apenas por dois dias. Você poderia me indicar um guia que fale português para fazermos um tour pelos principais pontos turísticos e ao mesmo tempo saber um pouco da historia?
Meu e-mail: [email protected]
Muito obrigada, adorei suas dicas!

Klaudia

Resposta
Lilian Azevedo Fevereiro 19, 2019 at 3:11 pm

Olá, Renata
Pretendo visitar Moscou e São Petersburgo em final de agosto mas não queria ir de excursão. Como não domino o inglês gostaria de saber se vc conhece algum guia que fale português ou espanhol para me indicar. Queria tb conhecer algumas cidades próximas de Moscou num bate e volta.
Obrigada

Resposta
Wendell Março 1, 2019 at 2:43 pm

Olá renata!. Dicas anotadas.
estou indo para russia no fim de novembro desse ano. Vou morrer frio? rsrs
as atrações turisticas, restaurantes, etc funcionam normalmente?
Queria uma indicação de serviço de guia. Voce faz esse trabalho tb?
estou indo em uma aventura mesmo rsrsr

Resposta
Rosa Cuba Riche Maio 26, 2019 at 8:27 pm

Olá, viajarei com uma amiga a Moscou e São Petesburgo em setembro. Iremos de excursão,mas e teremos dias livres . Você poderia me sugerir um guia que fale português?
Agradeço muito.

Resposta
Esdras Julho 9, 2019 at 12:44 pm

Oi Renata tudo bem?
Meu nome é Esdras e sou se Porto Alegre
Estou planejando uma viagem para a Rússia em fevereiro (sim no auge do inverno isso mesmo kkkk)
Estou apenas um pouco receoso quanto à língua pois não falo russo e tenho medo de me perder em estações e não conseguir me comunicar para o básico)
Vc teria alguma dica de guia para me indicar? Pretendo ficar 3 ou 4 dias em Moscou
Obrigado aguardo resposta!!!

Resposta
Regiane Agosto 22, 2019 at 7:03 am

Renata tudo bem?
Parabéns pelo seu site !
Eu estarei indo para Moscow em setembro, ficarei 2 dias sozinha depois me unirei a um grupo. Gostaria de ter uma guia comigo, nesse período, e gostaria de saber se vc presta esse serviço? Caso sim, por fvor entre em contato comigo, para conversarmos. Desde já, muito obrigada!
Regiane

Resposta
Jorge Setembro 23, 2019 at 9:51 am

Oi Renta, obrigado pelas dicas! Espero que continue falando sobre a Russia :-). Mesmo com todas as dicas fiquei um pouco inseguro porque não falo bem inglês e um amigo que foi ano passado me indicou a Guinter Tour Rússia. Eles sao brasileiro e está me auxiliando desde de a programacao da viagem, super recomento!

https://www.guintertour.com/

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação