BrasileirasPeloMundo.com
Áustria Culinária Pelo Mundo

Hábitos Alimentares na Áustria

Hábitos Alimentares na Áustria.

Quando mudamos de país, uma das coisas que mais muda é a comida e os hábitos alimentares. Aqui na Áustria não senti muita dificuldade em me adaptar e já me acostumei tanto que quase não faço mais comida brasileira em casa (claro que sempre bate aquela vontade de comer um brigadeiro e um feijão, mas não são mais prioridades).

A comida austríaca é muito boa. Não é nada muito especial, normalmente as comidas são bem simples e podem ser preparadas por qualquer um e em qualquer outro país, já que normalmente usam alimentos fáceis de serem encontrados. Batata, maçã, ovos, trigo, bacon, etc, são alguns dos alimentos mais usados para a culinária local.

Um dos fatores que mais me ajudou na adaptação com os hábitos daqui é a proximidade com os nossos do Brasil. Aqui eles têm a rotina diária como a nossa. Os horários de trabalho são como para nós, das 8:00 as 17:00, e a escola também tem o mesmo horário das 8:00 ao meio dia, e depois a tarde (dependendo da escola). Isso faz com que almocem ao meio dia. Nem todo mundo come comida quente ao meio dia, já que aqui não existe tantas opções de restaurantes para almoço como no Brasil, mas muitos fazem isso sim. E a janta vai depender de cada um, mas o bom e velho sanduíche sempre vai bem.

Wiener Schnitzel
Wiener Schnitzel

Os austríacos gostam de sair de casa nos finais de semana, faça frio ou calor, por isso acabam comendo muito fora. Como já citei em outro post (Áustria – Esportes), o que é comum aqui é subir a montanha e comer algo no restaurante/cabana que fica no topo. As comidas nesses restaurantes são sempre bem caseiras, e para dar energia para os atletas de fim de semana a comida é bem pesada. Spätzle, Knödel, Wiener Schnitzel, Kaiserschmarnn são alguns dos pratos típicos encontrados em praticamente todos os restaurantes austríacos.

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar na Áustria

Nos restaurantes, e aqui se incluem todos – cafés, restaurantes e bares – não é cobrado 10% de serviço. A gorjeta fica por conta de cada cliente, que paga o quanto achar justo. O normal é pagar em torno de 10% quando o atendimento foi bom e a comida também. O que mais fazemos é “arredondar a conta”, por exemplo, se sua conta deu 23,-€ você deixa 25,-€. Os garçons normalmente não ganham muito por hora, e a gorjeta é que dá uma ajuda no salário (falo por experiência própria).

Outro ponto interessante sobre o assunto é jantar na casa de amigos/colegas. Aqui, quando somos convidados para jantar na casa de alguém (a não ser que seja muito amigo – mas amigão mesmo), chegaremos na hora da janta, e o jantar já estará pronto para ser servido. Quem convida não espera que os convidados ajudem na cozinha, e normalmente tentam preparar tudo antecipadamente para que os convidados não fiquem esperando muito tempo. Os convidados sempre levam algum presentinho, que pode ser um vinho, uma caixa de chocolates ou até mesmo flores. Ninguém vai na casa de alguém sem levar nada, até mesmo quando se faz uma visitinha.

Para aqueles dias que a fome é menor, ou quando não se quer esperar muito, também temos a opção fast-food aqui. Essa opção se chama Imbiss. Imbiss são pequenos restaurantes onde encontramos Kebab, que é um fast-food inventado na Alemanha por um turco. Além de Kebab, os Imbiss também oferecem pizza (inteiras ou só fatias – ao estilo turco), hamburguer, e outras especialidades, em sua maiorias também turcas.

Kebab

Comer é relativamente barato aqui na Áustria. Além de todas essas opções que citei, ainda encontramos muitos outros restaurantes de todas as nacionalidades possíveis por aqui (chinês, indiano, italiano, nepalês, japonês, espanhol, etc…). Então agora dá pra entender porquê não sinto tanta falta da nossa comida brasileira.

Related posts

Telenovelas e seu papel na vida dos austríacos

Ana Dietmüller

O Começo da minha vida na Áustria

Mariana Gonçalves

O melhor restaurante da África do Sul

Eloah Ramalho

10 comentários

Cristiane Leme Setembro 24, 2014 at 12:39 pm

Que legal, hoje eu tava pensando em fazer Spätzle, que também é bem comum na região onde fiquei na Alemanha (Schwaben/Suábia em português), que faz fronteira com a Áustria – aí venho aqui e leio seu post! Outra coisa austríaca que amo de paixão é o Apfelstrudel, sempre faço nessa época do ano, que é a época das maçãs! E uma coincidência: o Wiener Schnitzel é um prato superpopular aqui na Dinamarca também!
Obrigada por mais um texto delicioso! Bjs

Resposta
Carla - Sonhos na Itália Setembro 24, 2014 at 1:15 pm

Hábitos parecidos com aqueles italianos! Gostei! Ciao!

Resposta
Ines Martinez Setembro 24, 2014 at 2:04 pm

Adorei a Austria e pela primeira vez comi as famosas “zwetschgen”. A minha cunhada tem no jardim dela e trouxe um montão. Fiz a famosa “zwetschgen torte”. Ah!! Tbém adorei qdo diziam: Grüßgott !!
Obrigada por ter compartido com todas nós!!
Kusjes

Resposta
Juraci Pike Setembro 24, 2014 at 3:36 pm

Mariana, depois de uma viagem a Austria, a subida na balanca foi a resposta do meu mergulho desmedido na culinaria Austriada. Gostei de tudo, salgados e doces. Ha um bom tempo que nao respiro os ares do Tirol, mas essa conversa, despertou meu apetite e deliciosas lembrancas.

Abracos,

Juraci

Resposta
alexandre hebra Setembro 25, 2014 at 2:58 pm

Em 1983, quando ainda estudava, fui de férias para a Austria, e um amigo nosso que morava em Munique me levou para escalar um montanha no lado Austriaco (nao lembro o nome, mas nao era muito alta). Na descida paramos em uma fazendinha, e os moradores fizeram nosso almoço, tudo com ingredientes da propria fazenda. Lá tive o prazer de comer um Kaiserschmarnn original… espetacular. Até hoje ainda me lembro desta iguaria…

Resposta
Joy Matta Setembro 25, 2014 at 3:10 pm

Como a gente gosta de comida, né??? Adorei o post e fiquei com fome!!! hahahahaa Um abraço!!

Resposta
khisfrenzel Setembro 25, 2014 at 4:09 pm

Muito bom!!!
Saudades da infancia na Alemanha =D Deu até vontade de fazer Spatzle!
Bjks

Resposta
Raquel Abril 6, 2015 at 2:47 am

Oi Mariana!
Primeiro, obrigada pelo post.
Realmente, os austríacos têm ums sobremesas maravilhosas, mas em termos de comida acho que vou sofrer de tanta saudade (vou casar com um austríaco em abril, se os planos seguirem como devem…)! Como de maneira completa e saudável aqui, e não vi muito isso lá, nos últimos 40 dias que passei. Saladas e frutas diversas são difíceis e nem tão suculentas. Sem contar que quase sempre a carne é de porco…!
Ai! Tô com o coração na mão! hahaha

Resposta
Mariana Gonçalves Abril 6, 2015 at 2:47 pm

Oi Raquel! Pra te ajudar a se conformar, caso venha morar mesmo aqui na Áustria, posso te afirmar que a gente se acostuma com tudo na vida. 🙂 A comida aqui é uma delícia, mas claro que sempre sentimos falta da nossa comidinha brasileira. Mas estando aqui, não significa que não vais ter acesso a nada da nossa culinária… Aqui comem muita salada, e os tomates italianos são uma delícia, muito melhores que o que encontramos no Brasil. Infelizmente algumas frutas realmente deixam a desejar, mas maçãs, damascos, morangos e outras berries são ótimas por aqui. O que é necessário é realmente uma adaptação, fazendo escolhas saudáveis e misturando o daqui com o de lá! 🙂 A gente é brasileira, a gente se vira! 🙂 Boa sorte pra você! Beijos

Resposta
Graziela Marchezini Junho 19, 2017 at 9:15 pm

Mariana, você ainda está na Áustria? Fui em Innsbruck e no hotel eles serviam uma salada de frutas deliciosa. A impressão que tive é que as frutas eram cozidas. Comia com iogurte. Maravilhoso também, nada ácido. Por acaso tem um nome essa salada de frutas para eu reproduzir a receita na minha casa?

até!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação