BrasileirasPeloMundo.com
Itália

Leis e costumes na Itália diferentes do Brasil

Leis e costumes na Itália diferentes do Brasil

Certamente cada País possui suas leis e costumes próprios. Morando aqui na Itália eu pude notar alguns bem interessantes e dos quais jamais me atentaria caso não vivesse o dia a dia, e por isso listei alguns:

CADEIRINHA DE CRIANÇAS NOS AUTOMÓVEIS

A Itália permite que as crianças e bebês possam viajar no banco da frente do carro sem nenhum limite de idade. Há, contudo, a exigência de que o bebê ou criança seja colocado adequadamente em uma cadeirinha ou suporte específico para usa idade e sempre voltada para o banco jamais em posição de olhar para frente.

JOGOS DE AZAR

Aqui os jogos de azar são permitidos e existem dos mais diversos tipos, desde a nossa velha e conhecida aposta da loteria e raspadinha até os jogos tipo cassino como poker, roleta, corrida de cavalos e etc.

Como diz meu marido, Italiano adora apostar, aposta até quem cospe mais longe. Por isso as lotéricas, casa de aposta e afins são sempre cheias.

ADOLESCENTES PODEM DIRIGIR

A lei permite que adolescentes com 16 anos ou mais possam dirigir motos ou carros de baixas cilindradas, por isso é super comum em especial no verão observar uma turma de jovens em suas motinhos circulando em praças e praias.

TOPLESS

Ao contrário do Brasil na Itália o Topless é liberado e super normal diga-se de passagem. As mulheres podem aproveitar para tomar o solzinho sem nenhum tipo de julgamento ou reclamação.

Por falar em solzinho ao contrário de nós brasileiras que adoramos uma marquinha as italianas gostam mesmo é de um bronzeado sem nenhum tipo de marca.

ABORTO E UNIÃO HOMOAFETIVA

Apesar de estarmos no País do Vaticano o aborto é permitido já há muito tempo em compensação o reconhecimento da união homoafetiva apenas foi aprovada em 2016 com direito a muitos protestos em praça pública dos ditos defensores da família.

FILAS PREFERENCIAIS

Aqui na Itália não existe uma lei que obrigue ao comércio de fazer um caixa preferencial. São poucos os supermercados que em nome da boa política social acabam adotando por sua conta tal postura.

Nos demais locais sejam eles bancos, lojas ou correios, o que vale é o bom senso e que nem sempre existe.

Já nos postos de saúde é sim possível solicitar preferência para idosos e gestantes com mais de 32 semanas.

ESTACIONAR DOS DOIS LADOS

No Brasil por várias vezes para confirmar se a rua era de sentido contramão ou não eu sempre dava uma olhadinha nos carros estacionados, costume que tive que tirar da cabeça assim que cheguei na Itália.

Digamos que o italiano tem um costume peculiar de estacionar seus automóveis, é muito comum ver carros estacionados no sentido de contramão ou até mesmo em fila dupla de uma avenida super movimentada enquanto vai comprar algo rapidinho na loja da frente.

VOTO NÃO OBRIGATÓRIO

Na Itália o sistema de voto é feito com as famosas urnas e cédulas de papel e, a contagem dos votos é manual. Outra grande diferença é que o voto não é obrigatório, vota quem quiser participar mas não há qualquer tipo de punição para os que se negam.

Eu ainda não cheguei a conclusão se é melhor o voto ser obrigatório ou não mas creio que nos dois sistemas são propensos à corrupção concordo, contudo, que quando o voto é obrigatório abre margem para que muitos que votam por obrigação elejam políticos na base da brincadeira ou de forma totalmente aleatória.

TV PAGA

Não importa se você faz uso apenas de canais abertos os canais televisivos ditos públicos também são pagos. O valor é pago anualmente e em algumas regiões ao invés de pagar uma taxa única o valor é incluso na conta de luz.

Aquele que quiser ter acesso também a canais fechados, igualmente como ocorre no Brasil, deve contratar uma empresa como SKY ou equivalente.

PISCINA

Quem quiser tomar um banho de piscina em algum clube deve fazer o uso da toquinha de natação. É uma forma de preservar a limpeza da água.

Aquele que tentar entrar sem a toca possivelmente será convidado a retirar-se da piscina.

SACOLA DO SUPERMERCADO

Esse foi um assunto muito polêmico no Brasil e se minha memória não falha já tentaram por duas vezes incluir tal lei mas diante da contestação de muitos dos consumidores a regra não seguiu em frente.

Na Itália os supermercados são obrigados a fornecer apenas sacolas biodegradáveis e os consumidores caso optem por usá-las devem pagar.

COMPROVANTE DE RESIDÊNCIA

A residência na aqui é algo considerado muito sério.
Bem diferente do Brasil, onde basta apresentar uma conta de água ou luz em seu nome, na Itália o comprovante de residência é um documento feito pelo órgão público.

O residente deve ir ao comune (nome do órgão público) responsável pela sua cidade e apresentar os documentos necessários. O comune por sua vez encaminhará um vígile (espécie de policial) para confirmar se o endereço realmente existe, se o solicitante realmente encontra-se naquele endereço e se a casa está em condições de comportar a moradia de uma pessoal.

O endereço é inserido nos dados cadastrais do solicitante e facilmente consultável através dos seus documentos.

Essas foram algumas das diferenças que notei entre costumes e leis do Brasil e da Itália, espero que tenham gostado.

Related posts

Um funeral na Itália

Marina Sacco

Itália – Contando-a através do cinema

Farah Serra

Os meus 30 e poucos anos e a Itália

Juliana Gasparette

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação