BrasileirasPeloMundo.com
Criando Filhos Pelo Mundo Holanda

Mama Café na Holanda

Mama Café na Holanda.

A chegada de uma criança enche nossas vidas de alegria, mas também temos alguns medos e inseguranças. Por conta disso, no post deste mês, resolvi contar qual a função do Mama Café na Holanda.

Mama Café, nada mais é do que um encontro organizado por mães voluntárias patrocinado por organizações públicas na Holanda. Esses encontros, têm o objetivo de dar uma oportunidade para famílias se encontrarem e poderem conversar sobre o momento em que estão vivendo, afinal, todos os pais passam pelas mesmas fases com seus filhos. Outro propósito do grupo, é fazer com que crianças do mesmo bairro possam se conhecer e ter um momento de interação.

A ideia é que cada bairro tenha o seu próprio Mama Café, possibilitando desta forma, o encontro de famílias da região. Além disso, busca identificar pontos em comum entre elas, trocar dicas sobre o ambiente em que vivem já que existe uma grande chance das crianças frequentarem as mesmas creches, atividades infantis e no futuro, as mesmas escolas.

Infelizmente, nem todo bairro tem o seu próprio Mama Café porque como havia dito, esse é um serviço organizado por mães voluntárias, por isso, precisa ter o interesse das mesmas em começar o projeto.

Leia também: aplicativos para usar na Holanda

Os encontros acontecem a cada duas semanas aqui no meu bairro, mas acho que a frequência pode mudar dependendo de cada Mama Café. Eles ocorrem sempre pela manhã, que é o horário ideal para atividades com crianças bem pequenas. Não é preciso pagar para entrar, permitindo assim a participação de todos. Ah! E apesar do nome ser Mama Café, ele é direcionado para os pais ou cuidador envolvido com o desenvolvimento da criança.

Esses espaços, geralmente estão localizados em um ambiente que conta com área externa para que às crianças possam brincar dentro e fora do local. O Mama Café do meu bairro, por exemplo, fica em uma sala ao lado de um parquinho. Os pequenos adoram, pois mesmo quando a atividade é oferecida dentro da sala, eles também podem brincar um pouco na parte externa com os amigos. Quando o tempo holandês ajuda, também podemos fazer picnic com outras famílias. Além disso, eles também organizam uma vez por mês um encontro em outro local – é uma pista de carrinhos onde há bicicletas, triciclos e todo tipo de mini transporte disponível para às crianças usarem.

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar na Holanda

O Mama Café é direcionado para mães com filhos de 0 a 4 anos de idade, mas alguns locais, têm atividades para crianças de até 6 anos para que irmãos mais velhos possam acompanhar os mais novos. A limitação de idade é para que todas às mães do encontro, tenham filhos mais ou menos na mesma faixa etária facilitando a troca de experiências e permitindo que às crianças, tenham interesse de brincar juntas.

Para às crianças, há uma variedade de brinquedos e livros disponíveis além de uma série de atividades organizadas para facilitar a interação e distrair a criançada enquanto os pais conversam, como por exemplo: atividades criativas, teatrinho, leitura, entre outras. Datas e feriados importantes, como o Dia do Rei, Páscoa, Sint Maarten – (São Martinho), Sinterklaas – (São Nicolau) e Natal, também são usados como temas para as atividades.

Outra atividade promovida por eles que acho importantíssima para dar suporte às famílias, são as palestras. De tempos em tempos, há profissionais como educadores, psicólogos, especialistas em nutrição infantil e muitos outros que se disponibilizam a falar com os pais no Mama Café para tirar dúvidas e, ajudar com as fases pelas quais os pequenos passam. Me lembro de ter ido à uma palestra que falaram sobre os “terríveis 2 anos” e outra sobre alimentação saudável, achei as duas muito interessantes.

Leia também: sistema de saúde na Holanda

Muitos dos brinquedos e livros disponíveis nesses lugares são adquiridos através de doações. No ano passado, o supermercado local, arrecadou durante um mês brinquedos novos e usados que foram doados para o Mama Café. As doações foram divididas e alguns brinquedos ficaram para o uso deles enquanto outros, foram direcionados para o Natal de famílias de baixa renda. Não há pobreza na Holanda como no Brasil, mas há sim famílias que precisam de suporte, como uma mãe solteira que não recebe ajuda do parceiro, famílias com problemas de saúde ou uso de drogas, por exemplo.

Para o papai e a mamãe que vivenciam a chegada de um filho longe de tudo que lhes é referência, pode ter nessa troca entre às famílias uma grande oportunidade, pois muitas vezes, enfrentamos os problemas diários que a maternidade nos trás sem ter com quem trocar experiências e tirar dúvidas em momentos difíceis.

Além de todos os benefícios falados acima, precisamos lembrar que a maternidade traz também muito pouco tempo para si e muitas vezes, isolamento. Nesse encontros, enquanto às crianças estão envolvidas nas atividades, as mães têm oportunidade para tomar um café, conversar e encontrar na pessoa ao lado, semelhanças nesta fase da vida. Alguém que como ela, está fazendo o seu melhor mesmo cansada e sem dormir direito para criar seu filho da melhor maneira possível. Esse é mais um suporte fantástico oferecido nesse país.

Muitas amizades são feitas a partir do Mama Café e foi o que aconteceu comigo. Não frequento mais os encontros por causa da idade da minha filha, mas ainda tenho contato com as mães que conheci na época que frequentava e realmente acho muito importante. Espero manter contato com essas mães assim como nossos pequenos.

Related posts

Dá pra viver com salário mínimo em Amsterdã?

Giovanna Prata

Cinco Curiosidades do período de Natal na Holanda

Cintia Beatrice

Saudade, um estado de espírito

Giovanna Prata

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação