BrasileirasPeloMundo.com
Alugar/Comprar Imóvel Pelo Mundo EUA

Mercado imobiliário em Nova Iorque

Mercado imobiliário em Nova Iorque e procurando Apartamento na cidade.

Nova Iorque é uma cidade em movimento. Tudo o que acontece no mundo passa por aqui primeiro e muito rápido. O assunto do momento não dura mais do que uma semana, nem o apartamento disponível.

A especulação imobiliária por aqui é violenta e age na velocidade da luz. Se você se interessou por um apartamento hoje, é melhor preencher logo os formulários de aluguel, pagar uma taxa de mais ou menos US$150.00 (por morador) e tirar seu apartamento perfeito do mercado.

Não só pode haver outro interessado, como o preço pode mudar de uma semana para outra. É uma loucura.

Uma das primeiras coisas que aprendi quando cheguei é que as townhouses (aquelas casinhas que são divididas em apartamentos) e os prédios baixinhos são muito lindos nas telas, mas, ao vivo, morar nesses lugares cinematográficos é um pouco menos glamouroso.

Minha primeira hospedagem em NY foi um apartamento de “porão”, numa dessas casinhas. O apartamento tem entrada pela lateral da casa, com poucos degraus para baixo (vide foto) e janelas.

 

Como se pode imaginar, o pé direito é baixo. Eu, no alto do meu 1,54 m, conseguia colocar a mão no teto da cozinha, mas não no resto da casa, o que nos leva a mais uma peculiaridade bem novaiorquina: quase nenhum piso aqui faz 90 graus com a parede.

Nem os prédios modernos escapam. Quem já assistiu How I Met Your Mother (Como Eu Conheci A Sua Mãe – a série de TV) sabe do que eu estou falando.

Algumas coisas sobre alugar um apartamento são iguais no mundo todo: orçamento, localização e necessidades. Aqui é igual.

Se você quiser morar num apartamento de casinha ou prédio baixo, saiba que não vai ter elevador, mas os proprietários são mais flexíveis para negociar o preço.

Se você quiser morar num prédio moderno, no qual a administradora aluga o apartamento, você não vai ter flexibilidade de negociação, mas vai ter facilidades como elevador, porteiro 24 horas, equipe de manutenção para reparos no apartamento e amenidades que podem variar de um condomínio para o outro.

Alguns deles têm lounge para os residentes, academia, grandes jardins para passear com o cachorro, sala de jogos, piscina, bicicletário e até garagem.

Não é raro que você tenha que pagar uma taxa extra para usar algumas dessas amenidades.

Esses prédios administrados por empresas são chamados de condos e normalmente você paga um valor total que inclui aluguel, água quente (e fria, claro), aquecimento e toda a manutenção do prédio.

Ficam de fora as contas de luz, internet e as outras necessidades que você porventura tenha, como TV à cabo, telefone fixo (alguém ainda usa?) etc.

Corretor de imóveis existe em qualquer lugar e, como em qualquer lugar, você pode escolher ter um ou não.

A taxa de corretagem que se paga aqui normalmente é de um aluguel. Eles chamam isso de broker fee.

Não gosto muito de jogar dinheiro pela janela (alguém gosta?), ainda mais em dólar!

Leia também: Onde morar em Nova Iorque

Então, pega a calculadora e acompanha a matemática comigo.

Se você for pagar 3 mil dólares num aluguel (média de um studio – a famosa quitinete) e quiser que um corretor seja o intermediário, você paga pra ele – só pra ele! – três mil dólares também.

E tem outra solução? Tem, sim, meus amores!

O truque que vou compartilhar vale para qualquer cidade do mundo: saia andando pelo bairro onde você quer morar e bata em todos os prédios perguntando se tem apartamento disponível.

É a maneira mais trabalhosa, mas a mais barata de conseguir um apartamento.

Os condos de NY normalmente têm escritório próprio, com uma equipe pronta para te mostrar todos os apartamentos disponíveis no prédio.

Em muitos deles é só entrar e pedir para ir ao escritório, em alguns você precisa marcar hora antes.

Usando a equipe deles, você se livra da taxa de corretagem e tem o mesmo acesso que um corretor te daria àquele prédio.

A grande maioria dos apartamentos são alugados com os eletrodomésticos básicos de cozinha: geladeira, fogão, lava-louça e microondas.

O resto da mobília da casa é por sua conta. Não é impossível, mas é muito raro encontrar um lugar já mobiliado.

Leia também: Tudo o que você precisa saber para morar nos EUA

Lavadora e secadora de roupa (infelizmente nunca vi um varal em NY) dentro do apartamento são itens de luxo. Existe, mas você vai pagar mais por isso.

Alguns prédios grandes têm uma ou duas máquinas por andar, mas o mais comum é ter uma grande lavanderia no porão do prédio (bem série de TV mesmo).

Prédios sem nenhuma opção de máquina de lavar também existem e nesse caso é pegar toda a roupa suja e levar a alguma lavanderia perto da sua casa.

Alguns sites e apps podem te ajudar nas primeiras buscas.

No Zillow você pode demarcar sua área de interesse e filtrar as opções que melhor funcionam para você e a sua família.

O StreetEasy  também tem várias opções de apartamentos e você pode selecionar a opção de não ter um corretor.

Esses foram os que melhor funcionaram para mim na questão de usabilidade e ofertas, mas existem outros.

A exigência de documentos pode variar um pouco, mas são parecidas com o Brasil.

Nos condos eles exigem o seu SSN (Social Security Number – leia mais aqui), uma carta do seu empregador com o valor do seu salário anual, documentos de identidade, conta no banco, extrato e as taxas de entrada.

Depois que a sua solicitação for aprovada, você paga um valor que pode variar muito. Já vi casos que pediram um mês de antecedência, mas também já vi pedirem um ano.

Diferente da taxa de corretagem, esses valores são devolvidos para você de alguma maneira, pode ser que sejam revertidos nos últimos aluguéis ou podem ser depositados na sua conta depois que você deixar o apartamento.

Tem que prestar atenção no contrato, não tem jeito.

Um último detalhe muito importante: muitos lugares aqui exigem uma taxa para ter bicho de estimação e esse é um valor que também pode variar de acordo com as regras de cada administradora.

A notícia boa é que boa parte dos condomínios não só aceita animais de estimação, como deixa biscoitos para eles na entrada do prédio.

O mercado imobiliário em NY é uma loucura, mas com um pouco de informação e muita paciência é possível encontrar um lugarzinho para chamar de casa.

Related posts

Alugar imóvel em Varsóvia

Gizelli Gliwic

Vistos para morar nos EUA

Thais Amaral Tellawi

O mistério de Michigan

Jenny Rosén

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação