BrasileirasPeloMundo.com
Europa Holanda

Minha opinião sobre os holandeses

Eu acho o povo holandês ótimo! Afinal, quem vive abaixo do nível do mar, pouca luz, um frio do caramba, céu cinza, chuva e vento incessantes, comida sem graça e é considerado um dos povos mais felizes do mundo, tem que ter algo realmente especial.

Bom, primeiro tenho que dizer que o povo é lindo! Não que isso seja característica importante num povo, aliás, diante de todas as qualidades de uma pessoa, a beleza não está entre as minhas prioridades, mas a verdade é que o povo holandês é bonito mesmo! E é diferente dos italianos por exemplo, que são lindos mas são “arrumados”, com cabelos bem cortados, sapatos chiques, roupas elegantes, etc. O holandês tem uma beleza mais simples, com mais brilho, mais saúde. Claro que é um povo de gente alta, loira e de olhos de azuis, mas não é aquele loiro aguado europeu que quando toma sol parece um camarão. Eles têm um tom de pele bonito, que quando pega sol fica dourado e cria um contraste lindo. E o mais legal é que eles são muito naturais. Você não vê mulheres com o rosto carregado de maquiagem, seios de silicone, ou bocas de Angelina Jolie. Acho que isso é um sinal de gente bem resolvida, que não segue padrões nem tem medo de envelhecer.

Outra coisa que também admiro é que aqui não há ostentação. Cada um tem seu valor, independente do que ganha, do carro (ou bicicleta) que dirige ou da marca de roupa que usa. Chique aqui é aproveitar liquidações, comprar na promoção 2×1 e luxo mesmo é ter uma casa com dois banheiros.

Mas, como disse no início eu tiro o chapéu pois esse povo vive num país bem complicado, com a maior parte de seu território abaixo do nível do mar (o que demonstra, no mínimo, uma grande força de vontade, organização e tecnologia, pois até hoje nunca submergiram), enfrenta um clima horroroso e ainda assim está sempre feliz.

Leia também: Felicidade na Holanda

O céu é fechado, baixo, cinza, com uma chuva chata que dura semanas, dias curtos e um vento de arrancar a pele. Agora pense que isso dura uns 9 meses, mas nos outros 3 não melhora muito e, mesmo assim, o povo está sempre alegre e com a maior disposição. Você já tentou pedalar na chuva e contra o vento? Mas vento de verdade, daqueles que te carrega e te derruba. Lembre que a Holanda é o país dos moinhos, aqui o vento é de outro nível! E com esse vento, chuva e frio eles estão todos lá, em cima da bicicleta, sorrindo, com o cachorro na cestinha, crianças na caçamba e controlando a bicicleta com uma mão só, pois na outra estão as flores.

Outra coisa que fica clara quando você chega aqui, é que o holandês tem orgulho de seu país e de suas tradições. Eles têm o maior prazer em te explicar como as coisas funcionam, te apresentar lugares, comidas, fatos culturais ou históricos e vão ser super simpáticos se você demonstrar interesse. Mas o que eu mais gosto é que é um povo realmente aberto e liberal, sem preconceito, nem fanatismo. Não existe nenhum tipo de ambiente onde você sinta pressão sobre suas origens ou opções religiosas, políticas e sexuais.

Isso já me leva a outro ponto. O respeito. Não há críticas ou julgamentos e ninguém te incomoda. Eu, sendo mulher e tendo 3 filhas, acho isso maravilhoso. Você pode sair de saia curta, blusa transparente e NINGUÉM vai mexer com você. E olha que é cada mulher linda, com aquele pernão de fora, pedalando de mini saia, e nem um assobiozinho.

E o holandês não é antipático como todo mundo prega. As pessoas puxam papo no restaurante, no supermercado, na rua (se você tiver cachorro então, nem consegue sair do lugar), te oferecem ajuda e se esforçam para falar inglês em qualquer situação. Não posso negar que o holandês é bruto, assim, num sentido meio Viking mesmo. As mulheres dão à luz em casa, as crianças tomam chuva, passam o dia molhadas e não ficam gripadas, e o unico remédio receitado por aqui é paracetamol. É um perfil duro, rústico, sem frescura e acho que isso se reflete na forma como se relacionam: eles são realmente diretos, falam o que pensam sem rodeios e, sim, chegam a ser, para nossos padrões, meio grosseiros.

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar na Holanda

Mas a verdade é que o holandês é honesto. Muito honesto.

É um povo que não mente, não rouba no jogo, não ultrapassa pela direita, não atravessa fora da faixa, separa o lixo direitinho, respeita o assento de idosos, paga todos os impostos, não combina o que não pode cumprir.

O holandês devolve o que encontra na rua, respeita o limite de velocidade e não cruza o farol vermelho mesmo de madrugada, com a avenida deserta. Aliás, nem o pedestre atravessa com farol vermelho, mesmo que não venha carro de lado nenhum! Eu me sinto meio boba, parada na calçada, na chuva (sempre!), com a rua totalmente vazia esperando o homenzinho do semáforo ficar verde, mas nem me atrevo a atravessar. É uma questão de princípios, de organização, de moral, de direitos e deveres, de lei e ordem. E é por isso que tudo funciona.

E você vê a confiança e a honestidade em tudo.

As lojas têm caixas onde você paga suas compras sozinha e os supermercados têm até leitores de código de barras portáteis, você escaneia os produtos e já guarda na sua sacola (de pano, claro). Na saída você devolve o leitor e paga o total que esta lá. Ninguém sabe o que você botou na bolsa ou se você realmente escaneou tudo o que está levando.

Eu já vivi vários exemplos, como o vendedor me oferecer um produto igualzinho ao que eu estava levando, muito mais barato, ou me explicar que não era necessário equipar a bicicleta com as coisas que estávamos comprando. Pode até ser maldade minha, mas sempre penso que em outro país, ao perceber nosso desconhecimento, qualquer vendedor nos empurraria a loja toda.

Outro exemplo: esqueci minha jaqueta de couro no tram (bonde). Aqui existe um site com fotos de tudo que é encontrado no transporte público e é impressionante a quantidade de celulares e carteiras que estão lá. Achei uma foto que parecia dela. Mandei uma mensagem e recebi uma resposta pedindo detalhes que comprovassem que ela era minha. No dia seguinte veio uma confirmação, paguei 4 euros e recebi a jaqueta na minha casa. Fiquei tão feliz que não parava de falar sobre isso. Uma amiga então me contou que o filho esqueceu a mochila com carteira, computador e o lanche. Ela recebeu tudo de volta com um pedido de desculpas pois retiraram o lanche que ia estragar.

Resumindo, o holandês é certinho mas não é chato, segue tradições mas não julga ninguém, cuida da própria vida, é liberal mas cumpre as regras e é muito feliz. E eu admiro tudo, a educação, a honestidade, a organização e até a maconha vendida livremente e sem causar problemas. Não dá para negar que é um povo muito legal, né?

Related posts

Ano Novo na Holanda

Fernanda Campestrini

As leis holandesas

Roberta Veronezi Figueiredo

Sistema de saúde holandês

Roberta Veronezi Figueiredo

6 comentários

Michellie Novembro 25, 2019 at 9:56 pm

Texto perfeito! Você resumiu tudo que eu penso sobre os Holandeses. 😉

Resposta
Roberta Mellis Novembro 26, 2019 at 8:50 pm

Obrigada Michellie! Eles têm mesmo qualidades inegáveis, né? Estou sempre aprendendo! Beijos

Resposta
Cynthia Novembro 29, 2019 at 4:19 pm

Concordo com tudo! Tem mais uma caracteristica que percebo neles: gentileza! Muito bom!

Resposta
Roberta Mellis Dezembro 3, 2019 at 9:05 am

Oi Cyntia, muito obrigada! É mesmo um povo que tem muito a ensinar. Eu aprendo algo todos os dias.Beijos

Resposta
Fatima Santos Novembro 29, 2019 at 4:39 pm

Realmente a Holanda é um país incrível, mesmo não tendo grasdes atrativos construíram um lugar especia usando uma única riqueza: o próprio povo holandês. Para elogiar os Países Baixos digo a seguinte frase : Os Países Baixos são um pequeno país, porém uma grande nação. Obs: os holandeses realmente são lindos.

Resposta
Roberta Mellis Dezembro 3, 2019 at 9:06 am

Oi Fatima, é isso mesmo! Temos muito a aprender com eles. Beijo e obrigada por sua mensagem.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação