BrasileirasPeloMundo.com
Inglaterra Natal Pelo Mundo

Natal na Inglaterra além do discurso da Rainha

Natal na Inglaterra além do discurso da Rainha.

Ah, o Natal na Europa! Esse lugar respira o espírito natalino. Afinal de contas, Papai Noel pode usar sua roupa à vontade porque faz frio realmente. A neve só vem em janeiro ou fevereiro, mas as luzes iluminando as ruas principais e os comerciais na TV fazem o clima de Natal contagiante e mágico logo após o Dia das Bruxas.

Ano passado tive a oportunidade de celebrar essa data com uma família inglesa, e gostaria de compartilhar com vocês as tradições daqui.

A primeira diferença, Natal é celebrado no dia 25 apenas. A “ceia” é feita no horário de almoço do dia 25. Com a minha família no Brasil costumamos comer o resto da noite anterior nesse dia. Grande diferença!

Presentes

Os presentes são deixados embaixo da árvore de natal, que geralmente é um pinheiro de verdade, e também naquelas meias grandes, como vemos nos filmes. Para o Papai Noel, as crianças deixam leite, uma tortinha doce que é super tradicional aqui, chamada Mince Pie, e cenouras para as renas.

Na manhã do dia 25 é quando os presentes são abertos. Todos se sentam na sala de estar, ao som de músicas natalinas (sim, Mariah Carey reina nesse momento, mas também Coldplay e outras bandas que fazem aqueles especiais de Natal). E um a um começa a entregar os presentes e formar uma pilha a sua frente. Não há abraços nesse momento, mas todos agradecem a todos os presentes. É comum dar várias lembrancinhas, que são baratas mas geram um grande volume na “piha”. Também bem normal receber envelopes com cartões e dinheiro dentro!

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar na Inglaterra

Aqui não é tão comum o amigo secreto, mas quando acontece eles fazem o Secret Santa. O esquema de tirar os papéis é o mesmo, mas você não revela quem dá o presente. Apenas deixa na pilha de presentes a serem distribuídos, sem assinar.

Ceia

É então chegada a hora da comida! Saudade da farofa e salada de maionese. Mas o pernil ou peru faz parte do menu. Adicione um enroladinho de bacon, ervilhas, cenouras, batatas, e algo que me lembra salpicão de frango, mas sem o frango. A comida é servida empratada, direto a mesa onde estão todos sentados.

Porém antes de comer, a parte que considerei mais engraçada. Eles têm uns tubos de papelão, chamados crackers, os quais você abre cruzando os braços com a pessoa ao seu lado, sendo que cada um segura uma ponta do tubo, todos ao mesmo tempo puxam e “estouram” o tubo ao meio. Dentro vem algum brinquedinho bem simples (quebra cabeça, dado, etc) e as tradicionais piadas de Natal daqui, que são necessariamente sem graça e, para eles, é aí que está a graça. Dentro desse tubinho também vem uma coroa de papel de seda, colorida, e todos colocam na cabeça para então iniciar a refeição. Imagine toda a família, das crianças a avó, usando uma coroa colorida na cabeça durante toda a ceia!

Christmas Cracker (Foto: Pixabay.com)

As sobremesas são o “pudim de Natal”, um bolo de frutas secas e a tortinha Mince Pie (do Papai Noel), recheada de uma espécie de geleia de frutas vermelhas, que eu adoro.

Leia também: Você sabia que o Papai Noel nasceu na Turquia? 

Vem então a tradição mais britânica possível. Parar para escutar no rádio ou assistir na TV o discurso de Natal da Rainha. Não que ela seja totalmente idolatrada por aqui, mas pra mim, é mais uma forma de respeito à tradição, característica fundamental da sociedade britânica.

Pós-Natal

Dia 26 aqui é chamado “Boxing day“. As lojas entram em liquidação, e nas cidades menores é tradicional sair pela manhã para uma caminhada. As crianças vão para as ruas com suas novas bicicletas e patinetes, e a maioria das pessoas não trabalha. Por ser feriado nacional, trens e ônibus intermunicipais não funcionam nessa data. Boa desculpa para descansar e curtir o clima pós-festas.

Eu considerei o Ano Novo bem simples. Muitas pessoas nem chegam a celebrar, ou quanto muito vão a algum restaurante ou pub. No ano passado, eu fui bem “turista” e assisti ao evento que acontece na London Eye. Nesse ano, provavelmente procurarei um lugar mais quente e confortável para passar a virada.

Leia mais sobre Natal Pelo Mundo

Related posts

Engordar ou não engordar?

Luanda Campos Caron

Natal na Índia

Cátia Piccoli

Hospedagem Alternativa em Londres

Fernanda Franco

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação