BrasileirasPeloMundo.com
Curiosidades Pelo Mundo Índia

O curioso calendário indiano

16O curioso calendário indiano.

O subcontinente indiano é composto por paisagens tão diversas como as altíssimas montanhas do Himalaia, os desertos do Rajastão, as florestas tropicais de Kerala… Se falam diferentes línguas no país como o bengali, o malayalam, o marathi, e a religião hinduísta possui milhares de deuses e deusas, além de inúmeros festivais que são celebrados em diversas cidades ao longo do ano. Desfrutar de tudo o que a Índia pode oferecer exige algo de disciplina e planejamento! Este curioso calendário indiano tem por objetivo te ajudar nessa organização, focando em Mumbai, com algumas sugestões de viagens pelo país de acordo com a melhor época do ano.

Janeiro a Março

Diferentemente de outros países que aguardam ansiosamente o verão -caso do Brasil e todos os treinos de academia anunciados em agosto para chegar em forma na estação mais quente e carnavalesca do ano, ou mesmo dos países europeus e seus parques e praias superpovoados de peles expostas ao sol- a estação mais aguardada na Índia é o inverno. Se nem tudo são flores no verão do Ocidente –pense nas hordas de turistas na Fontana de Trevi, nos preços inflacionados da temporada e até mesmo nos incêndios e mortes-, nem tudo são flores no inverno indiano. Por aqui a poluição em Délhi durante a estação mais fria do ano pode obrigar o governo decretar estado de emergência. Mas falemos do que pode dar certo nos meses de janeiro a março. O clima na maior parte do país fica bastante agradável (a exceção é a região Norte/Noroeste, onde alguns lugares são fechados para visitação em decorrência da neve, como por exemplo a belíssima região de Ladakh) e é a melhor época para recorrer diferentes regiões e receber visitas de amigos e família.

O triângulo dourado do Rajastão Jaipur, Jodhpur e Udaipur é uma ótima pedida para levar a família. Ali estão os luxuosos palácios dos maharanas, com algum ou outro camelo que também surge na paisagem. Se tiver que escolher uma cidade para dedicar mais tempo, Udaipur é uma excelente escolha. Conhecida como a Veneza indiana, Udaipur é cercada de lagos que ficam ainda mais encantadores se apreciados no pôr do sol, do alto do restaurante no terraço de algum hotel. Hospede-se num haveli, tradicional mansão da região, e se permita um café da manhã continental com vista para o Lago Pichola antes de começar a explorar a cidade e seus principais pontos turísticos como o City Palace. Não deixe de dar uma esticada a Nagda, onde estão as ruínas dos templos Sahastra Bahu, que datam do século X.  Ainda no Rajastão, Jaisalmer, a cidade dourada com direito a uma noite no deserto e uns passeios em camelo podem soar como música para os ouvidos das famílias mais aventureiras.

A saudade da família que partiu pode ser aliviada no final do inverno, em março, no Holi. Vista uma roupa que você não se importa de manchar para o festival das cores que celebra a chegada da primavera e inclui os conhecidos pós coloridos, música, dança, e para os mais animados, uma curiosa bebida à base de leite e haxixe.

Leia também: Recebendo visitas na Índia 

Abril

O delicioso mês de abril chegou e com ele, a estação das mangas. São diferentes tipos de mangas, mas as mais adoradas (e caras) são as mangas Alphonso. É comum presentar mangas nessa época. E é a época de praticar em casa diferentes receitas de chutney, inclui a receita de chutney de manga verde, mais ácida, para armazenar e dar aquele up nas saladas, combinar com frango, ou comer com pão no thali (a refeição servida em diferentes cumbucas que oferecem até seis tipos de sabores). Lembrando que em Mumbai, o chutney de manga do Shree Tacker Bhojanalay é um sonho. A estação mais quente do ano chegou, certifique-se de ter uma boa provisão de manga para fazer smoothies geladinhos e cremosos da fruta!

Maio

Em maio começa o Ramadan, o período em que os muçulmanos praticam o jejum do amanhecer ao anoitecer. A Índia possui uma expressiva população muçulmana (estima-se que em torno dos 16%) e portanto é possível acompanhar o ritual do jejum por aqui, e especialmente, quando a comunidade muçulmana celebra com um belo banquete o Eid-al-Fitr, a culminação do mês sagrado do Ramadan (em junho). O lugar para estar em Mumbai é o Bohri Mohalla. Mumbaikars e turistas se misturam entre dezenas de postos de comida onde é possível apreciar um kebab e opções menos tradicionais como comida chinesa. A atmosfera do tour gastronômico é vibrante com um ar comunitário, mas prepare-se para as multidões e para o barulho.

Junho a Agosto

As apocalípticas chuvas das moções chegam em junho num período que pode variar entre a metade e o final do mês e duram até o final de agosto. As chuvas chegam pelo leste e vão avançado pelo país, até que praticamente todas as regiões estejam rendidas à agua. A região de Ladakh é uma exceção, portanto aproveite o período para visitar o lago salgado em meio a montanhas de altitudes que podem ultrapassar os 7000 metros, além dos templos budistas, numa experiência que irá te aproximar mais do Nepal e do Tibete. Enquanto isso, no resto do país, se deixe deslumbrar pelas chuvas que renovam a vida da vegetação, conferindo à paisagem um esplendoroso tom verde. Em Mumbai são duas estações: a seca e a chuvosa. Tudo o que não choveu durante o ano, chove nesses três meses, no entanto, não chove o dia todo. São algumas horas de chuva forte, cujos resquícios criam pequenos espelhos d’água, dando um ar algo poético às ruas da cidade. Inundações são prováveis colapsando transporte público e trânsito em geral, portanto planeje-se para evitar longas distâncias.

Ganpati Chaturthi. Fonte: pixabay.com

Setembro

O festival hindu mais importante em Mumbai é o Ganesha Chaturthi. Durante aproximadamente 10 dias, nas casas das famílias e nos bairros, um altar é erguido em homenagem ao deus menino com a cabeça de elefante e são oferecidos doces ao deus e aos membros da comunidade. Ao final desse período acontece o ritual de imersão: as estátuas de Ganesha são levadas em pequenos caminhões aberto às praias (a principal cerimônia de imersão acontece em Chowpati Beach no sul da cidade) e imersas no mar ao som de cânticos religiosos na cidade que está em festa. São milhares de estátuas imersas numa festa colorida por fogos de artifício ao som de muita música e dança que atravessa a madrugada.

Leia também: Primeiros passos na Índia 

Outubro

O movimentado mês de outubro inclui o principal festival hindu em Calcutá no extremo leste do país (Mumbai está no extremo oeste), o Durga Puja, que começa quando a deusa Durga, uma linda mulher amarela de dez braços derrota o demônio Mahisha. Como em Mumbai a cidade se põe em festa com oferendas e desfiles, além de muita música, dança e cânticos. Ainda esse mês em Mumbai acontece o Festival Internacional de Cinema da Academia de Cinema de Mumbai onde é possível conferir as principais estreias do ano que fizeram excelente campanha no circuito de festivais internacionais. Aproveite para se deslumbrar com as salas de cinema que ainda resistem nas ruas de Mumbai.

O Liberty Cinema ostenta uma conservadíssima arquitetura art deco e até mesmo os cartazes segregando europeus e indianos nas portas das cabines dos banheiros. Não perca também o festival de música tradicional em Jodhpur, a cidade azul do Rajastão. O evento mais importante não só do mês, mas também do ano, é o Diwali, a celebração da vitória das luzes sobre as trevas. As casas são decoradas com luzes, as famílias se reúnem para jantar, também acontece uma limpeza da casa. Se distribuem doces aos amigos, conhecidos.

Novembro e Dezembro

Com o fim das chuvas, novembro e até mesmo dezembro são ótimos períodos para curtir as praias: a temporada ainda está começando e é possível curtir a paisagem verde sem as multidões de janeiro. Em Goa ainda é possível conferir o Festival Internacional de Cinema de Goa, um dos mais importantes do país. Em Mumbai, novembro é o mês do festival de jazz que acontece no National Centre of Perfoming Arts (NCPA). Para os cristãos indianos ou mesmo para os expatriados cristãos, Mumbai oferece uma ótima oferta de restaurantes com menus especiais para o Natal.

Keep calm, respire fundo antes de atravessar a rua e se organize para curtir o melhor de Mumbai e da Índia em 2019!

Related posts

A vera pizza italiana

Thaís Baldini

Sexta-feira Negra ou Black Friday

Alessandra Ferreira

Dez invenções suíças famosas

Mel Barbieri

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação