BrasileirasPeloMundo.com
Líbano

O que fazer no verão no Líbano

O que fazer no verão no Líbano.

Os meses de julho e agosto são a época do ano onde o turismo comanda o país e turistas do mundo inteiro aproveitam para conhecer e visitar o Líbano, rever familiares e amigos, se divertir, relaxar e passear.

Diversos serviços, eventos, e atrações estão disponíveis para todos os gostos e bolsos, e as opções de entretenimento são infinitas, tanto para lazer diurno quanto noturno, voltado para solteiros ou para famílias.
Os festivais nacionais e internacionais em várias cidades do país, mencionados anteriormente, são apenas uma prévia do que acontece no país, durante o verão. De Julho até o fim de Setembro, a ordem e lema no Líbano é ser feliz, se divertir e relaxar!

Apesar das altas temperaturas, que atingem muitas vezes acima dos 40°C na capital e toda a costa, essa é a melhor época do ano para visitar os pontos turísticos do país, descobrir novos lugares, visitar outros vilarejos e lugares não tão populares, quanto os já conhecidos.

Muitos libaneses não suportam o calor, e sobem para suas casas de montanha para passar o verão, onde o clima está muito mais fresco e agradável, chegando até mesmo, a dar uma leve esfriada a noite. Mas para quem opta em curtir as praias do mediterrâneo, esse é o momento ideal para pegar o bronzeado dos sonhos e curtir todas as festas que acontecem nos resorts, sejam elas durante o dia ou à noite.

Leia também: a famosa gastronomia libanesa

Esta é uma ótima oportunidade também, para visitar várias cidades nas montanhas, ver os famosos cedros do Líbano, contemplar a paisagem rústica, estar com a família e amigos, descobrir lugares novos, aproveitar o clima e fugir do calor, passar um dia diferente, fazer atividades ao ar livre, experimentar a gastronomia montanhesa, aprender algo novo com a cultura regional… E lógico: comprar os souvenires típicos do Líbano, caso você seja um turista de passagem pelo país. Bom, eu não sou turista, mas gosto de xeretar essas lojinhas até hoje onde sempre encontro algo que eu não vi antes.

Nessa época, o orçamento familiar também aumenta, porque o consumo de luz e do motor gerador de eletricidade aumenta – aqui paga-se para ter eletricidade duas vezes, lembra? – e os que saem de suas casas na capital ou cidades da costa, para ir para a casa da montanha, também vão precisar providenciar algumas coisas para garantir o seu conforto e comodidade durante sua estadia. Coisas básicas, mas que acabam aumentando as contas, como: compras de supermercado, instalação ou reativação de serviços de luz, motor, internet, televisão… (sim, no Líbano você paga até para assistir televisão).

Quem fica no vaivém entre montanha e costa, arca com as despesas das duas casas, mas quem opta por ficar todo o verão nas montanhas, desativa todos os serviços básicos na casa em que vive, e ativa-os, apenas na casa das montanhas, durante o verão. E quem não possui uma casa nas montanhas, e não gosta também de ficar hospedado em casa de familiares, aluga chalés para temporada, e assim passar o verão nas montanhas, aumentando o custo de vida familiar. Afinal um chalé por temporada, dependendo da região, não custará menos que – no mínimo – US$500,00 mensais.

Leia também: crenças e superstições libanesas

Verão no Líbano

De norte a sul, e também no Vale do Bekaa, o Líbano possui diversas cidades de montanha famosas, turísticas, repletas de paisagens de tirar o fôlego, com inúmeros sites arqueológicos, mosteiros milenares, reservas florestais, museus históricos, atrativos e gastronomias regionais imperdíveis. Caminhadas, trilhas, campings, passeios a cavalo, rapel e escalada, tirolesa, cachoeiras, grutas, cavernas, mountain bike, mountain safári, voo de balão de ar quente, skywalking, pedalinho no lago, passeios de ATV e karting, são algumas das atividades que podem ser feitas na natureza e regiões montanhesas.

Mencionar alguns lugares famosos, como Bcharre, Zgharta, Ehden, Tannourine, Baskinta, Zahle, Baalbek, Beit Mery, Broumanna, Aley, Chouf, Jbeil, Jezzine, Rashaya, Hermel, Hasbaya, Nabatieh, Beiteddine, e não mencionar tantos outros lugares, não tão famosos, mas que também têm muito a ser visto e curtido, seria uma injustiça.

Cada vilarejo tem seu charme, suas paisagens, suas peculiaridades que encantam, e merecem destaque. No vale do Bekaa, por exemplo, visitar as vinícolas libanesas, e as fazendas que produzem derivados do leite é um passeio interessante.

Mas infelizmente, eu não tenho como falar de cada um deles, até porque com certeza, eu acabaria esquecendo algum lugar seja por lapso, quanto por desconhecimento. A única coisa que posso afirmar com absoluta certeza, é que o Líbano tem muitos lugares a ser explorados e visitados; eu mesma não conheço o país inteiro ainda.

Mas para quem não curte montanhas, e quer curtir apenas praias e piscinas, o país ainda tem de norte a sul, 225 km de costa, com centenas de resorts e praias (pagas e gratuitas – sendo a maioria paga) com inúmeras atividades, como: Passeios de barco, voo panorâmico, locação de Jet ski, mergulho, surf e Wind surf, parapente, esqui aquático, rafting, parque aquático…

E ainda tem as “baladas” que rolam tanto durante o dia, quanto a noite, a beira mar ou piscina – e até mesmo em barcos – além das tradicionais “baladas” nos diversos pubs (fechados, ao ar livre, e em rooftops) e danceterias de Beirute, Jounieh, Jbeil e Batroun, que são famosas por sua intensa e fervente vida noturna.

Os libaneses são festeiros e sabem curtir a vida, mesmo diante de situações tensas e com os problemas sociais e políticos que o país vem enfrentando. O verão de 2015 já acabou, mas fica a dica para o ano que vem, quem sabe você se anima e não vem conhecer este país encantador?

lugares de verao

Related posts

Do passado ao presente no Líbano

Cláudia Rahme

As mulheres libanesas – Parte 1

Cláudia Rahme

Crenças e Superstições libanesas

Cláudia Rahme

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação