BrasileirasPeloMundo.com
Curiosidades Pelo Mundo Escócia

Os homens usam saia na Escócia?

Os homens usam saia na Escócia?

“A man in a kilt is a man and a half.” Um homem em um kilt é um homem e meio.
(Ditado popular)

Respondendo à pergunta do título: não. Homens na Escócia usam o kilt, que é uma peça de vestuário tipo uma saia, mas que tem características específicas, como o corte, o tecido, entre outros. É um dos símbolos mais conhecidos da Escócia, cheio de história.

Kilt, de acordo com o dicionário Merriam-Webster, é um termo em Scots que quer dizer “enrolar como uma saia”, e tem origem escandinava, derivada da palavra kjalta em nórdico antigo.

O kilt, ao contrário do que muita gente de fora da Escócia pensa, não é algo que se vê todo dia, toda hora. Ao caminhar pelas ruas escocesas você não vai se deparar com um monte de homem usando kilt. Essa é uma vestimenta considerada mais formal, usada em casamentos, formaturas, comemorações e eventos especiais, esportivos e tradicionais. Era também usado como uniforme pelos exércitos escoceses até a Primeira Guerra Mundial. De vez em quando, você vê um ou outro rapaz usando a famosa peça, mas não é tão comum como uma vestimenta informal.

De origem gaélica, o kilt é uma vestimenta que surgiu, pelo menos até onde se sabe, no século 16. No início era uma peça maior, com um tecido que se colocava por cima dos ombros, conhecido como belted plaid. A partir do século 17 que apareceram as primeiras versões do kilt como o conhecemos hoje, só da cintura até o joelho. Era predominante nas Highlands, enquanto em outras partes da Escócia era visto como algo típico de povos bárbaros.

Esta peça de vestuário é tão enraizada na cultura escocesa, e especialmente nas Highlands que, assim como os Highland Games, foi banida entre 1746 e 1782, em uma tentativa do governo britânico de suprimir a identidade dos Highlanders após a derrota da Revolução Jacobita. Depois deste período, os povos do sul da Escócia passaram a ter mais simpatia pelos Highlanders e sua cultura, e o kilt foi ficando mais popular, mas só se tornou mais conhecido como parte de toda a Escócia mesmo a partir do século 19.

O kilt é feito de lã grossa, estampada com o tartan, que é o padrão quadriculado que identificava os clãs. Cada clã tem o seu. Ele tem o comprimento nos joelhos e, para usos mais tradicionais, faz parte de uma composição que inclui várias outras peças:
. camisa;
. colete;
. paletó;
. kilt pin: um broche para o kilt, que trazia o símbolo do clã, mas hoje pode trazer outras imagens e significados;
. hoses: meias até o joelho;
. flashes: peças de tecido decorativo presas às meias, que devem combinar com o padrão do kilt;
. brogues: sapatos;
. sporran: uma pequena bolsa levada na cintura e posicionada na parte da frente, que serve como uma carteira, já que o kilt não tem bolsos;
. sgian dubh: uma faca colocada na meia que antigamente servia para múltiplos usos, mas hoje em dia é meramente decorativa.

Leia também: a Escócia é um país independente?

O kilt tem muitas vantagens: é quente devido à composição de lã, permite liberdade de movimento e é muito fácil de colocar e tirar, já que é enrolado na cintura. Além disso, para aqueles que o usavam séculos atrás, andar com calças na chuva e na lama fazia com que as pessoas ficassem muito tempo com o tecido molhado no corpo, então o kilt, que ia só até os joelhos, facilitava secar as pernas e pés e evitar a proliferação de doenças, além de trazer mais conforto.

Hoje em dia qualquer homem, escocês ou não, pode usar e até criar seu próprio tartan. Os kilts tradicionais são feitos por alfaiates e companhias que estão no negócio há décadas ou séculos, e os preços obviamente refletem todo o trabalho de criar essas peças. Versões mais populares, com tecidos mais baratos e “para turista ver” são encontradas em qualquer loja de souvenirs.

E o que os homens usam por debaixo do kilt?
Tradicionalmente não se vestia nada por baixo, e alguns regimentos do exército inclusive proibiam de usar. Mas, hoje em dia, por variadas questões, quem decide é quem está vestindo a peça. Alguns grupos recomendam o uso de alguma peça íntima, enquanto outros acham que a tradição deve ser mantida e não há nada de errado em não vestir nada por baixo. E assim o mistério continua…

Leia também: whisky, o presente da Escócia para o mundo

Mulheres usam kilt?
Não. Mulheres usam saias estampadas com o tartan, mas que não são a tradicional vestimenta. A exceção é quando a mulher faz parte de uma banda de gaitas de fole (pipe band), usando o kilt como parte do uniforme da banda. Há também vestidos e calças com a estampa, que são facilmente encontrados em lojas pelo país.

Eu, particularmente, acho lindo homem vestindo um kilt. E você? O que acha?

Related posts

Os Clãs no Líbano

Cláudia Rahme

Invenções chinesas que mudaram o mundo

Christine Marote

Dez invenções finlandesas

Maila-Kaarina Rantanen

4 comentários

Cristiane Leme Setembro 3, 2016 at 6:57 pm

Também acho lindo, Dani! Adorei saber esses pormenores a respeito da peça e sua origem.

Resposta
Gabriel Teixeira Campos Setembro 4, 2016 at 4:49 pm

Eu sou músico e toco clarinete, mas o meu sonho é aprender a tocar gaita de foles na Escócia

Resposta
Terezinha de Jesus Bandeira Vieira Abril 13, 2017 at 1:18 pm

Olá Daniela, Tenho aprendido muito sobre a Escócia com você. Já estou pensando em conhecer esse lindo lugar em junho. Obrigada.

Resposta
josias de oliveira pessoa Setembro 18, 2017 at 8:21 am

O que eu precisava saber você me esclareceu,obrigado

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação