BrasileirasPeloMundo.com
Curiosidades Pelo Mundo Malásia

Peculiaridades e costumes na Malásia

Peculiaridades e costumes na Malásia.

Desde de que cheguei aqui, comecei a perceber os costumes e hábitos dos locais e dia apos dia vou conhecendo novos. A maioria deles podem ser um pouco estranhos para a nossa cultura e até chegam ser engraçados, as vezes.

Vou separar alguns dos que mais me intrigam e chamaram a minha atenção por tópicos/assuntos .

No assunto alimentação, o que mais chama a atenção é a ausência da faca. Pois é, na maioria dos restaurantes, a faca não é item de primeira necessidade sendo substituída pela colher. Aqui o padrão é garfo ou palitinho + colher. Caso você precise de uma tem que pedir ao garçom, mas nem sempre tem.

Outro fato curioso em restaurantes, é que dificilmente os pratos pedidos chegarão juntos. Ou seja, o jeito é comer a comida separado do seu acompanhante para não esfriar.

As pessoas e suas roupas são um show a parte, já que em uma caminhada na rua ou shopping percebemos as diferenças nas roupas de cada um. Um traje que se vê bastante nos homens malaios e indianos, é o uso da calça com chinelo, sandália, ou afins. Eles usam sempre, até mesmo no trabalho, com qualquer que seja o tipo de calça (jeans, social, moletom etc) O motivo: parece que é para facilitar na hora de rezar, já que são 5 vezes ao dia e precisam sempre tirar os sapatos.

Leia também: onde morar em Kuala Lumpur

image1

As mulheres, também tem suas roupas preferidas. De um lado estão as muçulmanas, que aqui usam somente o lenço na cabeça e as vezes as abaias, sempre muito coloridas. Do outro estão as chinesas, com seus micro shorts e saias, e vestidos estampados. E ainda tem as indianas de sáris coloridos.

Um dos hábitos que mais me intriga e não entendo o motivo, é o que os motoqueiros tem de usar o casaco ou jaqueta virados ao contrário. Eles põe o casaco de frente, deixando o zíper aberto nas costas. Vai entender… Mas o fato é que todos eles (99%) fizeram disso um uniforme. Se alguém souber o motivo, deixe nos comentários!

paragrafo 3Neste mesmo assunto (roupas), um fato que me chamou a atenção é que comprar roupa não é tarefa fácil. Os tamanhos vendidos são feitos para o padrão asiático, ou seja, bem menores. Comprar uma camisa G para um homem de 1.80m (meu marido), não necessariamente caberá. Já tivemos esta experiência. Para nós mulheres, shorts e calças também são bem menores, já que as asiáticas não tem nosso quadril. Enfim o jeito é comprar o maior tamanho da loja e não se achar gorda.

Um costume legal  que levarei comigo, é o de tirar os sapatos antes de entrar em qualquer casa /apartamento. Eles acreditam que a casa, assim como os templos, são lugares sagrados e não podemos trazer as impurezas da rua para dentro.

Um hábito saudável e acho que também tem em outros países da Ásia (China e Japão talvez), é carregar sempre sua própria garrafinha de água. Eles levam para todos os lugares. Cada um com seu modelo de garrafa térmica. As vezes não é água e sim chá ou qualquer outro tipo de bebida que eles queiram.

Leia também: supermercados em Kuala Lumpur

Ausência do número 4. Chineses e outros asiáticos não gostam do numero 4, e por isso não o vemos em muitos lugares. Por exemplo, visor de elevador. O 4 normalmente é substituído por uma letra ou por um outro número totalmente diferente. Ex: O andar 14, aqui no meu prédio é 13 A. O motivo é que a pronúncia do número 4 em mandarim é similar à pronuncia da palavra morte, então eles acreditam que traga mal presságio. Leia mais  sobre as superstições chinesas aqui.

paragrafo 7Como lidar com os chineses? Chineses, em sua maioria (óbvio que tem as exceções) e pela minha experiência em viagens e aqui na Malásia, não sabem a definição da palavra fila e esperar sua vez. Pelo que percebo na cultura deles não é falta de educação furar fila, e muito menos não esperar sua vez. Várias vezes já passaram na minha frente em supermercados, farmácias, bancos, sem a menor cerimônia. O jeito é ficar esperto e não deixar eles passarem, porque se bobeou, dançou.

Assim como nós ocidentais temos alguns costumes que devem parecer nojentos ou sem educação para os orientais, a recíproca é verdadeira.

Um dos piores hábitos deles (na minha opinião), além de fumar em qualquer lugar, é acreditem ou não, arrotar em público. Isso é um fato. Não sei se este “hábito” se estende pelo sudeste asiático todo (acredito que sim), mas o fato é que eles fazem isso toda e qualquer hora, em qualquer lugar e sem tentar esconder ou amenizar. Pode ser no meio de uma conversa, na mesa, enfim. Eles acham normal.

E como não estamos no nosso país, temos que aceitar. Essa é a regra para conviver com outras culturas. Aceitar ou pelo menos tolerar.

Bom, poderia citar vários outros pequenos costumes do dia a dia aqui da Malásia, mas não caberia em um post só. Na verdade poucas coisas são parecidas com nosso cotidiano no Brasil, então tudo se torna curioso e diferente.

Related posts

Dez invenções suíças famosas

Mel Barbieri

Curiosidades sobre Malta

Marcela Bueno

Cidadania se aprende desde pequeno e em casa, na Áustria

Kely Martins

15 comentários

Gloria Issa Novembro 9, 2014 at 1:52 pm

Muito bom, conhecer outros costumes nos enriquece.

Resposta
Christine Marote Novembro 9, 2014 at 3:59 pm

Fernanda, muito legal seu post. E realmente acho que algumas coisas/hábitos que há na Ásia são unânimes para todos os países. Já discuti isso várias vezes com a Tati Sato, das Filipinas e inclusive fizemos um post sobre o tema aqui no BPM. rs.
Quanto aos talheres, ao menso aí tem garfo e colher… e aqui que é só os chopsticks (palitos)?? hehe
Ah, e o casaco de trás para frente, ao menos aqui na China, é somente para proteger o peito do vento… simples assim! hehehe
Abraço e a Malásia está na minha triplist 2015!

Resposta
Tati Sato Novembro 11, 2014 at 8:03 am

Aqui, nas ilhas de Lost, também se come com garfo e colher – escrevi sobre isso em um dos meus posts iniciais. Acho que tem a ver com a colonização já que a faca poderia se tornar uma arma e ser usada em possível revolução. A gente se acostuma… Mas vai tentar comer frango assado com garfo e colher… De plástico??? Meu… Que continente estranho! Até parece outro mundo! Haha!

E Chris, com os chopsticks, eu até me viro! 😉 Afinal, se não me virasse, meus antepassados me virariam na cama! Haha!

Resposta
Vitor Novembro 10, 2014 at 1:52 pm

mto interassante! nao sabia do lance do numero 4.bjs

Resposta
ackolb Novembro 12, 2014 at 8:40 pm

Fernanda adorei seu texto, eu tenho uma aluna muito querida, chinesa malasiana se assim o podemos dizer! heheh e ela me conta muita coisa interessante sobre a cultura, eu tô com a Christine Marote, Malasia é com certeza uma das minhas triplists so nao sei se consigo ainda em 2015 hehehhe adorei o post, adoro estes pequenos costumes quotidianos e descubrir suas origens! Vivendo e aprendendo né?! Namasté linda! 🙂

Resposta
vanyfranca Novembro 17, 2014 at 4:58 pm

A jaqueta uada pelos motoqueiros com a frente para as costas é para proteger do sol. Os asiáticos de forma geral não gostam de ter a pele escura, geralmente em consequência do sol, então sempre encontram formas de proteger as partes expostas do corpo, mesmo em um sol escaldante. É surreal rs.

Resposta
Simone Francisca Dezembro 9, 2014 at 9:46 pm

Oi Fernanda, eu morei por 3 anos em Kuala Lumpur, e é tudo isso aí mesmo e muito mais..haha. Eu aprendi a amar esse país que me recebeu de braços abertos e sinto muitas saudades dos amigos maravilhosos que fiz aí. Desejo boa sorte para você e que você seja feliz assim como eu fui aí. Beijo

Resposta
Silvia Janeiro 24, 2015 at 1:45 am

Fernanda, muito bom o seu post!! Eu estou morando na Malasia ha 10 dias e ja notei a maioria dos costumes que voce listou! Sobre os motoqueiros, eles usam a blusa com o ziper para tras, para nao pega vento no peito (e nao ficarem doente) e tambem para nenhum bixo/ inseto ser esmagado na camisa social que esta por baixo.

Resposta
wilson Fevereiro 21, 2015 at 9:34 am

Bem, em relaçao a jaqueta ou casaco , dos motoqueiros usarem ao contrario, é que nao fica entrando aquele vento, protegendo muito mais

Resposta
Edilrna Rodrigues Março 8, 2016 at 5:23 pm

Oi Fernanda td bom?
Eu gostaria de saber se os malasiaos são confiável. Eu conheci uma pessoa e estamos nos comunicando através de msm. Ele manda fotos, videos e diz que gosta de mim. Confesso que estou insegura e ao mesmo tempo com medo de não ser a pessoa que imagino! . Você que reside na Malásia, pode me orientar sobre o comportamento deles.

Resposta
Ana maria Abril 7, 2018 at 9:00 am

Olá tudo bem, gostaria de saber se teve a resposta que precisava?? Estou na mesma situação Sei que ja faz mais se 2 anos por favor pôde me responde se teve resposta?

Resposta
Tatiane Moreira Abril 10, 2016 at 6:11 am

Acho que moro no teu prédio! Rsrs

Resposta
Roberta Novembro 24, 2016 at 7:24 pm

Qual a melhor região para morar em kuala? Obrigada

Resposta
Ann Moeller Novembro 30, 2016 at 11:52 am

Ola Roberta, no momento não temos colunista na Malásia. Equipe BPM

Resposta
Ma Magalhaes Novembro 14, 2017 at 6:43 am

Olá Fernada tudo bem?
Adorei seu texto. Estou aqui em Kuala Lumpur e é exatamente tudo que vc disse!! Kkkk
Quanto ao casaco dos motociclistas, eu não aguentei e tive que perguntar para um deles. Estava mega curiosa!!!
Bom, a resposta foi de que, como chove muito aqui, eles usam a blusa ao contrário para se proteger… mas qual seria a diferença de usar a blusa do jeito certo e fechar o zíper??!! Não tive uma resposta convincente… rs
Grande bj e muito obrigada!!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação