BrasileirasPeloMundo.com
Dicas para aprender idiomas Porto Rico

Porto Rico, o desafio de aprender um novo idioma

acervo pessoal

Porto Rico, o desafio de aprender um novo idioma.

Você recebeu uma proposta para morar ou estudar em outro país. A ideia parece bem interessante, não é mesmo?

Morar em outro país pode ser maravilhoso, porém costuma ter seus desafios, pois além da oportunidade de conhecer novas culturas, amigos, lugares e costumes, também existe o desafio de conhecer e aprender um novo idioma.

Se você decidiu morar em um país onde o idioma principal não é o português, não tenha medo e sim esteja preparada. Como primeiro passo e se você tiver tempo, faça um curso básico de seu novo idioma no Brasil em uma boa escola ou com um professor particular, nativo ou não, o importante é que ele tenha uma boa didática. O curso básico te ajudará a perder um pouco o medo e controlar a ansiedade, além de abrir portas para continuar aprendendo, no seu tempo.

No Brasil, não é muito difícil encontrar pessoas de várias partes do mundo, portanto, tente encontrar um professor nativo e, provavelmente, ele te ensinará, além do idioma, algumas particularidades de seu país de origem. Lembre-se que o mais importante é ter vontade de aprender e dar o primeiro passo.

No meu caso, eu me mudei para Porto Rico, e minha experiência tem sido única. Eu nunca imaginei que na minha vida eu passaria por uma experiência tão rica e maravilhosa.

Leia também: Bem-vindos a Porto Rico, um paraíso tropical

Em Porto Rico o principal idioma é o espanhol, todos falam espanhol por aqui. O segundo idioma é o inglês e cerca de 60% da população fala os dois idiomas, inglês e espanhol.

Para os que ainda não tiveram a oportunidade de aprender o espanhol, este idioma está entre os três primeiros mais falados no mundo e como em qualquer outro idioma, podem existir algumas variações entre diferentes países de língua hispânica. Porém, se você aprender o básico corretamente, já vai ser de grande ajuda para se comunicar no início.

Se você não tem tempo para estudar no Brasil, não se preocupe, quando estiver no seu novo país, pesquise quem poderá oferecer um curso básico. A importância deste curso é que você vai aprender os fundamentos e as regras gramaticais e se você não passar por esse primeiro passo, aprender o novo idioma pode ser um pouco mais lento.

O primeiro lugar que você pode procurar ajuda para conseguir um curso básico é no Consulado do Brasil. Aqui em Porto Rico, nós não temos um escritório do Consulado do Brasil, porém temos uma comunidade de brasileiros no Facebook e estamos sempre conectados e nos ajudando com informações importantes. Afinal, todos nós passamos pelos mesmos desafios.

Outro lugar onde você pode buscar informação sobre cursos de idioma para estrangeiros é nas universidades. Algumas possuem programas de ensino de idioma com baixo custo.

Além disso, participe de uma comunidade local de brasileiros. Hoje, alguém te ajudará; amanhã, você ajudará alguém. Ser solidário é muito gratificante.

Uma vez que você tenha o conhecimento básico do idioma, e quando eu digo básico é básico, mesmo, então, você já estará preparada para aprender seu novo idioma de uma maneira mais interessante e divertida.

Como parte do aprendizado do espanhol em Porto Rico, eu me acostumei a escutar uma rádio de notícias WKAQ 580AM todas as manhãs. Desta forma, me mantenho informada, treino a pronúncia e aprendo a escutar e interpretar, o que às vezes não é tão fácil, considerando que eles falam bem rápido. Outra opção é ler os jornais e revistas locais, seja com a ajuda de um dicionário ou com o Google tradutor, que é, sem dúvida, um grande amigo e companheiro.

Leia também: Dicas para morar em Porto Rico

De todos os métodos utilizados para aprender o espanhol, o que eu mais gostei foi conhecer novas pessoas. No início, eu me sentia envergonhada e não conseguia acompanhar a conversa. Mas à medida que me esforço para aprender o espanhol, estou acompanhando melhor e até consigo participar mais ativamente da conversação. É claro que às vezes sai um “portunhol” por aí, mas pouco a pouco estou melhorando e as pessoas que me conhecem sabem da dificuldade e sempre me ajudam – seja corrigindo ou ensinando como se pronunciar corretamente.

Neste momento é importante ter humildade e levar a vida numa boa, como eles dizem aqui, cogerlo suave! Por isso, aprenda a rir de você mesma, não leve tudo tão a sério, não leve para o lado pessoal e aproveite a oportunidade para fazer novos e bons amigos que vão fazer parte deste novo capítulo da história da sua vida.

Em Porto Rico, os brasileiros são muito bem aceitos, os porto-riquenhos têm muita curiosidade para saber sobre o nosso Brasil, sobre o Carnaval, futebol, praias, comidas típicas, ou seja, sobre tudo que você possa imaginar. Então, aproveite a oportunidade para ensinar um pouco do nosso país que também é tão rico e cheio de pessoas maravilhosas, sem valorizar os problemas, porque problema todo país tem.

Outra dica que eu acho super válida é matricular-se em um curso de seu interesse ou hobby, seja ele em uma universidade ou colégio técnico. Desta forma, além de estudar o novo idioma você também aprenderá uma nova profissão. Eu optei por esta alternativa e a experiência tem sido incrível, afinal, estou me comunicando com pessoas que têm o mesmo interesse que eu, que gostam do mesmo assunto e esta dinâmica transforma a aprendizagem em algo mais fácil e divertido, ou seja, dois cursos em um!

Como tudo na vida, a prática leva à perfeição. Poder se comunicar cada vez melhor te fará sentir mais feliz e segura. Não tenha vergonha de pedir ajuda aos seus novos amigos para que te corrijam quando você pronunciar algo errado. Eles interpretarão esta sua atitude de forma positiva, porque entendem o esforço que você está fazendo para se comunicar no idioma deles. Alguns provavelmente te pedirão ajuda com o português, o que seria uma troca justa.

Espero que a aprendizagem de seu novo idioma seja uma experiência gostosa, divertida e gratificante.

Siga o conselho dos porto-riquenhos, cogelo suave, e seja feliz!

Related posts

Do portunhol ao espanhol fluente

Ana Paula Almeida

Noções básicas para ajudar com o idioma húngaro

Mayra Di Domenico

Como foi aprender uma língua eslava

Renata Ferrari Pegoretti

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação