BrasileirasPeloMundo.com
Índia

Primeiros passos na Índia

Para aqueles que desejam vir para a Índia a trabalho, para obter experiência internacional, eu recomendo duas organizações:

A primeira se chama AIESEC, que foi pela qual eu vim no ano passado (2013), e a segunda Step-out.

Na Índia não há muitas empresas brasileiras pelas quais você poderia tentar um emprego, mas segue abaixo a lista das que eu tenho conhecimento que possuem escritório aqui, para caso você resolva tentar encontrar algo diretamente através delas:

  1. Vale
  2. Gerdau
  3. Weg 
  4. Marcopolo
  5. Stefanini
  6. Vulcabras
  7. Andrade Gutierrez
  8. Perto

Eu vim para a Índia em março de 2013 e realizei o meu estágio em uma empresa indiana, a qual fabrica itens de decoração para grandes marcas, tais como, Zara Home, Target , IKEA, H&M Home, Cost Plus, Pier 1 Import, entre outras. O nome desta empresa é Dileep Industries, e eles fabricam peças lindas (porém o site não apresenta muitas imagens dos itens).

O salário de um estagiário aqui na Índia vai depender da cidade em que você estiver morando.

Por exemplo, Jaipur não é uma cidade muito cara de viver, por isto o salário para estagiários varia de 12 a 20 mil rúpias (USD 200 a USD 334,00), já os estagiários em Delhi ganham mais, contudo gastam mais para viver também.

Com este dinheiro, se você não beber e fumar (falo isto porque acho estas duas coisas caras por aqui), você consegue ter uma experiência bacana e até viajar com o salário que ganhará. Lógico que para isto terá que morar com mais pessoas, dividir quarto e banheiro. Estas duas Organizações que citei acima serão responsáveis por encontrar um local para você, caso venha para a Índia através de um contrato realizado com elas. Além de que estas providenciarão também a documentação necessária para apresentar à Embaixada Indiana no Brasil.

Após a experiência de nove meses que obtive, eu verifiquei que há uma falta de Agentes Internacionais, na Índia, voltados na área de Comércio Exterior entre o Brasil e a Índia, o qual conseguisse atender os profissionais brasileiros que estivessem com problemas com as fábricas indianas, dando a devida atenção e esclarecendo dúvidas de uma forma mais clara, além de ajudar os empresários na negociação com os indianos.

Sendo assim, eu voltei para a Índia neste ano (2014) com o intuito de montar a minha empresa de Agenciamento Internacional.

Além disto, outro fator que fez com que eu voltasse para a Índia foi ter encontrado uma pessoa tão especial.

Hoje já faz mais de um ano que estamos juntos e temos muitos planos para o futuro.

Foto 2
Dilip e Camila

Sobre a segurança: Muitos me perguntam se eu me sinto segura por aqui, tendo em vista as notícias que vemos no jornal, sobre o assédio e a descriminação contra as mulheres.

Para esta pergunta eu sempre respondo a mesma coisa: Sim, eu me sinto muito segura.

Mas é claro que este sentimento ocorre devido à minha situação financeira, local onde moro e a vida que eu levo.

É triste a realidade de ler praticamente todos os dias nas mídias notícias de mulheres que foram violentadas. Mas quase 100% das vezes acontecem em localizações muito afastadas, que dificilmente um turista ou um estrangeiro que more aqui frequentaria.

Se você for mulher e quiser vir para a Índia, não precisa ter medo. Mas necessita sim tomar algumas precauções, como por exemplo, o modo de se vestir, não andar na rua sozinha de noite, e claro, não se arriscar em lugares remotos sem o acompanhamento de um guia autorizado. Estes cuidados são algo que eu tenho em qualquer lugar do mundo.

Novamente, se Você for mulher, vier para a Índia e tiver a fisionomia diferente dos indianos (me refiro, a pele muito mais clara), presenciará situações de várias pessoas lhe encarando, às vezes por curiosidade, e muitas outras vezes por admiração.

A sexualidade ainda é um assunto muito restrito entre os homens indianos, e por isto, ao olhar um decote ou pernas à mostra, eles fixam os olhos, por se tratar de algo diferente, e esta atitude faz com que muitas mulheres de outros países se sintam mal ao sair nas ruas daqui (já escutei todos os tipos de reclamações possíveis).

Quando tenho que sair de casa sozinha, por morar em uma cidade tradicional (Jaipur), eu prefiro usar roupas indianas, tais como Kurti ou Kaftan. São peças simples, baratas, fácil de encontrar e que faz com que eles não fiquem encarando você de modo tão intenso (pelo menos no meu caso, pois acho que pareço um pouco com o povo daqui..rs).

Foto 3
Kurti (peça da esquerda) e Kaftan (peça da direita)

Sobre a situação da mulher: Aqui encontramos mulheres trabalhando em várias áreas. Em hospitais, Bancos, Escolas, Empresas privadas… Mas o número de mulheres em ativa ainda é bem menor do que o de homens. Pelo menos na cidade onde moro, a maioria das mulheres foram criadas para serem esposas, e não precisarem trabalhar. Até mesmo as pessoas que limpam as casas, na maior parte das vezes são homens.

Aqui consta um artigo que explica melhor sobre a situação de trabalho da mulher indiana (em inglês).

Abaixo algumas fotos de lugares que estive, para fazer com que vocês, brasileiras que estejam em nossa terra natal ou pelo mundo, fiquem com vontade de vir conhecer a Incrível Índia!

DSCN0330
Chand Baori
IMG_0844
City Palace – Jaipur
photo 2 (2)
Visita à Rusirani Village
DSCN0542
Monkey Temple (Galtaji) – Jaipur
IMG_1319
Festival das cores – Holi

Por fim, passo algumas dicas de sites e páginas para vocês seguirem, caso gostem deste país tanto quanto eu:

  • Página do Facebook do Indian Cultural Centre – ICC – São Paulo;
  • Página do Facebook da India Brasil Masala (onde fala um pouco sobre a Índia e o Brasil);
  • Site do governo indiano, para promover o turismo no País; e,
  • Portal do governo indiano.

Namastê a todas as brasileiras e até breve!

Related posts

Mumbai, a cidade indiana dos sonhos

Nione Cristina Claudino

Dicas para realizar trabalho voluntário na Índia

Carolina Monzi

Dez curiosidades sobre a Índia

Rachel Tardin

29 comentários

Cristiane Leme Julho 22, 2014 at 9:51 am

Camila, eu viajo nos seus textos…. lembro da época de quando eu trabalhava para ITPO (India Trade Promotion Organisation) em SP.
Namaste!

Resposta
Camila Pimenta Julho 23, 2014 at 5:30 am

Olá Cristiane, muito obrigada por acompanhar!
Namaste. 🙂

Resposta
Joy Matta Julho 22, 2014 at 8:21 pm

Ah, as roupas indianas sempre me passaram a impressao de ser tao confortáveis que creio que nao teria o menor problema em usá-las…. Adorei i texto 😉

Resposta
Camila Pimenta Julho 23, 2014 at 5:29 am

Oi Joy, sim, eu também adoro as roupas indianas.
Elas são super práticas, tirando o saree, que me enrolo toda para por e fico parecendo um pinguim andando…hehehe.

Resposta
tabibitosoul Julho 23, 2014 at 3:05 am

Olá, Camila! Que legal saber que temos mais uma brasileira em terras indianas!Ou melhor, mais um casal indo-brasileiro! Ainda mais nesta cidade maravilhosa e mágica que é Jaipur! Eu moro em Mumbai, também sou casada com um indiano e não consigo me imaginar vivendo em outro local (exceto o Brasil, é claro!).
Trabalho como tradutora e professora de idiomas aqui e tenho um website onde anuncio os meus serviços. Se quiser dar uma olhadinha, fique à vontade: http://www.linguafrancaservices.com. Sucesso na sua caminhada e tudo de bom!

Resposta
Camila Pimenta Julho 23, 2014 at 5:27 am

Olá! Sim, mais uma brasileira que adora este País.
Jaipur é uma delícia, mas já me falaram que a melhor cidade para morar na Índia é Bangalore.
Eu adoro saber quando um casal indo-brasileiro deu certo, pois Você sabe como é difícil este tipo de relacionamento por conta da cultura.
Obrigada pela informação sobre o seu website e trabalho. Se precisar de algum serviço do gênero para o futuro eu entrarei em contato contigo. 🙂
Abraços e tudo de bom para Você.

Resposta
Mais uma maneira de saber + sobre a Índia! | Paranaense na Índia Julho 31, 2014 at 7:14 pm

[…] aqui que já leu o meu segundo post no Blog ‘Brasileiras pelo […]

Resposta
Laura Diniz Outubro 6, 2014 at 5:39 pm

Olá Camila Pimenta gostei muito da sua história, pois desde a minha infância eu leio muito sobre este país e hoje estou me graduando e pretendo dar um passeio e quem saber conseguir trabalhar nesta cidade de Jaipur pelas fotos olhei que é muito bonito me identifico muito com esse país. Parabéns

Resposta
Camila Pimenta Outubro 6, 2014 at 5:45 pm

Olá Laura,
Tem MUITAS empresas em Jaipur contratando intercambistas brasileiros pela AIESEC.
Se Você pesquisar em grupos do Facebook verá que tem muitos recém formados por aqui. Até agora só escutei falarem coisas boas das experiências que tiveram! 🙂
Espero que seus planos se concretizem!

Resposta
Renata Andrade Abril 1, 2015 at 1:44 am

Boa noite!
Gostei muito do seu texto, e de suas informações.
Gostaria de tirar algumas dúvidas, estamos estudando a possibilidade de mudar para Jaipur, mas tenho dois filhos um de 14 e outra de 9 anos, meu receio é quanto a escola para eles, vc pode me ajudar ou me passar alguma informação ?

Desde já agradeço.

Resposta
Camila Pimenta Abril 1, 2015 at 6:54 am

Oi Renata,
Que bacana!
Entao, por eu nao ter filhos eu nao possuo conhecimento sobre escolas em Jaipur.
Mas ha 2 brasileiras com criancas pequenas (5 anos) morando aqui.
Os seus filhos ja estudam ingles?
Creio que o idioma seria a maior barreira para eles, pois o dia a dia eh muito parecido com o que temos no Brasil (pelo menos para mim, que sou de uma cidade do interior).
Se quiser me mandar um e-mail para que eu coloque Voce em contato com uma delas, fique a vontade: [email protected]
Pois elas conhecem varias escolas aqui em Jaipur, e elas poderiam te passar o nome de varias escolas boas.
Abracos.

Resposta
Camila Junho 1, 2015 at 12:37 am

Oi, Camila. Também sou Camila e estou muito feliz com as informações que tem me dado. Percebi que há uma alienação em relação a India e muito sensacionalismo (principalmente, em relação a segurança).
Ainda estou no ensino médio e, como todo adolescente, sofro a pressão sobre profissão e futuro. Há alguns meses me apaixonei perdidamente pela India e estou em dúvida, pois tenho vontade de ir assim que acabar a escola, mas tenho medo de como seria crescer profissionalmente na India (inclusive, gostaria de saber se é possível?). Os meus conceitos academicos de que preciso me formar numa federal se vão quando vejo tudo de lindo e misterioso que a India tem.
SOS

Resposta
Camila Pimenta Junho 1, 2015 at 2:28 pm

Oi Camila,
Sim, há o lado ruim na Índia, como em qualquer País, mas também existe o lado positivo, o qual é muito pouco falado/debatido.
Eu procuro focar apenas no lado bom, para seguir com os meus planos.
Aqui na Índia a concorrência é muito forte, para conseguir se destacar, tendo em vista a grande população. Sendo assim, aconselho a finalizar os seus estudos no Brasil antes, e já venha com um diploma.
Esta fase que está passando é passageira, e ocorre com quase todos que já conheci. Por isto não cobre tanto de Você e siga o seu coração, ou seja, faça algo que te de prazer.
Abraços e sucesso para ti. 🙂

Resposta
Índia – Custo de vida Julho 19, 2015 at 9:41 am

[…] já comentei aqui no blog a Índia é um país muito barato para se viver. Muitas dos estrangeiros que vêm para cá são […]

Resposta
Bianca Setembro 27, 2015 at 2:04 am

Oi Camilla!
Muito obrigada pelas dicas!
Acabei de ser aprovada pra um estágio de 6 meses na ARCH Academy em Jaipur pela Aiesec!
Munha mãe está muuuuuito preocupada e seu texto foi mais confortante pra ela! 🙂

Resposta
Camila Pimenta Outubro 4, 2015 at 7:25 am

Que máximo. Parabéns. Bem vinda a Jaipur. 🙂

Resposta
Jéssica Setembro 30, 2015 at 5:53 pm

Oi Camila, parabéns….
Olha, eu sou extremamente apaixonada por esse país, e obtive uma admiração muito grande por você, pela sua história profissional com esse país e culturas lindas… Parabéns mais uma vez. Estou super interessada em trabalhar na índia, mas não sei como começar…

Resposta
Camila Pimenta Outubro 4, 2015 at 7:27 am

Que lindo seu comentário Jéssica. Obrigada. 🙂
Abraços.

Resposta
Paula Novembro 27, 2015 at 11:20 pm

Olá, estou indo na próxima sexta feira visitar uma fabrica e ter treinamento sobre os produtos. Como devo me vestir?
Falam sobre nao andar de ombros de fora, mas vi que na sua primeira foto vc esta de blusa regatinha, posso dessa maneira?

Resposta
Bruno de Figueiredo Pinto Março 7, 2016 at 2:03 pm

Olá Camila,
minha esposa esta morando atualmente em Delhi e eu pretendo me mudar para lá este ano 2016.
Estou procurando formas de encontrar trabalho em minha área ou até mesmo um estagio.
Sou engenheiro civi e agradeço qualquer dica!

Muito Obrigado.

Bruno de Figueiredo Pinto

Resposta
Cristiane Leme Março 7, 2016 at 9:56 pm

Olá, Bruno. A Camila parou de colaborar com o blog. Procure a nossa nova colunista no país, a Joice, e deixe um comentário em um dos textos dela.
Obrigada
Edição BPM

Resposta
Helena maria dos santos Abril 8, 2017 at 7:58 pm

ola Camila eu estou morando na india em Patiala eu casei com um indiano eu sou de Sao paulo se voce ou alguem que possa me dar algum esclarecimento eu sou modelista a 19 anos no brasil tem experiencia em muitos tecidos em malha tecido plano e etc e falo english o basico mais estou aprendendo como faco para trabalhar na minha area e qual cidade da India desde ja muito obrigada pela a tencao de todos que possam me ajudar

Resposta
Cristiane Leme Abril 10, 2017 at 8:47 pm

Oi, a Camila parou de escrever pro BPM e não responde mais aos comentários.
Aconselho você a aprender inglês o mais rápido que puder ou se puder aprender o idioma local, melhor ainda. Kashmir, Ludhiana e Paripat, aí na sua região, respondem por 80% da produção de malha da Índia, pode ser que tenha boas oportunidades pra você. No mais é fazer contato com pessoas da área pelo LinkedIn, afiar o inglês e dar a cara pra bater, mesmo. Faça buscas pelo Google escrevendo apparel industry Punjab India companies, isso vai te dar alguns nomes de empresas na região que são fabricantes de roupas. Só tome cuidado que a exploração de mão de obra nesse setor é bem cruel, com jornadas exaustivas e salário de fome, além de condições insalubres.
Boa sorte!

Resposta
Gisele Santos Pereira da Cunha Fevereiro 5, 2019 at 4:11 pm

Olá , qual a melhor cidade para morar com crianças (14 e 11 anos)?
Existem condomínios aonde os estrangeiros moram ?
E escolas? meus filhos já falam inglês.
Moramos em Londres e as crianças circulam sozinhas aqui de ônibus, ai seria possível?

Obrigado.

Gisele

Resposta
Liliane Oliveira Fevereiro 6, 2019 at 1:13 am

Olá Gisele,
A Camila Pimenta, infelizmente parou de colaborar conosco.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Leila Junho 4, 2019 at 5:37 pm

Olá Camila, gostei muito de suas experiências na índia. Por favor qual face book e Instagram para te seguir.

Resposta
Liliane Oliveira Junho 5, 2019 at 1:29 pm

Olá Leila,
A Camila Pimenta, infelizmente parou de colaborar conosco.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
LUANA GABRIELLY PIMENTA Setembro 4, 2019 at 6:28 pm

Oi Camila
Eu gostaria muito de trabalhar na Índia, pois o país me encanta e a língua também.
Gostaria que você entrasse em contato comigo para conversar mais sobre o assunto

Resposta
Liliane Oliveira Setembro 5, 2019 at 1:36 pm

Olá Luana,
A Camila Pimenta, infelizmente, parou de colaborar conosco.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação