BrasileirasPeloMundo.com
Dinamarca Empregos Pelo Mundo

Procura-se profissionais de TI na Dinamarca

A Dinamarca tem se estabelecido como um pólo de centros de dados, o que significa que a procura por profissionais de TI pelas empresas estabelecidas no país continua em alta. Grandes empresas de tecnologia como IBM e Apple já aportaram por aqui e a novidade mais recente é a notícia da criação de um centro de dados do Facebook em Odense, terceira maior cidade dinamarquesa. Portanto, caso seja um profissional de TI com um desejo mudar de país, e se achar que a Dinamarca é um destino para você, comece a clicar nas vagas de ‘procura-se’ agora mesmo!

Vantagens

Os profissionais de TI estão entre os mais bem remunerados do país e figuram na Lista Positiva da imigração. A média salarial de um líder de projeto na área de IT na Dinamarca é de 46.488 coroas dinamarquesas (antes do imposto de renda), segundo o site de empregos Jobindex, podendo chegar a 80 mil em algumas empresas. Mesmo que esse profissional pague a alíquota mais alta de impostos, ainda é um excelente salário para se viver por aqui, apesar do alto custo de vida. Leia sobre custo de vida na Dinamarca aqui.

Outra vantagem é que como muitas vezes a linguagem corporativa exigida para esses profissionais é o inglês, há mais chances para profissionais estrangeiros ingressarem nesse competitivo mercado de trabalho.

A Dinamarca está sempre entre as primeiras posições nas listas de países com melhor equilíbrio entre vida pessoal e profissional, melhores países para se criar filhos e o mais importante, é o número um na lista de países com menor índice de corrupção do mundo. Já é vantagem que chega, não é mesmo?

O que é preciso para ter chances reais?

Tenha em mente que a parte mais difícil é obter o visto. Como o programa de Green Card foi encerrado, é preciso partir para outras alternativas.

Algumas possibilidades são:

  • Você já tem cidadania de algum país da Comunidade Europeia ou de outro país nórdico

Nessas condições você obtém automaticamente a permissão de trabalhar na Dinamarca, dentro de certos parâmetros determinados pela lei. Dessa forma, teoricamente basta conseguir que uma empresa se interesse na sua contratação. Depois de assinado o contrato, você poderá realizar os processos administrativos para garantir a sua permanência na Dinamarca de forma legal.

  • A empresa patrocinar o seu visto

Profissionais que são referência na área ou que possuem comprovadamente experiência e qualificações excelentes têm uma probablidade maior de conseguirem um visto patrocinado pela empresa. Via de regra, o patrocínio de visto é uma exceção aberta a raros casos. Também é preciso observar se a vaga e a pessoa a quem ela é oferecida estão dentro dos parâmetros ou do Fast-Track Scheme ou do Pay Limit Scheme.

Leia mais sobre vistos para a Dinamarca aqui, aqui e aqui.

Outras recomendações ao se procurar por uma vaga de emprego na área de TI na Dinamarca são:

  • Falar inglês em nível avançado;
  • Falar um mínimo de dinamarquês é um diferencial para o estrangeiro que é muito competente e tem referências excelentes. É bom lembrar que em muitas empresas a linguagem corporativa é o inglês mas a língua do dia a dia é o dinamarquês, então demonstrar interesse pelo aprendizado do idioma é visto com bons olhos pelos recrutadores, como um sinal de compromisso e vontade de crescer e permanecer na Dinamarca e na empresa – senioridade nas empresas é algo muito comum e esperado;
  • Ter experiência relevante na área onde irá procurar por oportunidades. Se tiver recomendações relevantes, melhor ainda;
  • Ter algum conhecimento sobre o país e sobre como funciona o mercado corporativo local;
  • Conhecer dentro das empresas os profissionais de IT que poderão falar a seu respeito e até fazer indicações – para isso, o LinkedIn é uma ótima ferramenta.

IMPORTANTE: Profissionais de TI não precisam reconhecer seus diplomas para exercer a profissão no país.

Onde procurar as vagas?

O mercado nessa área é tão interessante que há até mesmo bancos de profissionais inteiros especializados exclusivamente em vagas para TI.

Os sites mais recomendados para quem quer tentar trabalhar em TI na Dinamarca são:

IT-Jobbank – esse é o site mais completo para os profissionais de tecnologia da informação. Há ofertas de vagas em diversos níveis e áreas dentro do segmento.

Jobnet – tido como o maior portal de empregos do país, é o portal oficial do governo e tem oferta de vagas em vários segmentos, incluindo TI.

Jobindex – mais conhecido site de empregos local, o Jobindex oferece vagas em diferentes níveis.

Computerworld – publicação especializada em computação e tecnologia da informação, disponibiliza em seu banco de dados diversas vagas no setor. As vagas são de múltiplos sites, incluindo os dois acima.

Work in Denmark – esse site oferece vagas em diversos setores da economia dinamarquesa. Além das vagas, há a vantagem de dar informações sobre aspectos práticos como moradia, documentação e vida na Dinamarca. Tem também tutoriais que ensinam os profissionais estrangeiros a procurar emprego na Dinamarca, tudo explicado em detalhes.

Mais dicas para conseguir um emprego na Dinamarca 

Tenha um currículo no LinkedIn

A ferramenta mais utilizada por recrutadores no país é o LinkedIn. Portanto, capriche no perfil, que pode inclusive ser todo em inglês para quem busca uma carreira internacional.

Faça contato com profissionais da área no país

Através de grupos em redes sociais é possível construir relações com pessoas que trabalhem em tecnologia da informação na Dinamarca e, assim, conseguir informações sobre o mercado de trabalho, além da oportunidade de ouvir e aprender com as diversas experiências de cada pessoa.

Adapte o seu CV ao modelo dinamarquês

“Em Roma, faça como os romanos” é um ditado bem válido. Na Dinamarca, além do CV enxuto e conciso é preciso escrever uma carta de apresentação que consiga passar aos recrutadores a sua motivação para a vaga e que desperte neles o interesse pelo seu perfil, levando a um convite para uma entrevista. Dicas de como escrever um CV e uma carta de apresentação nos moldes dinamarqueses estão nos tutoriais do Work in Denmark.

Related posts

Trabalhar nos Estados Unidos

Monica Bateman

Peripécias de uma “louca dos gatos” na Dinamarca

Camila Vicenci Witt

O CV ”à la française” – como construir um CV para o mercado francês

Stela d'Escragnolle Klein

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação