BrasileirasPeloMundo.com
Indonésia

Mercados tradicionais em Jacarta, Indonésia

Além dos mais de 170 shoppings existentes em Jacarta, como falo neste texto, existem outros mercados, mais parecidos com o nosso mercadão ou mercado de rua, feirinhas, etc. E é sobre eles que falarei hoje.

Mercado em indonésio é conhecido como pasar, e todo bairro possui pelo menos um pequeno pasar. O termo pasar se refere ao encontro de vendedores que vendem de tudo em carrinhos que atravessam as áreas residenciais. Eles se reúnem pela manhã em locais de grande concentração de gente, como prédios comerciais e áreas centrais, espalhando-se pelas ruas mais ao final do dia. Outros permanecem num lugar específico, com vários vendedores, transformando-se nos mercados conhecidos hoje em dia.

Esses mercados são bem variados, em tamanho, produtos oferecidos, localização e público. Normalmente você encontra frutas, verduras, carne e peixe, especiarias e coisas de casa. Eu, particularmente, gosto de ir ao pasar do bairro, para comprar frutas e verduras, que geralmente são mais frescas do que no supermercado e mais baratas, além de aproveitar para treinar o meu bahasa indonésio com os locais.

Os mercados, em geral, normalmente se diferenciam em: mercados nacionais, oferecendo um pouco de tudo o que a Indonésia produz; mercados regionais, onde se vendem produtos produzidos naquela região específica e mercados locais, onde é possível comprar e vender produtos específicos de uma cidade.

Em Jacarta, por exemplo, eu diria que os mercados locais são os mais utilizados pela população. Estes suprem todas as suas necessidades básicas, desde frutas e verduras até roupas e acessórios para a casa e, dentre eles, existem ainda alguns mercados mais específicos ou especializados em algo diferente.

O mercado de antiguidades mais conhecido fica na Jalan Surabaya, em Menteng. Trata-se de uma rua repleta de lojinhas com todos os tipos de coisas antigas e relíquias. Os preços normalmente não são fixos, então é necessário ser forte na negociação para não pagar um valor absurdo. E ficar esperto, pois existem as antiguidades autênticas e as “antiguidades” novas, então vale manter os olhos abertos se estiver em busca de algo específico. Lá você encontra porcelana holandesa, relógios antigos, estátuas balinesas, vinil de todos os estilos, esculturas entalhadas em madeira, entre outros artesanatos. É um passeio super agradável e um lugar que vale a pena conhecer.

Jalan Surabaya. Foto: Arquivo pessoal.

Um mercado bem popular na venda de tecidos é o Pasar Mayestik, que vende também frutas, verduras, artigos retrôs, produtos de escritório e domésticos. A maioria das lojas possuem uma costureira ou um tailor disponíveis para te ajudar a criar a sua arte, eu particularmente nunca precisei, mas uma amiga comprou o tecido e mandou fazer um vestido bordado para um casamento que ficou maravilhoso e saiu no mínimo três vezes mais barato do que comprando um pronto.

Em Jacarta também se encontra o maior centro têxtil do sudeste asiático. O Pasar Tanah Abang oferece uma infinidade de modelos, estilos e tecidos diferenciados a um preço acessível. É um shopping fechado, com ambiente climatizado (ar-condicionado, algo necessário nesse forno de Jacarta) e tão grande que está dividido em sete blocos, bem fácil de se perder! Nele você encontra além de tecidos, roupas para toda a família: masculina, feminina, infantil, muçulmana, jeans, batik, roupas íntimas, bolsas, sapatos e todos os tipos de acessórios. Muitos indonésios vão para comprar tecidos baratos e produzir os próprios vestidos e roupas tradicionais, por exemplo, mas mesmo se não for comprar tecidos, vale a pena uma visita!

O cenário artístico de Jacarta está concentrado ao sul, na região de Kemang, lá você encontra galerias de arte sofisticadas, artesãos e cafés super graciosos… Mas pensando em arte local e mais acessível, vale a pena visitar o Ancol Art Market, localizado em Ancol Dreamland, um parque à beira do mar de Java.

Este mercado fica ao ar livre e possui objetos artísticos de toda a nação indonésia (lembrando que o país tem mais de 13 mil ilhas e muitas culturas diferentes), como pinturas, esculturas, cerâmica e outros. É ótimo para a compra de lembrancinhas para a família e amigos. Além de possuir alguns restaurantes de frutos do mar, muito frescos e com um preço acessível, e te dar acesso à única praia de Jacarta – que vale a pena conhecer, mas infelizmente sua aparência não é muito convidativa e sua higiene deixa a desejar. Se possível, é melhor ir durante a semana, pois aos finais de semana Ancol está sempre cheia de gente, mas o local oferece apresentações de dança e teatro tradicional indonésio para os presentes.

Por último, porém não menos importante, vou falar também sobre o Pasar Baru, que é o mais antigo shopping center de Jacarta, construído no início do século 19. Naquela época, era frequentado apenas pelos aristocratas holandeses e indonésios de alto calão, hoje em dia é dominado por indonésios com descendência indiana. Este mercado oferece acessórios esportivos, óculos, ouro, sapatos, têxtil, relógios, roupas e especiarias indianas para quem quiser comprar. Possui algumas áreas cobertas e restaurantes indonésios onde depois de pechinchar e andar bastante, pelo menos algo para beber você vai comprar!

Espero que tenham gostado e se precisarem de ajuda para pechinchar por aqui, é só avisar!

Até a próxima!

Leia sobre o custo de vida em Jacarta!

Related posts

Indonésia – Valentine’s Day? Aqui, não!

Gisele Altoé

Indonésia – Pena de morte e sociedade

Gisele Altoé

Transporte público em Jacarta

Mariana Neder Petrini

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação