BrasileirasPeloMundo.com
Croácia Sistema Educacional Pelo Mundo

Sistema Educacional Croata

Sistema Educacional Croata – Parte II.

No último mês explicamos como funciona o sistema escolar aqui na Croácia, desde o jardim de infância até o ensino médio. Se você ainda não viu, confira aqui.
Pra terminar esse tema, explicamos aqui como funciona a educação superior e o sistema de notas nas escolas e faculdades croatas.

Educação Superior

No fim do 4º ano, todos os alunos do ginásio (e os outros que querem entrar na faculdade) precisam fazer os exames nacionais, algo como o ENEM, hoje, no Brasil. As disciplinas obrigatórias são de Língua Croata, Matemática e Inglês. Cada aluno também escolhe um exame opcional (ou mais), de acordo com a faculdade(s) que gostaria de se inscrever. Os resultados dos exames nacionais, nota final da escola e o resultado do vestibular (que depende da faculdade) são transferidos em créditos. Cada aluno escolhe até 10 faculdades e faz uma lista, considerando as suas preferências. Tudo isso está introduzido no sistema nacional de informação para inscrição em instituições de ensino superior, ou seja, num sistema online. Dependendo dos pontos e da cota em cada uma das faculdades, o sistema faz a lista final e os alunos recebem a confirmação da inscrição na faculdade.

A Croácia tem 8 universidades públicas, distribuídas pelo país. Nem todas têm a mesma oferta das faculdades e dos cursos. A Universidade de Zagreb oferece a maior seleção de cursos, mas isso não significa que inclui todos os que as outras universidades croatas incluem. Algumas das faculdades que pertencem a Universidade de Zagreb são: Faculdade de Direito, Faculdade de Medicina, Faculdade de Economia, Faculdade de Ciências Humanas, Faculdade de Agronomia, Faculdade de Engenharia Elétrica e Computação, Faculdade de Engenharia Mecânica, Faculdade de Arquitetura.

Nas universidades croatas, os estudos são realizados de acordo com a Declaração de Bolonha. Ou seja, os estudos consistem em 3 ciclos – licenciatura (duração de 3 anos), mestrado (duração de 2 anos) e doutorado (duração de 3 anos). Os alunos não são obrigados a acabar todos os três ciclos de estudo. Há, por exemplo, estudos que só têm o primeiro ciclo, ou seja, a licenciatura.

Leia também: Quais são os prós e contra de estudar fora?

Algumas faculdades estaduais também oferecem estudo em tempo parcial. Neste caso os estudantes pagam o seu ensino e normalmente têm as aulas da tarde, e não dividem as aulas com estudantes regulares. Tem faculdades que oferecem uma cota para estudantes estrangeiros com ensino em inglês. Além das faculdades que fazem parte das universidades públicas, há várias faculdades privadas que oferecem cursos para estudantes. Claro, estas faculdades são pagas por semestre e oferecem mais liberdade para os estudantes que têm outros compromissos junto com os seus estudos.

Ano escolar, férias e notas

O ano escolar é dividido em 2 semestres. O primeiro semestre é mais curto, começa na primeira segunda-feira de setembro e dura até dezembro, quando começam as férias de inverno. As férias duram três semanas e incluem feriados de Natal e Ano Novo. O segundo semestre começa em janeiro e acaba em junho, mas também inclui vários feriados e férias de Páscoa. Depois vem as férias de verão, que duram dois meses, até o novo ano escolar.

O ano acadêmico também se divide em 2 semestres. O primeiro semestre começa em outubro e acaba em fevereiro, com o começo do período de provas do inverno. Em março começa o segundo semestre, que dura até junho. Em julho ocorre o período das provas de verão, enquanto as provas de outono ocorrem em setembro. Claro, as férias de Natal e da Páscoa também existem, mas são mais curtas do que as férias na escola. Nos dias dos feriados, sejam estaduais ou religiosos, todos os estudantes, assim como os alunos da escola, têm dia livre.

Leia também: Universidade de Zagreb

Quanto às notas escolares, todas as escolas e faculdades na Croácia usam a escala de 1-5, com 5 sendo a nota mais alta, e 1 sendo a nota insuficiente. A nota 5 é excelente, nota 4 seria muito bom, nota 3 é bom, nota 2 é suficiente, enquanto a nota 1 é insuficiente e significa reprovação. Além da nota, os estudantes da faculdade também recebem créditos ECTS, introduzidos junto com o Processo de Bolonha. Só ao passar todos os exames e ganhar 30 créditos por semestre é que os estudantes podem se inscrever no próximo semestre.

Haja informação, não é?
O sistema educacional croata é realmente bem diferente do sistema educacional brasileiro, mas espero que tenha dado pra entender um pouco como funcionam as coisas aqui na Croácia.

Related posts

Universidade de Zagreb

Nathália Nascimento

Minhas percepções sobre minorias na Croácia

Renata Ferrari Pegoretti

A Convenção de Istambul e sua repercussão na Croácia

Debora Pedroni

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação