BrasileirasPeloMundo.com
Argentina Culinária Pelo Mundo Curiosidades Pelo Mundo

Sobremesas e doces argentinos

Sobremesas e doces argentinos.

O texto de hoje vem doce e cheio de propostas açucaradas. Quem é do tipo formiga com certeza vai gostar. No meu caso, confesso que prefiro o salgado e tenho muita saudade de coxinha, risole e pastel de feira. Claro que estas comidas existem aqui, mas não são encontrados em nenhuma padaria ou cafeteria. Cafeteria? Sim! A lei é acompanhar o cafezinho com algo doce, para equilibrar sabores. Então, como o costume vai mais pro lado doce da força, hoje vamos conhecer um pouco sobre algumas sobremesas e doces bem argentinos.

Chocotorta

Seu sucesso e popularidade se deve ao fato de que não vai ao forno, não precisa usar batedeira e menos ainda ser um profissional da pastelaria. Esta torta, que surgiu como estratégia de marketing de um biscoito de chocolate que inclusive dá origem ao nome, foi inspirada no Tiramissú italiano. A ideia foi molhar os biscoitos em leite e fazer camadas com uma mistura de doce de leite e cream cheese. É um clássico nos aniversários de crianças, porque é muito fácil de preparar e leva apenas 3 ingredientes. Ao sair das casas para as confeitarias, a receita chegou até o ranking Taste Atlas, e foi eleita como a melhor sobremesa do mundo no ano passado, deixando para trás as representantes de países como Itália, Alemanha e Bélgica, por exemplo.

Torta Balcarce : Bomba doce (arquivo pessoal)

Balcarce

Este doce leva o nome da cidade onde nasceu e é uma versão, criada na década de 50, de uma sobremesa chamada Imperial, que era comercializada por uma confeitaria na cidade de Mar del Plata. Inicialmente vendido como Il Vero Napoli, mudou seu nome porque toda vez que chegava uma entrega na confeitaria, os funcionários gritavam “Chegaram os de Balcarce!”, e assim o nome ficou como conhecemos hoje: Balcarce. Está mais presente nas festas de fim de ano e é uma explosão de sabores pois mistura vários ingredientes como essência de baunilha, nozes, merengue e, claro, doce de leite.

Facturas

Quem já visitou a Argentina, sabe que as padarias se confundem com confeitarias. Entrar em uma é mergulhar num mundo de delícias calóricas, com infinidade de Facturas e dificilmente a compra será de apenas um simples pão francês. No café da manhã ou lanche da tarde e acompanhando o chimarrão as Facturas são massas de pão ou massa de pastel folhado, recheados com doce de leite, creme batido, doce de batata, marmelada, chocolate… e por aí vai. Podem ser fritas ou ao forno. São uma verdadeira tentação pra quem está em dieta pois aqui são muito consumidas. Muitas empresas oferecem um café da manhã bem farto, com Facturas de todo tipo. Impossível não ver o resultado na balança depois de um tempo.

Sorvete Artesanal Argentino (arquivo pessoal)

Sorvetes

Os meses entre novembro e abril são os mais quentes aqui e, nada melhor do que acalmar todo esse calor, com temperaturas de até 37°, com um sorvete. Honestamente, em matéria de coisas doces, é a sobremesa mais gostosa pra mim. O sorvete argentino é tão, mas tão bom que em janeiro de 2020 ficou em 3° lugar em um campeonato mundial, realizado na Itália. Com sabores tradicionais, que exploram todas as formas do doce de leite e chocolate, e exóticos (sorvete de chimarrão, queijo azul, de wisky), sem dúvida o sorvete é uma paixão nacional.

Segundo dados da Associação de Fabricantes Artersanais de Sorverte, o consumo na Argentina é de 6,9 kilos por pessoa e por ano, e de acordo com a pesquisa feita por uma plataforma de pedidos de comida on line na América Latina, são os argentinos quem mais pedem sorvete.

Leia também: Gastronomia argentina: hábitos e pratos típicos

Porquê? Por uma série de fatores como cremosidade, estética, combinação de sabores, criatividade e, diferente do sorvete produzido em escala industrial, o artesanal é feito com matérias-primas naturais, sem conservantes ou aditivos. É elaborado diariamente e em pequenas quantidades. O sorvete, como quase tudo aqui, foi trazido pela imigração européia no início do século XX e influencia muito a vida social dos argentinos, tanto que existe a noite das sorveterias, onde todas apresentam sabores novos, com preços e promoções imperdíveis.

Existe muito mais para falar sobre as sobremesas, em espanhol postres, e doces locais. Quando visitar a Argentina, não deixe de experimentar a variedade criativa e vencedora destes que são símbolo da cultura gastronômica deste país.

Related posts

Por dentro da culinária de Montenegro

Maria Isabel Vucinic

Dez curiosidades sobre os italianos

Marina Sacco

Vístula, o maior rio polonês

Raisa Rechter

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação