BrasileirasPeloMundo.com
México

Terremotos, furacões e inundações no México

México é um país que “tiembla”. Treme! Sim é um país que treme e sacode e não propriamente com o balanço de suas belas canções ou estádios lotados em alguma final de campeonato do esporte favorito. São as catástrofes naturais que deixam este belo país ano após ano em ALERTA!

Em outubro o nome de México esteve na “boca do povo” no mundo todo, esperava-se o maior e mais temido furacão da história ocidental e o mais forte em termos de vento do mundo que chegaria em questão de segundos e salve-se quem puder!

Patrícia

Patrícia, nome dado ao furacão se converteu em categoria 5 e entrou no país pelo Pacífico. Tocou terra dia 24 de outubro de 2015 com ventos de aproximadamente 325 km/h. Patrícia surpreendeu a todos,  dentro de 10 horas passou de tormenta a um monstruoso furacão de categoria 5, categoria máxima na escala de Saffir-Simpson.

Felizmente o furacão perdeu forças e causou menos estragos que o esperado. Estudiosos explicam que isso aconteceu por se tratar de uma área montanhosa e pouco habitada, se não fosse assim, o desfecho desta história seria bem diferente.

O furacão Patrícia deixou 6 vítimas fatais no México, 4 em El Salvador, 1 na Guatemala e 1 em Nicarágua. Além desses também deixou estragos materiais no Texas (EUA) e Costa Rica.

Muitas pessoas quando planejam morar ou passarem suas férias no México levam em consideração as áreas afetadas por furacões, terremotos ou inundações para escolherem o lugar ou data mais segura.

Terremoto

Com base em alguns estudos calcula-se uma média de:

  • 100 terremotos com magnitude maior ou igual a 4.5;
  • 5 terremotos de magnitude maior ou igual a 7.5 cada 10 anos;
  • Se espera um terremoto com magnitude maior ou igual a 7.5 a cada 10 anos.

Em 19 de setembro 1985 um terremoto afetou diversos lugares do México. Principalmente o Distrito Federal causando entre danos materiais mais de 6 mil vítimas fatais.

Como proceder durante um terremoto

Pessoas que visitam ou vivem nestas áreas precisam levar em conta certos tipos de cuidados. Ter em mãos telefones úteis e comidas provisórias para enfrentar possíveis consequências do tremor. Busque refugiar-se em lugares próximos a saídas, certificando-se que nas paredes nada possa cair sobre o corpo. Guarde consigo e seus familiares, principiante crianças os documentos de identificação.

Durante o terremoto

  • Tente manter a calma, dirija-se a um lugar previamente estabelecido. Cubra a cabeça com as duas mãos e a mantenha entre os joelhos.
  • Não utilize elevadores.
  • Fique longe de objetos que possam cair.

12270262_975058869218855_946743492_n

Imagem disponível pelo governo de Espanha.

A maioria dos terremotos registrados no país tiveram epicentro na Costa do Pacífico.

Estados considerados seguros:

  • Nuevo León
  • Coahuila
  • Chihuahua
  • Durango
  • Zacatecas
  • San Luis Potosi
  • Tamaulipas
  • Campeche
  • Quintana Roo
  • Yucatán

Furacão

México esta localizado em uma área considerada vulnerável aos furacões. Desde Hilda a Patrícia vários deles deixaram costas completamente devastadas.

Ainda quando os furacões podem formar-se desde maio no Caribe e também Golfo do México a temporada oficial de furacões começa dia 1 de junho e termina 30 de novembro. No Pacífico começa oficiante em 15 de maio e termina 30 de novembro.

No Caribe e Golfo do México o ponto mais alto de alerta acontece de agosto a outubro. A maioria dos furacões toca terra em setembro o que não quer dizer que não possa ocorrer em outros meses.

Nome dados aos furacões

O costume de “batizar” os furacões é algo de séculos atrás. Antes usava-se nomes de santos que coincidiam com a data da tragédia, depois passaram a chamá-los por nome + número.

A partir de 1953 as tormentas começaram a receber nomes femininos, usados em ordem alfabética.

Em 1978 passaram a usar nomes femininos e masculinos. Foram criadas 6 listas com 23 nomes cada, estes com facilidade de pronúncia em espanhol, inglês e francês. Ao serem usados todos os nomes reinicia-se a lista, nomes utilizados em furacões marcados por mortes são retirados da lista. Em outras regiões do planeta que também são afetadas por furacões são denominadas de outras maneiras.

Inundações

Ao longo da história o  México foi tragicamente afetado pelos estragos deixados por inundações.

Atualmente os estados mais afetados são:

  • Tabasco
  • Vera Cruz
  • Tamaulipas

Devido ao nível de água e transbordamento dos rios: Pánuco, Moctezuma e Tamesí.

E a pergunta que muitos fazem é: “É seguro viajar em temporada de furacão para a Riviera Maya?”

Todas as pessoas que vivem há mais de 10 anos por aqui já passou por um furacão ou conhece alguma história para contar.

Em 2005 o furacão Wilma de categoria 5 devastou praticamente toda a zona norte do estado de Quintana Roo, Playa del carmen e Cancun foram as cidades mais afetadas.

Hoje em dia muitos dos hotéis que recebem milhares de turistas o ano todo, contam com infraestrutura de refúgios contra furacões e estão na sua maioria preparados para possíveis tragédias.

Últimos furacões que atingiram a Riviera Maya:

  • Dean em agosto de 2007, categoria 5.
  • Wilma em outubro de 2005, categoria 5.
  • Emily em julho de 2005, categoria 5.

De 1974 a 2015 somente 7 furacões entre os meses de julho a outubro tiveram impacto na Riviera Maya.

Conclusão: se avaliarmos as estatísticas, viajar para a Riviera Maya em temporada de furacão pode não ser tão ruim quanto se imagina, além de ser temporada baixa onde os preços também estão mais baixos.

Que México “temble” os corações de todos que por estas terras pisarem e que a movida seja no Coco Bongo.

Informações úteis:

Em caso de estar no país e necessitar ajuda de emergência:

Proteção civil: 56831142

Polícia: 060 ou 066

Cruz Roja/Vermelha (vermelha): 065

Bombeiros: 068

Falhas no serviço de abastecimento de energia elétrica: 071

Resgate e urgência médica: 57228805

 

Related posts

Apresentando o México para os amigos

Joseane Dambros

Variedade de Tacos no México

Flavia Zahn

Casamento em Cancun

Elisa Rabello

6 comentários

Elaine Corrêa Janeiro 1, 2016 at 6:59 pm

Adorei a matéria. É muito importante informar as pessoas acerca desse assunto tao importante. Me foi de grande valia, uma vez que vou a Veracruz (um dos pontos mais atingidos) em maio, quando se inicia a temporada de furacoes. Parabéns!

Resposta
Flavia Zahn Fevereiro 8, 2016 at 9:07 pm

Agradeço por ler e interagir.

Resposta
Lourdes Pinheiro Setembro 8, 2017 at 4:29 pm

Gostei da matéria. Estou indo para o México 04 de novembro de 2017. Valeu!

Resposta
Fernando Henrique Setembro 8, 2017 at 5:31 pm

Olá Flavia boa tarde. Estive com minha esposa no começo de julho em Playa e depois Cancún. Ficamos 8 dias desfrutando deste paraíso. Com o terremoto desta noite 08/09/17, se ainda estivéssemos em Cancún correríamos algum perigo. Abraços!

Resposta
Larissa Setembro 20, 2017 at 12:20 am

Estou indo dia primeiro para Riviera Maya… Tomara que seja uma viagem segura.

Resposta
Sueli Munhoz Setembro 21, 2017 at 2:22 pm

meu mayor sueño es coñocer mi querido Mexico

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação