BrasileirasPeloMundo.com
Austrália Empregos Pelo Mundo

Trabalho na área de formação na Austrália

Trabalho na área de formação na Austrália

Essa é uma dúvida muito comum entre as pessoas que estão planejando ou que sonham em fazer um intercâmbio: vou conseguir trabalhar na minha área? Mesmo com o visto de estudante?

Indo direto ao ponto: é possível? É. É fácil? Não necessariamente. A seguir apresento alguns fatores importantes para conseguir ou, pelo menos, buscar, um trabalho na sua área de formação.

1. Invista no inglês

Parece um tanto quanto óbvio, mas vocês se surpreenderiam com a quantidade de pessoas que já vieram me perguntar: “preciso falar inglês para trabalhar na minha área na Austrália?”.

Sim, precisa. Quanto maior seu nível de inglês, maiores suas chances no mercado de trabalho. Se você tem essa dúvida, faça apenas o paralelo para o Brasil, ou seja, pense se você contrataria alguém para trabalhar com você que não falasse nada (ou quase nada) de português. Como você iria passar o trabalho, como essa pessoa poderia caminhar sozinha na empresa, sem supervisão constante, uma vez que ela não entende o que está sendo dito? Difícil, né? Pois bem, o mesmo vale para cá. Por isso, antes de pensar em conquistar o tão sonhado emprego no que você ama, invista no seu inglês. Vai valer a pena.

Leia também: Posso trabalhar durante o intercâmbio na Austrália?

2. Veja e seja visto – networking é fundamental

Assim como no Brasil, aqui na Austrália o famoso Q.I. (Quem Indica) conta muito. Claro que as vagas não são preenchidas exclusivamente por indicações, mas elas existem e facilitam bastante o caminho. Procure grupos no Facebook relacionados à sua área, eventos, palestras, workshops, cursos, tudo o que possa te pôr em contato com pessoas influentes, que te ajudem a chegar lá. Nós, brasileiros, somos um povo muito prestativo, então é possível que no Facebook exista um grupo voltado para a sua profissão aqui na terra dos cangurus, portanto procure-o, entre nele e interaja!

dicas de trabalho na Austrália
Foto: Pixabay

3. Entenda (e aceite) as diferenças desse mercado

Enquanto seres humanos, tendemos a permanecer em nosso lugar-comum, na zona de conforto. Mas, pense, você já saiu do Brasil, foi morar em um país diferente, com uma cultura diferente, ou seja, zona de conforto já não é bem o lugar que você está nesse momento, não é mesmo?  Então, não vai ser agora que você vai desistir! Entender que a Austrália funciona de forma diferente do Brasil em alguns aspectos, e de forma similar em outros, vai te ajudar a sofrer menos nesse processo e, consequentemente, estar pronto para encarar os novos desafios mais cedo!

4. Seja voluntário e/ou faça um estágio

Pode ser difícil, tanto para o bolso quanto para o ego, trabalhar sem remuneração e em um cargo infinitamente inferior ao que você tinha no Brasil, mas posso afirmar com propriedade o quanto aceitar dar esse passo para trás foi importante para a minha trajetória por aqui. Através de um cargo voluntário, no qual eu ia apenas 1 ou 2 vezes por semana para a empresa, consegui meses depois uma proposta de emprego muito bacana nessa mesma empresa com um salário bom! Cabe ressaltar que não aceitei porque, na mesma época, consegui o emprego na agência de intercâmbio que trabalho atualmente, e optei por este, mas veja só: um ano de Austrália e eu já pude abrir mão de uma oportunidade de emprego super boa por já estar com outra engatada!

Leia também: Novos vistos e mudanças para imigrar para a Austrália em 2019 

5. Não desista!

Sim, há horas que o desânimo bate mesmo, mas o importante é reunir forças e seguir adiante. Pode demorar mais, pode demorar menos, e fato é que quando estamos vivendo a situação, sempre parece uma eternidade, mas com dedicação e persistência você vai chegar lá! Ou então vai descobrir um talento oculto, algo diferente, vai mudar a tua rota e ser feliz de outro jeito, não importa! Só não desista de ser feliz e não se acomode em uma situação que não está legal para você, ok?

Termino esse texto da mesma forma que comecei: afirmando que conseguir um emprego na área de formação aqui na Austrália pode não ser simples, mas é possível, mesmo que seu visto tenha algumas restrições, como é o meu caso. Invista o máximo que puder no inglês e confie no seu taco, que as coisas acontecem!

E, se tiver alguma dúvida, entre em contato que ficarei muito feliz em ajudar!

Até a próxima!

Related posts

Os desafios para entrar no mercado de trabalho na Bélgica

Tábata Senna

6 lugares para conhecer enquanto estiver na Austrália – Parte I

Sheyne Tanaka

Quais são os esportes populares na Austrália?

Aline Arruda

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação