BrasileirasPeloMundo.com
Colômbia Transporte Público Pelo Mundo

Transporte público em Medellín

Quando eu vivia no Brasil, era muito difícil andar em transporte público. Em Fortaleza, cidade onde eu morava, não tem metrô e as linhas de ônibus são sempre muito demoradas, muito quentes e pouco efetivas.

Quando cheguei em Medellín, percebi que de todas as maneiras é possível se locomover pela cidade. Medellín conta com um sistema de transporte público integrado, administrado pela Secretaría de Movilidad de Medellín. Esse sistema abrange metrô, teleféricos, bondes, ônibus e até bicicletas. O sistema foi criado nos anos 90 e vem crescendo junto com a cidade. Todos os transportes são integrados e para ter acesso é
necessário um tipo de cartão chamado Cívica.

Metrô

O metrô iniciou as suas operações no ano de 1995. Sua rede conta com duas linhas (Línea A e Línea B) e 27 estações. Funciona das 4 horas da manhã até às 23 horas e transporta 1.003.565 passageiros diários.

Metrocable

Chama-se Metrocable o sistema de teleféricos que, com muito orgulho, faz parte do sistema de transporte. Ele tem a intenção de suprir as necessidades dos bairros menos favorecidos da cidade. Medellín é um vale cercado de montanhas, muito bairros cresceram em partes altas onde o acesso à parte baixa era muito difícil. As quatro linhas do Metrocable integram ao metrô algumas comunidades que antes eram marginalizadas e de difícil acesso.

Foto: Pixabay.com

Metroplús

A linha de ônibus que integra o sistema chama-se Metroplus. Com suas operações iniciadas no ano de 2011, o Metroplus possui um corredor com 12,5 quilômetros, duas linhas e 21 estações. São ônibus que trafegam numa linha exclusiva pela cidade, alguns com capacidade para 160 pessoas, outros menores com capacidade para 80 pessoas. Neste momento, estão sendo implantados ônibus elétricos, uma proposta da prefeitura para a melhoria da qualidade do ar. O Metroplus é um equipamento confortável, melhora a mobilidade da cidade e também possui integração com o metrô.

Leia também: Custo de vida em Bogotá

Tranvía de Ayacucho

Com estações no centro da cidade, o sistema conta com bondes elétricos chamados Tranvía. Inaugurada no ano de 2015, o transporte leva 5,4 mil passageiros por hora/sentido, possui três estações, seis paradas e conta com uma rede de 12 bondes. Esse transporte também foi implementado para facilitar o acesso de comunidades mais afastadas ao centro da cidade. É também uma boa maneira de conhecer o centro comercial de Medellín.

EnCicla

O sistema de bicicletas públicas do Valle de Aburrá foi inaugurado em 2011 como uma proposta de posicionar a bicicleta como meio de transporte sustentável, saudável e eco friendly. Conta atualmente com 51 estações e 1,3 mil bicicletas.

As estações estão espalhadas pela cidade e foram posicionadas próximas às ciclofaixas. Cada estação possui um totem de autoatendimento ou um funcionário que facilita o empréstimo. O acesso é gratuito durante 1 hora de utilização.

Todos esses transportes fazem parte do sistema Metro. Além de tudo isso, a cidade conta com alguns ônibus pequenos que são muito usados pela população. Esse transporte contribui para a contaminação ambiental, causa grande barulho na cidade e ainda trafega geralmente com capacidade acima do permitido. A administração trabalha fortemente para mudar essa situação, mas ainda existem linhas que são de grande importância para os usuários.

Os táxis também são utilizados na cidade. A oferta de táxis é abundante. Muito facilmente você encontrará os carrinhos amarelos pelas ruas. É um serviço barato mas, devido a saturação de veículos, em horários de pico, perde-se muito tempo em congestionamentos.

Para viajar à cidades vizinhas ou a outros estados da Colômbia, Medellín conta com dois Terminais Intermunicipais (algo como as rodoviárias no Brasil). Um deles leva os passageiros para destinos ao norte e outro terminal leva para destinos ao sul da cidade.

Leia também: Expressões colombianas

Em Medellín, existem dois aeroportos. O principal, Aeropuerto Internacional José María Córdoba, está localizado no município de Rionegro, mais ou menos a uma hora do centro de Medellín. Dali, saem voos nacionais e internacionais. Dentro da cidade e um pouco menor, está o Aeropuerto Olaya Herrera, prestando serviços departamentais e nacionais.

Nós utilizamos o transporte público quase todos os dias. Usamos o metrô tanto para ir trabalhar, como para fazer passeios. Na verdade, o metrô faz parte do passeio sempre que temos alguém visitando a cidade. Também utilizamos muito as bicicletas, principalmente aos fins de semana quando algumas vias são destinadas exclusivamente à elas.

Os moradores de Medellín têm muito orgulho de possuir um sistema de transporte organizado e bem cuidado. Principalmente o Metrocable. Esses teleféricos colaboraram para o desenvolvimento social e turístico das regiões mais perigosas, tornando-se exemplo para outras cidades do mundo e melhorando a imagem de Medellín para os visitantes.

Related posts

Transporte público em Lima

Bruna Figueiredo

Expressões colombianas

Lívia Maioli Soares

Meios de transporte na Estônia

Ana Carolina Poli

1 comentário

Gilberto Cardoso Cunha Março 21, 2019 at 11:13 pm

Fantástico!!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação