BrasileirasPeloMundo.com
Noruega Transporte Público Pelo Mundo

Transporte público na Noruega

O sistema de transporte público na Noruega funciona muito bem. Minha experiência em cidades grandes como Oslo, Trondheim, Bergen e Stavanger sempre foram boas e você consegue se locomover muito bem de ônibus (bus), metrô ( t-bane), bondinho (trikk) ou de trem (tog), além do barco expresso (hurtigbåt). Para andar de metrô, é somente possível em Oslo, uma vez que as outras cidades ainda não possuem esse meio de transporte.

Vale a pena ficar atento aos horários de cada transporte, porque aqui tudo passa na sua hora certa e raramente se atrasam. Cada cidade tem sua linha de transporte com seus respectivos sites e, se você é novo por aqui, é possível se consultar pela própria internet para saber qual ônibus pegar, aonde descer etc. Você só precisa ter o seu endereço, ou até mesmo o nome do seu ponto, e o de onde deseja ir.

Pegar ônibus ou o trem para ir ao trabalho ou fazer coisas rotineiras é bem comum para os noruegueses, tanto que as linhas têm rotas e horários específicos por temporada. No verão, quando a maioria das pessoas tira férias, os horários são alterados, e temos ônibus com menos frequência. Em alguns pontos, especialmente nos mais movimentados, temos monitores que mostram a chegada de cada ônibus, se tem atrasos etc.

Leia também: dicas para alugar imóvel na Noruega

Quanto custa?

O preço varia muito de cidade, e aqui em Trondheim, onde eu moro, por exemplo, uma passagem única para um adulto custa 50kr (+ou- 5,18 euros). Se você quiser economizar, fica bem mais em conta comprar o cartão mensal pelo seu telefone ou, até mesmo, ter o cartão de ônibus, que é recarregado no escritório da própria companhia de ônibus. Ainda existe a possibilidade de comprar a passagem em bilheterias automáticas no próprio ponto de ônibus, mas isso só é possível em alguns pontos, e a passagem sai em torno de 10 kr mais barata. Se você estiver sem grana para comprar o bilhete pelo telefone, as empresas oferecem um aplicativo de celular e você pode pagar através dele ou até mesmo por SMS. Pessoas acima de 65 anos, crianças/adolescentes e até seu bichinho de estimação pagam metade da passagem. Crianças com até 4 anos de idade não pagam. Nos finais de semana e feriados (exceto o do dia 17 de maio), aqui na minha cidade, criança/adolescente de até 16 anos não pagam passagem, se estiverem acompanhadas de um adulto. No trem, também existem pacotes e preços para família.

Um cartão mensal para adulto custa 760 kr ( 78,83 euro), para pessoas acima de 65 anos e crianças, 305 kr. Para estudante de até 35 anos e adolescente tem o preço reduzido e pagam 460 kr. Se você for passar pouco tempo por aqui, também há a opção de comprar sua passagem por até 7 dias. Lembrando que quando você tem esse bilhete de período, pode utilizá-lo no seu meio de transporte por quantas vezes você quiser.

O trem é utilizado por pessoas que moram mais distante e que precisam fazer uma pequena “viagem” para o trabalho todo dia, os chamados pendler. No site da NSB, você pode fazer uma consulta e ver quanto sairia um bilhete único, de 7 dias ou de um mês para o seu destino. O mesmo acontece com quem pega o hurtigbåt, um barco expresso. Essas pessoas se locomovem para lugares mais distantes e, com frequência, mais “isolados”, como ilhas.

Leia também: pratos da culinária norueguesa

Domingos e feriados

Infelizmente, nos domingos e feriados, não temos ônibus algum antes das 10 horas da manhã. Para quem estava acostumado a pegar qualquer transporte público no Rio de janeiro, quando e a qualquer hora, isso é bem chocante. Bom, para não dizer que não é possível pegar nada, tem um santo ônibus que passa às 6 horas da manhã, dá a volta pela cidade quase toda e passa pelo hospital, justamente para o pessoal, que trabalha lá, poder ter um meio de chegar ao seu trabalho, sem ser de taxi ou por caminhada. Esse ônibus que me salva, quando eu tenho plantões nos domingos ou feriados. Qualquer rota de ônibus ou trem termina seus horários um pouco antes da meia noite e o primeiro ônibus do dia sai um pouco antes das 6 da manhã. Após as 19 horas, aproximadamente, variando de acordo com a cidade, as linhas têm sua frequência reduzida, e o ônibus passa a cada meia hora. Nos dias 24 e 31 de dezembro, as linhas param por cerca das 15h30, e para se locomover, só se for de taxi ou de carona com alguém. Isso, creio eu, é para que os funcionários possam aproveitar a ceia de natal e o ano novo com suas famílias.

Tudo aqui é muito bem organizado. O trem, por exemplo, tem uma área restrita no modo “silencioso”. Nesse vagão, você não pode fazer barulho, incluindo falar no celular. As pessoas que viajam nesses vagões, querem dormir e relaxar, antes ou depois de irem para o trabalho. No ônibus, é proibido comer, mas nem todos respeitam a placa de aviso. O motorista é quem confere os bilhetes. Não temos trocador, e no meio do ônibus há um scanner para as pessoas passarem seus cartões ou bilhetes. O motivo de a passagem ser mais barata se adquirida antes de se entrar no ônibus, é justamente para evitar que o motorista circule com muito dinheiro, e não corra risco de assalto. Tentar dar um calote por aqui pode sair bem caro, além da vergonha que se passa. Ser pego sem um bilhete válido, lhe dará uma multa de quase 1000 kr. O ônibus é adaptado para carrinhos de bebê e cadeirantes. Eu mesma pegava o ônibus para todos os lugares com os meus gêmeos no carrinho.

O transito não é caótico como o do Rio de Janeiro. Os ônibus têm faixa exclusiva a caminho e no centro da cidade, o que evita engarrafamentos. Também temos um ônibus específico, que vai até o aeroporto, o chamado flybuss.

Espero que as informações tenham sido úteis e que tenham gostado.

Related posts

Transporte público em Buenos Aires

Sara Martins

Transporte público na Irlanda

Annaline Stepien

Transporte urbano no México

Joseane Dambros

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação