BrasileirasPeloMundo.com
Artigos em Destaque Cheguei e agora? EUA

Tudo que você precisa saber para morar nos EUA

Tudo que você precisa saber para morar nos EUA.

De acordo com estimativas realizadas pelo Ministério das Relações Exteriores, aproximadamente 3 milhões de brasileiros vivem fora do país. Desse total, quase a metade, ou seja, em torno de 1,4 milhão moram nos EUA.

É preciso pesquisar muito antes de tomar qualquer decisão para evitar problemas com a imigração ainda mais por conta do enrijecimento das regras migratórias impostas pelo governo de Donald Trump, por isso, neste texto você vai encontrar tudo que você precisa saber para morar nos EUA.

Vistos

Vistos para morar nos EUA

Conseguir um visto para morar nos Estados Unidos legalmente ainda é o sonho de várias pessoas, apesar de o país estar passando uma fase instável devido ao atual presidente. Muitos brasileiros têm vontade de tentar uma vida melhor na terra do famoso “Tio Sam” e nessas horas, informação é tudo.

Reentry Permit para Green Card – O que é isso?

É uma permissão de reentrada nos EUA para portadores de Green Card que precisam se ausentar por longos períodos. A obtenção de uma permissão de reentrada antes de deixar os Estados Unidos é essencial para evitar futuros problemas durante seu retorno, além de permitir que um residente permanente ou condicional solicite a admissão nos Estados Unidos em qualquer momento enquanto esta permissão estiver válida, sem a necessidade de obter um visto de residente (visto SB-1) de uma embaixada ou consulado dos Estados Unidos no exterior.

Extensão do visto de turista nos EUA

Nunca deixe para pedir a extensão depois que seu tempo já tiver expirado, caso o faça você já será considerado fora de status ou ilegal e a probabilidade do seu requerimento ser negado é alta.

Documento local

Como tirar o Social Security Number (SSN)

Aqui nada se faz sem o Social Security Number (SSN), que é o seguro social ou o CPF, como chamamos no Brasil. Parece exagero, mas não é. Esse cartão é o seu “passe livre” no país.

O SSN é utilizado para informar o seu salário ao governo americano e para comprovar a elegibilidade da pessoa para os benefícios do mesmo. Você precisa do Seguro Social para trabalhar, obter seus benefícios e receber algum outro serviço do governo.

Conta bancária

Dicas para abrir conta bancária

Se você mora nos EUA e ainda não possui uma conta bancária ou está se planejando para vir, saiba que ter uma conta em banco é muito fácil e rápido.

Custo de vida

Custo de vida em Nova Iorque (jan/2016)

É a cidade mais populosa dos Estados Unidos e uma das áreas metropolitanas mais populosas do mundo. Nova Iorque tem um impacto super significativo sobre o comércio mundial, finanças, mídia, cultura, arte, moda, pesquisa, educação e entretenimento. É anfitriã da sede das Nações Unidas, um importante centro de assuntos internacionais, e destino de milhões de turistas anualmente. Assim, é claro que o custo de vida será mais alto aqui do que, por exemplo, em São Paulo no Brasil.

Custo de vida em São Francisco (set/2017)

De acordo com o The Council for Community and Economic Research, o custo de vida  em São Francisco é 62,6% mais alto que a média dos Estados Unidos –  e moradia é quase três vezes mais cara que as outras cidades americanas.

Custo de vida em Los Angeles (mai/2017)

Tirando o básico, todo o resto em Los Angeles é mais caro do que a maioria do resto do país. Comida, roupa e até a gasolina.

Custo de vida em Nova Orleans (dez/2018)

Um dos primeiros passos na transição é estabelecer o que é supérfluo. Mudança de hábito é necessária. Às vezes, o que você não vivia sem no Brasil se torna dispensável e você descobre que não é o fim do mundo. Para muitas mulheres o primeiro desapego é o salão de beleza.

Custo de vida em Seattle (nov/2016)

Devido ao relativamente baixo custo operacional comparado a cidades como San Francisco, Los Angeles e New York, muitas grandes empresas abriram escritórios regionais e trouxeram consigo a mão-de-obra especializada e extremamente bem paga que hoje reside na região do Puget Sound. Com esse interesse todo, as pessoas querem saber sobre o custo de vida em Seattle.

Custo de vida em Columbus, Ohio (ago/2016)

Enquanto Nova Iorque, Los Angeles, Boston e outras grandes cidades americanas são conhecidas pelo alto custo de vida, morar em Columbus é relativamente barato.

Custo de vida em Houston (jun/2016)

Houston é considerada uma cidade bastante acessível quando comparada a cidades na costa leste e oeste americana, por exemplo, Nova Iorque e Los Angeles respectivamente.

Custo do supermercado

Quanto custa fazer supermercado nos EUA

Apesar de ter plena clareza de que remuneração, composição familiar, hábitos e estilo de vida sejam fundamentais para definir a maneira de compra de cada pessoa ou família, procurei apresentar uma lista produtos que de certa forma estão presentes na mesa do brasileiro.

Custo de supermercado em Washington, D.C.

Em Washington D.C., de acordo com pesquisas realizadas, o custo de vida, e consequentemente de gastos com supermercado, é mais alto que a média nacional. Aqui se gasta, por pessoa, uma média de $380 ao mês, isto é, $4.560 ao ano. Esse custo quando multiplicado por duas ou três pessoas, se torna muito mais alto.

Sistema de saúde

Dicas para entender o sistema de saúde americano

Basicamente, todo plano de saúde virá com os seguintes termos: Premium, Copay, Deductible, Out of Pocket Maximum, Coinsurance. Entender cada um destes termos facilita na sua escolha, tendo em vista que estes termos estão ligados ao estilo de vida de cada pessoa e à frequência com que a mesma vai ao médico.

Planos de saúde

Nos Estados Unidos, não existem Planos de Saúde e sim Seguros Saúde. A medicina praticada é a curativa e não preventiva, via de regra. Isso quer dizer que o Seguro Saúde cobre pacientes diagnosticados com alguma doença. Então, se você foi ao médico com o intuito de fazer um simples check-up, prepare-se, pois a conta poderá ser alta.

Sistema de ensino

Duas diferença entre as escolas:

  • A escola particular exige legalidade da condição imigratória, já na escola pública toda e qualquer criança pode e deve estudar independente da sua situação ou da dos pais;
  • A escola pública não tem uniforme e as escolas particulares exigem o uniforme.

Alguns pontos em comum entre as duas:

  • Quando o aluno é aceito na escola, não sendo fluente em inglês o ESL program (English as second language, Inglês como segunda língua) é oferecido gratuitamente;
  • A escola é integral, geralmente de 7:45/8:00 da manhã às 2:45/3:00 da tarde;
  • O almoço não está incluído: pode ser levado de casa, comprado na cafeteria/cantina da escola (para estudantes da rede pública, é possível solicitar desconto no valor do almoço mediante comprovação de baixa renda.) Valores variam de U$ 3.75 a 5.75 dólares por dia.

Mestrado e doutorado nos EUA

Quero mestrado e não doutorado. O processo é o mesmo?

À exceção de engenharias, veterinária, nutrição e outras poucas áreas, mestrados são relativamente incomuns aqui. O pessoal sai da graduação e entra no doutorado direto. Se você quer mestrado em uma área que só oferece doutorado, faça o mestrado no Brasil e venha para o doutorado nos EUA – o que, aliás, fortalece o seu currículo. Se você é de alguma área em que mestrados são mais comuns, saiba que o processo é o mesmo, mas é mais difícil encontrar um programa que pague o seu salário.

Passo-a-passo para fazer mestrado ou doutorado com tudo pago nos EUA

Vai dar trabalho, mas vai ser maravilhoso! Você tem duas opções: conseguir uma bolsa ou ser aprovado em algum programa da mesma forma que um aluno americano seria, e então o programa pagará você (você não tem bolsa, mas ganha um salário!).

Transporte público

Transporte público em Washington D.C.

A capital norte-americana é relativamente muito bem servida de transporte público, com exceções de pouquíssimos bairros em áreas majoritariamente residenciais e mais afastados do centrão, geralmente é muito fácil se deslocar em Washington, D.C.

Transporte público em Nova Iorque

O metrô foi inaugurado em 1904 e funciona melhor no eixo norte-sul da ilha de Manhattan. Para ir de leste a oeste, o melhor são os ônibus chamados CrossTown. Eles fazem o que o metrô não faz, mas prepare-se porque o trânsito aqui é intenso, há pontos muito próximos uns dos outros e a viagem pode ser demorada. Se tiver pique, a temperatura ajudar e o trajeto for próximo, acredite: melhor fazer a pé.

Transporte público em Los Angeles

A fama de que LA tem um ruim sistema público de transporte é verdade, mas ele existe, melhorou bastante desde 2001, e a prefeitura está trabalhando pesado para melhorar, principalmente agora que ganhamos as olimpíadas de 2028.

Transporte público em Boston

O metrô de Boston, chamado de MBTA e conhecido como “T”, te leva para diversos pontos da cidade e não é nada complicado como muitos dizem. O MBTA também leva para Cambridge, que fica coladinho em Boston. O MBTA está dividido em metrô (subway), ônibus (bus), trem (commuter rail), balsas (ferry) e o The Ride, um serviço destinado a pessoas com deficiência física.

Transporte público em Portland

O sistema de transporte engloba bonde elétrico, teleférico, bicicletas públicas, ônibus e VLT (veículo leve sobre trilhos, um trem leve). A passagem tem dois valores. Por US$2,50 dólares pode-se utilizar qualquer serviço de trânsito no período de duas horas e meia. O passe diário custa US$5,00 dólares e é válido durante o dia inteiro. Ainda há descontos na compra do passe mensal para estudantes, idosos e pessoas com necessidades especiais.

Transporte público em Detriot

Viver no Michigan, dependendo da cidade que você escolheu, é transitar entre extremos, ao menos no que se refere ao transporte público. A principal cidade, Detroit, é servida de variadas opções de meios de transporte. Já em cidades pequenas como Midland, onde eu moro, não existe uma única linha de ônibus, muito menos trem ou metrô. Em grande parte do estado, ter um carro é artigo de primeira necessidade em se tratando de deslocamento pessoal.

Carteira de motorista

Cada estado possui regras e leis diferentes.

Carteira de motorista no Mississippi

Carteira de motorista em Nova Iorque

Aluguel de imóvel

Dicas para alugar imóvel em Chicago

Para quem está interessado em se mudar para Chicago, em geral, o aluguel de um apartamento de um quarto localizado em regiões bacanas e mais próximas ao centro da cidade varia entre $1.300 a $2.000 dólares por mês. Dependendo do contrato, alguns alugueis incluem água, gás, heat (aquecedor) e eletricidade; já outros, não.

Dicas para comprar ou alugar um imóvel no Texas

No geral, é mais barato alugar do que comprar aqui no Texas. Mas tudo depende de sua estratégia geral, de quanto tempo você vai passar aqui e de sua habilidade de dar a entrada e de obter o necessário financiamento. Outra coisa para considerar é a venda de uma casa. Em todo os Estados Unidos, o custo de imóvel sobe e desce de acordo com a demanda do mercado.

Dicas para comprar ou alugar imóvel nos subúrbios de Washington

Um aluguel na região da Virgínia, de um imóvel mediano para uma família com filhos, não sairá por menos de U$2.500,00 mensais, podendo facilmente chegar aos U$ 4.000,00.
A média de preço de uma casa familiar aqui está em torno dos U$600 mil e dependendo das renovações do imóvel, esse número passa facilmente de U$ 1 milhão. A única saída é entrar em um plano de financiamento, ou “mortgage”, muito familiar aos americanos.

Related posts

Festas nas praias do Havaí

Cleide Klock

5 motivos para morar em Houston

Renata Salas Collazo

EUA – Especial Entrevista – “Vegan Diva” Fernanda Capobianco

Monica Bateman

8 comentários

Rhafaella Janeiro 31, 2019 at 7:39 pm

Boa tarde, eu moro nos EUA e sou enfermeira quais são os passos para exercer minha profissão aqui?

Resposta
Liliane Oliveira Janeiro 31, 2019 at 11:03 pm

Olá Raphaella,
Temos uma colunista que mora aqui nos EUA chamada Carleara Weiss que trabalha na área de enfermagem e talvez possa te ajudar.
Boa sorte!
Liliane

Resposta
Juliana Março 12, 2019 at 1:07 pm

Liliane, bom dia!
Tudo bem?

Eu sou mãe solteira e tenho 27 anos. Tenho vontade de me mudar para os EUA de forma legalizada, porém me vejo um tanto perdida. Sei que não posso mais ser AuPair por questão de idade e por já ser mãe, mas gostaria de ir para trabalhar. Alguma sugestão?

Obrigada!

Resposta
Liliane Oliveira Março 12, 2019 at 2:09 pm

Olá Juliana,
De fato, é preciso pesquisar bastante para se mudar para qualquer país.
Se o seu desejo é vir para os EUA, sei que para participar do programa de Au Pair exige-se que a candidata seja solteira, sem filhos e com idade entre 18 a 26 anos.
Uma das possibilidades trabalhar de maneira legal seria vir transferida de uma empresa ou vir para estudar. Neste último caso, é preciso pesquisar se o visto permitiria trabalhar de maneira simultânea.
Boa sorte!
Um abraço,
Liliane

Resposta
Allan Vieira Março 27, 2019 at 2:54 pm

Olá Liliane, tenho vontade de me mudar para os EUA, porém, não tenho dinheiro suficiente para conseguir fazer curso ou college para tentar ficar direto, a melhor escolha pra mim seria conseguir um emprego direto daqui do brasil, tenho 2 graduações em T.I e mais alguns cursos na área, como consigo um patrocínio de visto de trabalho para conseguir me mudar? Pode me Ajudar?

Resposta
Liliane Oliveira Março 28, 2019 at 1:59 pm

Olá Allan,
Conseguir patrocínio de alguma empresa para vir trabalhar aqui nos EUA tem se tornado cada vez mais difícil.
Considerando que você tem duas graduações na área de T.I e que aqui há muitas vagas para profissionais da sua área, penso que a melhor alternativa seria você trabalhar em uma empresa no Brasil que também tenha escritório aqui para tentar uma transferência.
No entanto, nesse tipo de situação são realizados contratos por um período determinado e, dependendo da situação e/ou andamento do projeto a empresa pode prorrogar o visto de permanência do profissional para que ele fique por mais tempo.
Boa sorte!
Liliane

Resposta
Gabriela Junho 24, 2019 at 2:36 pm

Oi liliane tudo bem? Adorei as dicas!! tenho 20 anos é ainda não planejo em fazer faculdade no Brasil pois NY é meu sonho, como é para empregar jovens que não são fluentes, está mais facil ou dificil ? é em termos de ingles você acha melhor sair do BR com um curso ou fazer nos EUA?

Resposta
Liliane Oliveira Junho 25, 2019 at 2:00 pm

Olá Gabriela,
Antes de mais nada obrigada pela leitura e comentário.
Respondendo suas perguntas, sem dúvida será sempre mais difícil encontrar emprego sem falar o mínimo de inglês. Por esse motivo, eu sempre penso que nunca é tarde para estudar.
Outra coisa importante para dizer é que há uma limite de horas semanais permitidas para trabalhar sendo estudante, pesquise sobre o assunto.
Se você tem o sonho de vir para cá, sugiro que você comece a estudar aí para que sua adaptação ocorra com mais facilidade quando chegar aqui.
Boa sorte!
Um abraço,
Liliane

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação