BrasileirasPeloMundo.com
Rússia Turismo Pelo Mundo

Um tour pelas estações de metrô de Moscou

Um tour pelas estações de metrô de Moscou.

O sistema de metrô de Moscou é um dos mais eficientes do mundo. Os trens são sempre extremamente pontuais e o tempo de espera entre um e outro é minúsculo, sendo 90 segundos o tempo máximo de espera anual entre dois trens.
A eficiência e pontualidade são grandes diferenciais, mas o que torna o metrô de Moscou único são as suas belíssimas estações, que mais parecem museus e que costumam entrar sempre no roteiro de turismo daqueles que visitam a cidade.

O sistema de metrô de Moscou é herança da época soviética e nos diz muito sobre as modernidades existentes naqueles tempos. As mais antigas ditam dos anos 30. Joseph Stalin encomendou estações gigantescas e ricamente decoradas, para deleite e socorro da população. Ele chamava as estações de “palácios do povo”.
O tour pelas estações de metrô é o passeio mais barato da cidade: uma vez que a cobrança da passagem é única, não importando em qual estação o passageiro desembarca, o turista gasta apenas RUB35,00 para conhecer as estações mais bonitas e historicamente importantes da cidade.
Neste post vou fazer um roteiro com algumas das principais estações para serem vistas no tour.

Mayakovskaya (inauguração: 11/09/38) é a estação da minha casa e é uma das minhas preferidas. É considerada uma das mais belas de Moscou e é uma das estações de metrô mais famosas do mundo. Conta com 34 mosaicos no teto que ilustram “24 horas de céu soviético”. Localizada a 33 metros abaixo do solo, foi usada como posto de comando do regimento antiáreo de Moscou e como abrigo antiaéreo e hospital durante a II Guerra Mundial. É a primeira estação de metrô no mundo a ser construída no padrão “deep column station”, que consiste em um hall central com dois grupos de colunas que dão acesso aos trens dos dois lados.

Leia também:  Rússia – Custo de vida parte 1 e parte 2

Mayakovskaya e seus arcos (fonte: acervo pessoal)

Leia também: 10 curiosidades sobre a Rússia

Kievskaya: (inauguração: 14/03/54) o design da estação foi escolhido em uma competição na Ucrânia e conta com enormes mosaicos que celebram a unidade Russa-Ucraniana. Ao final da estação encontramos um retrato de Vladimir Lenin.

Mural dentro da Estação Kievskaya mostra o povo ucraniano durante a URSS (fonte: acervo pessoal)

Novoslobodskaya (inauguração: 30/01/52): é decorada com 32 painéis de mosaicos de vidro emoldurados por elaboradas bordas de cobre. Os painéis foram colocados entre os arcos dos pilares da estação e são iluminados por dentro. No final da estação, encontramos um mosaico chamado “Paz pelo mundo”, do artista Pavel Korin.

Komsomolskaya (inauguração: 30/01/52): está localizada sob o hub de transporte mais movimentado de Moscou, que conta com três terminais de trens interestaduais. Por isso, é uma das estações mais movimentadas e mais cheias de toda Moscou. O design da estação foi elaborado pelo designer Alexey Shchusev e trata-se da ilustração de um discurso histórico feito por Stalin no dia 7 de novembro de 41, no qual ele evoca a memória de líderes militares do passado como Alexander Nevsky e Dmitry Donskoy. Todas essas figuras aparecem nos mosaicos da estação. A estação é decorada com painéis que ilustram a luta da Rússia pela liberdade. Eles mostram os heróis nacionais em suas famosas batalhas. É interessante observar que alguns mosaicos retratavam figuras históricas que, após algum tempo, mostraram-se controversas, incluindo o próprio Josef Stalin. Tais mosaicos originais foram retirados, muitos substituídos apenas por imagens de Lenin.

A linda Estação Komsomolskaya (fonte: acervo pessoal)

Dostoyevskaya (inauguração:19/06/10): é a mais nova das estações listadas aqui. Ela entra na lista de mais belas e interessantes por homenagear um dos grandes nomes da literatura russa: Fyodor Dostoyevsky. Algumas ilustrações da estação geraram controvérsia por mostrarem cenas de violência e suicídio da obra Crime e Castigo. Há inúmeras ilustrações de várias outras obras de Dostoyevsky pela estação.

Ploschad Revolutsii (inauguração: 13/03/38): é, na minha opinião, a estação mais divertida do tour. É uma das estações mais famosas de metrô de Moscou. Conta com arcos de mármore vermelho e amarelo e mármore preto armênio. Cada arco possui um par de esculturas de bronze que retratam pessoas da União Soviética como fazendeiros, estudantes, atletas, escritores, aviadores e soldados. A estação conta com um total de 76 esculturas. Uma das estátuas, um guarda com um cachorro, é famosa pelo fato de os russos acreditarem que passar a mão no focinho do cachorro traz sorte. Cinco minutos observando é o suficiente para vermos dezenas de passageiros que passam e repetem o mesmo gesto de superstição. O vídeo abaixo, feito por mim e minha amiga Camila Veloso,  tem 25 segundos e mostra seis pessoas passando a mão no focinho do cachorro. Quantas não fazem o mesmo em um dia inteiro?

Novokuznetskaya (inauguração: 20/11/43): o design da estação homenageia os homens combatentes soviéticos. Conta com 7 mosaicos octogonais no teto e é possível encontrar várias figuras de heróis soviéticos feitas em bronze e colocadas nas colunas da estação. Os bancos de mármore da estação foram feitos utilizando mármore retirado da Igreja de Cristo Salvador, após sua demolição.

Taganskaya (inauguração: 01/01/50): o design da estação foi feito para comemorar a era pós-guerra. As colunas são decoradas com motivos florais e retratos de combatentes soviéticos que fizeram parte de grupos, como pilotos, marinheiros, tanquistas etc. A estação é toda decorada em azul e branco. No final da estação havia uma ilustração chamada “Stalin e a juventude” que, a exemplo de várias outras imagens do ex governante soviético, foi retirada e, no seu lugar, foi colocada um imagem de Lenin, o brasão da união soviética e imagens de cidades-heróis da Rússia.

Menção honrosa: Park Pobedy (inauguração: 06/05/03): a construção dessa estação começou nos anos 80, mas teve sua obra suspensa nos anos 90 por falta de verbas. Foi finalmente inaugurada em 2003. Não é tão ricamente decorada, mas entra na lista de estações interessante por ser a estação mais profunda de Moscou e a terceira mais profunda do mundo (perdendo apenas para um estação em Kiev e uma em São Petersburgo). A estação está situada a nada mais nada menos que 84 metros de profundidade. A escada rolante da estação é a mais longa da Europa, com 126 metros de comprimento.

O tour pelas estações pode ser feito com guia ou por conta própria. É muito interessante ver cada estação, observar cada detalhe e conhecer mais a história russa pelo prisma dos “palácios do povo”. Imperdível!

Related posts

Turismo em Houston

Renata Salas Collazo

Dez dicas de inverno em Clermont Ferrand

Marcella Delfraro

Comida de rua em Cingapura

Fernanda Froimtchuk

6 comentários

Alcimar Magalhaes Julho 24, 2017 at 4:07 pm

Oi Renata,
Ótimas dicas para o metro. Será que poderia me ajudar, me mandando por email como eu peço o bilhete de metro? Eu terei meio dia livre e gostaria de fazer a visita nas estações que sugeriu neste post. Seria suficiente?
Agradeço sua atenção, abraços Alcimar

Resposta
Renata Rossi Agosto 17, 2017 at 7:27 am

Olá, Alcimar,

Para comprar o ticket de metrô é bem fácil. É só comprar o cartão Troika no guichê e colocar alguns rublos e pronto.
O tour pelas estações de metrô dura mais ou menos duas horas. Dá pra encaixar em qualquer horário livre.
O preço da passagem de metrô é RUB 35,00, independente da distância que você vai percorrer. No tour não é preciso sair das estações, então o custo total vai ser esse mesmo!
Espero que goste do passeio!
Abraços!

Resposta
Paulo Leão Março 13, 2018 at 1:41 pm

Oi, Renata. Tudo bem? Vou para a copa do mundo com um grupo de amigos. Ficaremos quase um mês na Rússia acompanhando a seleção. Estou selecionando as estações mais bonitas para fazermos um tour. Em outros sites, citaram, além dessas, a Prospekt Mira, a Kropotkinskaya e a Elektrozavodskaya. Você acha que vale a pena ir nessas também? Vi que você mora perto da Mayakovskaya, que é justamente a estação mais próxima do hostel onde ficaremos hospedados. Tem alguma dica de bares, boates e locais para comer ali por perto? Ou mais longe mas que valem a pena? kk Obrigado! Abraços!

Resposta
Renata Rossi Maio 7, 2018 at 2:59 pm

Oi, Paulo!
Que legal que você vem para a Copa! A festa vai ser boa!
A Prospekt Mira é bem bonita, as outras duas são OK. Mas se tiver tempo de vê-las, por que não, não é?
A Mayakovskaya é a mais bonita, sem dúvida. Vocês estarão muito bem localizados. Por ali há bares e restaurantes aos montes. Não precisa nem procurar muito.
Para uma cerveja, tem o Pivbar e o Pilsner, que são bem legais.
Mas mesmo lugares mais longe vocês podem acessar facilmente de metrô ou táxi.
Depois dê uma olhada nas minhas dicas nesse post: https://www.brasileiraspelomundo.com/vida-noturna-na-russia-191151690
Abraços!

Resposta
Heloisa Junho 12, 2018 at 10:09 pm

Renata, você sabe informar se nas estações tem elevador ou se são acessíveis para usuários de cadeira de rodas? Grata Heloisa

Resposta
Heloisa Junho 12, 2018 at 10:10 pm

Renata, você sabe informar se nas estações tem elevador ou se são acessíveis para usuários de cadeira de rodas? Grata

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação