BrasileirasPeloMundo.com
Rússia Turismo Pelo Mundo

Um tour pelas estações de metrô de Moscou

Um tour pelas estações de metrô de Moscou.

O sistema de metrô de Moscou é um dos mais eficientes do mundo. Os trens são sempre extremamente pontuais e o tempo de espera entre um e outro é minúsculo, sendo 90 segundos o tempo máximo de espera anual entre dois trens.
A eficiência e pontualidade são grandes diferenciais, mas o que torna o metrô de Moscou único são as suas belíssimas estações, que mais parecem museus e que costumam entrar sempre no roteiro de turismo daqueles que visitam a cidade.

O sistema de metrô de Moscou é herança da época soviética e nos diz muito sobre as modernidades existentes naqueles tempos. As mais antigas ditam dos anos 30. Joseph Stalin encomendou estações gigantescas e ricamente decoradas, para deleite e socorro da população. Ele chamava as estações de “palácios do povo”.
O tour pelas estações de metrô é o passeio mais barato da cidade: uma vez que a cobrança da passagem é única, não importando em qual estação o passageiro desembarca, o turista gasta apenas RUB35,00 para conhecer as estações mais bonitas e historicamente importantes da cidade.
Neste post vou fazer um roteiro com algumas das principais estações para serem vistas no tour.

Mayakovskaya (inauguração: 11/09/38) é a estação da minha casa e é uma das minhas preferidas. É considerada uma das mais belas de Moscou e é uma das estações de metrô mais famosas do mundo. Conta com 34 mosaicos no teto que ilustram “24 horas de céu soviético”. Localizada a 33 metros abaixo do solo, foi usada como posto de comando do regimento antiáreo de Moscou e como abrigo antiaéreo e hospital durante a II Guerra Mundial. É a primeira estação de metrô no mundo a ser construída no padrão “deep column station”, que consiste em um hall central com dois grupos de colunas que dão acesso aos trens dos dois lados.

Leia também:  Rússia – Custo de vida parte 1 e parte 2

Mayakovskaya e seus arcos (fonte: acervo pessoal)

Leia também: 10 curiosidades sobre a Rússia

Kievskaya: (inauguração: 14/03/54) o design da estação foi escolhido em uma competição na Ucrânia e conta com enormes mosaicos que celebram a unidade Russa-Ucraniana. Ao final da estação encontramos um retrato de Vladimir Lenin.

Mural dentro da Estação Kievskaya mostra o povo ucraniano durante a URSS (fonte: acervo pessoal)

Novoslobodskaya (inauguração: 30/01/52): é decorada com 32 painéis de mosaicos de vidro emoldurados por elaboradas bordas de cobre. Os painéis foram colocados entre os arcos dos pilares da estação e são iluminados por dentro. No final da estação, encontramos um mosaico chamado “Paz pelo mundo”, do artista Pavel Korin.

Komsomolskaya (inauguração: 30/01/52): está localizada sob o hub de transporte mais movimentado de Moscou, que conta com três terminais de trens interestaduais. Por isso, é uma das estações mais movimentadas e mais cheias de toda Moscou. O design da estação foi elaborado pelo designer Alexey Shchusev e trata-se da ilustração de um discurso histórico feito por Stalin no dia 7 de novembro de 41, no qual ele evoca a memória de líderes militares do passado como Alexander Nevsky e Dmitry Donskoy. Todas essas figuras aparecem nos mosaicos da estação. A estação é decorada com painéis que ilustram a luta da Rússia pela liberdade. Eles mostram os heróis nacionais em suas famosas batalhas. É interessante observar que alguns mosaicos retratavam figuras históricas que, após algum tempo, mostraram-se controversas, incluindo o próprio Josef Stalin. Tais mosaicos originais foram retirados, muitos substituídos apenas por imagens de Lenin.

A linda Estação Komsomolskaya (fonte: acervo pessoal)

Dostoyevskaya (inauguração:19/06/10): é a mais nova das estações listadas aqui. Ela entra na lista de mais belas e interessantes por homenagear um dos grandes nomes da literatura russa: Fyodor Dostoyevsky. Algumas ilustrações da estação geraram controvérsia por mostrarem cenas de violência e suicídio da obra Crime e Castigo. Há inúmeras ilustrações de várias outras obras de Dostoyevsky pela estação.

Ploschad Revolutsii (inauguração: 13/03/38): é, na minha opinião, a estação mais divertida do tour. É uma das estações mais famosas de metrô de Moscou. Conta com arcos de mármore vermelho e amarelo e mármore preto armênio. Cada arco possui um par de esculturas de bronze que retratam pessoas da União Soviética como fazendeiros, estudantes, atletas, escritores, aviadores e soldados. A estação conta com um total de 76 esculturas. Uma das estátuas, um guarda com um cachorro, é famosa pelo fato de os russos acreditarem que passar a mão no focinho do cachorro traz sorte. Cinco minutos observando é o suficiente para vermos dezenas de passageiros que passam e repetem o mesmo gesto de superstição. O vídeo abaixo, feito por mim e minha amiga Camila Veloso,  tem 25 segundos e mostra seis pessoas passando a mão no focinho do cachorro. Quantas não fazem o mesmo em um dia inteiro?

Novokuznetskaya (inauguração: 20/11/43): o design da estação homenageia os homens combatentes soviéticos. Conta com 7 mosaicos octogonais no teto e é possível encontrar várias figuras de heróis soviéticos feitas em bronze e colocadas nas colunas da estação. Os bancos de mármore da estação foram feitos utilizando mármore retirado da Igreja de Cristo Salvador, após sua demolição.

Taganskaya (inauguração: 01/01/50): o design da estação foi feito para comemorar a era pós-guerra. As colunas são decoradas com motivos florais e retratos de combatentes soviéticos que fizeram parte de grupos, como pilotos, marinheiros, tanquistas etc. A estação é toda decorada em azul e branco. No final da estação havia uma ilustração chamada “Stalin e a juventude” que, a exemplo de várias outras imagens do ex governante soviético, foi retirada e, no seu lugar, foi colocada um imagem de Lenin, o brasão da união soviética e imagens de cidades-heróis da Rússia.

Menção honrosa: Park Pobedy (inauguração: 06/05/03): a construção dessa estação começou nos anos 80, mas teve sua obra suspensa nos anos 90 por falta de verbas. Foi finalmente inaugurada em 2003. Não é tão ricamente decorada, mas entra na lista de estações interessante por ser a estação mais profunda de Moscou e a terceira mais profunda do mundo (perdendo apenas para um estação em Kiev e uma em São Petersburgo). A estação está situada a nada mais nada menos que 84 metros de profundidade. A escada rolante da estação é a mais longa da Europa, com 126 metros de comprimento.

O tour pelas estações pode ser feito com guia ou por conta própria. É muito interessante ver cada estação, observar cada detalhe e conhecer mais a história russa pelo prisma dos “palácios do povo”. Imperdível!

Related posts

A experiência de dormir em um iglu na Alemanha

Larissa Wittig

Região de Andaluzia

Thais Maciel Gomes

Roma, a Cidade Eterna

Liliane Oliveira

6 comentários

Alcimar Magalhaes Julho 24, 2017 at 4:07 pm

Oi Renata,
Ótimas dicas para o metro. Será que poderia me ajudar, me mandando por email como eu peço o bilhete de metro? Eu terei meio dia livre e gostaria de fazer a visita nas estações que sugeriu neste post. Seria suficiente?
Agradeço sua atenção, abraços Alcimar

Resposta
Renata Rossi Agosto 17, 2017 at 7:27 am

Olá, Alcimar,

Para comprar o ticket de metrô é bem fácil. É só comprar o cartão Troika no guichê e colocar alguns rublos e pronto.
O tour pelas estações de metrô dura mais ou menos duas horas. Dá pra encaixar em qualquer horário livre.
O preço da passagem de metrô é RUB 35,00, independente da distância que você vai percorrer. No tour não é preciso sair das estações, então o custo total vai ser esse mesmo!
Espero que goste do passeio!
Abraços!

Resposta
Paulo Leão Março 13, 2018 at 1:41 pm

Oi, Renata. Tudo bem? Vou para a copa do mundo com um grupo de amigos. Ficaremos quase um mês na Rússia acompanhando a seleção. Estou selecionando as estações mais bonitas para fazermos um tour. Em outros sites, citaram, além dessas, a Prospekt Mira, a Kropotkinskaya e a Elektrozavodskaya. Você acha que vale a pena ir nessas também? Vi que você mora perto da Mayakovskaya, que é justamente a estação mais próxima do hostel onde ficaremos hospedados. Tem alguma dica de bares, boates e locais para comer ali por perto? Ou mais longe mas que valem a pena? kk Obrigado! Abraços!

Resposta
Renata Rossi Maio 7, 2018 at 2:59 pm

Oi, Paulo!
Que legal que você vem para a Copa! A festa vai ser boa!
A Prospekt Mira é bem bonita, as outras duas são OK. Mas se tiver tempo de vê-las, por que não, não é?
A Mayakovskaya é a mais bonita, sem dúvida. Vocês estarão muito bem localizados. Por ali há bares e restaurantes aos montes. Não precisa nem procurar muito.
Para uma cerveja, tem o Pivbar e o Pilsner, que são bem legais.
Mas mesmo lugares mais longe vocês podem acessar facilmente de metrô ou táxi.
Depois dê uma olhada nas minhas dicas nesse post: https://www.brasileiraspelomundo.com/vida-noturna-na-russia-191151690
Abraços!

Resposta
Heloisa Junho 12, 2018 at 10:09 pm

Renata, você sabe informar se nas estações tem elevador ou se são acessíveis para usuários de cadeira de rodas? Grata Heloisa

Resposta
Heloisa Junho 12, 2018 at 10:10 pm

Renata, você sabe informar se nas estações tem elevador ou se são acessíveis para usuários de cadeira de rodas? Grata

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação