BrasileirasPeloMundo.com
Espanha Vistos & Cidadanias Pelo Mundo

Visto de estudante na Espanha

Hoje falaremos de um assunto que é abordado frequentemente e que gera uma extensa discussão, o visto de estudante na Espanha.

As exigências impostas para conceder um visto que permita estudar na Espanha, normalmente, são muito parecidas com os outros países europeus. Além dos requisitos de “rotina” que devem ser apresentados para praticamente qualquer tipo de visto, são necessários outros documentos diretamente relacionados com o motivo da viagem, nesse caso, os estudos.

Como sabemos, brasileiros não precisam de visto para entrar na Espanha mas tem um limite de estadia de 90 dias. Os estudantes que forem fazer um curso rápido que não exceda esse prazo podem vir como turista, porém, se optar por um Master, Doutorado ou qualquer outra especialidade que tenha um período mais longo, então precisará do visto de estudante.

O visto de estudante da Espanha é expedido em algum dos Consulados Gerais da Espanha no Brasil (não servem os consulados honorários). Antes de começar a juntar os documentos, é bom saber qual consulado tem jurisdição no seu estado, porque a lista de documentos necessários muda de um consulado para o outro. Em qual deles você vai fazer o pedido depende de onde você reside atualmente. No meu caso, que tinha residência em Mato Grosso do Sul, tive que entrar com o pedido no Consulado Geral da Espanha em São Paulo.

O mais importante na hora de conseguir um visto de estudante é se planificar, porque muitas vezes os prazos são longos e a documentação exigida é um tanto burocrática.

Apenas lembrando que, não há, em hipótese alguma, maneira de conseguir o visto de estudante estando já na Espanha. O procedimento é feito obrigatoriamente desde o Brasil e pessoalmente. O que você pode fazer, para agilizar o tramite se não reside na cidade onde está localizado o consulado, é encaminhar por correios os documentos e comparecer somente para retirar o passaporte quando estiver sido aprovado ou pedir a uma pessoa (que tenha uma autorização assinada pelo solicitante) que dê entrada para você.

Digo isso, porque é um erro muito frequente. O que pode ser feito desde aqui, sem necessidade de voltar ao Brasil é somente a renovação do visto.

O meu processo foi feito no Consulado de São Paulo. Apesar de ser burocrático, não é muito difícil de reunir todos os documentos, eu fiz tudo por conta própria, mas sei que existem empresas que fazem esse tipo de assessoria.

Pesquisei no site quais documentos precisaria para dar entrada no visto e os que apresentei foram:

  • Formulário de visto – preenchido e assinado pelo solicitante.
  • Uma fotografia 3×4.
  • Passaporte em vigor e com validade para todo o período de solicitação do visto.
  • Certificado de Antecedentes Penais.
  • Atestado médico em que conste que você não tem nenhuma doença prevista no Regulamento Sanitário Internacional.
  • Comprovante de admissão em Centro de Ensino Oficial ou legalmente reconhecido na Espanha, para realizar estudos que impliquem assistência e duração prevista não inferior a 90 dias. Isso seria a Carta de Aceite, por exemplo.
  • Diploma acadêmico ou certificado de estudos concluídos no Brasil.
  • Seguro de saúde com cobertura mínima de EUR 30.000,00 por todo o período que você for ficar na Espanha.
  • Comprovante financeiro suficiente para custear as despesas de permanência do solicitante na Espanha ou documentação de recebimento de bolsa de estudos. Os valores usados como referência são os do IPREM (Indicador Público de Renta de Efectos Múltiples). Se você não tiver pagado toda a sua estadia com antecipação, então deve demostrar que tem pelo menos 532,51 euros por mês (o 100% do IPREM no ano 2017).

Esses documentos devem ser apresentados em originais e cópias.

Além disso, tive que legalizar e traduzir para o castelhano meu Diploma e grade curricular com um tradutor juramentado na Espanha. No site do consulado você encontra a lista atualizada de tradutores também.

Na época que fiz todo o processo, ainda não estava vigente a questão da Apostila de Haia, então bastava ir no Ministério de Relações Exteriores com os originais dos documentos já reconhecidos em cartório e eles carimbavam tudo.

Com todos esses documentos em mãos me dirigi ao Consulado em São Paulo, lá o atendimento é por ordem de chegada, porém em outros Consulados é preciso marcar horário com antecedência.

Eles verificam a documentação e se estiver tudo certo, pedem para você pagar uma taxa do visto em um guichê ao lado. A taxa saiu a R$215, esse valor é variável porque ele é calculado com base na cotação do Euro (60€). É preciso pagá-la em dinheiro e com trocados, por isso já separe dinheiro em moedas e notas pequenas.

Já ouvi casos que pedem mais documentações, como por exemplo, a matrícula do curso ou cópia da passagem aérea, é um direito que eles tem caso achem necessário, no meu caso não foi preciso.

O prazo depende do consulado. Via de regra, em São Paulo eles pedem 30 dias, mas quando dei entrada me disseram que em 15 dias teria uma resposta, e para minha surpresa em apenas uma semana já deferiram. Com o pedido de visto encaminhado, eles entregam um número como se fosse um protocolo para consultar seu processo pela internet. Quando o status mudar para “Resuelto” você pode ir ao consulado outra vez e retirar seu passaporte.

Uma vez na Espanha, o titular do visto de estudante, deverá solicitar, em um prazo de um mês desde a sua entrada no país, o documento de estudante estrangeiro, que será como seu “RG” da Espanha.

É isso, espero tê-los ajudado um pouco e boa sorte!

Related posts

Como solicitar a residência ou residência permanente na França?

Marcella Delfraro

Visto de trabalho no Camboja

Roberta Jorge

Madri é uma cidade segura?

Daiane Antunes

15 comentários

Barbara Souza Novembro 16, 2017 at 11:36 pm

Eu tenho uma dúvida sobre a possibilidade de trabalho quando se tem o visto de estudante na Espanha. Podemos trabalhar 20h/semanais legalmente?

obrigada!

Resposta
Daiane Antunes Dezembro 14, 2017 at 10:36 pm

Olá Barbara!

Sim, com o visto de estudante é permitido que se trabalhe até 20h/semanais, porém, me lembro de ter lido que deve ser algo relacionado com o curso que você esteja fazendo. Procure inteirar-se disso.
Quanto as horas permitidas eu tenho certeza que são essas.
Também é necessário que a empresa que queira te contratar entre em contato diretamente com o Ministério de Relações Internacionais e apresente os documentos solicitados.
No site deles você pode ler a respeito.
Aqui no blog é possível achar outros artigos com esse tema que irão te ajudar.

Espero ter ajudado.

Até mais!

Resposta
Oscar Janeiro 11, 2018 at 5:31 am

Olá Daiane , gostaria de saber mais sobre a documentação. Onde vc conseguiu um certificado de antecedentes penais ? Esse atestado médico pode ser de qualquer médico ou tem um específico ? “Tipo um médico que trabalhe em hospitais públicos “. E esse seguro de saúde ?? Você pode me mandar a cópia dos documentos q vc apresentou para q eu possa ver os órgãos q expediram ? Obrigado

Resposta
Tiago R. Janeiro 18, 2018 at 12:07 am

Oi Daiane! Uma amigado brasil me pediu um favor porque moro em Madrid. Foi para saber informações sobre uma escola de idiomas pois funcionarios da escola fizeram contato com ela para vender um curso intensivo de espanhol. Ela quer saber se a escola é realmente boa se não é um golpe porque viu um monte de post na internet falando que existe muitas escolas de idiomas fraodulentas na espanhA. Também estou faz pouco tempo aqui e não sei informar.Como agente faz pra saber isso? tem algum lugar oficial? Que cuidados elatem que tomar. A escola tem site, eu fui no endereço pra ela e realmente tem uma escola de idiomas lá, mas a gente nunca sabe…OBRIGADO!

Resposta
Renata Macagnan Fevereiro 19, 2018 at 6:57 pm

Ola! Vou embarcar para BCN en 29/03 e hoje que me interessei por um curso de pos por la que começa no final de abril. Será que até o dia do meu embarque ja consigo ter o visto? Pois na matéria nao entendi o tempo hábil de todo o processo. Também terei que voltar para o BR em junho, será que posso dar entrada no visto agora, embarcar, iniciar as aulas e quando vier em junho retira-lo? Então volto no mesmo mês para BCN continuando os estudos

Resposta
Luiz Carlos Abril 30, 2018 at 3:53 pm

Bom dia. O diploma precisa de tradução juramentada para dar entrada no visto? Farei um pós-doutorado em Córdoba na Espanha. Precisarei ir no ministério do exterior para autenticar tudo?

Abraços.

Resposta
Carol Junho 24, 2018 at 9:06 pm

Oi Daiane! No caso de ir para residir na casa de um espanhol, a convite dele (meu namorado), qual a comprovação de renda necessária? Você sabe?

Resposta
Ana Paula Agosto 3, 2018 at 11:10 pm

Oi Daiane tudo bem?
Você sabe informar ou conhece alguém que saiba sobre, por exemplo: eu tenho o visto de estudante, e meu marido é meu dependente pela bolsa brasileira. Ele tem possibilidade de conseguir visto para ficar os anos do curso comigo? Além disso ele pode trabalhar, ou não consegue o visto de trabalho para esse período?

Obrigada

Resposta
Liliane Oliveira Agosto 4, 2018 at 3:00 pm

Olá Ana Paula,
A Daiane Antunes parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas na Espanha que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Tiné Agosto 21, 2018 at 8:23 pm

Oi gente, obrigado pelas infos.
Já faz 20 dias que deixei todos os papeis no consulado e o status continua “En tramitación” (é para visto de estudante).
Vocês teriam alguma sugestão de o que pode estar acontecendo? Será que será negado?
Obrigado

Resposta
Liliane Oliveira Agosto 22, 2018 at 1:42 pm

Olá Tiné,
A Daiane Antunes parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas na Espanha que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Vivian Janeiro 31, 2019 at 12:58 pm

Olá Daiane, você teve que fazer empadronamento? Onde foi para fazer sua NIE?

Resposta
Liliane Oliveira Janeiro 31, 2019 at 3:30 pm

Olá Vivian,
A Daiane Antunes parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas na Espanha que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Valmeire Fevereiro 11, 2019 at 12:31 pm

bom dia gostaria de saber se ter um visto de estudante é possivel depois mudar, pois pretendo trabalhar as 20 horas que a Lei concede obrigada

Resposta
Liliane Oliveira Fevereiro 11, 2019 at 11:54 pm

Olá Valmeire,
A Daiane Antunes parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas na Espanha que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação