BrasileirasPeloMundo.com
EUA Intercâmbio pelo Mundo Vistos & Cidadanias Pelo Mundo

Visto J-1: Regra de 2 anos e como se isentar dela

O sonho de viver o American Dream ainda persiste na cabeça de muitos brasileiros, principalmente em tempos de crise econômica. No entanto, como já é sabido, se mudar para os EUA, de forma legal, tendo a oportunidade de trabalhar e estudar, nem sempre é fácil. Com isso, muitos brasileiros têm procurado programas de intercâmbio que deem a oportunidade de residência, trabalho e estudo, uma combinação que deixa a estadia em território norte-americano financeiramente mais viável. Um exemplo é o visto J-1.

Agora você deve estar se perguntando: Mas é possível trabalhar nos EUA, de forma legal, sem visto de trabalho, o HB-1? A resposta é: sim, é possível, no entanto, existem limitações. Um dos vistos – que não o de trabalho -, que autoriza pessoas a exercerem atividades remuneradas em território norte-americano, é o visto J-1.

O que é o visto J-1 e para que serve?

O visto J-1 é para aqueles que foram aceitos para participar em programas de intercâmbio nos Estados Unidos, de acordo com a lei de imigração dos EUA. Isso quer dizer que, antes de você solicitar um visto J junto à Embaixada dos EUA no Brasil ou em um dos Consulados norte-americanos, você precisa primeiro ser aceito em uma categoria de programa de intercâmbio, através de uma organização patrocinadora cadastrada junto ao governo norte-americano. Se você for aceito como participante num programa de intercâmbio, este patrocinador vai lhe informar sobre os procedimentos e documentos necessários para solicitar o visto J.

De acordo com o governo norte-americano, o visto J-1 serve para qualquer indivíduo que tenha o intuito de ir aos EUA para realizar “uma função pré-combinada, treinamento ou pesquisa no âmbito de um programa aprovado oficialmente e patrocinado por uma instituição de ensino ou outra instituição sem fins lucrativos”. Indivíduos que solicitam este tipo de visto geralmente são participantes de programas de emprego de verão, programas de estágio para universitários, programas de Au Pair (cuidadoras de crianças); estudantes de pós-graduação, graduados em medicina buscando pós-graduação e especialização, acadêmicos patrocinados por universidades como docentes temporários, e estagiários. O problema é que o visto J-1 obriga seus titulares a regressarem a seu país de origem, uma vez terminado o intercâmbio para o qual foram selecionados.

Dito isso, vamos imaginar que você se mudou para os EUA com o visto J-1, e quando suas atividades estão chegando ao fim, você decide que quer estender sua estadia, de forma legal, e por isso precisa mudar o status do seu visto. Isto é possível? Sim, é possível. Funciona em todos os casos? Não! Isso varia de caso para caso e a imigração norte-americana irá avaliar cada caso separadamente.

Em muitos casos, o visto J-1 tem uma declaração dizendo: “O portador está sujeito ou não à seção 212(e). A regra dos dois anos se aplica (ou não) ao Brasil”. Se o seu visto possui referências a essa regra 212(e), significa que, após suas atividades nos EUA serem terminadas, você deve voltar ao Brasil e permanecer no país por um período mínimo de 2 anos. Isso NÃO significa que você não possa voltar aos EUA a passeio; no entanto, quer dizer que você não poderá voltar para residir ou para trabalhar durante 2 anos.

Mas e aquele seu plano de estender sua estadia? Ele foi por mesmo água abaixo? Nem sempre… É aí que está o pulo do gato! Algumas pessoas não sabem, mas é possível pedir uma isenção da regra de 2 anos (212 (e)). Qualquer portador de visto J-1 pode requerer uma isenção de Solicitação de Residência no Exterior nos termos da 212(e) e solicitar um parecer consultivo à Divisão de Análise de Isenção do Departamento de Estado norte-americano.

E o que isso quer dizer exatamente? Quer dizer que se você, portador de visto J-1, veio para os EUA sem bolsa ou patrocínio do governo, pagou pelo seu intercâmbio, programa de estágio, programa de Au Pair, etc, com o dinheiro do seu próprio bolso, existe uma grande chance de que você possa mudar o status do seu visto e permanecer aqui sem ter que retornar ao Brasil por 2 anos. Basta você pedir o chamado Waiver (isenção) ao governo-americano para que o mesmo retire essa regra de dois anos do seu visto J-1.

J1visa

Como esse processo funciona?

Primeiramente, o interessado deverá iniciar o processo de solicitação do Waiver da regra de dois anos do visto J-1 junto ao Departamento de Estado dos Estados Unidos (Department of State). O passo-a-passo é:
• Preencher o formulário DS-3035 disponível online. Lembre-se que o preenchimento deve ser feito pela internet, pois cada formulário possui um código de barra que será referente às suas informações pessoais.
• Imprima o formulário depois de preenchido e envie pelo correio juntamente com a ordem monetária no valor de US$ 120,00, com a cópia de seus DS-2019 ou IAP-66 e dois envelopes já com selo endereçados a você mesmo, para que a Imigração possa enviar seus documentos. Para mais informações: https://travel.state.gov/content/visas/en/study-exchange/student/residency-waiver/ds-3035-instructions.html

Após a obtenção do número do protocolo (case number) junto ao Departamento de Estado dos Estados Unidos, o interessado deverá solicitar ao Consulado-Geral do Brasil em Washington, DC uma “Carta de Não-objeção do Governo Brasileiro para Mudança de Visto nos EUA”.

Para tanto, é necessário encaminhar alguns documentos ao Consulado-Geral do Brasil. Os documentos listados abaixo podem ser apresentados tanto em português quanto em inglês. Não há necessidade de tradução ou legalização dos mesmos e todo o serviço prestado pelo Consulado é gratuito:

1- Formulário para Solicitação da “Carta de Não-Objeção do Governo Brasileiro para Mudança de Visto nos EUA” devidamente preenchido e assinado pelo requerente. Obtido no site do Consulado-Geral do Brasil em Washington, DC.

2- Cópia do protocolo do processo de Waiver junto ao Department of State (Third Party Barcode Page).

3- Cópia(s) do(s) formulário(s) DS-2019 (US Department of State “Certificate of Eligibility for Exchange Visitor (J-1) Status”). Caso haja mais do que um formulário DS-2019, envie cópia de todos.

4- Cópias de TODAS as páginas dos dois últimos passaportes brasileiros (o cancelado, caso possua, e o atual).

5- Carta da instituição de ensino e/ou empresa americanas à qual está vinculado(a) o(a) brasileiro(a) informando sobre a importância do trabalho que está realizando, quando for o caso.

6- Carta da instituição brasileira que patrocinou os estudos do requerente nos EUA, afirmando que não há objeção por parte do respectivo órgão à estada ininterrupta do(a) brasileiro(a) nos EUA, quando for o caso.

Essa carta de não objeção que será processada pelo Consulado, nada mais é do que uma declaração do governo brasileiro, dizendo se o interessado está ou não comprometido a um programa de bolsa no Brasil, quais fundos (financeiros) foram utilizados para sua estadia e atividades desempenhadas nos EUA. Se o interessado estiver nos EUA com patrocínio do governo brasileiro, é bem provável que o mesmo não conseguirá o Waiver, tendo em vista que houve comprometimento do interessado em retornar ao Brasil após o término de suas atividades nos EUA.

Lista de vistos para morar nos Estados Unidos

No entanto, se o interessado não tiver qualquer obrigação de retorno ao Brasil, o governo brasileiro não fará objeções quando à mudança de visto e permanência nos EUA. Portanto, a carta que foi solicitada ao Consulado Geral do Brasil será encaminhada pelo próprio Consulado diretamente ao Departamento de Estado dos Estados Unidos. O Consulado também envia ao interessado um e-mail informando sobre o envio do respectivo “No Objection Statement” ao Departamento de Estado dos Estados Unidos.

A partir desse momento, o interessado deve acompanhar o seu processo de pedido de Waiver aqui ou junto à United States Citizenship and Immigration Services (USCIS) no número 1-800-375-5283.

Assim que a USCIS decidir se concederá ou negará tal waiver, o interessado será notificado por correio. Também é possível verificar o resultado pelo site da USCIS. Ainda tem dúvidas? Clique aqui!

Related posts

Como obter o cartão do cidadão

Daniele Bacelar

Como é trabalhar no campus de uma universidade americana

Andrea Yagui

Reciclando a árvore de Natal nos EUA

Lorrane Sengheiser

126 comentários

Adriana Silva Maio 17, 2016 at 1:27 am

visto J-1 em geral eh dado para o,pessoal que vem bolsa do CNPq ou Capes ou Fullbright. Netse caso, a Fullbright nao abre mao ja que as bolsas sao,para o individuo voltar para o pais de origem e ajudar a desenvolve-lo. No caso de agencias do governo brasileiro, so dao a carta se o alu o pagar o dinheiro todo de volta, bolsa, tuitio, seg saude. Conheco duas pessoas que pegaram emprestimo e fizeram isto para poder pedir o waiver. Ou ficaram no brasil por 2 anos sem fazer nada depois do doutorado, depois tentaram arrumar emprego de volta nos eua via os contatos.

Resposta
Lorrane Sengheiser Maio 17, 2016 at 6:54 pm

Oi Adriana,

Obrigada por acompanhar o Brasileiras Pelo Mundo e deixar um comentário.

O Visto J-1 é dado sim para bolsistas em geral, mas não apenas para eles. Como descrevi no texto, “indivíduos que solicitam este tipo de visto geralmente são participantes de programas de emprego de verão, programas de estágio para universitários, programas de Au Pair (cuidadoras de crianças); estudantes de pós-graduação, graduados em medicina buscando pós-graduação e especialização, acadêmicos patrocinados por universidades como docentes temporários, e estagiários”.

Continue nos acompanhando. Ainda vem muita coisa boa por aí.

Grande abraço,

Lorrane

Resposta
Herica Maio 17, 2016 at 3:07 pm

Parabéns querida! Post muito esclarecedor.

Resposta
Lorrane Sengheiser Maio 17, 2016 at 6:55 pm

Olá Herica,

Obrigada por acompanhar o Brasileiras Pelo Mundo e por deixar um comentário.

Continue nos acompanhando. Tem muito texto bacana a caminho!

Grande abraço,

Lorrane

Resposta
Hugo Junho 10, 2016 at 3:48 am

Lorrane, excelente post!

Aproveitando para perguntar: você sabe como que é feita a checagem de 2 anos de permanência no Brasil?
Digamos, se você fica um ano no Brasil logo após o fim do seu J-1, e logo depois fica um ano em outro país (digamos, Inglaterra), e aí você finalmente decide aplicar para um visto de trabalho para o EUA (digamos, H-1B).

Nesse caso, teoricamente você ficou 2 anos fora dos EUA, mas não ficou 2 anos do país de origem (Brasil). É possível conseguir visto de trabalho nesse caso?

Perguntando para um amigo! haha
Abraço!

Resposta
Túlio Santana Fevereiro 5, 2017 at 5:44 pm

Mesma dúvida aqui!

Resposta
BV Março 5, 2017 at 2:59 am

Em muitos casos, é pedido um declaração emitida pela Receita Federal, qual consta suas entradas e saídas no Brasil. Através disso, é possível constatar se fora cumprido ou não o tempo de carência. Fui bolsista de um programa federal, e os mesmos solicitaram-me isto para finalizarem meu processo de bolsa.

Resposta
Beatriz Junho 18, 2016 at 12:30 am

Salvou minha vida!! Estava quase morrendo quando li que teria que voltar kkkk Obrigada e estou super aliviada! Continue seu trabalho que e maravilhoso. Beijos!!

Resposta
Namara Julho 4, 2016 at 6:22 pm

Muito obrigada pelo seu texto! Já li várias explicações e finalmente entendi com a sua!!! (Rsrs)!Tenho uma dúvida, o contrato da Ciência sem fronteiras diz que o bolsista tem que ficar no Brasil o mesmo que ficou fora. No caso , meu marido ficou um ano fora, será se pedir essa carta de deles eles podem negar? É porque sou Americana, somos casados a 8 anos e quero dar o Green Card, porque não quero mais morar no Brasil.

Resposta
Namara Julho 4, 2016 at 6:24 pm

Esqueci de falar,no caso iremos pedir essa carta após cumprir o prazo de um ano (creio que antes não irão dar com medo a pessoa não cumprir).

Resposta
Lorrane Sengheiser Julho 5, 2016 at 2:01 pm

Namara,

Fico feliz em saber que o texto lhe foi útil.
Infelizmente não tenho conhecimento sobre o programa Ciências Sem Fronteira. Seria bom você consultar o Consulado Americano antes de dar entrada no processo.
Acredito que se vocês esperarem este um ano, pelo fato de você ser cidadã americana, há a possibilidade de dar entrada no K-3 (visto para cônjuge) para que seu esposo posso mudar para os EUA com você. Sugiro que converse com o Consulado para ter certeza de tudo isso antes.

Boa sorte,

Lorrane

Resposta
Kellem Julho 16, 2016 at 2:50 pm

Otimo! Lorrane, um advogado me disse que há centenas de tipos de aplicações para o J1, não somente estes famosos, e que poderia ser uma alternativa interessante para mostrar habilidades para uma empresa e posteriormente a empresa sentir confiança em aplicar para o H1. O que você acha?
Obrigada pela excelente matéria. Um grande abraço!

Resposta
Lorrane Sengheiser Julho 16, 2016 at 4:16 pm

Concordo com ele, Kellem.
Lorrane

Resposta
Jose Julho 20, 2016 at 2:39 pm

Olá Lorrane, muito bom texto, esclarecedor, obrigado. Quanto ao item 6 e parágrafos seguintes, a carta de “não objeção” é solicitada e obtida diretamente no Consulado Brasileiro? Há algum modelo próprio que eles utilizam? Obrigado desde já

Resposta
Lorrane Sengheiser Julho 22, 2016 at 3:45 pm

Olá José,

Não há um modelo específico. É apenas uma carta, com selo da instituição de ensino, papel timbrado, alegando que patrocinou os estudos do requerente nos EUA, e afirmando que não há objeção por parte do respectivo órgão à estada ininterrupta do(a) brasileiro(a) nos EUA, quando for o caso.

Att,

Lorrane

Resposta
Renato Mistilides Amadeu Julho 21, 2016 at 6:17 pm

Olá, Gostaria de saber se tem como pedir essa isenção depois que eu tenha voltado para o brasil, e ainda não completei os 2 anos aqui, se é possível eu requerer a isenção para tentar outro visto j-1.

Resposta
Lorrane Sengheiser Julho 22, 2016 at 3:46 pm

Renato,

infelizmente não tenho essas informações. Entre em contato com o USCIS e pergunte para eles se isso seria possível.

Boa sorte,

Lorrane

Resposta
Robson MArinho Julho 26, 2016 at 7:37 pm

Tudo bom?

Minha dúvida é:]

A minha noiva estuda na UFPE e foi para os USA pelo programa Ciências Sem Fronteiras em agosto de 2014, passou 1 ano ( estudos e estágio), ela voltou em Agosto de 2015 e vai completar de 1 ano de seu retorno aqui no brasil mês que vem.

a situação é que eu estou indo para os USA mês que vem (Agosto/2016) e estamos tentando organizar pra ela me visitar em Dezembro/2016.

Estamos na dúvida dessa situação de que se ela tem que ficar 2 anos no Brasil ou ela já pode solicitar o visto turismo normal?

Agradeço e sucesso!!

Resposta
Lorrane Sengheiser Julho 27, 2016 at 3:23 pm

Robson,

Sim, ela pode solicitar o visto de turista. A regra é pra quem auer voltar a morar nos EUA apenas.

Lorrane

Resposta
Luciana Julho 26, 2016 at 8:35 pm

Olá Lorrane, fui bolsista do Ciência sem Fronteiras por 10 meses nos Estados Unidos e agora estou de volta ao Brasil. Mas meu noivo é americano e estávamos planejando casar próximo ano. De acordo com o “manual do candidato”da CAPES precisamos passar o mesmo período da bolsa no Brasil (10 meses no meu caso). Mas por ter sido financiada pelo governo estou sob essa regra dos dois anos. É poss;ivel a solicitação da Waiver neste caso para que eu possa casar próximo ano após apenas os 10 meses?

Obrigada!

Resposta
Lorrane Sengheiser Julho 27, 2016 at 3:26 pm

Luciana,

Acredito que você pode sim. Te aconselho a verificar junto ao Consulado Americano para ter certeza.

Boa sorte,

Lorrane

Resposta
Milene Setembro 7, 2016 at 9:13 pm

Oi Luciana, estou na mesma situação, vc conseguiu alguma informação?

Resposta
Bruna Outubro 4, 2016 at 5:17 pm

Sim, após os meses que vc precisa ficar no brasil a capes te dara uma carta e com ela voce pode sim obter um waiver.

Resposta
Karla Senna Agosto 6, 2016 at 2:36 pm

Oi, Lorrane!
Gostaria de saber se o Waiver fica ligado à empresa que solicitou ele para mim.
Um pouco da história, a empresa que me trouxe com visto J1 solicitou o Waiver e ele foi aprovado, mas por alguns problemas, eles podem não aplicar mais para o L1, como era a ideia inicial.
Outra empresa está se oferencendo para ser minha sponsor. Você sabe se isso é possível?
Abraços!
Amei o posto!

Resposta
Milene Setembro 7, 2016 at 9:10 pm

Olá,

Gostaria de saber como é contado o período de 2 anos? Se durante esse tempo eu voltei pros EUA como turista, afeta na contagem do tempo?

Obrigada
Milene

Resposta
Lorrane Sengheiser Setembro 8, 2016 at 3:00 pm

Milene,

Os dois anos sao contados a partir do momento em que seu visto expira. Visitas a turismo nao afetam a contagem.

Att,

Lorrane

Resposta
Milene Janeiro 24, 2017 at 11:25 pm

Oi Lorrane.. isso é Mesmo que eu tenha ficado meses nos eua com o visto de turismo? Ou seja, se meu visto J1venceu em agosto de 2015 eu posso pedir um visto de imigrante (trabalho, noivo..) em agosto de 2017? Mesmo que em 2016 eu tenha ido como turista por meses?

Resposta
Lorrane Sengheiser Janeiro 25, 2017 at 3:44 pm

Sim, mesmo que voce tenha ido aos EUA em 2016 como turista.

Att,

Lorrane

Resposta
Milene Janeiro 25, 2017 at 7:32 pm

Nossa!! Todo lugar que eu lia falava que tinha que ficar fisicamente no Brasil por 2 anos.. que parava de contar cada vez que a gente saía. E que quando fosse pedir visto de imigrante eles checariam nossa entrada e saída dos Eua e saberiam se estivemos lá ou não.
Mas acho que o que conta é a nossa residência?

Muito bom saber disso!
Obrigada!

Bruno Freire Abril 7, 2017 at 4:04 pm

Lorrane, essa notícia me deixou extremamente feliz agora!!! No entanto, com todo o respeito e sem querer desconfiar da sua palavra, teria algum link/página oficial que relate isso também? Porque, assim como a Milene, eu sempre li que tinha que estar no Brasil fisicamente!!

Muito obrigado pela disponibilidade e atenção!

Respeitosamente!

Bruno Freire Abril 9, 2017 at 3:20 am

Muito obrigado!

Murillo Setembro 13, 2016 at 2:47 am

Lorrane, após encerrar meu período do visto J1, eu decidir voltar para o Brasil e após 3 meses tentar novamente tirar o visto, com a restrição dos 2 anos, você acha que é possível ?
Abraço.

Resposta
Lorrane Sengheiser Setembro 14, 2016 at 3:12 am

Murillo,

Não, não acho que é possível.

Lorrane

Resposta
Bruna Outubro 4, 2016 at 5:15 pm

A restrição de dois anos é apenas para determinados vistos (de trabalho pro exemplo). Se vc tiver um novo J1, voce pode voltar. Essa informação recebi no consulado.

Resposta
Veridiana Setembro 16, 2016 at 4:48 pm

Ola, voce sabe se consigo renovar o visto J1 atraves do consulado Brasileiro no Mexico ou Canada ?

Resposta
Lorrane Sengheiser Setembro 18, 2016 at 3:24 pm

Veridiana,

Não, pois Consulado brasileiro não renova visto americano, apenas visto brasileiro.

Resposta
Tati Outubro 17, 2016 at 3:49 pm

Olá,
Minha duvida é em relação ao pagamento da taxa do waiver. Estou no Brasil e preciso enviar os documentos do waiver. Como envio a ordem de pagamento? Posso fazer isso em qquer banco?

Resposta
Lorrane Sengheiser Outubro 18, 2016 at 3:54 pm

Tatiane,

Por gentileza entre em contato com o Consulado dos EUA mais proximo da sua casa para estas duvidas sobre o pagamento.

Boa sorte,

Lorrane

Resposta
Bruno Novembro 1, 2016 at 2:23 am

Saberiam informar se é possível sabermos com antecedência (antes de aplicarmso) se o visto J1 requisitado virá com a restrição de 2 anos? Teria como já termos essa prevvisão?

No meu caso não será bolsa paga pelo governo Brasileiro. Mesmo assim corro o risco de ter a restrição dos 2 anos?

Outra coisa: digamos que exista a restrição de 2 anos no visto, e “não” sendo bolsa paga por governo Brasileiro, qual a probabilidade de o governo brasileiro negar a objeção no pedido de waiver?

Abs!
Bruno.

Resposta
Lorrane Sengheiser Novembro 1, 2016 at 2:17 pm

Bruno,

Não há como prever. Há casos de brasileiros com o J-1 que tinham a restrição no visto e há casos de brasileiros que não tem a restrição.

Se você não tem bolsa, não tem por que o governo brasileiro negar o waiver.

Lorrane

Resposta
Bruno Novembro 1, 2016 at 2:31 pm

Oi Lorrane,

Obrigado pela resposta, mas pelo que pesquisei esse não é o único fator analizado pelo governo brasileiro. Nessa fonte aqui [1] há o seguinte critério também:

“Specialized Knowledge or Skill – You participated in an exchange program involving an area of study or field of specialized knowledge that has been designated as necessary for further development of your home country and appears on the Exchange Visitor Skills List for your home country.”

E na explicação acima há um link para a lista de skills por país: https://travel.state.gov/content/visas/en/study-exchange/exchange/exchange-visitor-skills-list.html

Se você selecionar Brasil, aparece lá a lista para o Brasil que inclui a minha área: 11 – Computer science.

Logo, mesmo não tendo bolsa do governo brasileiro, pelo que entendi, corro o risco de ter o waiver negado pelo segundo critério.

[1] https://travel.state.gov/content/visas/en/study-exchange/student/residency-waiver/eligibility.html

[2] https://travel.state.gov/content/visas/en/study-exchange/exchange/exchange-visitor-skills-list.html

Resposta
Lorrane Sengheiser Novembro 1, 2016 at 2:55 pm

Bruno,

Quem concede a carta de “não objeção” ao waiver é o governo brasileiro, logo, te aconselho a verificar junto ao governo brasileiro essa regra mais específica.

Att,

Lorrane

Resposta
Barbara Novembro 11, 2016 at 4:16 pm

Oi, amei seu texto, me ajudou muito, mas ainda tenho uma dúvida.
vc sabe se isso se aplica ao visto K1?
Meu visto diz “bearer is not subject to section 212(E)”, porém o site da embaixada diz “Se você foi estudante nos Estados Unidos (visto J-1) ou dependente de estudante (visto J-2) poderá estar sujeito à Lei 212 (e). Esta lei prevê que beneficiários destes vistos estão sujeitos a retornar e residir no seu país de origem por pelo menos dois anos antes de imigrar para os Estados Unidos. Para retornar para os Estados Unidos antes deste período, você deverá pedir uma licença especial ao Governo Brasileiro e ao Governo Americano. Esta autorização deve ser obtida antes de obter o seu visto de imigrante.”
Não sei o que fazer.

Resposta
Lorrane Sengheiser Novembro 14, 2016 at 3:06 pm

Barbara,

Em alguns casos isso não se aplica ao visto K-1 e em alguns casos se aplica. Primeiro você deve procurar saber se a regra se aplica ao você. Se ela se aplicar, você deve pedir o waiver. Do contrário peça direto o K-1.

Att,

Lorrane

Resposta
Igor Novembro 12, 2016 at 4:46 pm

Olá Lorrane,

Estou indo para os EUA para um work experience sendo que nunca fui para o país, ou seja, não tenho nem visto de turista. Estou tirando o visto J1 e as datas do visto são: 16/12/2016 à 02/03/2017. Minha dúvida é quantos dias antes da data do visto eu posso ir para os EUA (para ver questões de moradia, conhecer o lugar de trabalho etc) e quantos dias depois da data do visto eu posso ficar la.

Obrigado!

Resposta
Lorrane Sengheiser Novembro 14, 2016 at 3:03 pm

Igor,

Obrigada por acompanhar o Brasileiras Pelo Mundo. Para o esclarecimento de dúvidas relacionadas ao J-1, não referentes ao texto, por gentileza verificar o sítio eletrônico do governo americano: https://j1visa.state.gov/

Boa sorte,

Lorrane

Resposta
Mariana Dezembro 19, 2016 at 11:52 am

Lorrane, passei o ano passado nos USA fazendo faculdade e estágio, não sendo bolsa paga pelo governo.

Voltei agora em agosto e a empresa no qual estagiei lá, me ofereceu uma proposta de emprego. Você acha que conseguiria aplicar ao waiver pela carta de não objeção? Qual seria o melhor caminho?

obrigada
Mariana

Resposta
Lorrane Sengheiser Dezembro 19, 2016 at 7:13 pm

Oi Mariana,

Se voce nao tinha bolsa, nao tem porque nao conseguir o waiver. Pede o documento e envia pra USCIS.

Boa sorte,

Lorrane

Resposta
Júlia Dezembro 28, 2016 at 10:17 pm

Olá,
adorei o post!
Tenho uma dúvida, após a concessão da isenção quanto tempo a mais de permanência é permitido ?

Obrigada!!!

Resposta
Lorrane Sengheiser Dezembro 29, 2016 at 2:32 am

Julia,

Isso depende do tempo do novo visto que a pessoa tira. Se for visto de estudante (F-1) ou um novo J-1, por exemplo, será de acordo com o tempo do curso.

Resposta
Júlia Dezembro 28, 2016 at 10:32 pm

E como fica o status do visto após a retirada da obrigatoriedade dos 2 anos?

Resposta
Lorrane Sengheiser Dezembro 29, 2016 at 2:34 am

O status permanece o mesmo até aquele visto expirar. A única diferença é a questão da obrigatoriedade dos 2 anos, que deixa de existir, mas o status do visto ainda é o mesmo.

Resposta
Wiliana Valenzuela Fevereiro 4, 2017 at 12:09 am

Olá Lorrane,
Tenho um casal de amigos na seguinte situação: Ele é professor universitário e veio com visto J1, seguido da esposa e filha com vistos J2, respectivamente. O prazo dos vistos vai até dezembro de 2017, mas como o governo cortou a bolsa dele, vão voltar essa semana. Apenas a esposa tem a restrição do 212(e) no visto. Há faculdades interessadas em patrocinar o visto de trabalho pra ele. É possível solicitar o visto H diretamente do Brasil sem necessidade de waiver, já que eles não se enquadram em nenhuma das situações que requerem waiver? Ou teria que aplicar para o waiver para a esposa? Se sim, pode ser feito isso de lá do Brasil?

Resposta
Lorrane Sengheiser Fevereiro 6, 2017 at 5:44 pm

Wiliana,

Obrigada por acompanhar o Brasileiras Pelo Mundo.
Eu acredito que é possível fazer o pedido do Brasil já que o beneficiário do visto de trabalho seria ele e não ela. No entanto, com todas as reformas imigratórias previstas da nova Administração norte-americana, muita coisa pode mudar. Te aconselho a entrar em contato com a imigração aqui e verificar isso diretamente com eles. No momento está tudo muito em aberto.

Te desejo boa sorte e peço desculpas por não poder ajudar mais.

Lorrane

Resposta
Luan cruz Fevereiro 6, 2017 at 11:25 pm

Olá Lorraine, tudo bem?
Em 2016, tirei o J-1 para trabalhar 9 semanas como camp counselor, e voltei assim que expirou
Me inscrevi novamente no mesmo programa para participar este ano.
Vi agora que meu visto diz: BEARER IS NOT SUBJECT TO SECTION 212E, TWO YEAR RULE DOES NOT APPLY,
Isso significa que poderei tentar sem complicações?

Resposta
Lorrane Sengheiser Fevereiro 7, 2017 at 5:11 pm

Luan,

Obrigada por acompanhar o Brasileiras Pelo Mundo.

Sim, vocë pode tentar. No entanto, lembre-se de que mesmo sem a barreira dos 2 anos (ou até mesmo com o Waiver em mãos, no caso de pessoas que precisam do Waiver) não existe garantia alguma de que o visto será concedido. Tudo depende do oficial consular que lhe atenderá na hora da entrevista.

Boa sorte,

Lorrane

Resposta
Bianca Tiburcio Fevereiro 8, 2017 at 1:31 pm

Pra tirar o visto eu tenho que fazer uma inscrição prévia em algum curso? ou tiro primeiro o visto?

Resposta
Lorrane Sengheiser Fevereiro 8, 2017 at 2:47 pm

Bianca,

Para informações de como tirar visto J-1, por gentileza, verificar o site: https://j1visa.state.gov/

Boa sorte,

Lorrane

Resposta
Rocio Fevereiro 8, 2017 at 10:01 pm

Oi lorrane,
Eu sou colombiana, faco doutorado aqui no Brasil e recebe bolsa para fazer o doutorado sanduiche nos Estados Unidos. Voltei para o Brasil faz 8 meses e recebe uma oferta de trabalho para voltar para os EUA, a Universidade me falou que preciso pedir o waiver. Tenho várias perguntas:
– Preciso fazer o pedido no Consulado da Colombia em Washington ou para o Consulado do Brasil?
– Preciso anexar uma carta do Brasil me liberando?
– vc já viu casos assim.
Por favor me ajude,
Obrigada,

Resposta
Lorrane Sengheiser Fevereiro 10, 2017 at 3:24 pm

Rocio,

Nunca vi casos assim. No seu lugar eu entraria em contato com o consulado colombiano e com o consulado brasileiro para verificar se ha necesside de documentos de ambos os países.

Boa sorte,

Lorrane

Resposta
Rodolfo Fevereiro 16, 2017 at 1:51 pm

Eu tive um visto J1 ano passodo. Eu estava estudando nos Estados Unidos e agora eu recebi um convite para voltar por mais 4 meses, você sabe se eu posso solicitar um visto J1 short term?

Abraços.

Rodolfo

Resposta
Lorrane Sengheiser Fevereiro 21, 2017 at 3:26 pm

Acredito que sim, Rodolfo.

Por gentileza, verifique com o Consulado-Geral dos EUA no Brasil.

Att,

Lorrane

Resposta
JOSE CARLOS ARAUJO Fevereiro 23, 2017 at 7:57 pm

lorrane , eu gostaria de saber se vc pode mim ajudar neste processo . tirei o passaport da minha mae
ela que conhecer a dyney ,eu ja estava pronto para pagar a taxa e preencher o formulario . quando vir no computador que as idosos que nao precisa ir ao consulado com idade acima 80 anos isto e verdade minha mae tem 74 anos , gostaria de saber qual a idade que realmente nao precisa ir na entrevista
obrigado …jose carlos AR.

Resposta
Eduarda Nunes Fevereiro 27, 2017 at 9:50 pm

Boa Tarde, Eu estou com uma dúvida a qual eu n consigo encontrar a resposta em lugar algum, ou eu encontro mas n entendo como uma resposta, n sei, então espero que vc possa responde-la. Bom eu quero muito fazer uma intercâmbio no ano que vem para fazer 1 ano de high school, porém a minha familia não tem condições financeira de pagar uma agência de intercambio e nem me manter lá por todo esse tempo. Então eu dei minhas pesquisadas e consegui economizar o dinheiro que eu gastaria com uma hostfamily ao encontrar uma amigo americano dos meus pais que pode me receber. Porém, ainda sim ficaria caro me manter lá, afinal o dólar esta bem alto. Então uma solução que eu pensei foi de arranjar um emprego de meio período lá para arcar com minhas despesas (comida, higiene, coisas necessárias e alguns supérfluos), mas eu n acho um visto que se adeque a minha necessidade (estudar e trabalhar), o mais proximo que eu encontrei foi o J1, mas eu só acho falando que este visto é voltado para pessoas mais velhas, que estão cursando, em universidades ou em programas de aul pair, porém eu na época do intercâmbio terei 16 anos e meu inglês é intermediário. Então… é possivel por meio deste visto eu arranjar um emprego de forma legal nos EUA? ou é realmente voltado para pessoas bem mais qualificadas?

Resposta
André Soares Arcanjo Março 1, 2017 at 4:31 pm

Boa Tarde Lorrane!

Post Muito esclarecedor, parabéns!!!

Minha esposa está em Gainesville desde janeiro trabalhando como PosDOC na Universidade.
Eu a acompanhei por 1 mês, com visto de turista, porém agora me mudar para Gainesville em definitivo.
Irei solicitar o visto J2. Sabe se posso trabalhar com este visto? E se existe um tempo limite no qual posso
permanecer em solo americano?

Muito obrigado!!

Resposta
Marja Bittencourt Março 9, 2017 at 1:55 pm

Olá Lorrane,

Participei de uma bolsa e tive o visto J1 valido até 31 de Agosto de 2015. Agora quero tirar o F1, é possível? Sabe dizer com quem poderia entrar em contato para ter a certeza que não será negado? Obrigada

Resposta
Lorrane Sengheiser Março 10, 2017 at 6:45 pm

Marja,

Acredito que seja possível sim. Entre em contato com o USCIS através de [email protected]

Eles poderão tirar todas as suas dúvidas.

Att,

Lorrane

Resposta
Michele Abril 17, 2017 at 9:20 pm

Ola Lorrane,
Obrigada pelo post! Tenho uma duvida que talvez voce possa sanar! Estou morando nos EUA com um visto F-2 desde Outubro/2016 e aqui recebi a proposta para trabalhar em um laboratorio de pesquisa em uma Universidade. Pesquisando sobre os vistos vi que no meu caso um J-1 visitor scholar seria o melhor, mas nao sei se me enquadro para esse tipo de visto. Terminei meu mestrado antes de me mudar para ca e nunca tive um visto tipo J antes. Voce acha que eu teria problema em conseguir o visto?
Obrigada!

Michele

Resposta
Mauricio Abril 25, 2017 at 10:59 pm

Ola Lorrane
Estou com o J1 aqui nos EUA desde outubro do ano passado e com venc pra agosto. Preciso ir no Brasil resolver uns problemas em Junho. Ja verifiquei no visto e com o Sponsor q nao estou sujeito a seçao 212 e que meu visto tem a letra “M” de multiplas entradas e saidas (Entries: M).
Gostaria de saber se é arriscado eu ir la no Brasil (por uma semana apenas) e for barrado quando voltar devido as novas mudanças, mesmo sendo Multiplas entradas!???
Obrigado

Resposta
Lorrane Sengheiser Abril 26, 2017 at 10:00 pm

Boa tarde Mauricio,

Risco sempre há, independente do tipo de visto, no entanto, as mudanças que ocorreram na imigração, recentemente, não se aplicam a cidadãos brasileiros, logo, em teoria não acho que você terá problemas durante retorno aos EUA.

Boa sorte,

Lorrane

Resposta
Neila Agosto 30, 2017 at 7:40 am

Oi Mauricio, meu visto tem a letra M tbm mas estou sujeita a seçao 212, o que isso significa?

Resposta
Raphael Sanzio Junho 13, 2017 at 2:31 pm

Bom dia Lorrane,

Como faço para cadastrar a empresa que eu trabalho junto ao Governo Norte Americano, como uma oraganização patrocinadora nesses programas de intercâmbios?

Resposta
Lorrane Sengheiser Junho 13, 2017 at 3:51 pm

Prezado Raphael,

Obrigada por acompanhar o Brasileiras Pelo Mundo.

Todas a informações se encontram nesse link aqui: https://j1visa.state.gov/sponsors/become-a-sponsor/

Boa sorte na empreitada.

Att,

Lorrane

Resposta
Fernando Romero Junho 16, 2017 at 5:31 am

Olá Lorrane,
Parabéns pelas informações. No meu caso tenho uma dúvida, sou J1 e vou ficar 1 ano nos EUA. Quando efetivamente teria que começar o processo de isenção da regra dos 2 anos, ja que nada do meu intercâmbio foi patrocinado pelo governo brasileiro. Seria durante o meu ano de J1 ou depois que retornar ao Brasil? Mais uma vez parabéns pelo site e obrigado. Abraços!

Resposta
Lorrane Sengheiser Junho 16, 2017 at 8:02 pm

Fernando,

Obrigada por acompanhar o Brasileiras Pelo Mundo.
Não existe uma data certa, mas é aconselhável que se dê início ao processo por volta de 6 meses antes.

Att,

Lorrane

Resposta
GABRIELA VENTURINI Junho 16, 2017 at 12:20 pm

Ola Lorrane! Obrigada pelo post! Muito esclarecedor!
Você sabe me dizer se após finalizar o J1 posso solicitar o waiver para pedir outro J1 (outra subcategoria) ou preciso que seja outro tipo de visto?

Obrigada!

Resposta
Lorrane Sengheiser Junho 16, 2017 at 8:03 pm

Gabriela,

Depende de caso pra caso. Te aconselho a verificar isso com um advogado.

Att,

Lorrane

Resposta
Eduardo Julho 12, 2017 at 2:55 am

Lorrane, post muito bom… tenho uma dúvida… meu filho tirou o visto J-1 pois vai estudar 1 ano, e veio com a restrição da seção 212-e, porem após a high school ele quer fazer University lá nos USA… ele tem q voltar e pedir (pode) um novo visto de estudante?

Resposta
Lorrane Sengheiser Julho 13, 2017 at 4:21 pm

Eduardo,

Obrigada por acompanhar o Brasileiras Pelo Mundo.

Sim, seu filho pode pedir o visto F-1 de estudante após o J-1.

Att,

Lorrane Nascimento

Resposta
Júlia Julho 14, 2017 at 6:41 am

Olá, Lorrane! Tudo bem?

Estou encantada com o seu jeito super didático de explicar. Parabéns pela matéria.

Estou planejando trabalhar numa empresa específica em Miami e eles pedem o visto de trabalho dos EUA. Fui aconselhada a procurar uma dessas agências de intercâmbio, fazer um curso de férias e durante esse meio tempo, tentar a vaga. Eu já tenho o visto de turista. Você acha que é possível trocar lá mesmo do visto J-1 para o de trabalho?

Desde já, super obrigada pela resposta.

Resposta
Lorrane Sengheiser Julho 14, 2017 at 3:13 pm

Bom dia Júlia,

Obrigada por acompanhar o Brasileiras Pelo Mundo. Fico muito feliz em saber que você gostou do texto.

Sim, é possível realizar a troca do visto J-1 para o H1-B nos EUA, mas te aconselho fazer o procedimento com um advogado, tendo em vista que com a nova administração tudo relacionado à imigração está mais lento e mais complexo.

Boa sorte na sua jornada em Miami.

Abraço,

Lorrane

Resposta
Vanessa Agosto 27, 2017 at 12:40 pm

Olá Lorrane. Parabéns pelo post. Tenho uma dúvida: como é possível fazer a ordem de pagamento para o Department of State estando no Brasil? Pelo que me informei, os bancos (via Western Union) só fazem pagamentos endereçados a pessoas físicas.
A melhor maneira seria pedir a alguém que esteja em território americano para enviar um cheque diretamente junto com a documentação? E nesse caso, posso incluir o meu endereço no Brasil para que seja retornado o documento do USCIS?
Desde já, obrigada!

Resposta
Neila Agosto 27, 2017 at 7:41 pm

Oi Lorrane, amei seu texto, ja salvei aqui pra me guiar porque estou comecando esse processo e esse post esta me ajudando muito. So estou com algumas duvidas sobre os documentos por parte do Brasil, nao entendi muito bem algumas coisas e gostaria de te explicar meu caso, nao ‘e nada muito diferete do que vc escreveu, so que tenho duvidas sobre essa documentacao, voce poderia me ajudar? (desculpa pela falta de acentuacao, ‘e que comprei meu pc aqui e ele nao vem com nossa acentuacao)

Obrigada 🙂

Resposta
Amanda Souza Agosto 27, 2017 at 9:02 pm

Ola Lorrane,
Amei seu blog. Ele tem me ajudado bastante com certas duvidas que tenho sobre viver num outro país. Parabéns pelo trabalho!
Tenho uma duvida: vim para os EUA em dezembro como intercambista do programa work experience USA e decidi ficar por aqui, porem meu visto expirou em 01/mar/2017 e em meu visto nao se aplica a seçao 212(e). Posso solicitar a renovacao do meu J1 ou solicitar um novo visto estando aqui nos EUA?

Grata desde já

Resposta
Lucas Agosto 31, 2017 at 8:44 pm

Olá, Lorrane
Primeiramente parabéns pela matérias, realmente muito didática e bem explicativa.
Estou com uma duvida bem pontual, queria saber se você pode me ajudar. Estou indo para os Estados Unidos em janeiro para um programa de intercâmbio graduação sanduíche. Ficarei um semestre estudando em uma faculdade lá por meio de um convênio com a minha faculdade daqui. Porém, depois de finalizadas as aulas (elas acabam em maio quando começa o período de verão), talvez surja uma possibilidade de eu trabalhar nas férias em um work experience que já trabalhei antes. Levando em conta que os dois vistos são J1, você acha que existe a possibilidade de eu conseguir uma troca de status no consulado lá dentro para que eu pudesse emendar os dois intercâmbios sem precisar voltar para o Brasil?
Obrigado desde já

Resposta
Juliane Setembro 22, 2017 at 1:19 am

tenho o visto J1, estou como au pair nos EUA. Posso visitar o Brasil por uma semana e voltar ainda no período de intercâmbio?

Resposta
Lorrane Sengheiser Setembro 22, 2017 at 3:52 am

Pode sim, Juliane.

Resposta
Alexandre Setembro 22, 2017 at 3:08 pm

Lorrane,
Tive um J-1 que foi encerrado em dez/2014, na qual a restrição da seção 212-e foi aplicada. Eu apliquei para o F-1 (doutorado) e vim para os EUA em Agost/2016. Gostaria de saber, mesmo sem mudar o status do meu visto (F-1) eu posso aplicar para o waiver do 212-e, pois gostaria de aplicar para o mercado de trabalho assim que acabar o doutorado.

Resposta
Lorrane Sengheiser Setembro 26, 2017 at 4:45 pm

Alexandre,

A Seção 212 se aplica ao seu visto J-1, não ao seu visto F-1. Se você já fez a troca de status de visto e ela foi concedida sem problemas, não vejo porque você não poderia aplicar para vagas no mercado de trabalho norte-americano por conta da seção 212 de um visto que nem está mais válido.

Abraço e boa sorte na procura.

Lorrane

Resposta
Victor Ferreira de Ávila Outubro 4, 2017 at 1:32 am

Olá Lorrane, muito legal esse post!

Se você puder me tirar algumas dúvidas eu agradeceria muito!
Recentemente eu recebi uma proposta de trabalho na cidade de Green Bay, WI. Trata-se de uma oportunidade como Técnico de Histologia, e seria uma ótima oportunidade para eu poder ter experiência e prestar o exame de certificação de Histotechnician pela ASCP. A empresa que deseja me contratar é bem pequena, com cerca de 30 funcionários, e eles não tem nenhuma experiência com contratação de estrangeiros. O chefe da emprese me deixou com a responsabilidade de correr atrás do visto, mas ele será meu “sponsor”, e quer que eu esteja lá no começo do ano que vem, impossibilitando assim o pedido do visto H1B logo de cara.
Minha dúvida é: qual seria a minha melhor chance para entrar nos EUA trabalhando por essa empresa? O visto J1 seria apropriado pro meu caso?
Tenho a intenção de obter posteriormente o visto H1B (assim que abrirem as inscrições em abril pretendo me candidatar).

Parabéns pelo site!!

Resposta
Sara Outubro 5, 2017 at 3:36 pm

Oi Lorrane, eu sou Au Pair nos EUA, o fato é que consegui uma bolsa de estudo num college mas o programa de Au Pair só dura dois anos o que não me da tempo suficiente pra terminar o curso, é possível pedir a extensão do meu J1 por mais dois anos? Eu poderia aplicar pra o F1 mas como estudante internacional eu perco a bolsa e pago o triplo

Resposta
Sara Outubro 5, 2017 at 3:38 pm

A bolsa seria por ser residente da Califórnia mas se eu aplicar pro F1 eu viro estudante internacional eu perco a bolsa

Resposta
Luana Outubro 20, 2017 at 2:58 pm

Oi Lorrane
Tudo bem?
estou indo como au pair em janeiro e achei o POST muito interessante
Mas ainda fiquei com uma dúvida vamos supor que fiz o pedido e ele foi aceito….o que acontece em seguida? Meu visto/status vai mudar pra outro? Vou poder ficar por tempo indeterminado nos EUA? Posso trabalhar qualquer coisa? E estudar? Fiquei meio confusa em relação a isso
Por favor me responda

Resposta
Lorrane Sengheiser Outubro 24, 2017 at 1:34 pm

Luana,

Se o pedido para retirar a regra de 2 anos for aceito, isso não muda o seu status ou tipo de visto. Apenas significa que você pode aplicar para um novo J-1 ou outro visto. Alguns vistos J-1 permitem o estudo nos EUA, mas você precisará mudar o seu DS2019. O J-1 não te permite trabalhar em qualquer coisa. E não, você não poderá ficar nos EUA por tempo indeterminado, apenas durante a duração do novo visto que lhe for concedido.

Att,
Lorrane

Resposta
Michelle Outubro 20, 2017 at 3:36 pm

Oie Lorrane,

Tenho uma dúvida , solicitando essa isenção da regra dos dois anos.
Como fica o status aqui nos EUA? O visto J1 seria prorrogado por mais 2 anos ou eu teria que solicitar outro visto? Exemplo Turista ou estudante

Resposta
Lorrane Sengheiser Outubro 24, 2017 at 1:37 pm

Michelle,

Conforme expliquei abaixo, o visto não é prorrogado. Quando a pessoa recebe o waiver da regra de 2 anos, isso siginifica que os EUA está permitindo que aquela pessoa continue a viver em território norte-americano após o término do programa do visto J-1. No entanto, o waiver não estende o visto automaticamente. Você precisará pedir o novo visto de acordo com a atividade que irá execer nos EUA. Por exemplo: se você deseja voltar como estudante, peça um visto F-1. Para entrar novamente nos EUA apenas como turista não é necessário fazer pedido de waiver.

Boa sorte.

Lorrane Nascimento

Resposta
Stella Novembro 9, 2017 at 4:11 am

Olá Lorrane obrigada pela sua ajuda a todos. Gostaria de saber se você poderia me ajudar na minha pergunta.
Eu entrei nos Estados Unidos em 2015 com o visto J1 e estava sujeita a regra de dois anos. Nesse meio termo me casei com um cidadão americano e tive de retornar ao Brasil em agosto de 2016 devido à defesa da minha tese de doutorado. Estou no Brasil desde 2016 e só agora consegui a carta de não objeção o órgão que me financiou. Eu quero retornar para os Estados Unidos em janeiro de 2018. Eu já iniciei o processo de waiver e o consulado brasileiro já enviou a carta de não objeção para department of state. O processo ainda não foi iniciado junto ao USCIS devido ao fato de eu não ter enviado os outros documentos necessários pois não sei se isso atrapalharia minha ida em janeiro. Nesse caso existe algum visto que eu possa tirar enquanto estou aplicando para o Waiver? Como faço para ir ver meu marido enquanto estou no Brasil e não completei os dois anos? Posso pegar um visto de turista e iniciar o processo de waiver apois entrar no usa?
Agradeço demais sua ajuda

Resposta
Lorrane Sengheiser Novembro 9, 2017 at 3:39 pm

Prezada Stella,

Para quem é casada com cidadão americano a regra de dois anos não funciona da mesma forma. Você pode sim entrar no país com o visto de turista, mas pode pedir também um visto K-3 e dar entrada no seu Green Card quando chegar aos EUA.

Atenciosamente,

Lorrane

Resposta
Fabiana Dezembro 2, 2017 at 8:47 pm

Boa tarde Lorrane, muito obrigada pelo seu texto acima, mas eu ainda continuo com duvidas, e preciso muito da sua ajuda.
Eu sou estudante de mestrado no Brasil e vim para os Estados Unidos em Abril deste ano e vou retornar daqui 14 dias. Quem pagou para mim foi a universidade americana, ou seja o meu programa de mestrado não exige que eu fique no Brasil por tempo nenhum, não preciso cumprir nada. Volto ao Brasil para defender e estou conseguindo outra bolsa de estudos aqui em outra universidade. Eu consigo retirar novamente outro visto J1? ou o que eu poderia fazer?
Desde já muito obrigada

Resposta
Lorrane Sengheiser Dezembro 4, 2017 at 6:06 pm

Fabiana,

Essa questão da renovação do seu visto você precisa procurar saber diretamente com a universidade que está te oferecendo a bolsa e a USCIS. Geralmente a própria universidade ajuda nesses casos. Se você não tiver a regra dos 2 anos imposta no seu primeiro visto, teoricamente não há problema, mas novamente, é preciso verificar. Se você tiver a regra, provavelmente precisará de um waiver para renovar o J-1 ou aplicar para um visto F-1.

Boa sorte,

Lorrane Nascimento

Resposta
Camila Dezembro 6, 2017 at 3:11 am

Ola Lorrane,
Gostaria de saber o seguinte. Eu era Au Pair nos USA e morei durante 1 ano e 15 dias (travel month) e voltei para o Brasil. Gostaria de saber se é necessário eu esperar por algum tempo para solicitar meu visto de Tirismo e voltar para lá a passeio, ou terei que esperar um determinado tempo para isso?

Obrigada desde já!

Resposta
Lorrane Sengheiser Dezembro 6, 2017 at 2:42 pm

Camila,

Náo, você não precisa esperar para pedir um visto de turismo. Essa regra de aplica apenas quando a pessoa deseja continuar morando nos EUA. Se seu objetivo for apenas viajar a turismo para os EUA, não há necessidade de espera.

Boa sorte,

Lorrane

Resposta
Diogo Dezembro 26, 2017 at 5:48 am

Olá, Lorraine. Muito obrigado pelo texto! Foi o único que encontrei que explica bem como pedir o waver! Tenho uma dúvida, e espero que possa me ajudar.
Eu estou acabando meu estágio nos EUA (com bolsa CAPES) e meu visto está marcado que tenho que ficar dois anos no Brasil. Eu pretendia voltar, de qualquer forma, para acabar meu doutorado. Eu recebi uma oferta para voltar para cá depois de formado. Entao eu ficaria um ano no Brasil, e pediria o waver. Como eu faço para pedir isso do Brasil?

Obrigado!

Resposta
Guilherme Dezembro 30, 2017 at 7:42 pm

Olá Lorrane.

Tenho uma dúvida. No meu caso, fiquei 7 meses nos EUA com o visto J1 Research Scholar e retornei ao Brasil há alguns dias. Fiz um intercâmbio em uma Universidade com bolsa daqui (CAPES, no caso). Gostaria de retornar no ano que vem, em abril, para ficar mais 10 meses, também com bolsa de estudos aqui do Brasil.
Eu posso fazer essa solicitação mesmo tendo retornado? Você tem ideia de quais são as chances de conseguir essa isenção?
Obrigado desde já

Resposta
Jorge Fevereiro 21, 2018 at 7:11 pm

Ola Lorraine sou ferrador de cavalos tenho um convite de uma compania que atua nesta área o motivo é que eu tenho abilidades especiais e inovativas nesta area, não suu elegível para o H 1B por não possuir curso superior, J-1 seria minha melhor opção ou teria algum outro tipo de visto?.
Meu sponsor aceita qualquer opção desde que eu possa ir.

Resposta
Lorrane Sengheiser Fevereiro 21, 2018 at 9:44 pm

Prezado Jorge,

Sugiro que você contrate um advogado de imigração que possa avaliar seu caso e te fazer a sugestão correta. Não tenho certeza se o visto J-1 se aplica ao seu caso.

Boa sorte,

Lorrane

Resposta
Michele Ravelli Fevereiro 26, 2018 at 8:10 pm

Boa tarde Lorrane,
Tive o visto J1 e realizei um doutorado sanduiche por 6 meses financiado por agência brasileira. Há um ano retornei para o Brasil e estou com um convite para pos-doc, o qual será financiado pela instituição americana. Gostaria de saber se existe a possibilidade de solicitar a isenção da regra de 2 anos para que eu possa assumir as atividades do pós-doc? A universidade que fez o convite deve entrar com a solicitação do processo ou deve me dar algum documento para que eu faça essa solicitação?

Resposta
Caio Abril 17, 2018 at 9:25 pm

Olá, fiquei apenas com uma pequena dúvida. Supondo que tudo dê certo e a pessoa consiga a isenção à regra 212, isso quer dizer que essa pessoa poderá ficar por mais dois anos nos EUA podendo trabalhar legalmente com o mesmo visto J-1? Tipo podendo trabalhar legalmente usando o mesmo visto, sem problema algum?
Agradeço a atenção.

Resposta
Lorrane Sengheiser Abril 17, 2018 at 9:58 pm

Caio,

Obrigada por acompanhar o Brasileiras Pelo Mundo.

A partir do momento que a pessoa obtem o waiver da regra de 2 anos, isso significa que ela pode renovar o visto J-1 para continuar trabalhando legalmente ou mudar o tipo de visto para o H1B ou F-1, ou algum outro tipo que seja mais conveniente naquele momento. A renovação não é feita automaticamente.

Atenciosamente,

Lorrane

Resposta
Mirian Abril 24, 2018 at 11:26 pm

Lorrane,

Muito obrigada pelo artigo sanou muitas duvidas, mas ainda permaneço com uma duvida, se tenho essa regra no meu visto J-1 e quero mudar para status de estudante F1 durante meu intercambio ou prorrogar por mais um ano o intercambio preciso solicitar o waiver?

Obrigada pela atenção,
Mirian

Resposta
Lorrane Sengheiser Abril 26, 2018 at 5:09 pm

Mirian,

Obrigada por acompanhar o Brasileiras Pelo Mundo.

Você pode sim mudar seu status de J-1 para F-1 sem precisar do waiver. O waiver é necessário quando a pessoa deseja continuar exercendo atividade remunerada no país.

Boa sorte,

Lorrane

Resposta
caroline brandalise Maio 2, 2018 at 6:16 pm

olá, fiz o preenchimento do DS 3035 agora preciso pagar com o money order no valor de US$ 120,00, como faço para adquirir o money order, onde consigo ?

Resposta
Lorrane Sengheiser Maio 2, 2018 at 7:02 pm

Caroline,

O money order você pode adquirir nos correios americanos.

Boa sorte,

Lorrane

Resposta
Felipe Junho 13, 2018 at 1:32 am

Lorrane,
Muito legal a sua inciativa. Eu tenho uma dúvida, eu moro nos Estados Unidos há mais de 4 anos e vim através do programa ciências sem fronteiras com a bolsa sendo paga 50 % pelo governo brasileiro. Agora a empresa que eu estou trabalhando quer me contratar, porém eu não posso mudar o meu visto J1 para H1b, eu entrei em contato com o CNPQ e eles disseram que eu tenho que voltar para o Brasil por 2 anos ou pagar 69 mil dólares que foi o valor da bolsa em 10 anos. Você já ouviu alguma forma de pedir o perdão e não ter que pagar ou voltar para o Brasil?

Resposta
Lorrane Sengheiser Junho 13, 2018 at 4:51 pm

Felipe,

Não conheço nenhum caso de perdão.

Atenciosamente,

Lorrane

Resposta
Marco Aurélio dos Santos Junho 18, 2018 at 2:25 pm

Lorrane, parabéns pelo conteúdo, muito bom!

Só fiquei com uma dúvida. Para eu solicitar o Waiver, necessariamente eu preciso estar vinculado a empresa que estou fazendo o intercâmbio? (no caso é Work and Travel).
Ou seja, o empregador precisa emitir algum documento para eu mandar junto com o DS-2019 para a Imigração?
Obrigado, Marco.

Resposta
JO Julho 8, 2018 at 12:15 am

Olá,

Seria muito importante sua ajuda:

No caso de uma pessoa que deseja ir para o EUA em três anos seguidos e ficar durante 3 meses em cada ano, patrocinado por uma empresa, é possível fazer isso com o Visto J1 ou a regra dos dois anos iria impossibilitar assim que eu retornasse do primeiro ano? Para o caso de querer retornar no ano seguinte com o Visto J1 novamente, para ficar mais 3 meses, necessitaria de waiver ou era só pedir novamente outro visto J1?

Resposta
Dionei Setembro 30, 2018 at 9:22 pm

Lorrane Sengheiser primeiramente parabéns pelo sua página.

Sou mestrando e vim para os EUA por um perído de 5 meses. No entanto gostaria de retornar para os EUA ou prorogar minha estadia aqui. No meu DS-2019 consta dois patrocinadores a Iowa State University e a CAPES (400 dólares que seria a bolsa do mestrado que ganho no Brasil) no entanto foi colocada no DS para complementar o valor exigido. Desta forma eu me encaixo na seção 212? Se sim quala dificuldade na minha situação.

Desde já muito obrigado!

Resposta
Lorrane Sengheiser Setembro 30, 2018 at 9:50 pm

Caro Dionei,

Obrigada por acompanhar o BPM.

Quanto a sua duvida, voce tem que olhar o seu visto e ver se existe observacao referente a regra dos 2 anos. Muito provavelmente tera, por cnta da bolsa. O processo para obter o waiver esta explicado no texto.

Boa sorte.

Resposta
Barbara Oliveira dos Santos Outubro 22, 2018 at 5:42 pm

Olá Lorrane
Em 2016 vim para os EUA para fazer minha pesquisa de tese como estudante visitante com o visto J1.
Retornei ao Brasil em 2017 e permaneci lá por 1 ano e meio.
O termo de compromisso e aceitação da bolsa requisitava a remanência de pelo menos 1 ano.
Me casei mês passado aqui nos EU e estou preenchendo os formulários para mudança de status. Entre eles o DS-3035 ( isenção do visto J).
Estou com dúvidas no preenchimento. No campo
Country/Region of Legal Permanent Residence devo colocar Brazil ou North Carolina?
Obrigada,

Resposta
Lorrane Sengheiser Outubro 22, 2018 at 7:44 pm

Barbara,

Entendo que seja Brasil.

Att,
Lorrane

Resposta
Joana Agosto 3, 2019 at 4:19 pm

Olá Lorrane! Obrigada pelo post, foi muito esclarecedor.
Vou para os Estados Unidos para um post-doc sem patrocínio e com visto J1. Minha dúvida em relação ao pedido de waiver: devo solicitar assim que enviar o pedido do J1, ou devo fazê-lo quando estiver nos USA já em andamento com
minhas atividades?
Obrigada!

Resposta
Lorrane Sengheiser Agosto 5, 2019 at 3:06 pm

Joana,

Obrigada por acompanhar o Brasileiras Pelo Mundo. Ficamos felizes em saber que o texto lhe tenha sido útil.

Em relação à sua dúvida, o pedido deve ser enviado quando você estiver nos EUA e com suas atividades em andamento.

Atenciosamente,

Lorrane

Resposta
Mariana Março 19, 2019 at 7:10 pm

Olá Lorrane,

Vc saberia me dizer se eu for com um visto J1 e meu marido J2 e ao término do visto eu regressar ao Brasil é possível que meu marido consiga trocar o visto dele para F1 sem retornar ao Brasil?
Obrigada

Resposta
Zilmar Correa Maio 21, 2019 at 6:44 pm

Olá Lorrane,

Minha filha está no primeiro ano do Ensino Médio no Brasil e quer terminar o ensino médio e fazer faculdade nos EUA, eu iria com ela e minha outra filha menor (12 anos) que tipo de visto teríamos que tirar, elas conseguiriam estudar em escola pública?

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação