BrasileirasPeloMundo.com
Costa Rica Imigração Vistos & Cidadanias Pelo Mundo

Vistos para morar na Costa Rica

Vistos para morar na Costa Rica

Todas as informações de vistos para a Costa Rica, é conseguida através da Dirección General de Migración y Extranjeria. Existe uma normativa chamada Directrices de Visas de Ingreso, mediante a qual se estabelece, através da nacionalidade, que tipo de visto a pessoa deve solicitar.

São 4 grupos para os vistos de turismo:

  • Grupo 1 – Ingresso sem visto consular, vigência do passaporte de 1 dia;
  • Grupo 2 – Ingresso sem visto consular, vigência do passaporte de 3 meses;
  • Grupo 3 – Ingresso com visto consular;
  • Grupo 4 – Ingresso com visto restringido.

Nestes dois últimos, a vigência do passaporte deve ser de 6 meses.

Brasileiros entram no grupo 1, ou seja, você pode vir à Costa Rica sem a necessidade de fazer um procedimento de solicitação prévio de visto. Além do passaporte, em bom estado e dentro da vigência, você precisará das passagens de retorno ao Brasil, demonstrar que possui US$100,00 para cada mês de turismo (cartão de crédito pode servir para essa comprovação), ter tomado a vacina da febre amarela e ter o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP).

A vacina deve ser tomada pelo menos 10 dias antes da viagem, no Brasil a vacina é administrada de maneira gratuita em postos de saúde da rede municipal e/ou estadual. O CIVP é emitido gratuitamente pela ANVISA através das unidades da Vigilância Sanitária, presente nos aeroportos brasileiros. Nós fizemos o CIVP em um posto de saúde da nossa cidade, pesquise na sua quais estão responsáveis por essa emissão. O portador do documento precisa assinar, logo tem que ser feito presencialmente. Achei um artigo bacana do decolar.com onde contém boas informações sobre a vacina.

O visto é dado na entrada no país e pode ser de até 90 dias, esse é o máximo! Se você sair e entrar novamente na Costa Rica, o visto de turismo se “renova”. Não existe um limite de entradas e saídas.

Uma empresa pode solicitar o visto para você em caráter de residente temporal, o que lhe permitirá trabalhar para aquela empresa pelo tempo que ficar na Costa Rica, eu me encaixo nessa categoria.

Os costarricenses tem o seu ID, que seria o RG daqui, e a sua emissão é feita pelo TSE (Tribunal Supremo de Elecciones). O ID do estrangeiro é emitido junto com o visto de residência.

Na Costa Rica tem dois tipos de residência, a temporal e a permanente. A temporal como o nome sugere é por um tempo determinado, e normalmente está vinculada a uma situação de trabalho na Costa Rica. Se não há uma empresa envolvida no processo, podem pedir o visto de residência temporal:

  • Cônjuge de costarricense
  • Pessoa religiosa (padres, freiras, leigos missionários, etc.)
  • Executivo, gerente e pessoal técnico
  • Trabalhador especializado por conta própria
  • Investidores
  • Cientistas
  • Técnico especializado
  • Esportista
  • Correspondente de imprensa
  • Rentista
  • Pessoas aposentadas

Cada um destes casos acima, tem seu próprio requerimento, consulte aqui.

A residência permanente permite que você fique no país por tempo indeterminado e que possa trabalhar. Podem solicitar a residência permanente quem tem 3 anos consecutivos vivendo na Costa Rica com residência temporal. Mães, pais, filhos e filhas de costarricenses também podem. Confira os requisitos aqui.

Eu não tive filhos na Costa Rica e meus pais são brasileiros, sendo assim, a única maneira de conseguir a residência temporal foi através da empresa na qual trabalho, que fez a solicitação à migração, através de uma carta de apresentação, para mim e para a minha família. Todos temos residência temporal para 2 anos, e esta pode ser renovada. Nossa residência tem vínculo com a empresa, isso significa que aqui na Costa Rica eu não posso mudar de emprego de forma simples, teria que fazer todo o processo do visto novamente. Meu marido e meu filho são meus dependentes e não podem trabalhar, pois no entendimento da migração eles estão aqui por causa do meu vínculo com a empresa (o que não é mentira).

Meu filho tem 5 anos e vai normalmente à escola. Já meu marido, para poder trabalhar uma empresa teria que concordar em ser sua patrocinadora, o que faria ele trocar o visto de residência temporal vinculado a mim por um visto de residência temporal vinculado a uma empresa. O grande problema é que esse trâmite pode levar de 3 a 4 meses, e nesse período ele não pode trabalhar, então vira um cachorro correndo atrás do rabo, pois a empresa tem o interesse, mas não quer esperar esse tempo, da outra parte, para ter o visto temporal vinculado a uma empresa, você precisa da empresa.

Uma vez dada a entrada no visto, em 3 ou 4 meses mais ou menos, você receberá uma resolução onde consta que você foi aceito para ficar na Costa Rica de forma temporal, e com isso não precisa sair do país uma vez vencida a validade de 90 dias do visto de turismo.

Os custos dos trâmites estão em cada requisito, e é possível fazer as solicitações sem a ajuda de advogados.

Os documentos necessários variam para cada tipo de visto, sendo os mais comuns: certidão de nascimento (emitida recentemente), certidão de antecedentes criminais emitido pela Polícia Federal (para maiores de 18 anos), certidão de casamento (se aplica) e quitação eleitoral (isso é para registro na Embaixada Brasileira). Todos os documentos devem ser traduzidos para o espanhol e devem estar legalizados (apostilados). Apostilar um documento é dizer que aquele documento emitido no Brasil tem validade em território “tico”. O Brasil e a Costa Rica fazem parte da convenção da Apostila de Haia, portanto os trâmites já não são feitos através do Ministério de Relações Exteriores e Consulados da Costa Rica, aliás, só para constar, já não existe consulado no RJ e em SP, só a embaixada em Brasília. O apostilamento é feito por meio de cartórios, pesquise uma lista de cartórios autorizados aqui.

Você deve trazer os documentos já apostilados para a Costa Rica e apresentá-los na migração. Como o meu processo foi feito pelos advogados contratados pela empresa onde trabalho, a tradução desses documentos foi providenciada por eles.

Dúvidas? Escreva-me nos comentários!

Related posts

Mudança na lei de residência de familiar de cidadão da UE

Thais Maciel Gomes

Por que muitos brasileiros querem sair do Brasil?

Liliane Oliveira

Hablas Español?

Jesuela Macedo

14 comentários

Mariana Setembro 3, 2017 at 5:30 pm

Josuela, como é a questão do machismo na costa rica? Estou vendo um trabalho ai e tenho 29 anos, solteira e sem filhos. Como é encarado ai essa questão da mulher independente sem marido? Pergunto pois até aqui no brasil rola esse machismo (velado) e já morei no méxico e la tb tinha!

Resposta
Jesuela Macedo Setembro 8, 2017 at 3:29 pm

Olá Mariana,

Eu não tenho sofrido com isso, a empresa que eu trabalho tem uma mente muito aberta para isso, sou engenheira e claro que já tive meus problemas com o machismo (e assédios), mas nada que me tirasse do “prumo”. A Costa Rica tem vários programas dedicados a mulher, até um banco aqui onde os clientes são apenas mulheres, tem alguns programas de desenvolvimento de carreiras para mulheres como o MenTe en Acción do Ideas en Acción. Tem um machismo velado, não vou te mentir, mas tem bastante projeto bacana querendo colocar a mulher onde ela quiser estar rsrsrs…

Resposta
Johnnathan Novembro 8, 2017 at 3:19 am

Olá Jesuela ! Gostei muito do seu texto, é objetivo e aborda itens essências para quem quer residir na Costa Rica, gostaria de saber sem querer abusar da sua gentileza como é o sistema de saúde no país e se profissionais da área de saúde tem mercado de trabalho acessivel no meu caso sou Biomédico trabalho em laboratório de análises clínicas e clínicas de exames de imagens .
Obrigado

Resposta
Jesuela Macedo Novembro 10, 2017 at 1:35 pm

Olá Johnnathan!
Obrigada pela leitura! 🙂
Eu escrevi sobre o sistema de saúde é o meu artigo de Novembro, dê uma volta por aqui de novo no dia 15/11 que o artigo já estará disponível. Tentei ser bem clara nesse texto. Oportunidades de trabalho sempre haverá, mas você precisa entrar en contato com a instituição que pretende trabalhar e verificar os tramites, talvez seja necessário homologar o seu diploma.

Resposta
Silvio Oliveira Janeiro 22, 2018 at 6:22 pm

Olá Josuela,

Já estive na CR 14 vezes (2 por ano). amo esse lugar e sonho em empreender na região de Jacó ou próximo. Penso em restaurante, pousada e etc. Como deveria proceder? Sabe qual o valor a ser aportado para visto de Investidor? Onde devo buscar maiores informações? Sou Administrador (Segurança Privada), esposa Advogada e não creio que consigamos colocação efetiva nas empresas Costariquenhas.

Resposta
Jesuela Macedo Fevereiro 3, 2018 at 7:45 pm

Olá Silvio,

Desculpe a demora em responder… Eu não tenho mais detalhes do que aqueles que estão na página da imigração, eu vim para cá com visto de trabalho. Não tenho experiência com investimentos. Lamento não poder lhe ajudar mais que isso.. rsrsrs. Nas regiões mais turisticas como a praia de Jacó eu acho que sempre tem espaço para uma pousada… hehehe

Resposta
Bruna Brito Abril 7, 2018 at 10:22 am

Olá. Jesuela! Estou de mudança para Costa Rica. Meu marido irá a trabalho e juntos iremos eu, um filho de 4 anos e nosso cachorro Tbm! Gostei de seu texto. Tenho lido bastante sobre o lugar… fico apreensiva com relação a escolas e sistema de saúde para meu filho. Mas sei que dará tudo certo. Vou ler outros posts e seguir vc!!

Resposta
Guilherme Maio 22, 2018 at 9:02 pm

Oi Jesuela, tudo bem contigo? Tenho aqui uma duvida quanto à residência temporal. Meu trâmite é por cônjuge com costarriquenha e já se vão mais de 160 dias esperando… No seu caso você teve de esperar muito pela resolução da migração? Conhece alguém de confiança que possa acelerar o processo de obtenção da residência? Muito bom o site, espero que siga com os bons textos. Abraço!

Resposta
Julia Julho 17, 2018 at 3:09 pm

Jesuela, tudo bem?

Você sabe dizer como funciona se eu trabalhar na Costa Rica e casar apenas depois da mudança?
Como funciona essa questão do visto pra cônjuge?
Em caso de casais homoafetivos, existe alguma restrição?

Obrigada!

Resposta
Liliane Oliveira Julho 17, 2018 at 4:49 pm

Olá Julia,
A Jesuela Macedo parou de colaborar conosco e, infelizmente, não temos outra colunista morando no país.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Jesuela Macedo Julho 27, 2018 at 4:44 pm

Oi Julia,

Eu parei de colaborar com o BPM, como disse a Liliane, eu voltei a morar no Brasil. 🙂
Sobre a sua pergunta: para trabalhar na Costa Rica você precisa do visto de trabalho que só será dado se você tiver uma empresa que te contrate. Não tem outra forma de trabalhar (sempre legalmente falando). Você pode casar na Costa Rica e depois de casar pedir para dar entrada no seu visto como conjuge. Não sei te dizer sobre as leis para casamento de homoafetivos.

Um abraço!

Resposta
Julia Julho 27, 2018 at 4:53 pm

Obrigada pela resposta!

Resposta
Marta Nascimento Setembro 16, 2018 at 4:36 pm

Ola Jesuela!
Vi que vc não reside mais na Costa Rica, mas pelo seu conhecimento, por gentileza, e se vc tive conhecimento sobre o assunto, para pessoas aposentadas que pretendem solicitar o visto para residir lá vc saberia o valor mínimo desta aposentadoria?
Agradecida

Resposta
Liliane Oliveira Setembro 17, 2018 at 1:40 pm

Olá Marta,
A Jesuela Macedo parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas na Costa Rica que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação