Finlândia – Bibliotecas Públicas

2
146
bibliotecas, bibliotecas pelo mundo, Helsinki, livros, bibliotecas públicas, bibliotecas na Finlândia, literatura, incentivo à leitura, sistema automatizado de bibliotecas, Universidade de Helsinki,
Foto: Arquivo Pessoal
Advertisement

A leitura é muito incentivada na Finlândia e há inúmeras bibliotecas espalhadas pelo país. O mais legal é que eles facilitam tanto o sistema de empréstimo de livros, que o fato de não usá-las é por não querer e não por falta de opção.

Segundo informações do This is Finland, são emprestados 18 livros por pessoa por ano, sendo que 40% da população utiliza as bibliotecas e as visita pelo menos duas vezes ao mês. Conforme uma pesquisa realizada pelo Ibope a pedido do Instituto Pró-Livro, o brasileiro lê apenas 4,96 livros por ano. Uma diferença absurda em comparação à quantidade lida aqui. Além disso, as biblioteca finlandesas também investem em livros e outros materiais, para estarem sempre atualizadas, e chegam a gastar em torno de 300 euros por cidadão por ano para esse fim.

 Quantas bibliotecas a Finlândia possui?

Segundo dados do This is Finland, existem:

  • Mais de 300 bibliotecas públicas;
  • Mais de 500 afiliadas;
  • Mais de 150 bibliotecas móveis;
  • Mais de 12.500 paradas de bibliotecas móveis (como pontos de ônibus);
  • Uma biblioteca flutuante (em um barco).

Considerando os pouco mais de 5.5 milhões de habitantes na Finlândia e contando apenas as unidades físicas, são em torno de 6.875 pessoas para cada biblioteca. Já no Brasil, conforme o SNBP (Sistema Brasileira de Bibliotecas Públicas), existem 6.102 bibliotecas em todo o país. O Brasil tem um pouco mais de 211 milhões de habitantes, o que faz com que sejam aproximadamente 34.600 pessoas por biblioteca. Com isso, a oferta da Finlândia é 5 vezes maior que a do Brasil.

Todos podem utilizar o serviço? O que ele oferece?

Sim, qualquer pessoa – inclusive os estrangeiros – podem fazer o cartão da biblioteca. Basta você já ter se registrado na prefeitura e ter o número de seguro social (que é a data de seu aniversário mais três dígitos e uma letra). E o melhor, é totalmente gratuito e eles têm livros em diversos idiomas, inclusive em português. Porém, cobram taxas se houver atraso na devolução.

Claro que a opção não é tão vasta para livros estrangeiros e não os encontramos em todas as unidades. No entanto, é possível reservá-lo e eles o transferem para a biblioteca mais próxima da sua residência. Ademais, dá para encontrar uma grande variedade de filmes, CD’s de música, jornais, revistas e revistas em quadrinhos.

A integração com a leitura começa desde cedo, pois existem alas específicas para as crianças. Também há espaços interativos e fazem diversos eventos onde tanto elas, como os adultos, podem desfrutar enquanto estão ali.

Eu comecei a usufruir dele no começo do ano, quando de curiosa, fui perguntar se eu também podia utilizá-lo. Desde então, já li alguns e tenho outros na reserva, pois a demanda é tanta que fazem dois meses que espero a liberação de dois livros.

Em Helsinki, temos uma biblioteca enorme que é a da Universidade de Helsinki. Ela tem sete andares e, além da variedade de títulos disponíveis, tem uma arquitetura super interessante. A escada em espiral passa por todos os andares, tem um pé direito alto, com uma abertura para iluminar dentro, e uma estação de trabalho grande ao centro. O legal, é que ela não está disponível apenas para os alunos e sim, para qualquer pessoa que quiser usá-la. O acesso também é bem fácil, já que fica em cima de uma estação de metrô.

bibliotecas, bibliotecas pelo mundo, Helsinki, livros, bibliotecas públicas, bibliotecas na Finlândia, literatura, incentivo à leitura, sistema automatizado de bibliotecas, Universidade de Helsinki,
Foto: Arquivo Pessoal

Como o sistema funciona?

O sistema de empréstimo, o Helmet , é totalmente automatizado. Tudo é feito online e você pode acessá-lo através do computador ou pelo aplicativo no celular. Nele, você tem acesso a todos os milhares de títulos existentes em qualquer unidade.

Cada indivíduo tem o direito de permanecer com cada livro por 4 semanas. Porém, você tem a opção de renová-lo caso não consiga terminar dentro do prazo. Com isso, se não houver fila de espera, você faz tudo sentado de dentro da sua casa pelo computador ou celular, ou de qualquer lugar sem ter que se locomover.

Para fazer o empréstimo de um livro, você faz tudo sozinho também. Escolha o livro que quiser da prateleira e vá a qualquer um dos computadores. Passe o código de barras da sua carteirinha no leitor, passe o código de barras do livro também e pronto! É só levá-lo para casa e aproveitar! Agora, se você fizer sua reserva online, ele já estará separado em uma prateleira específica esperando ser retirado. A devolução também é feita automaticamente. Basta passar o código de barra do livro no leitor da máquina e colocá-lo em uma esteira que o recolhe. Tanto para retirar como para devolver, a máquina emite um recibo que é opcional.

Perto de onde eu moro, há uma biblioteca grande disponível que fica dentro de um shopping. A comodidade de estarem em locais práticos e de fácil acesso, faz toda a diferença!

Na unidade próxima da minha residência, ainda temos computadores, impressoras em branco e preto e coloridas e, por incrível que pareça, ainda podemos utilizar máquinas de impressão digital 3D. Mais impressionante ainda é saber que o uso das máquinas e do material, também é, normalmente, gratuito. Existem algumas taxas que podem ser cobradas. No entanto, toda vez que precisamos usar, não nos cobraram pelo serviço. Pelo que pudemos perceber, cobram caso o uso seja exagerado ou quando você precise de uma quantidade grande de material.

Confesso que eu não era uma frequentadora assídua de bibliotecas públicas no Brasil. Acredito que pela própria falta de infra-estrutura oferecida, a maioria das pessoas já se afasta delas. Apesar de sempre ter me considerado uma pessoa que lia regularmente, não chegava a ler nem metade de livros que leem aqui!

Uma das minhas novas metas deste ano? Aumentar a quantidade de livros que vou ler! E vocês?

Até a próxima!

2 Comentários

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui