Onde encontrar ingredientes e comida brasileira na Nova Zelândia

0
905
Foto: Arquivo pessoal - Feijoada Brasileira em Auckland Nova Zelandia
Advertisement

Como brasileira que sou e fã número um da nossa culinária, assim que me mudei para Auckland, comecei uma “caçada” pelos ingredientes e comida brasileira na Nova Zelândia.

Nas conversas com brasileiros, percebo que há uma busca recorrente por alguns ingredientes e produtos que felizmente, conseguimos encontrar muitos deles por aqui. Quando compartilho as dicas ou recebo algumas delas dos amigos, é puro êxtase, como se fosse possível resgatar um pedacinho do Brasil, das memórias afetivas e de bons momentos por meio das comidas e bebidas.

Assim, resolvi fazer este post para compartilhar um pouco do que sei e quem sabe, receber mais boas dicas de quem mora aqui há mais tempo ou já é mais descolado do que eu neste assunto. Fiquem à vontade para postar suas dicas aqui nos comentários inclusive, se você mora em outras cidades.

Se quiser uma lista com nomes dos principais ingredientes (frutas, verduras, legumes, carnes, temperos) de comidas em português e inglês, veja este post no meu blog.

Em tempo: Eu sei que há opções em outras cidades, mas infelizmente não as conheço. Coloquei neste post, links para sites onde é possível encomendar alguns produtos por meio eletrônico, no entanto, ainda não precisei utilizá-los.

Os achados

Binn Inn – É uma loja de ingredientes a granel, tipo as mercearias de antigamente. Eles têm lojas em todo o país e lá você encontra feijão carioca – pinto bean, feijão preto – black bean, feijão fradinho – black-eyed bean, tapioca tem o mesmo nome, mas é a desidratada. Aqui tem um vídeo ensinando o passo a passo para hidratá-la. Também há temperos, coco ralado e muitas outras delícias.

Bite Brazilian Eaterie – Restaurante brasileiro, localizado dentro de uma praça de alimentação no centro de Auckland – 368 Queen St. Fica em um prédio em frente à Aotea Square que serve vários PF’s (pratos feitos). Eu provei o arroz com feijão, farofa, linguiça calabresa, fritas e estava uma delícia. Também servem opções vegetarianas e bife à parmegiana.

Blackforest Gourmet – É um açougue alemão, portanto, é possível encontrar a salsicha branca, a salsicha tipo frankfurter, chucrutes – aquele repolho em conserva, horseradish – raiz forte e outras iguarias alemãs que muitas pessoas de São Paulo e do sul do Brasil gostam por conta influência alemã nestas regiões. Mas o legal, é que a minha irmã que mora na Alemanha, me deu uma dica de uma linguiça que fica divina no feijão, a meetwurst – ela lembra, eu disse “lembra”, o paio e tem feito muito sucesso nos meus feijões e feijoadas, todos aprovaram.

Butcher Jack – Este açougue vende em algumas épocas do ano, uma costelinha de porco defumada deliciosa. Ótima para dar sabor ao feijão e à feijoada, mas tem que ligar antes e perguntar se eles têm, porque não é fácil encontrar. Aliás, nas 3 últimas vezes que fui até lá eu não encontrei, porque segundo me disseram “é comida de verão”. O que eles sempre têm por lá, são as mandiocas descascadas, cortadas e congeladas em pacotes de 1kg. Aqui eles chamam a mandioca de cassava, porém já vi em outros países como manioc, prontinhas para cozinhar e comer com azeite e sal, fazer escondidinho, fritar.

Brazil Express NZ – Nesta loja online é possível encontrar a maioria dos produtos brasileiros que são difíceis de serem vistos por aqui: batata-palha, azeite de dendê, Halls, Guaraná, goiabada, pinga e muitos outros. Entregam no país todo e cobram frete.

Brazilian Style Imports – Outro e-commerce com uma gama ainda maior de produtos brasileiros, alimentos, bebidas e churrasqueiras. Entregam no país todo e cobram frete. Porém, estão localizados na Austrália.

Centre Court Café – É um café localizado dentro de um clube de tênis em North Shore. Contudo, eles vendem açaí e vatapá para consumir no local que ainda não experimentei. Além disso, tem alguns produtos como farinha de mandioca, polvilho, goiabada e chá de boldo – estes sim, já comprei.

Para os fãs de açaí, estes são os melhores açaís na tijela de Auckland segundo o site The Urban List.

Durello – Diversos mercados já vendem as opções congeladas de coxinha e pão de queijo da marca e no site deles é possível ver em quais unidades. Eles têm uma lojinha na Queen Street – 350 Queen St que fica em frente à Aotea Sq, Auckland e, além das coxinhas, também vendem Guaraná Antárctica.

Euro Dell – É um empório de importados que vende produtos de diversos lugares do mundo: queijos, azeites, conservas, azeitonas, frios etc. No entanto, o destaque aqui é para o bacalhau seco – bakalar na área de peixes, daqueles que muitas famílias brasileiras de origem portuguesa, costumam preparar na Páscoa. Eles também têm mortadela italiana.

Freds Fine Foods – Uma loja de produtos sul-africanos que vende uma linguiça tipo calabresa brasileira fininha – smoked cheese sausage. Nem preciso dizer que faz sucesso nos churrascos assim como no feijão e na lentilha.

Lotus Supermarket – É um mercado indiano que fez um cantinho com vários produtos brasileiros e, depois que publicaram sobre eles no grupo de brasileiros do Facebook, todos os produtos acabaram em algumas horas! Antes de ir, vale a pena checar se já repuseram os produtos. Eles fizeram um post especial com um telefone para ligar e se informar. Estão localizados no sul de Auckland, em Manukau.

Mad Butcher – O açougue tem excelentes preços, ótimos cortes de carne e tenho encontrado excelentes picanhas. O que é melhor: eles têm lojas em todo o país. Só não tenho certeza se em todas as unidades é possível encontrar picanha, mas vale perguntar.

New World Remuera – As demais unidades do mercado não costuma vender, mas na unidade de Remuera, também em Auckland, eu já encontrei palmito.

Real Transfer – Apesar de ser um banco para transferência de valores entre o Brasil e a Nova Zelândia, lá no escritório deles da Queen Street em Auckland – G4 87-93, Queen Street, Auckland – Phone 0800 446782, há uma estante com diversos produtos brasileiros com comidinhas, Bombril além de um freezer com linguiça calabresa. Sempre que estou no centro, dou um jeitinho de passar por lá.

Sticky Fingers Café – Este simpático café, fica na região da Constellation Drive em North Shore, Auckland e está na minha lista. Apesar de ainda não ter ido até lá, sei que eles vendem açaí.

Tai Ping – Um dos lugares mais legais para procurar ingredientes asiáticos frescos, congelados ou industrializados. Fica em Rosedale – 92 Rosedale Rd, Auckland e vende vários produtos brasileiros para nossa alegria, como camarão seco, folhas de bananeiras congeladas, tapioca e sagu. Também há uma loja em Northcote – 2 Kilham Ave, Auckland.

Torbay Village Butchery – Na minha opinião, o melhor dos açougues da cidade. Vendem carnes maravilhosas orgânicas – free-range e a melhor picanha que eu já comi na vida, muito melhor do que as picanhas maturadas, ela derrete na boca. E o melhor: você sempre encontra picanha e eles já sabem direitinho o corte. Fica no bairro de Torbay, em North hore, Auckland. Como opção, o Mad Butcher também vende ótimas picanhas.

Nos meses de dezembro, já encontrei por aqui Panetone e Chocotone do Brasil no Countdown, portanto, nesta época vale a pena ficar atento nos grandes mercados que podem comprar lotes.

Infelizmente, ainda não consegui encontrar nem catupiry, nem pinhão por aqui (importadores: #ficaadica), mas a gente vai sobrevivendo como pode.

Quem quiser tentar a dica do chef Gustavo Giachetti para fazer um queijo “tipo catupiry”, é só misturar 1 pote de cream cheese Philadelphia Culinary com 1 pote de o Crème Fraîche – creme fresco, adicionar sal à gosto e bater bem. Fica maravilhoso.

Já comentei também que há muitos talentos culinários brasileiros por aqui vendendo ótimos produtos, por isso, procurem indicações nos grupos de brasileiros do Facebook. Já encontrei de tudo: coxinhas, empadinhas, bolinhas de queijo, esfirras, macarrão, parmegiana, brigadeiro, ovo de páscoa, bolos, queijo minas. A lista é gigante e irresistível!

Espero que o post ajude a matar a saudade de quem procura ingredientes e comidas brasileiras e faça com que a gente possa descobrir e compartilhar ainda mais dicas! Alguma para compartilhar por aqui?

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui