BrasileirasPeloMundo.com
10 Motivos Romênia

10 motivos para morar na Romênia

A Romênia, ainda misteriosa para muitos, cheia de encantos e contradições, possui bons motivos para fazer dela a sua casa. Vamos a eles!

Pălincă

Destilado romeno – Foto: uso liberado pelo https://pxhere.com/es/photo/1044791

Do interior à capital, ninguém passa sem virar uma pălincă, seja no final das refeições ou, como reza o costume das pequenas vilas, ao receber visitas. Símbolo da boa hospitalidade, o destilado romeno é feito com frutas e 100% natural, sendo o de ameixa o mais popular. De forte teor alcoólico, esquenta invernos e ainda é utilizado como remédio pela gente antiga do campo. Segundo acreditam, um copinho de pălincă após o almoço é garantia de boa saúde. Que assim o seja e, como dizem os romenos ao brindar, noroc!

Custo de vida

Supermercado em Bucareste – Foto: acervo pessoal

Com preços mais baixos do que os demais países europeus, a Romênia se torna atrativa para expatriados e imigrantes na hora de pagar contas, fazer supermercado, alugar imóveis e escolher a escola dos filhos. Para saber mais, você pode acessar o artigo que escrevi sobre custo de vida local.

Natureza

Paisagem dos Cárpatos – Foto: acervo pessoal

A Romênia é um paraíso quando o assunto é natureza. São quilômetros de florestas intocadas, aonde habitam ursos e lobos, proporcionando experiências únicas aos visitantes das montanhas Carpáticas e regiões selvagens da Transilvânia. E o bom da aventura é que a beleza começa a ser apreciada da estrada, com paisagens cênicas entre matas fechadas, penhascos e desfiladeiros. Não é sem razão que a rota traçada pela Transfagarasan é considerada uma das mais belas viagens de carro, ou road trips, do mundo.

O hábito de dar flores

Quiosque de flores, em Bucareste – Foto: acervo pessoal

Os quiosques de flores seguidos pelas camponesas floristas estão espalhados por todas as esquinas. Na Romênia, flores são oferecidas por qualquer motivo, seja ao seu anfitrião, durante uma visita, ou ao médico, em razão de uma consulta. Só lembre-se de montar o bouquet em número ímpar, para garantir a boa sorte. Aprendi por aqui que um arranjo de flores em número par é destinado a funerais.

Vez ou outra, saio do metrô e percebo que todos carregam consigo um bouquet. Vejo também que os quiosques estão ainda mais fornidos. Nesses dias, não tenho dúvida, é dia de santo! Faz parte do costume oferecer flores aos amigos nos dias dos santos mais populares, especialmente se o seu amigo tiver o nome do santo, como, por exemplo, em 8 de novembro, quando se comemora São Miguel Arcanjo, ou Sfântul Mihail, em romeno; nessa data, as muitas Mirelas e Mihaelas não passarão sem receber flores!

Outro costume ligado às flores se passa em março. Conto mais sobre essa tradição no texto a respeito da primavera romena.

Segurança

Centro Antigo, Bucareste – Foto: acervo pessoal

A Romênia e sua capital são lugares seguros de se morar, com taxas muito baixas de criminalidade, a despeito da grande diferença econômica e social existente no país, tantas vezes usada como justificativa para o altíssimo nível de insegurança que assombra as cidades brasileiras.

Enquanto turistas ou residentes estrangeiros recém-chegados, deve-se, contudo, prestar atenção a preços cobrados em táxis e mercados, por exemplo, para não sermos vítimas de pequenos trambiques de ocasião. Esse, diria, é o grande “perigo”, nada, porém, relacionado a crimes violentos.

Em Bucareste, é possível andar na rua falando ao celular e usando todas a correntinhas de ouro que desejar – como algo tão simples pode ser motivo de risco em nosso país!? Também não existe a neura de parar num sinal de trânsito e ativar os sete sentidos, tentando antecipar a chegada do assaltante.

Como pode ser confirmado pelo link acima, o único ponto em comum, em termos de criminalidade, entre Brasil e Romênia, é a a questão da corrupção.

A blusa romena

A blusa romena – Foto: gentilmente cedida pela modelo, Denisa Bratu

Símbolo nacional eternizado por Henri Matisse em sua pintura La Blouse Roumaine, a blusa romena representa e reverencia as origens camponesas do país. Feita, na versão original, por artesãs, a peça é confeccionada com tecido 100% algodão e bordada em cores e padrões cheios de significados.

Tão bela quanto querida, a blusa tem dia próprio: o 24 de junho é a data escolhida para celebrar os costumes a ela vinculados.

Papanași

Papanași, tradicional sobremesa romena – Foto: Nicubunu – http///commons.wikimedia.org/wiki/File/Papanasi_cu_cirese.jpg l – license: https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/deed.en

Caso nunca tenha ouvido falar, não sabe o que está perdendo! Papanași (pronuncia-se “papanache”) é a mais original das sobremesas romenas. Imagine uma rosca, ou melhor, uma roscona frita, no estilo de um doughnut americano, recheada com queijo cremoso e coberta por uma espécie de creme de leite e geleia de frutas vermelhas. Imaginou? Pois é, as calorias são muitas, mas o sabor, também!

Internet rápida

Foto: Pixabay

Muito rápida e em todo lugar! A Romênia oferece a mesma velocidade encontrada em países de ponta, em termos de tecnologia, como Japão e Coreia do Sul, possuindo internet bem mas veloz do que no restante da Europa e nos EUA.

Cultura cigana

Ciganos pelas estradas da Romênia – Foto: acervo pessoal

Os povos de etnia rom, ou roma, também conhecidos como ciganos, chegaram, no que hoje é a Romênia, por volta do ano 1241, vindos da Índia. Foram escravizados, vendidos e tratados como propriedade, apenas obtendo liberdade em 1856.

Apesar de livres, durante a Segunda Guerra Mundial, o Governo romeno, então aliado dos nazistas, deportou para campos de concentração em torno de vinte e cinco mil romas. De acordo com estatísticas, cerca de trinta e seis mil deles pereceram na época da guerra.

Entre os romenos contemporâneos, ditos de origem, nada se fala sobre esse passado cruel, mas muito ainda é dito contra os ciganos. Tristemente, em 2017, o racismo impera e não existe constrangimento em proferir comentários de forte teor preconceituoso e, como não poderia deixar de ser, injustificado.

Em contrapartida, os ciganos oferecem a riqueza da sua música, costumes e opulência. Morar na Romênia com mente e coração abertos é uma oportunidade única de vivenciar um pouco dessa cultura.

O vinho romeno

Foto: Pixabay

Apesar de pouco propagada, a Romênia possui forte e antiga tradição vinicultora, atraindo apreciadores de um bom vinho pelo aroma surpreendente e preço competitivo de sua produção.

Além das uvas mais conhecidas, os vinhos romenos destacam-se por dois tipos encontrados com mais freqüência pela Europa do leste, no caso, a fetească albă, para vinhos brancos, e a fetească neagră, para tintos.

Neste guia, em inglês, você encontra as principais adegas e vinículas do país.

É uma supresa agradável!

Related posts

Páscoa na Romênia

Bruna Roland

Dez motivos para morar na Escócia

Daniela Madureira

Casamento na Romênia

Bruna Roland

9 comentários

Radu Novembro 11, 2017 at 7:35 pm

You forget people from my country, “mici” , etc……?

Resposta
Flavia Fevereiro 15, 2018 at 4:26 pm

Cristina, meu marido recebeu uma proposta o trabalhar em Bucareste. Vc sabe me informar como funciona a questão de escola para crianças estrangeiras? Meus filhos tem 6 e 8 anos.
Existem escolas bilíngues (inglês/romeno)? E qual o período do início do ano letivo?
Não acho nenhuma informação a esse respeito.
Obrigada. Estou Amando ler seus textos sobre o país.

Resposta
Cristina Hélcias Fevereiro 15, 2018 at 5:10 pm

Olá, Flávia, que bom que tem gostado dos textos, espero que sejam úteis! Como não tenho filhos, não estou tao por dentro do mundo das escolas, mas conheci uma escola bilingue, muito procurada para crianças nessa idade chama Olga Gudynn Falo um pouco sobre as escolas internacionais no texto que escrevi sobre aluguel em Bucareste, ao fazer relação com os bairros. O texto e esse aqui: Dicas para alugar imóvel em Bucareste. Boa sorte para voces e obrigada pela leitura!

Resposta
Nestor Carvalho Março 19, 2018 at 10:04 pm

Olá Cristina.
Primeiramente agradeço por fazer esse trabalho tão útil a tanta gente. Obrigado mesmo.
Faz pouco, comecei a pesquisar opções para residir fora do Brasil, pois me aposento em abril e tenho a intenção de fazer isso no próximo ano. Estava mais inclinado para Portugal ou Romênia, minha segunda opção. Se não for abuso, gostaria de ouvir de você alguma coisa sobre isso.
Também sempre tive curiosidade e simpatia em relação a outros paíse do Leste, como Hungria, Bulgária e Polônia. Se preferir responder por e-mail, para não fugir do assunto específico Romênia.
Muito agradecido,
Nestor Carvalho
Obs.: Seremos só eu (64), minha mulher (52), uma cachorrinha (11) e uma moto (rs, rs), então, não teremos necessidades específicas para filhos pequenos, como escola, etc. Obrigado.

Resposta
Cristina Hélcias Março 21, 2018 at 2:25 pm

Ola, Nestor, que bom que achou útil! Mudei faz pouco tempo para Portugal e escrevi um artigo comparando as duas adaptações. Deixo o link dele aqui:

https://www.brasileiraspelomundo.com/da-romenia-para-portugal-340884851

Como gosto de lembrar, essas experiências são muito pessoais, mas sempre nos dão algum parâmento. Abracos e boa sorte com a escolha e planejamento da mudança.

Resposta
Andressa Abril 2, 2018 at 2:24 am

Olá Cristina!! Recentemente encontrei o blog e já estou encanta pelos seus posts. Gostaria de saber mais a respeito do processo de revalidação de diplomas brasileiros na Romênia, e quanto a faculdades, vocÊ saberia me informar um pouco mais sobre a Carol Davila/Titu Maiorescu?
Obrigada pela atençao

Resposta
Eduardo Setembro 1, 2018 at 7:19 pm

Gostei. Interessante. Dá pra escrever uns 10 artigos pelo menos outras 10 curiosidades cada um. Acho muito interessante na época do Natal quando as famílias montam suas árvores com pinheiros de verdade. Se for de plástico não tem graça. Verdade mesmo a questão das flores. Qualquer coisa é um bom motivo para dar flores.

Resposta
Lara Alves Outubro 8, 2018 at 8:43 pm

Olá, estou adorando os textos, parabéns!
Você sabe como é para estrangeiros entrarem no pais? Quanto custa uma média de preços com ks documentos e tudo mais? Quais as áreas profissionais que o pais mais precisa e contrata?

Resposta
Cristina Helcias Outubro 13, 2018 at 7:23 am

Olá, Lara, que bom que gostou! Não moro mais em Buscareste mas temos o texto de uma nova colunista, a Juliana, que talvez seja útil para responder as suas questões: https://www.brasileiraspelomundo.com/como-tirar-documento-local-da-romenia-260597335
Abraçõs e obrigada pela leitura, Cristina

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação