5 fantásticos tratamentos de beleza e spas na Indonésia

2
253

Mulheres brasileiras são aficcionadas em beleza, truques, dicas e novos procedimentos em estética e beleza.

Mesmo nas localidades mais pobres de nosso país, sempre há uma “biboquinha” aberta com uma manicure e seu infinito mundo de esmaltes coloridos. A vaidade é uma característica da mulher brasileira, assim como a garra e o carisma.

Juro que achava que era assim em todos os lugares, mas só quando saí do Brasil compreendi que fazer unha toda semana, sobrancelha a cada mês e tintura a cada 15 dias, são verdadeiros luxos em muitos lugares do mundo. Por outro lado, descobri que muitos procedimentos que para nós são considerados chiquérrimos, são praticamente gestos de assepesia e saúde em alguns países da Ásia, por exemplo.

Massagem, exfoliação, banho de ervas, spa capilar e manicure artística são coisas corriqueiras em países como Filipinas, Vietnã e Indonésia. Lugares onde tive o privilégio de viver. Os preços são acessíveis (em alguns casos baratíssimos) e você acha esse tipo de serviço em toda parte.

No começo, minha maior dificuldade foi achar os termos equivalentes para determinados serviços. Escova progressiva, por exemplo, não se traduz no literal “progressive brush”, aliás, escova também não é brush. Inclusive, esse foi um dos primeiros vexames que enfrentei ao chegar na Indonésia pela primeira vez: o Google na época não era tão desenvolvido, então certas coisas simplesmente você não conseguia traduzir. Meu inglês é de uma pessoa simples que aprendeu na vida e não nas escolas, por isso, nem sempre é fácil a comunicação longe de casa. Depois de muito pesquisar, descobri que escova era blow dry. Fui pela rua repetindo: blow dry, blow dry… Chegando no salão, olhei pra cara da cabeleireira muçulmana que estava me atendendo, estufei o peito e pedi um … blow job (=sexo oral em inglês).

Autoexplicativo, né? Vergonha extrema define esse momento da minha vida.

Mas enfim, o tempo passa e a gente vai aprendendo a se virar, afinal, brasileiro não desiste nunca!

Por conta do preço e acesso, comecei a usufruir da oportunidade de ter uma vida de bem estar a qual não estava acostumada: reflexologia, massagem, spa capilar e por aí vai. Nunca fui tão dondoca e tão arrumadinha em toda a minha vida. Acontece que sou aquariana e aquarianos enjoam fácil. Em pouco tempo eu queria experiências mais “fortes” e foi assim que descobri na Ásia um universo paralelo que vou compartilhar com vocês.

Há uma miríade de procedimentos estéticos que muitas de nós nunca ouviu falar. Dentre eles, há desde os mais deliciosos e tradicionais procedimentos, até alguns outros que consideraríamos bizarros, mas que funcionam mesmo. Neste artigo, vamos conhecer alguns procedimentos tradicionais. Aguarde o próximo post para conferir os tratamentos exóticos da Indonésia.

5 fantásticos tratamentos de beleza e spas na Indonésia

1. Lulur

Nada mais é do que uma exfoliação (ou scrub). No passado, era uma prática realizada na preparação da noiva para o casamento, em um ritual javanês, que acontecia diariamente por quarenta dias até a data das núpcias. A ideia era que a noiva se sentisse macia, limpa e lisinha para o grande dia. A moda pegou e hoje há uma infinidade de Lulur disponíveis no mercado. As pastas para exfoliação usadas no lulur são feitas com mistura de óleo natural, flores, especiarias, café, côco e farinha de arroz. Normalmente o tratamento começa com um escalda pés delicioso e, depois, passa para a exfoliação propriamente dita, que sempre passa por uma deliciosa massagem (já falei que na Indonésia tudo acaba em massagem?!) e posterior hidratação.

2. Manicure 3D

Bom, quem me conhece sabe que eu sou super espalhafatosa, então, amo de paixão a manicure asiática, que inclui glitter, cristais, pintura artística entre outras fofuras, mas confesso que o conceito de unhas artísticas na Ásia, pode facilmente resvalar para o mau gosto. Uma das coisas que não consigo entender é como as mulheres conseguem deixar a unha do pé crescer tanto. O objetivo é poder utilizar o máximo de espaço da unha, fazendo “arte”em cima. Isso vai desde utilizar os produtos que já mencionei, até aplicar o piercing de unha, aquele penduricalho que se gruda na ponta da unha e que fica balançando pra fora do sapato. Sem comentários.

Pintura artística eu curto e fiz bastante enquanto estive lá. Quanto às cutículas, a maioria dos salões não tira, então é bom você ir treinando como fazer isso em casa. Quanto aos salões que tiram, recomendo que leve o alicate de casa, pois lá não tem ANVISA para fiscalizar a esterilização dos materiais.

3. Totok Aura Wajah

É um tratamento celestial! Uma espécie de massagem realizada com as pontas dos dedos no rosto. A intenção é ativar o Chi, nossa energia vital, de acordo com o Feng Sgui e outras crenças orientais. O procedimento começa com massagem nos ombros e pescoço para relaxar os músculos e preparar a pessoa para a micropressão facial, cuja intensidade varia de acordo com a intenção do resultado, que pode ser desde realizar rejuvenescimeto e lifting facial, até combater enxaqueca, depressão e stress. Depois de trabalhar no seu rosto, a terapeuta vai massagear seu couro cabeludo sem dó. Você vai sair do spa melada, descabelada e feliz.

4. Boreh balinês

É outra delícia: foi criado inicialmente para ajudar a aliviar os músculos dos trabalhadores dos campos de arroz, mas foi rapidamente adotado como algo “universal”. Todos amam boreh, que nada mais é do que uma espécie de wrap, ou seja, depois de uma massagem aromaterápica (lembra que disse que tudo acaba com massagem? Quando não acaba, começa) a pessoa é embrulhada no boreh, uma mistura de ervas, raízes e sementes indígenas, aplicadas bem quente. O objetivo desse tratamento é fortalecer a saúde através do fortalecimento imunológico da pessoa, além de ajudar no tratamento de músculos cansados ou inflamados.

5. Banho de creme no cabelo

Aí você vai dizer pra mim: nem vem, Fabi, que no Brasil todo mundo faz banho de creme. Verdade que faz, mas te garanto que não é igual. E o diferencial não é nem o creme nem o banho, mas a massagem (já disse que tudo acaba em massagem). O banho de creme indonésio (e de outros países do sudeste da Ásia) é uma espécie de spa dos cabelos, cujo ponto alto é a massagem no couro cabeludo durante a aplicação do creme e a reflexologia de mãos e braços enquanto o creme atua nos cabelos. Incomparável!

 

Gostou?

Então já sabe né? Na próxima viagem para a Indonésia, não deixe de conferir os SPAs locais. Além de serem parte da cultura e da tradição local, dizem muito do coração afetuoso desse povo que coloca, em cada tratamento, energia do bem na ponta dos dedos.

Texto anteriorObra social e cirurgia estética na Argentina
Próximo textoQuanto custa morar na França como estudante?
Fabi é uma mulher de fibra, que carrega no coração o mundo inteiro. Jornalista e bailarina, tem mestrado em Educação, Arte e História da Cultura e é doutoranda em Antropologia, mas nem liga para esses títulos porque o que ela gosta mesmo é de estar no meio da moçada, promovendo Direitos Humanos e empoderamento popular. Atua com educomunicação e juventude desde que se entende por gente, e ganhou em 2015 o título de mulher inspiradora pelo coletivo feminista "Think Olga" que nomeia os destaques femininos em suas áreas de atuação. Fabi é consultora em comunicação e mobilização social e ja trabalhou para diversas agências das Nações Unidas, além do CDC de Atlanta, além de diversas ONGs e Fundos. Escreve para esse blog desde 2013. Ela tem rodinhas nos pés e asas nas costas. Talvez por isso alguns a chamem de fada. Não tentem descobrir de onde ela é, porque ela pertence a muitos lugares e ao mesmo tempo a nenhum. Essa aquariana de riso farto, tira leite de pedra por onde quer que vá. Saiu do Brasil para morar na Indonésia em pleno pós Tsunami sem falar nenhuma palavra de inglês, se virou bem e daí pras Filipinas e Vietnã. Fez uma pausa no Brasil e agora está na Suíça. Por quanto tempo? Não se sabe. Ela segue à risca o conselho de Frida Kahlo que diz: Onde não puderes amar, não te demores...

2 Comentários

  1. Oi Fabi !
    TD bem flor?
    Seguinte :
    – vc indicaria algum salão /SPA lá em.bali que pudesse fazer um trato na minha juba antes que eu desembarque no Brasil ?
    Eu sei que lá tem infinitos mas eu não conheço nenhum. Estarei passando uns dias la em Bali. E queria ir a um só que tivesse um tratamento legal pra cabelo que usa química, como o meu.
    I need Your help, dear!
    Pleaaaase! Kkkkkkkkk
    Bjinhossss

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.