BrasileirasPeloMundo.com
Alugar/Comprar Imóvel Pelo Mundo Suíça

A saga para alugar um imóvel na Suíça

A Saga para Alugar um Imóvel na Suíça.

Uma casinha bucólica aos pés dos Alpes, rodeada por vaquinhas simpáticas e felizes. Se você vai morar na Suíça – e sonha com um cenário assim – pare de ler agora. O tema moradia por essas bandas (aluguel, mais especificamente) é mais complicado do que se pensa. Preços altos e baixa oferta fazem do mercado imobiliário suíço bem mais “selvagem” do que se imagina.

Ao chegar

Quando cheguei, já tínhamos um apartamento mobiliado, alugado por 3 meses. A ideia é que esse tempo fosse necessário para achar e fechar o contrato com o apê definitivo. Parece muito, mas não é. Normalmente, os anúncios são de apartamentos que estarão disponíveis justamente daqui a 3 meses. E os bons são alugados muito rapidamente. Para quem vem e não tem onde ficar existem opções. A primeira delas é alugar um apartamento mobiliado por um (ou poucos) meses. Aqui em Basel, um quarto e sala de 38m2  sai por aproximadamente CHF 1.400 (aprox. R$ 3.400). Não falei que era caro?

A outra opção é alugar um quarto ou dividir apartamento com outras pessoas. Esse site é excelente e pode ser uma boa alternativa para estudantes e universitários. Aqui em Basel, é possível encontrar um quarto desde 300 ou 400 francos (R$ 730 a 980).

Como procurar imóvel

Devidamente instalado? Chegou a hora da caçada ao apartamento ideal. Sem dúvida, os sites (no estilo ZAP) são as melhores opções. Comparis, Homegate, Immoscout e Home são os mais importantes. O Comparis tem um aplicativo excelente. Você localiza no mapa a área onde quer morar e ele te mostra os anúncios daquela região. Achei o meu assim! Outra boa dica é o site do English Forum, uma comunidade de expatriados na Suíça – onde tem semprealguém oferecendo um apartamento que vai vagar.

Alguns desses anúncios já especificam dias e horários de visita. Prepare-se, alguns não falam inglês. E os outros nem sempre são tão amigáveis quando você já começa a conversa com: “Do you speak English?”.

Nós tivemos o suporte de uma empresa de relocação e uma simpática senhora suíça agendava e nos acompanhava nas visitas. Vou confessar: ter a ajuda de alguém que falasse alemão foi bem importante. Principalmente depois, na hora de fechar o contrato. Os valores? Considerando que 70% da população vive de aluguel, a procura é alta e a oferta escassa… O resultado só podia ser um: a Suíça tem um dos aluguéis mais caros da Europa. Um apto de 2 quartos, entre 80/90m2 em Zurique pode custar seus CHF 2.500 (aprox. R$ 6.000). Ô pechincha! Além do aluguel, você precisa depositar em uma conta conjunta (sua e da imobiliária) o valor correspondente a 2 ou 3 aluguéis. Funciona como a garantia de um fiador e as partes só podem retirar o dinheiro quando o contrato terminar.

O processo “seletivo”

Ok. Você já visitou os imóveis e finalmente achou aquele que bateu forte o coraçãozinho. Já está até sentindo o gostinho de Lar Doce Lar, quando a corretora te avisa que você tem que “se candidatar”. É isso aí, amiguinhos (as). Aqui na Suíça não é você que escolhe o apartamento. É o apartamento que escolhe você. Como a oferta é baixa e a procura bastante alta, alguns imóveis tem filas de pessoas tão interessadas quanto você. Isso permite aos donos e imobiliárias escolherem bem seus inquilinos. Os critérios podem variar, mas alguns fatores podem contar a favor (ou contra). Renda compatível com o valor do aluguel, animais de estimação e contrato de trabalho com uma empresa local são alguns exemplos.

Para se candidatar você deve preencher uma ficha e anexar cópias de alguns documentos, como: visto de residência, contrato de trabalho, comprovante de renda, etc. Aí é esperar. E rezar. A dica é: não aposte todas as fichas em um imóvel só. Candidate-se a vários. Depois que a imobiliária responder, você pode recusar caso tenha sido aprovado em outro apê melhor.

Outro conselho de amiga: gostou do imóvel? Então não perde tempo pensando na morte da bezerra. Preencha a ficha o quanto antes. Só o tempo de voltar pra casa já é suficiente pra perder aquele apê tão bonitinho.

Nós visitamos 3 apartamentos, nos candidatamos em 2 e fomos aprovados nos dois. Quando eu conto isso aqui, posso ver os olhares de desconfiança. Realmente não é fácil, mas não digo que a palavra foi sorte. Eu diria que foi AGILIDADE. Eu acessava TODOS os dias os sites de ofertas. Fomos um dos primeiros a visitar esses apartamentos e não perdemos tempo na hora de preencher nossa fichinha.

Foi aprovado? Pode fazer festa, mas não gasta muito din din na comemoração não. Você vai precisar dele pra pagar aquele depósito antecipado que eu comente lá em cima… Lembra?

Bem-vindo à Suíça $$$$

Related posts

Custo de Vida na Suíça em 2014

Christiane Lima

Dicas para alugar imóvel em Copenhague

Camila Vicenci Witt

Dicas para alugar imóveis em Lima

Bruna Figueiredo

32 comentários

karla Outubro 3, 2013 at 10:27 am

O Mercado imobiliario é uma jogatina mundial!!!!

Resposta
Christiane Lima Outubro 4, 2013 at 3:59 pm

com certeza, Karla… e aqui na Suíça imagino que seja um negócio bastante rentável…. Ê povinho que sabe dinheiro! rs
bjão

Resposta
fernandanicole Julho 22, 2014 at 11:21 pm

Oi cris lima, eu que pensei que ô aluguel era caro aqui, tomei um baita de um susto quando li. Bon estava pensando et conhecer à suiça mas com esses preços de aluguel acho melhor ficar por aqui mesmo, aqui eu pago um aluguel de 788.74 €uros mas tenho ajuda ta bom aqui bjoosss. ……

Resposta
Fernanda Franco Outubro 3, 2013 at 11:01 am

Ui, aluguel doi, em qualquer lugar do mundo. E eu que achei que Londres era o mais caro e mais burocratico? Bom, nao fica muito atras nao. Voce nao deve ter filhos, certo? Pois isso aqui e outro fator que interfere na hora da escolha do imovel, pois ainda existem ‘tenants’ que nao aceitam criancas! Qdo precisei me mudar (estava gravida de 5 meses e ja com uma barriguinha saliente) eu so ia nas imobiliarias de roupas largas e preta, para esconder a barriga! Acredite, pois, percebi que onde eu dizia que estava esperando um filho, as imobiliarias nunca me davam retorno. Depois que passei a nao comentar e esconder minha barriga, consegui alugar um que me agradou. Coincidencia ou nao, muitas amigas ja passaram por experiencia similares por aqui. Bjs e parabens pelo texto! x
Fernanda

Resposta
Christiane Lima Outubro 4, 2013 at 3:43 pm

Oi Fernanda,
não tenho filhos, mas algumas mamães brasileiras daqui comentam que achar um apartamento que aceite criança pequena é sim uma dificuldade. Principalmente se no prédio residirem muitos idosos! Minha “dificuldade” foi achar um que aceitasse meus cachorros! rs
bjão!

Resposta
Aline Outubro 3, 2013 at 12:46 pm

Oi Cristiane…
Nossa.. acabei de ver a minha saga pela sua história. Passei exatamente pela mesma coisa: 3 meses de aluguel pela empresa, uma companhia que ajudou na realocação, perdi meu apartamento favorito porque não fiz a pré reserva… (tudo bem, você não passou por essa, rs).
Adorei o texto!
beijinhus

Resposta
Christiane Lima Outubro 4, 2013 at 3:45 pm

Pois é, Aline… eu tive a sorte de ter essa dica antes de começar a procurar… Espero que você tenha conseguido outro tão bacana quanto o que perdeu! =)
bjão

Resposta
Carol Outubro 3, 2013 at 1:21 pm

Adorei seu texto. passei por algo parecido em Budapeste. Apesar de não ser tão difícil quant você disse, na época eu estava grávida e os donos de alguns apartamentos nnão quiseram por isso. Sei lá se acharam que o bebê ia destroir a casa depois que nascesse… ahahah Mas eles é que escolheram. Depois, o que alugamos, disse que tinha gostado justamente por eu estar grávida e por sermos uma família estruturada, não jovens querendo fazer festa… Cada um com seu ponto de vista né? Mas por aqui tb é o dono que escolhe o inquilino.
Parabéns pelo texto!

Resposta
Christiane Lima Outubro 4, 2013 at 3:46 pm

Oi Carol… acho que a lei da oferta e procura não tem fronteiras! rsrs Quando a procura é alta, quem oferece tem sempre uma posição privilegiada no negócio.
bjão

Resposta
Monica Bateman Outubro 3, 2013 at 1:25 pm

Chego a conclusão que o mercado imobiliário faz parte de uma “mafia” mundial…..a Christine Marote ja contou como eh na China? Afeeeee……..que sufoco!!

Resposta
Christiane Lima Outubro 4, 2013 at 3:48 pm

Oi Monica, com certeza! até mesmo algumas cidades do Brasil já sofrem desse mal… alguns valores de aluguéis em SP não ficam tão longe da Suíça…
bjão

Resposta
Denise Outubro 3, 2013 at 2:44 pm

Ótimo texto! Aqui na Noruega e bem parecido, tambem precisamos ser escolhidos, e dai vai muito do estilo do dono do apartamento, gostam porque somosjovens e sem filhos ou nao gostam pelo menos motivo, enfim, o importante é não desistir de procurar! Muito bom! 🙂

Resposta
Christiane Lima Outubro 4, 2013 at 3:54 pm

Obrigada, Denise! =)
Pois é, acho que a “sorte” de encontrar um bom dono ou uma boa administradora conta bastante!
bjo grande

Resposta
Silvia LeBlanc Outubro 3, 2013 at 3:00 pm

Oi Cris. Gostaria de ter alguns contatos com brasileiras por ai em Basel. Eu e meu marido mudaremos em novembro dos EUA para Basel e gostaria de começar algumas amizades por ai. Sei que por ai vou sentir muito mais o impacto cultural que aqui nos EUA, onde acho comida e supermercado brasileiro, e restaurantes de todo o canto do mundo e tudo muito barato. Mas como não gosto de monotomia, essa é uma oportunidade incrível pra eu aprender sobre a Europa e estudar novos idiomas! Meu email é [email protected] e facebook é Silvia G. LeBlanc. Bjssss

Resposta
Christiane Lima Outubro 4, 2013 at 3:55 pm

Oi Silvia, já falamos pelo face, né? Mas de qualquer forma vou deixar meu e-mail aqui pra outras pessoas que quiserem entrar em contato: [email protected]
bjão

Resposta
Barbara Poplade Schmalz Outubro 4, 2013 at 7:39 am

Parabéns pelas dicas Chrstiane! Um texto super informativo e importante para quem quer começar a vida fora. Quem me dera se na época que me mudei, tivesse a sorte de arranjar um texto desse para me ajudar hehehe

Abrçs e sucesso!

Resposta
Christiane Lima Outubro 4, 2013 at 3:58 pm

Obrigada, Bá! =)
Eu tive a sorte de pegar algumas dicas com conhecidos que já moravam aqui… ajudou demais! Espero que esse texto possa ajudar mais gente também!
bjão

Resposta
Alugando um apê na Suíça | Morar na Suíça Outubro 8, 2013 at 12:24 pm

[…] contei todos os detalhes lá, no blog Brasileiras pelo Mundo. Clique aqui pra ler o […]

Resposta
Joyce Outubro 8, 2013 at 7:36 pm

Amei o post Chris!!! Estamos indo pra Zurique em alguns meses e quanto mais dicas melhor!!! Sei que não vai ser fácil, mas vamos fazer esse esquema de ficar em um apt mobiliado por alguns meses pra depois encontrar o lugar “certo” 🙂

Resposta
Ana Cristina Kolb Outubro 10, 2013 at 1:07 pm

Oi Christiane, primeiramente, seja super bem vinda, que otimo ter mais uma conterranea dupla (do Brasil e da Suiça), rsrsrsr Adorei seu texto super informativo, eu mudei tem tanto tempo pra Suiça, que ja tinha me esquecido do processo! rsrsrsr Eu tive a sorte de ter vindo como “Expatriate” de uma grande e renomada multinacional, sendo assim, so tinhamos que preencher um formulario com dados sobre opçoes: morar no campo ou na cidade, casa ou apto, tamanho em m2, estilo de arquitetura, garagem ou nao, jardim ou nao, terraço ou nao, lareira ou nao, valor do aluguel entre XXX e XXX, data de mudança prevista, e dai os dados pessoasis, como vc bem disse, valor do salario, empresa onde trabalha e a “quanto tempo”, tem filhos ou nao, animais ou nao? A parte de deposito de 3 meses e garantia de pagamento era coberta pela empresa, a empresa locadora que era responsavel pela gente, se ocupava de organizar uma lista dos imoveis correspondentes ao nosso perfil requisitado, e organizava todas as visitas no mesmo dia, a fim de nao termos que nos ausentar do trabalho muito tempo, uma vez que como “expatriate” nosso tempo era literalmente escasso e valioso pra empresa devido a nossa area de especializaçao escassa e nosso custo alto pra empresa por hora. De forma que pra mim foi simples o processo. Mas sei que é complexo. Minha segunda mudança, depois de 8 anos morando na Suiça, aconteceu ja sem estas mordomias de “expatriate” mas foi simples, devido ao fato de eu ja ter uma empresa bem estabelecida na cidade, e ser conhecida de todo mundo, o contato com o proprietario foi feito atraves de um conhecido em comum, mas a decisao teve que ser tomada em menos de 24 horas, devido a alta “exclusividade” do local, com vista pro lago, com montanha no fundo, e um preço bem razoavel em relaçao aos preços da regiao, Outra dica importante aqui na Suiça eu diria, e que imagino que é valida no mundo inteiro, QI, quem indica, quando se tem bons relacionamentos com os locais, tudo fica mais facil, principalmente porque aqui a mentalidade é protecionista e bairrista também!
A maior parte dos imoveis aqui na regiao de Montreux e Lausanne sao alugados atraves do boca a boca entre conhecidos, e nem chegam a ser anunciados em jornais! e como vc bem disse, como a demanda é muito maior que a oferta, se aluga facilmente e depressa. Parabens pelo texto, foi muito bem escrito, adorei também o seu blog sobre morar na Suiça, nao tive tempo ainda de ler, mas ja dei uma olhada nos titulos e adorei! Namasté

Resposta
Especial Natal – Suíça Dezembro 12, 2013 at 11:53 am

[…] Leia mais sobre a Suíça! […]

Resposta
Suíça – Cinco Maiores Dificuldades Fevereiro 18, 2014 at 4:43 pm

[…] classe alta ganharia no Brasil. E ainda assim é classe média, pois os gastos básicos, com aluguel, seguro saúde e mercado, por exemplo, são bastante altos. Alguém que venha viver aqui, sem um […]

Resposta
Marcella Maio 27, 2014 at 9:44 pm

Olá, Cris!

Muito legal o seu blog! Parabéns!!

Vc teria algumas dicas de bairros em Basel para se morar? Acredito que seja uma cidade tranquila mas, como moro atualmente em Sao Paulo, gostaria de estar no burburinho… hehehe…

Muito obrigada!

Um abraço e obrigada por compartilhar suas experiências com a gente!

Marcella

Resposta
Suíça – Custo de Vida Agosto 3, 2014 at 6:01 pm

[…] do condomínio). Você pode ler todos os detalhes sobre alugar um apartamento na Suíça neste link aqui no […]

Resposta
Karol Outubro 21, 2014 at 9:02 pm

Oi Christiane tudo bem? Estou me mudando em Janeiro para Basel, você ainda tem o contato da imobiliária que te ajudou? Ah! gostaria de saber uns lugares legais (bairro ou nome de ruas) pra morar também, quero na cidade e não afastado com fácil acesso a transporte publico, mercado, etc.
Normalmente os alugueis tem contrato de 1 ou 2 anos?
Muito obrigada pela valiosa ajuda!
Aguardo seu retorno,
Bjs

Resposta
Evandro Fevereiro 28, 2015 at 7:12 pm

Estamos entrando no mercado de quartos com o QuartoJá.

http://www.quartoja.com

Resposta
Hosana Fevereiro 6, 2016 at 9:26 pm

Quando aparece nas fotos dos apartamentos para alugar alguns móveis tipo sofá armário de cozinha eles acompanham?

Resposta
Cristiane Leme Fevereiro 9, 2016 at 9:20 am

Olá. A Christiane parou de colaborar com o blog.
Edição BPM

Resposta
Josafa Agosto 5, 2016 at 3:31 pm

Olá Christiane sou josafa.. como funciona o salário por aí quanto custa um?

Resposta
Cristiane Leme Agosto 5, 2016 at 8:01 pm

Josafa, a Christiane parou de colaborar conosco mas temos outras colunistas na Suíça. Você pode entrar em contato com elas deixando comentários nos textos mais recentes publicados aqui no blogue.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Renildo Dezembro 22, 2017 at 1:56 am

olá , boa noite !

estou em busca de uma carta convite, como faço pra conseguir uma ? Vc pode me orientar.
Estou com preteção de viajar no primeiro trimestre de 2018. segue meu contato 5511962278972 e ou [email protected]

Resposta
Liliane Oliveira Dezembro 22, 2017 at 5:55 pm

Olá Renildo,
A Christiane Lima parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas na Suíça.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação