BrasileirasPeloMundo.com
Suécia

A temporada da caça na Suécia

Depois do verão vem o outono e, com ele, inicia-se a temporada de caça ao alce na Suécia. Ela dura de outubro a fevereiro aproximadamente, com algumas variações entre regiões. A Agência do Meio Ambiente cuida do licenciamento da caça e da pesca, e faz o acompanhamento das populações de animais silvestres no país e da qualidade do habitat natural.

Antigamente uma atividade necessária para a sobrevivência, hoje a caça é um esporte amplamente praticado. Para alguns, trata-se não apenas de um esporte, mas também de um estilo de vida. Em outras palavras, a experiência é mais importante do que o quê se caça. Mais da metade da Suécia é coberta por florestas que abrigam uma rica variedade de animais silvestres. Portanto, as possibilidades para a prática da caça são enormes. Caça-se alces, porcos do mato, raposas, lebres, coelhos do mato e muitas outras espécies. A Suécia tem a maior densidade de alces no mundo, e uma população calculada em 350 mil indivíduos. O ambiente propício e a crescente oferta de serviços e infraestrutura, está contribuindo para um rápido aumento de turistas dispostos a pagar bem por uma boa caçada na floresta.

Enquanto algumas espécies podem ser caçadas livremente, o número de alces a ser abatido a cada ano é determinado por cotas. Nem sempre se atinge o número definido pela cota. Depois de um grande pico nos anos 80, a caça do alce hoje está estabilizada em um intervalo em torno de 80 a 100 mil animais por ano. Na temporada de 2016-2017, foram pouco mais de 82 mil animais abatidos, um número abaixo da cota e aproximadamente a metade do número abatido no início dos anos 80.

Oficialmente a Suécia tem cerca de 300 mil caçadores cadastrados. O esporte é ainda bem masculino, mas há 18.500 mulheres que caçam. Mais recentemente, um quinto das novas licenças está sendo adquirido por mulheres caçadoras. São 270 mil caçadores de alce atualmente, e essa é uma das modalidades de caça mais estabelecidas e organizadas do país. Por isso mesmo, existe a estatística da caça ao alce desde o início do século passado!

Mas não foi sempre assim. Depois de um período em que a caça era reservada à realeza e à aristocracia, o rei Gustavo III resolveu popularizar a sua prática. No século XVIII, a Suécia era um país muito pobre e, se muitos puderam matar a fome com o que caçavam, isso resultou também em uma caça desenfreada a ponto de ameaçar a existência do alce em algumas áreas do país. Por isso, nas primeiras décadas do século XX, algumas regiões chegaram a proibir a caça do alce por alguns anos para salvar a população ainda existente e dar condições para o seu crescimento. Hoje, a caça de alces tem regras bastante elaboradas, e o esporte é bem aceito dentro dos limites estabelecidos.

Quem quer caçar, precisa obter uma licença. É como tirar uma carteira de motorista – tem que passar em exame teórico e prático. Existem regras sobre modalidades de caça e sobre qual tipo de arma pode ser usado. Depois de obter a licença, você talvez queira comprar uma arma para caçar. A posse de armas é extremamente controlada na Suécia e, portanto, quando se solicita uma licença para posse de arma, muitas exigências devem ser cumpridas. Por exemplo, você precisa informar sobre como a arma será armazenada. A regulamentação exige que você tenha um armário seguro e trancado, específico e aprovado para o armazenamento da arma.

Fonte: Pixabay

Há um fundo, desde 1938, que financia trabalhos relativos à vida silvestre e à lei da caça, inclusive pesquisa. Todo caçador regulamentado deve pagar uma taxa anual para o fundo (hoje são 300 SEK). Os turistas que quiserem caçar por aqui, devem também contribuir da mesma forma. Há ainda um outro fundo com foco apenas no alce que financia, por exemplo, o acompanhamento das atividades relacionadas à caça deste. Quando um animal é abatido, uma notificação deve ser feita. Ao final da estação de caça, paga-se uma quantia para cada animal abatido. Tudo é acompanhado de forma sistemática.

Os caçadores normalmente trabalham em times e têm a sua cota conjunta bem como seu sistema para dividir a caça. Controla-se a idade e o gênero dos animais abatidos, inclusive na definição das cotas. Isso é importante para evitar grande perda de indivíduos adultos, tanto machos quanto fêmeas, que são importantes para a reprodução a longo prazo.

Para muitos, a caça é um esporte controverso seja devido ao princípio de dar o mesmo direito de sobrevivência a outras espécies animais, seja com o objetivo de proteger espécies ameaçadas. A caça do alce é talvez a menos controversa quando se fala de caça na Suécia. Não só ela é aceita socialmente, como é também vista como parte do processo de gerenciamento da qualidade das florestas. A caça ajuda a controlar o crescimento da população de alces e o balanço das espécies nas florestas nórdicas. A caça a lobos, no entanto, tem sido motivo de muita discórdia devido ao número menor desses indivíduos e às confrontações com agricultores. Mais recentemente, o grande aumento no número de porcos do mato tem também gerado muita discussão no que tange seu impacto na agricultura e nas florestas. Mas a caça do porco do mato é também bem estabelecida e o número de porcos abatidos já é mais alto do que o de alces.

Se o leão é o rei da savana, o alce é o rei das florestas nórdicas. Um alce pesa entre 200 e 550 quilos, e pode chegar a dois metros de altura. Com essa estatura, ele é o maior animal vivendo nas florestas suecas. É sempre uma surpresa e uma emoção quando temos a oportunidade de vê-los correndo livres na natureza. Final de tarde é um bom horário para tentar avistá-los, mas prepare-se, pois eles são mestres em evitar o contato. Certamente, têm medo dos caçadores. Uma vez vi um atravessando um lago. Quando viu o nosso barco, ele ficou bem estressado mas conseguiu terminar a travessia e desapareceu na floresta o mais rápido que pôde.

Related posts

Aprender o idioma local é essencial

Vânia Romão

Principais acontecimentos na Suécia em dezembro

Juliana Teles

Mudança de Hábitos

Vânia Romão

1 comentário

ALVERCINIO VIEIRA Fevereiro 16, 2019 at 10:45 pm

Otimo texto, obrigado.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação