BrasileirasPeloMundo.com
Natal Pelo Mundo Suécia

Papai Noel sueco

O Papai Noel existe e mora no Polo Norte. Eu acreditava nesta frase quando era pequena. Agora, que moro em terras escandinavas, bem perto da Finlândia (onde o bom velhinho tem a sua residência oficial) tento manter a tradição da visita do papai Noel aqui em casa. A minha filha é uma entre as muitas crianças suecas que todos os anos esperam a visita dele na noite de Natal. Neste post vou contar um pouco da expectativa do Natal para as crianças suecas.

Diferente do Brasil, as crianças por aqui começam a comemorar o Natal 4 semanas antes da véspera de Natal, quando o período do advento se inicia. Advento significa espera e com a chegada do Advento se começa a contagem regressiva para o Natal. Este ano o Advento começa dia 3 de dezembro. Aliás, o Advento é sempre um domingo. Em todas as casas suecas se acende 4 velas, decoradas com enfeites natalinos. No primeiro domingo de Advento se acende a primeira vela, no segundo domingo a segunda vela, no terceiro domingo a terceira vela e quando as famílias acendem a última vela significa que o Natal chegou. Esta tradição é muito apreciada pelas crianças, que sempre ajudam a enfeitar a casa para a chega do Advento.

O primeiro dia de dezembro é outra data que as crianças suecas também esperam com muita ansiedade, justo porque neste dia se inicia “O calendário de Natal” – julkalender em sueco – um programa de televisão infantil que existe desde os anos 60 e que conta sobre a magia natalina. O programa vai ao ar 24 dias, com o último episódio sendo exibido na véspera de natal. O programa de televisão vem acompanhado de um calendário de papel com 24 “janelas” datadas entre 1-24 de dezembro. Todos os dias as crianças abrem uma janelinha e ganham uma pista sobre o calendário de Natal. Os calendários, que no começo eram apenas de papel foram com os anos ficando mais sofisticados. O mais comum entre as famílias (e também o mais barato) é o calendário de chocolate. Para cada dia do calendário natalino, um chocolate. Mas, com o passar dos anos, as lojas e fabricantes têm usado de muita criatividade e os calendários de natal tem para todo gosto, como por exemplo Frost, Lego, princesa, super-heróis e por aí vai. Os calendários de Natal custam entre 5-30 euros.

Antes do bom velhinho chegar as crianças ainda comemoram o dia 13 de dezembro – o dia de Santa Lucia. Neste dia as crianças se vestem com vestidos brancos e longos e seguem em procissão, segurando velas e cantando músicas natalinas e músicas sobre a Santa Lucia. Segundo a tradição, uma menina deve ser escolhida para representar a Santa Lucia, carregando uma coroa com velas na cabeça. Esta tradição vem mudando. Para evitar que crianças não se sintam escolhidas, as escolas e creches decidiram que tantos meninos quanto meninas podem se vestir de Santa Lucia. Este dia é comemorado em todas as escolas e creches e principalmente para as crianças mais pequenas este e um dia importante, já que todas querem ser a Santa Lucia.

Leia também: doenças de inverno na Suécia

Depois da chegada da comemoração de Santa Lucia é só esperar pela chegada da véspera do Natal. Como muitas crianças ao redor do mundo, as suecas costumam mandar cartas para o Papai Noel com uma lista de brinquedos que desejam ganhar do bom velhinho. Sim, as crianças suecas, em sua maioria, acreditam no Papai Noel e esperam por ele com muita ansiedade. E como a tradição diz o bom velhinho sempre vem.

Quando me mudei para a Suécia, a tradição era que alguém da família se vestisse de papai Noel e distribuísse os presentes. Tudo simples e discreto. Mas o que noto é que com a chegada de nós imigrantes esta tradição tem mudado um pouco. Já é possível alugar um Papai Noel, através de empresas de eventos e fazer do momento uma coisa mais glamorosa. Mas prepare o bolso. Alugar um papai Noel custa entre 90 e 120 euros por 30 minutos, dependendo do bairro onde você mora.

Enquanto a véspera de Natal não chega as crianças aproveitam as muitas feirinhas de Natal onde adereços para decoração da árvore de Natal e doces natalinos são vendidos. Muito popular entre as crianças são as bolachas de gengibre e os pães de açafrão. Aliás, não posso me esquecer de citar uma outra tradição bem legal que anima as crianças por aqui. É a montagem da casinha de bolacha de gengibre. Geralmente ela se compra semi-pronta nos supermercados locais e as crianças montam e decoram com balas típicas de Natal.

Segundo a tradição nórdica, a árvore de Natal deve ser montada e decorada no dia 24 de dezembro e muitas famílias ainda seguem esta tradição. O momento, é claro, é de alegria para as crianças. Diferente do Brasil, as crianças suecas costumam decorar a árvore com enfeites confeccionados por elas mesma na creche e na escola. Mas as tradicionais bolas de natal não podem faltar, é claro.

Leia também: Natal Pelo Mundo

Os suecos compram árvore de Natal todos os anos. Sabem por que? Porque segundo a tradição, os pinheiros de Natal devem ser naturais vindo direito das florestas suecas. Um pinheiro de Natal custa em média 60 euros. Para os alérgicos, como aqui em casa, a árvore de plástico é a melhor opção. Não existe muita diferença de preços entre o pinheiro natural e o de plástico. A diferença e que o de plástico pode ser usada durante vários anos seguidos.

E enfim, o tão esperado dia para as crianças: a véspera de Natal. Geralmente, as famílias vão à igreja pela manhã com as crianças para ouvir a história do nascimento do menino jesus. Esta é uma tradição que a maioria das famílias segue, independentemente de serem religiosos ou não.

Depois da visita à igreja, é hora da ceia de Natal, que por aqui acontece as 4 horas da tarde. Antes da ceia de Natal as famílias costumam se reunir na frente da televisão e assistem o tradicional desenho animado natalino do pato Donalds. Depois dos comes e bebes, é a hora de entregar os presentes. Por aqui, não se costuma fazer amigo secreto, mas o sueco que é, na teoria, contra o consumo exagerado, aderiu uma outra regra. Muitas famílias compram presentes somente para as crianças.

Mas as comemorações não terminam no dia 24. O Natal é comemorado até o dia 26 de dezembro, isto para dar tempo das famílias se reunirem e aproveitarem o feriado prolongado. Por incrível que pareça não é comum ter neve na semana do Natal, não em Estocolmo, mas caso os suecos sejam agraciados com este presente as crianças aproveitam a ocasião para andar de patins e brincar de guerra de neve ou fazer um bonito boneco de neve no jardim.

Nos últimos anos, os suecos têm aderido uma nova tradição, a de viajar para o exterior e curtir o feriado de Natal onde tem sol e muita praia para as crianças, retornando para casa no começo de janeiro.

Minha dica para quem vai passar o Natal com as crianças na Suécia: Eu sempre tento manter viva a tradição do Natal brasileiro aqui em casa. E como faço isso?

Uma comida brasileira não pode faltar na Ceia de Natal;
Um papai Noel que fale português também sempre vem nos visitar;
E neste Natal faremos amigo secreto.

Que o Natal de 2019 seja cheio de alegria para todas as crianças ao redor do mundo.

Related posts

Custo de vida em Estocolmo

Monique Garcia

Natal em Portugal

Lyria Reis

Sueco para Imigrantes (SFI)

Vânia Romão

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação