BrasileirasPeloMundo.com
Alemanha Sistema Educacional Pelo Mundo

Abitur, o Enem alemão

Abitur, o Enem alemão.

Abitur é o exame prestado na conclusão do ensino médio, ao final do Gymnasium na Alemanha. O Abitur nada mais é do que uma qualificação geral para o ingresso na universidade (Algemeine Hochschulreife), uma vez que é necessário para a aceitação dos estudantes em um curso universitário alemão, de vários países da Europa e dos Estados Unidos.

O exame é equivalente ao Baccalauréat francês, ao Advanced Level britânico, ao Highers escocês, ao Studentexamen sueco, ao Ylioppilastutkinto finlandês, ao high-school diploma dos Estados Unidos e ao ENEM do Brasil. Na Áustria e na Suíça é equivalente a Matura, segundo dados do Wikipédia.

O Abitur consiste em exames escritos em três ou quatro disciplinas e um exame oral em apenas uma disciplina, com duração de mais ou menos 30 minutos. No total são quatro ou cinco disciplinas centrais, que variam de acordo com a área que o aluno pretende seguir na universidade: humanas, exatas ou biológicas. A nota geral também leva em conta o desempenho dos alunos em toda a sua trajetória no ensino médio.

Leia também: tudo que você precisa saber para morar na Alemanha

Há uma nota mínima para passar no Abitur de acordo com um sistema de notas que varia de 1 a 6. A partir do 11º ano, o sistema de notas passa para pontos que vão de 0 a 15, sendo 15 a melhor pontuação. Segue uma tabela para melhor representar. (Você também pode encontrar mais informações sobre notas clicando aqui.)

Nota 1 ou Pontos: 15 a 13 = Sehr Gut (muito bom), entre 90% e 100% de rendimento

Nota 2 ou Pontos: 12 a 10 = Gut (bom), entre 80% e 90%

Nota 3 ou Pontos: 9 a 7 = Befriedigend (satisfatório), entre 65% e 80%

Nota 4 ou Pontos: 6 a 4 = Ausreichend (suficiente), entre 50% e 65%

Nota 5 ou Pontos 3 a 1 = Mangelhaft (deficiente), menos de 50%

Nota 6 ou Pontos 0 = Ungenügend (insuficiente), bem menos de 50%

Quatro é a nota mínima ou suficiente para ser aprovado. Se você tirar 5 no seu Abitur, você não passa e não pode se inscrever na universidade, tendo que repetir o último ano do ensino médio. Para se ter uma ideia, caso o aluno tenha interesse em cursar uma universidade de Medicina, por exemplo, precisa ter uma nota de, aproximadamente, 1,4 no Abitur. O nível de exigência é grande. Além disso, o Abitur só pode ser feito apenas duas vezes. Caso o estudante não consiga passar nestas duas oportunidades, ele tem duas opções: fazer um Ausbildung, com habilitação a nível técnico ou um Fachhoschulreife, que dá acesso também ao nível superior.

Leia também: Sistema educacional alemão

A avaliação não é realizada somente através de uma prova, as notas e desempenho dos últimos dois anos do ensino médio são levados em consideração. A nota do Abitur vai valer para todas as universidades, o que vai diferenciar é que cada universidade tem uma série de requisitos para determinar a sua admissão. Porém, o bom daqui, é que as universidades têm, mais ou menos, o mesmo nível. Além disso, a depender da área escolhida, é necessário também testes de aptidão. Por exemplo, existem universidades voltadas para o esporte, para cursá-la, além da nota do Abitur você também passa por um teste de aptidão física para poder ser admitido na universidade.

Leia também: Como se candidatar para universidades alemãs

Na Alemanha há dois caminhos a seguir para quem quer fazer ensino superior: a Universidade ou Universität, que é a instituição de ensino mais bem conceituada na Alemanha e com uma oferta de cursos bastante abrangente, e a Fachhochschule, que é uma faculdade de ciências aplicadas, de cunho mais prático do que teórico, o foco aqui é no conhecimento prático e orientado para a aplicação. Quem tem o Abitur pode cursar qualquer uma das duas, mas quem só tem o Fachhoschulreife só pode estudar na Fachhochschule (FH).

O Fachhochschulreife ou Fachabitur, como é conhecido atualmente, é o segundo maior certificado de conclusão de escola possível após o término do ensino médio. Hoje, excepcionalmente, algumas universidades aceitam esse certificado para admissão, a depender da nota e muitas vezes havendo necessidade de uma prova de aptidão. Esta prática divide opiniões.

Para estudantes brasileiros que terminaram o ensino médio no Brasil e têm interesse em estudar na Alemanha mas não possuem o certificado do Abitur (infelizmente o ENEM não vale por aqui), há uma saída: fazer um Studienkolleg. O Studienkolleg nada mais é que um curso preparatório de um ano com ênfase na língua alemã, que tem como objetivo equiparar o ensino médio cursado em outro país com o alemão. O estudante cursará disciplinadas relacionadas com o curso de interesse para a futura universidade e ao final realizará uma prova que será a sua nota do Abitur e com a qual poderá se candidatar a uma vaga na universidade desejada. Para maiores informações clique aqui.

A minha dica aos estudantes que ainda não concluíram o ensino médio, é que venham para cá, preferencialmente, ao final do ensino fundamental 2 (8º, 9º ano) para se familiarizar com o sistema educacional alemão e com a língua e, então, poder cursar o ensino médio aqui da Alemanha mais acostumado e preparado para o Abitur.

Related posts

O que aprendi com os alemães – parte 2

Nathalia Vitola

Pontos negativos de Berlim

Clarissa Gaiarsa

Como trabalhar com as alemãs

Sarah Oliveira

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação