BrasileirasPeloMundo.com
Comemorações Pelo Mundo Japão

Ano Novo no Japão

Ano Novo no Japão.

Akemashite omedetô gozaimassu! Feliz Ano Novo em japonês, essa é a frase usada para as saudações após a entrada no novo ano. Bem diferente das comemorações ocidentais, o ano novo aqui lembra um pouco o nosso Natal em relação ao lado afetivo pois, muitas vezes essa é a única chance no ano de um verdadeiro encontro em família para vários japoneses. Lembrando que, nesse país também não existe férias longas tornando difícil visitar familiares que moram longe.

Confesso que meu primeiro Ano Novo no Japão foi deprimente, a falta de informação causou um verdadeiro choque, nada de fogos, nada de pessoas pelas ruas vestindo um branquinho básico, não tinha o clima de festa que eu estava acostumada no Brasil. Não havia internet e poucos meios de obter informações para se preparar para o novo, o jeito era ir e vivenciar para aprender. Aprendi e hoje estou aqui, para contar para vocês um pouco sobre o ano novo aqui na terrinha do sol nascente.

Conforme o último dia do ano se aproxima as pessoas começam a fazer o Oosoji, limpeza geral nas casas, segundo o budismo “tudo nesse mundo se renova” e 1º de janeiro é o começo de um novo ciclo então, para receber com sorte essa nova fase é preciso se livrar das impurezas do ano que passou.

Alguns ornamentos são utilizados para esse ritual de boas vindas como o Shimenawa (ornamento de cordão para pendurar na porta), o Kadomatsu (feito de galhos de pinheiro e bambu) colocado na entrada da casa e detalhe, acredita-se que o Toshigami (o deus do ano novo) se aloje dentro desse enfeite, também fazem um altar onde é colocado 2 bolinhos de mochi (espécie de bolinho de pasta de arroz) um sobre o outro e no topo uma laranja esse é o Kamimochi.

Leia sobre: Dá para morar no Japão sem saber japonês?

Enquanto outros países comemoram com muitos fogos, buzina, música e danças aqui em terras nipônicas as comemorações de ano novo tem um ar místico, cheio de rituais e obrigações que partem da influência budista no país. A partir do dia 31 começam as visitas de véspera de Ano Novo ao templo chamada de Omisoka, essas visitas se estendem até o dia 3 de janeiro. Grande parte das famílias japonesas vão fazer suas orações e cumprir com o ritual para terem sorte no ano vindouro, um pouco antes da meia noite, o som que se ouve vem das 108 badaladas dos sinos (joya no kane) dos templos que representam os 108 pecados ou desejos mundanos, a última batida ocorre pontualmente a zero hora. Já no primeiro dia do ano é o dia do Hatsumode (a primeira visita já no novo ano ao templo). Claro que, nas grandes cidades existem comemorações mais ocidentais com fogos por exemplo na baia de Tokyo, Odayaba, Yokohama, Osaka e a contagem regressiva como em Shibuya e outros pontos além de diversas festas em clubes noturnos, afinal o Japão de hoje é assim, uma mescla harmoniosa entre o novo e as tradições milenares. Para aqueles que pretendem visitar o país durante essa época do ano Kyoto é sem dúvida o berço das tradições milenares do país que no final de ano fica especialmente mais atraente.

Outra tradição é o contemplar do primeiro nascer do sol do ano ou seja o Hatsuhinode outro ritual de boa sorte , aliás o que não faltam são rituais , como eu disse o negócio aqui é bem místico e espiritualizado visando sempre ter sorte!

O feriado de final de ano no Japão, oficialmente se resume aos 3 primeiros dias do novo ano chamado de Sanganichi (三が日) porém , atualmente alguns comerciantes abrem as portas a partir do meio dia do dia 1º  para aproveitar o ritmo de festa que aquece as vendas, mas cuidado pois os ATM’s não funcionam nesse dia.

As lojas de brinquedo também ficam lotadas de crianças que receberam aquele dinheiro extra dos tios , avós e/ou dos pais o Otoshidama (envelope com uma quantia em dinheiro), aproveitando assim para comprar algum brinquedo sonhado, pois aqui o Natal não é ainda sinônimo de presentes, apesar de muitas famílias já terem agregado o costume de presentear nessa época do ano, ainda o Natal aqui se parece mais com uma confraternização entre namorados (tipo um outro Valentine’s), fora os namorados os demais apenas comemoram juntos saboreando o Christmas Cake, aqui tradicionalmente um bolo de massa tipo esponja, recheado e coberto com chantilly e morango.

Leia também: curiosidades sobre o Japão

A partir do dia 2 de janeiro tanto japoneses como os turistas aproveitam para visitar o Palácio Imperial e ter a chance de ver a família real que aparece 5 vezes nesse dia para saudar seus súditos e visitantes pela entrada no novo ano do alto de uma das varandas do palácio.

O ano de 2016 será o ano do macaco, seguindo o horóscopo japonês que apesar de ser baseado no horóscopo chinês os regentes foram substituídos por deuses xintoístas. Os japoneses são um tanto quanto supersticiosos, provavelmente fruto das crenças religiosas e isso fica bem claro especialmente durante as comemorações de final de ano onde as tradições e rituais milenares trazem à tona o Japão que existe na imaginação da maioria dos turista que visitam esse país.

Related posts

Dicas para alugar imóvel no Japão

Alessandra Ozbir

Japão e seus convenientes ‘combinis’

Alessandra Ozbir

Brasileiros são como mágica

Juliana Platero

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação