BrasileirasPeloMundo.com
Japão

As maravilhosas 100 yen shops no Japão

As maravilhosas 100 yen shops no Japão.

Essas são as lojas de produtos vendidos basicamente por apenas 100 yen ou iene, quase 1 dólar ( + 8% imposto sobre o consumo), conhecida entre os nacionais como Hyakin ou Hyaku yen shopu. Elas tem uma variedade gigantesca que inclui desde louças a materiais para papelaria, costura em geral, ferramentas, decoração, alimentos, cosméticos, limpeza, jardinagem, etc. A ideia básica é vender artigos inovadores, práticos e baratos sem perder a credibilidade em relação a qualidade. Esse é um verdadeiro paraíso para quem adora compras e vive em busca de algo novo para satisfazer o hábito consumista desenfreado. Aliás, muitos japoneses compram tanto que isso acaba se tornando um distúrbio. Existem casos absurdos onde o volume de bugigangas chega ao extremo da pessoa ter apenas um pequeno espaço dentro de casa para se embrenhar para dormir!

Bom mas, no geral, a verdade é que todos nós aqui adoramos essas lojinhas. A minha preferida, particularmente, é a rede Seria, e conforme sua própria homepage informa, o nome foi tirado do italiano. O motivo é passar uma imagem de seriedade e honestidade que o segmento foi perdendo com a invasão de produtos chineses de qualidade duvidosa. Com uma concepção leve e colorida, conforme a frase que acompanha o nome da rede, Seria – Color the days, esta rede possui uma linha de produtos com cores suaves e o ambiente da loja segue a filosofia da empresa: limpeza, gratidão e compartilhamento. A maioria dos produtos são manufaturados no Japão e suas lojas estão presentes por todo país.

Leia também: como é trabalhar numa fábrica japonesa

Outra rede que segue o mesmo conceito alegre e leve, e vem aumentando sua presença por aqui é a CanDo , no momento, com 900 lojas pelo país. A rede tem se empenhado em se expandir como franquia e vender seus produtos inclusive fora do país usando a frase Japanese High quality! A loja aposta na boa reputação dos produtos Made in Japan para promover sua marca mundo a fora.

Agora a maior de todas, também presente no Brasil é a rede Daiso. Responsável pelo boom desse conceito de loja tipo “frango com tudo dentro” por apenas 100 ienes, a gigante do ramo teve alguns problemas devido a reclamações sobre produtos com defeito e qualidade muito abaixo dos padrões japoneses, pois o baratinho também tem que oferecer segurança e qualidade que satisfaça os fins de uso. Mesmo assim, a empresa rapidamente se recuperou melhorando a qualidade e a variedade da sua linha de produtos.

A Daiso trouxe ao consumidor japonês a possibilidade de obter produtos similares por menos da metade do preço, além de vários lançamentos de produtos incríveis como a maquininha de fazer makisushi (aqueles pneuzinhos de arroz), garrafinhas de água portáteis e dobráveis, vários tipos de utensílios de cozinha, o incrível saquinho de gelo que você ativa dando um “soco” no pacote entre outras engenhocas – aparentemente inúteis – porém, se você usar uma vez, não vai mais querer viver sem!

Outro novo modelo de loja de produtos legais e barato é a 3Coins oferecendo produtos a partir de 3 moedas de 100 ienes, daí o nome 3 Coins. Essa possui além de produtos por 300 ienes, outros conjuntos de produtos por 1.000 ienes. Lembrando novamente que quando você estiver fazendo compras no Japão não esqueça de acrescentar o imposto de consumo ainda de 8% no valor final a ser pago. O governo adiou a data para entrar em vigor a nova taxa de 10% para depois do ano das Olimpíadas de Tóquio que será em 2020.

Vale a pena comprar produtos nessas lojas? Sim!! Muitos produtos são exclusivos, invenções interessantes e que funcionam de verdade. Os produtos são desenhados pensando na praticidade sempre, algumas engenhocas que A qualidade é razoável, com boa durabilidade e respeitando os padrões de segurança. Eu evito comprar cosméticos em geral, até mesmo a acetona, que eu já comprei, mas que por motivos – talvez de uma paranoia pessoal referente a composição química, etc., deixei de comprar. Mas as jovens, japonesas principalmente, usam sem o menor problema. Já quanto aos alimentos vendidos nessas lojas, às vezes você pode comprar a mesma coisa por menos de 100 ienes em um supermercado qualquer; nem tudo compensa em relação ao preço. Outro detalhe é que dentro dessas lojas existem alguns produtos com valores acima de 100 ienes também (250, 300, 350 ienes em média) preste atenção na etiqueta de preço!

Para quem gosta de personalizar quase tudo e não quer ou não pode gastar muito, comprar materiais nessas lojas é uma mão na roda. A variedade de produtos para artesanatos em geral e crafts fazem a imaginação voar mais alto, em meio a tantas opções, o mesmo vale para quem gosta de jardinagem. Inúmeros modelos de luvas, pazinhas, vazinhos e demais acessórios que mesmo quem nunca plantou uma florzinha sequer acaba se arriscando pelo apelo visual e praticidade que oferecem esses artigos mesmo sendo a preço popular.

Leia sobre: Dá para morar no Japão sem saber japonês?

A dica é ir com muito tempo. A maior parte das mercadorias possui instruções em inglês, o que facilita bastante.  Dentro dessas lojas também é possível encontrar vários souveniers para você que não quer deixar nem um amigo de fora, lembre-se de comprar também os embrulhos para presente por lá mesmo, você vai se surpreender com a qualidade e criatividade das várias opções.

Aqui deixo o link  de um programa interessante onde vários produtos originais dessas lojas são levados e apresentados nas ruas de outros países mostrando a reação das pessoas. Vou deixar aqui apenas o link para o vídeo do programa gravado no Brasil: Programa Nippon no Deban (Brasil)

Related posts

Costumes e hábitos japoneses que adquiridos com o tempo

Alessandra Ozbir

Carteira de motorista no Japão

Emilia Hanashiro

Um emocionante passeio pelos principais vulcões no Japão

Ana Paula Ramos

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação