BrasileirasPeloMundo.com
México Turismo Pelo Mundo

As praias do México: o Caribe mexicano

As praias do México: o Caribe mexicano.

Depois que escrevi sobre dicas de viagens perto da Cidade do México, senti um “gostinho de quero mais” e resolvi contar um pouco sobre os dois oceanos de praia que este país lindo oferece. Primeiro, vamos entender o perfil de cada um deles. As praias do Atlântico compõem o famoso “Caribe mexicano”, com águas transparentes e mais quentes, areia branca, mar azul turquesa e mais calmo, na maioria da costa. É sobre estas que vou falar neste artigo. Já o Pacífico possui um mar aberto mais bravo, onde em muitos lugares não é permitido o mergulho. Em geral, a areia é mais grossa e mais escura, e o mar é mais frio e revolto. No próximo artigo vou explorar as praias mais famosas por lá, como Los Cabos, Puerto Vallarta e Acapulco. Por enquanto, bora viajar neste país de praias caribenhas encantadoras?

Leia também: Dicas de viagens perto da Cidade do México

Cancun

Cancun é a praia mais conhecida do México e a menos mexicana. Cancun é internacional, urbano, frequentado por turistas de todo o mundo, principalmente americanos. Hambúrguer e pizza, lá, fazem mais sucesso que tacos ou quesadillas. Costumo dizer que, para mim, Cancun é como “Las Vegas com praia”. A costa litorânea é coberta por hotéis e resorts de luxo (como a “Strip”, de Las Vegas) e há uma parte pública, lotada, frequentada, em sua maioria, pelos moradores da cidade. Ou seja, para ter acesso a uma praia legal, você precisa se hospedar em um dos hotéis que possui uma praia privativa. Nada democrático. Sim, a praia é linda, os resorts são maravilhosos e o mar azul turquesa é conhecido por todo o mundo, mas não espere uma experiência mexicana ao viajar para lá. Porém, se você mora na Cidade do México e busca um final de semana ou feriado relaxante na praia, sem muitas horas de deslocamento, Cancun é uma ótima opção, pois tem aeroporto próprio e está a duas horas de voo da capital.

Mar azul turquesa de Cancun. Arquivo pessoal.

Isla de Las Mujeres

Se você está na praia de Cancun, vai notar que há uma pequena ilha bem em frente e não muito longe: são apenas 6 km de distância. É a “Isla de Las Mujeres”, cheia do charme que falta ao seu vizinho. A travessia pode ser feita de balsa (ferry-boat) ou barcos, e leva uns 20 minutos, saindo de Cancun. A ilhazinha tem um centrinho típico de praias de temporada, com feirinhas, artesanato, restaurantes e sorveterias. As praias possuem quiosques, onde é possível pagar para passar o dia, com direito a um cantinho ao sol, com mesa, espreguiçadeiras, chuveiro e garçons servindo margueritas e petiscos mexicanos feitos na hora. Tudo isso ao som de um reggaeton cheio de latinidade ou até Bob Marley. A dica é ficar na Playa Norte, onde há um mar calmo e pode-se ir caminhando da balsa até a praia. É claro que esperar a balsa, atravessar o mar, caminhar até a praia e depois voltar no fim do dia pode ser cansativo se você fizer isso sempre, mas vale muito a experiência de passar pelo menos um dia para quem está hospedado em Cancun. Aliás, voltar no fim do dia dá direito a um pôr do sol maravilhoso visto da balsa.

Riviera Maya: Playa del Carmen e Tulum

Saindo ao sul de Cancun, a paisagem urbana dos hotéis cede lugar à natureza exuberante da Riviera Maya, área de 130 km que termina em Tulum, onde está um dos mais bonitos sítios arqueológicos à beira-mar do mundo. As praias mais conhecidas são Playa del Carmen e Tulum, mas em toda a costa é possível encontrar opções de hospedagem para todos os bolsos: casas para alugar, pousadinhas mais rústicas e resorts no estilo dos de Cancun. As opções de passeio são enormes, pois a região tem vários parques aquáticos ou de aventura (como o X-Caret), cenotes encantadores, passeios com golfinhos ou passeios de barco, além da parte histórica da região, onde foi um dos maiores centros de ocupação dos maias. O mar e a praia são parecidos com os de Cancun, mas há quem diga que não possuem o mesmo azul do vizinho famoso. Muita gente se hospeda em Cancun e faz os passeios de “bate e volta” na Riviera Maya, mas eu particularmente prefiro evitar os deslocamentos e curtir o encanto da região. Playa del Carmen, por exemplo, tem um astral incrível, e o centrinho lembra a “Rua das Pedras”, de Búzios; Arraial d’Ajuda, na Bahia; ou Pipa, no Rio Grande do Norte. Tulum é mais rústico, cheio de natureza ao seu redor. Sabe aqueles quiosques de sapê pé na areia? Então…

Leia também: Playa Paraíso no México

Nascer do sol na linda Riviera Maya. Arquivo pessoal.

Cozumel

“Como una mirada hecha en Sonora / Vestida con el mar de Cozumel…” (México en La Piel)

Não é à toa que o mar homenageado na tradicional canção “México en La Piel”, que ficou ainda mais famosa na versão de Luis Miguel, foi o de Cozumel. É o meu mar preferido, também. A ilha fica a uns 30 minutos de ferry-boat, saindo de Playa del Carmen, e tem atrações como parques ecológicos e áreas para mergulho. Cheia de verde e de encanto, Cozumel é mais zen, mais natureba, mais autêntica. Mais peculiar. A ilha possui uma grande e rica barreira de corais ao seu redor, razão pela qual a diversidade da vida marinha atrai mergulhadores de todo o mundo. As maiores preciosidades são as praias do Cielo e Cielito, onde se vê dezenas de estrelas do mar através de sua água transparente e profundidade rasa. A maior injustiça feita a Cozumel é se hospedar em Cancun e passar só um dia na ilha. O melhor de dormir por lá é ir para cama ao som dos grilos e das ondas do mar, ver o pôr do sol espetacular sentado na areia da praia, jantar nos restaurantes deliciosos da cidade ou visitar o artesanato do centrinho. Vale lembrar que Cozumel tem aeroporto, também, e o voo leva duas horas da Cidade do México.

Cuidado com o “sargazo”!

Nos últimos anos, o caribe mexicano tem vivido um drama ecológico que está incomodando o turismo da área: o sargazo (pronuncia-se “sargaço”, em português) – algas marinhas enormes, que estão inundando as praias durante os meses mais quentes do ano, devido ao aquecimento cada vez maior das águas. Mais uma consequência dos maus-tratos humanos com o nosso planeta. Os hotéis estão se esforçando para limpar as praias com escavadeiras todas as manhãs, mas há dias que em duas horas a orla da praia já está toda suja de novo. No começo, eram apenas uma época ou outra do ano, já em 2018 foi um evento presenciado por todo o ano. Uns meses mais, outros menos. Outra percepção é de que quanto mais ao sul, mais sargazo, o que dá o título a Tulum do campeão da sujeira marinha nas épocas de alta das algas. Já Cozumel fica mais protegido da chegada da sujeira, devido à barreira física dos corais. Por isso, não deixe de checar como está o sargazo na região, antes de fechar a sua viagem, pois é uma tristeza chegar na praia e encontrar um mar marrom, cheio de algas, e areias tomadas por elas.

“Sargazo” em Tulum, agosto de 2018. Foto: Carolina Mury.

Cada uma das praias proporciona uma experiência diferente e por isso vale vivê-las de perto, sem pressa de querer conhecer tudo na mesma oportunidade. Recomendo uma viagem para cada lugar. Descubra Cancun, depois vá com calma para a Riviera Maya: hospede-se uma vez em Playa, outra em Tulum, e explore Cozumel, sem pressa para vivenciar o Caribe mexicano em toda a sua extensão. Boas viagens! E aguarde as dicas sobre as praias do Pacífico no próximo artigo!

Related posts

Roteiro de 48 horas em Doha no Qatar

Thais Cunha

Praias na Bélgica

Tábata Senna

10 Motivos para conhecer o Michigan – Parte 2

Jenny Rosén

2 comentários

Eliane Abril 22, 2019 at 3:02 pm

Oi Ana Paula, maravilha de artigo sobre as praias!! Estive em Cancun nesse feriado, tinha sargazo nos dois primeiros dias e depois sumiram! Mas, nada que tirasse a beleza do mar!! lindo, lindo, lindo!!!

Dicas anotadas, próximo destino Cozumel! Se puder dar uma sugestão de hospedagem, parece mais rústico é isso!!!
Obrigada Ana!!!!!

Resposta
Ana Paula Almeida Maio 1, 2019 at 11:12 pm

Oi Eliane, que bom que você deu sorte com o sargaço em Cancun. Amo Cozumel! Posso dar sugestões de hospedagem sim, me manda um e-mail sobre o perfil que você procura e falamos! Meu e-mail é [email protected]. Obrigada!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação