BrasileirasPeloMundo.com
Grécia Turismo Pelo Mundo

Baladas em Atenas

Baladas em Atenas. Chegou a hora! Para quem gosta de badalar quando viaja e/ou sair de bar em bar, esse é o texto que você procurava! Atenas é uma cidade com uma noite bem animada. Talvez uma das mais animadas da Europa em termos de movimento e quantidade de lugares para ir, ainda que com a crise. A capital não para nem no inverno com temperaturas mais baixas.

As opções são muitas. De baladas para pessoas mais jovens com música e muita gente, a bares de coquetéis mais tranquilos e requintados para os apreciadores. Praticamente todos os bairros possuem uma concentração de bares e restaurantes e, nem sempre, os moradores da capital grega precisam se locomover de carro ou transporte público para curtir a noite. Eu, por exemplo, moro no bairro de Panormou, relativamente perto do centro, mas muitas vezes fico pelo bairro. Com opções de baladas mais alternativas, baladas com música pop e grega e bares, basta escolher o que faz mais seu gosto e aproveitar!

Para os que estão turistando, o centro acaba sendo o mais indicado para sair. Na região das estações de metrô principais, Syntagma (onde fica o Parlamento) e Monastiraki, existem diversos bares escondidos e algumas baladinhas. É muito comum em Atenas as pessoas se perderem nas ruazinhas e acharem do nada um bar ou restaurante charmoso, em um canto que nunca se imaginaria. Portanto, a ideia aqui é explorar as ruazinhas e se perder. Destaque para dois bares que entraram na lista dos 50 melhores do mundo e que estão no centro de Atenas: The Clumsies e Baba Au Rum.

Uma ruazinha que também vale a pena conferir, especialmente se você gosta de fumar narguilé, fica na área chamada Psyrri. Em vez de usar a saída do metrô Monastiraki, que vai dar na praça principal, usa-se a outra saída e a área de Psyrri fica atrás da estação. Ali, há uma concentração de bares com narguilé e outros bem interessantes com mesinhas do lado de fora para acompanhar o movimento da rua. Explorando a área, também se encontra restaurantes muito bons.

A região de Gazi, que fica na saída da estação de metrô Keramikos (uma seguinte a Monastiraki), concentra diferentes baladas para gostos diversos, além de pubs e bares. É a região mais famosa e normalmente a que mais recomendam em guias e sites de turismo. Dessa área, eu recomendo o pub The Lazy Bulldog, que fica em uma esquina com a avenida Pireos. Em Gazi, também estão algumas pequenas casas de show, como a Gazarte, que recebem artistas de diferentes partes do mundo em shows mais intimistas.

Além das baladas e bares, em Gazi encontra-se um espaço para feiras
Além das baladas e bares, em Gazi encontra-se um espaço para feiras

Para finalizar o centro, o bairro de Exarchia é o mais alternativo da cidade. Com baladas e bares estilo mais rock, a região é conhecida por estar próxima a universidades e ter sido palco de movimentos anarquistas, chegando a ser considerada a capital mundial do anarquismo. Às vezes há confusões com policiais por conta de problemas com tráfico de drogas e movimentos estudantis. Apesar disso, não chega a ser perigoso, mas é bom ficar um pouco mais atento se quiser explorar a região.

Leia também: custo de vida em Atenas

No verão, o cenário para festas se estende um pouco além do centro da cidade e chega na costa. As incrementadas “barracas de praia”, que durante o dia funcionam praticamente como resorts, oferecendo espaço ambientado para os que curtem passar o dia aproveitando o sol e o mar, à noite viram baladas em plena areia e com djs de diferentes estilos, ou shows ao vivo. Destaco aqui dois lugares que já frequentei e que recomendo para quem estiver em Atenas no verão e quiser aproveitar esse estilo mais “praieiro” de balada: Bolivar e Akrotiri.

Bolivar
Amanhecer no Bolivar após noite de festa

E como se comportam os gregos nas baladas?

Bom, esse é um capítulo à parte. Apesar das noites em Atenas serem animadas, e o grego ser também um povo animado, você não vai ver muita gente dançando ou bebendo até cair. Os gregos são bem-comportados e costumam ficar em seus grupos conversando e tomando seus drinques, sem interagir tanto com as pessoas ao seu redor. É claro que isso varia de local para local. Em algumas baladas é mais comum ver pessoas interagindo, paqueras rolando e gente dançando, principalmente no verão.

Um detalhe que preciso chamar atenção aqui é com relação a música para quem gosta de badalar e dançar. Os DJs gregos parecem ser um pouco impacientes… normalmente eles trocam de música de dois em dois minutos. No momento em que você começa a se empolgar com aquela música que ama, outra começa a tocar e sua empolgação vai toda embora. Além disso, é bom que você conheça pelo menos um pouco da música grega comercial, pois os gregos amam a música local e costumam tocá-la mais do que músicas internacionais.

Leia também: dez motivos para morar em Atenas

E, como após toda boa balada sempre dá aquela fome antes de voltar pra casa, deixo aqui minhas sugestões do que comer nesse momento. Os gregos amam e valorizam sua culinária local, e não podia ser diferente no pós-balada! Então, procure o melhor souvlaki ou uma bougatsa, uma espécie de torta folhada, que pode ser doce ou salgada. E curta a ressaca no dia seguinte!

Para finalizar, uma dica bacana que recebi mês passado de um projeto recente: um mapa que mostra bons bares próximos a cada estação de metrô da cidade.  Clique e aproveite mais dicas!

Related posts

Chatuchak Weekend Market na Tailândia

Dani Vidal

O desconhecido deserto Agafay em Marrocos

Camile Wyatt

Roteiro turístico para primavera e verão em Berna

Fernanda Moura

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação