BrasileirasPeloMundo.com
Croácia Culinária Pelo Mundo

Bebidas da Croácia

Bebidas da Croácia.

Um aspecto muito interessante ao viajar pela Europa são as diferenças (e semelhanças) de comida e bebida local. Devido a sua localização, a Croácia recebeu influência de vários lados e diferentes países. A parte interior da Croácia sempre esteve sob a influência alemã e húngara, enquanto a costa foi influenciada pela culinária mediterrânea e italiana. Toda a península balcânica tem várias comidas e bebidas em comum, e mistura-se com todas as influências que vêm de fora, como as da Turquia, por exemplo, já que os Turcos Otomanos estiveram na região muitos anos atrás.

Os croatas são muito orgulhosos pela culinária e pelas bebidas locais. Apesar das semelhanças que têm na região, a Croácia tem diversas comidas e bebidas específicas que são consideradas bens culturais protegidos.

Rakija

Rakija é uma bebida alcoólica nacional, semelhante a vodka ou a cachaça brasileira. É uma bebida comum em toda a península balcânica, mas os tipos de rakija se diferem dependendo da região e das frutas comuns, naquela área. A rakija é feita através da destilação de frutas fermentadas, por exemplo de uva, ameixa, pera, maçã, damasco ou figo. A rakija mais típica do interior da Croácia é šljivovica (rakija de ameixa). Outro tipo comum, principalmente na costa do país é a lozovača, rakija de uva. Lozovača é usada também como uma base para adicionar outros ingredientes. Adicionando ervas a lozovača teremos travarica. Na região da Istria tem a biska, rakija de viscum, que se destaca por um sabor diferente e muito interessante. Além delas, a medica, rakija com mel, também é muito famosa e deliciosa.

A rakija é geralmente uma bebida transparente, exceto quando outros ingredientes são adicionados a ela. O teor de álcool é bem alto, em torno de 40%, mas a rakija caseira pode ser ainda mais forte, com teor alcoólico chegando até 50%. Recomenda-se beber rakija em copos pequenos, como copinhos de aperitivo, com um volume de 0,3 dl. É comum beber rakija como um aperitivo, antes da comida, ou quando recebemos convidados em casa. Aqui na Croácia acredita-se que a rakija tem propriedades medicinais, então muita gente ainda bebe rakija quando tem dor de estômago ou algum outro problema de saúde.

Leia também: O que se come na Croácia?

Licores

Licor é uma bebida alcoólica comum em todo o mundo, mas aqui, na Croácia, o licor é feito a base de rakija. Os licores são normalmente muito doces e têm uma alta porcentagem de álcool. O licor mais famoso da Croácia é o pelinkovac. É reconhecido pelo sabor amargo do absinto, do qual é feito, com a adição de outras 26 plantas que o enriquecem com um aroma muito específico. Outro tipo popular, por aqui, é o orahovac, licor de nozes.

Entre os licores destaca-se o višnjevac, o licor de cereja, um licor muito doce e de cor vermelha escura. Na região da Dalmácia tem um tipo de cereja muito típico – a cereja marasca. Trata-se de uma variedade de cereja autóctone croata que só existe aqui na costa Croata. O licor feito desta fruta chama-se maraschino, e é considerado um produto original croata. A receita do licor maraschino é um segredo que foi criado e guardado a sete chaves, ainda no século XVI, em Zadar, num convento dominicano.

Ps.: O licor maraschino é, até hoje, uma das bebidas preferidas da Rainha Elizabeth, da Inglaterra!

Vários tipos de rakija e licores (arquivo pessoal)

 

Vinhos

A viticultura e a produção de vinho têm uma longa tradição na Croácia. Os vinhedos e as vinícolas são difundidas em quase todas as partes do país e a cultura do vinho faz parte do modo de vida tradicional. Portanto, nos restaurantes croatas sempre se serve vinho local.

As características naturais, como o clima e o solo, determinam a divisão do país em duas regiões principais – continental e costeira. Ambas abrigam vários vinhedos com suas características específicas. Os vinhos brancos são mais cultivados na região continental, enquanto os vinhos tintos predominam na região costeira. Na parte continental, o vinho branco mais comum é a graševina (Riesling). Outros vinhos brancos conhecidos são traminac e pinot, enquanto os vinhos tintos mais elogiados são frankovka e portugizac. Na Ístria, os mais conhecidos são malvazija, um vinho branco, e teran, um vinho tinto.

Apesar de ter muitos vinhos da boa qualidade, muitos croatas produzem o seu próprio vinho. O vinho caseiro, tanto branco, quanto tinto, é geralmente de menor qualidade e, às vezes pode ser difícil de bebê-lo puro. Por isso, por aqui existem várias maneiras de misturar e dissolver um pouco o vinho. Um exemplo muito comum é gemišt. O termo gemišt vem da palavra alemã gemischt, que significa misturar.

Hoje, na Croácia, é usado para uma bebida mista de vinho branco e água com gás na proporção de 2:1. Gemišt é a bebida de verão preferida de muitos croatas. Gemišt também pode ser feito com mais água e menos vinho. Dependendo da proporção o nome da bebida muda, mas isso já é bastante complicado e a maioria das pessoas não sabe os termos corretos e eles mudam de região para região.

Outra bebida parecida com a gemišt é špricer. Špricer é uma mistura de vinho branco e água carbonatada (soda). Pode parecer a mesma coisa, mas os “especialistas” dizem que a diferença é grande! Entre os jovens, outras bebidas populares são também as combinações de vinho branco com Coca-Cola ou Fanta!

Leia também: Casamentos na Croácia

Vinho tinto também se mistura. Ao adicionar água ao vinho tinto temos uma bebida tradicional que se chama bevanda. Ao contrário das outras bebidas acima mencionadas, a bevanda é uma criação croata mesmo. Desde os tempos antigos, na região da Dalmácia, as pessoas que trabalhavam no campo procuravam refresco na bevanda. Outra bebida popular é o bambus, ou seja, vinho tinto misturado com Coca-Cola. Ao misturar vinho tinto com Fanta teremos miš-maš. As duas bebidas também são as preferidas entre os jovens.

Como deu pra perceber, as opções de misturar as bebidas por aqui são inúmeras. Algumas bebidas você pode até tentar fazer em casa, mas para ter a experiência completa você precisa vir pra cá visitar este país lindo e beber com os croatas! A melhor maneira de aprender a beber como um croata é procurar um bar local e pedir rakija, bevanda ou gemišt! Assim é que se aprende a cultura desse povo.

Related posts

Por que o mar é tão importante para os croatas?

Renata Ferrari Pegoretti

Como fiquei rica trabalhando em navios pelo mundo

Debora Pedroni

Muito além do sushi: 10 comidas típicas japonesas

Juliana Platero

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação