BrasileirasPeloMundo.com
Brasil

Brasil – Páscoa

Festa é sempre uma coisa muito boa, mas festa no Brasil é o que há!

Lembram de uma propaganda antiga que dizia: Nossos japoneses são mais criativos que os outros? (Se você não se lembra, finja que se lembra, vá… não me faça sentir assim tão velha). Então, tenho a impressão que as nossas festas são sempre mais festas que as outras.  A impressão que dá é que tudo aqui acaba em carnaval, ou pizza ou festa!

Para vocês entenderem o que digo, apresento diferenças básicas entre o feriado de finados nas Filipinas e no Brasil.

Finados nas Filipinas: Orações, vigílias nos cemitérios, missa. Finados no Brasil: Uma passadinha rápido no cemitério, (bem cedinho para não atrapalhar a programação), praia ou piscina, cerveja, churrasco e festa, na laje se for o caso.

Pra não dizer que não contei o lado festivo das Filipinas, tenho que contar que lá tudo acaba em karaokê, até vigília de finados. É comum encontrar nos cemitérios (nas madrugadas inclusive), gente cantando em mini aparelhos de karaokê, bem em cima das tumbas, para passar a hora da vigília mais rápido.

Não estou dizendo que isso é ruim, nem aqui nem lá. Na verdade, acho que essa alegria de viver, nos faz especiais. E mais que isso, não atrapalha em nada a nossa fé ou a nossa relação com ela. A gente vive bem o carnaval, a quaresma, a Páscoa. A diferença entre nós “e os outros” é que até o que é pesado, aqui se faz mais leve. Vários amigos durante a quaresma não bebem, não comem carne, são mais perdoadores e ainda assim vão pra balada, curtem e riem. Isso é um dom. Resignar e também gargalhar.

Por me considerar Cristã, a Páscoa para mim é a maior celebração de todas. Natal é o máximo, mas é na verdade uma festa de aniversário. Todos nós que estamos vivos nascemos um dia. Já a Páscoa, representa a ressurreição, e isso é único, de acordo com a fé que celebra a Páscoa do jeito brasileiro. Aliás a Páscoa é um símbolo de libertação.

É a ressureição de Cristo para os cristãos, a libertação do povo hebreu das mãos de Faraó, o Pesach para os judeus. Para kardecistas é um momento de introspecção e busca espiritual, para os umbandistas, fecha um círculo de energias negativas que pairam sobre a Quaresma, para os que não creem em nada é uma boa desculpa para se comer chocolates.

Aliás, fala a verdade: Quando a gente fala em Páscoa qual é a primeira imagem que te vêm à mente? Jesus subindo nas nuvens…

CHOCOLATE!

Admita, você pensou em chocolate! E se você como eu, está fora do Brasil há muito tempo, sua memória pode te torturar com a lembrança do chocolate derretendo suavemente sobre a sua língua. O barulho do papel alumínio fazendo rec rec e a surpresinha no fim de tudo.

Então, não posso falar do mundo todo, mas acredito que a tradição dos ovos de Páscoa da maneira como vivenciamos aqui na pátria mãe, não se iguala a nada que exista em outra parte do planeta. Quem não se lembra daqueles túneis de ovos que existem dentro das grandes lojas e magazines? Aquilo é um sonho para qualquer criança (e adulto deslumbrado, como eu rs).

Esse poderia ser o momento em que eu começasse a falar do consumismo e do esvaziamento dos valores e bla bla bla. Quem é leitor dos meus textos, sabe como eu sou boa nisso, mas não dessa vez.

Essa profusão de cores, os túneis coloridos de papel alumínio, os sabores… (vocês sabiam que agora tem ovo de Páscoa com todo tipo de sabor? Tem até ovo de Páscoa de colher, com recheio de mousse, de brigadeiro, um sonho).

São anos e mais anos vivendo a Páscoa alheia. Foi ótimo! Há muitas coisas que podemos incorporar. As brincadeiras deliciosos, a caça aos ovos (que são ovos de verdade e não de chocolate) pintar ovos cozidos, fazer easter buns com toda a família (bolinhos caseiros quentinhos e deliciosos) encontrar sentido em algo que não tenha nada a ver com consumo, mas eu tenho que admitir que ao entrar num supermercado pela primeira vez em anos e ver aqueles ovos aos montes, formando um corredor da “gordice”, eu não aguentei…andava de uma lado para o outro com lágrimas nos olhos (as pessoas deviam imaginar se eu era algum tipo de representante do alto escalão dos Vigilantes do Peso fazendo penitência) porque a nossa Páscoa tem ovo, coelho, bacalhau, cerveja e gargalhada, porque Graças aos Céus, Deus é brasileiro portanto quando a gente faz festa é FESTA com letra maiúscula.

Vocês não fazem idéia como vai ser emocionante passar a Páscoa com a família pela primeira vez em anos. Tem um lado muito doído, de que foram tantos anos fora, que agora muitos dos nossos já não estão mais aqui, mas tem também a alegria de poder me empaturrar de chocolate, nem me importando com as campanhas das redes sociais que dizem que 250 g de chocolate equivalem a 1 kg de picanha (me deixem ser fútil ao menos uma vez na vida).

Vou poder comer bacalhau sem ter que contrabandeá-lo no meio da roupa, embrulhado em papel alumínio, e posso até fazer “o gajo” com catupiry! Aqui tem! Uhuuu. Da última vez que me mandaram um ovo de páscoa do Brasil, ele foi apreendido em Singapura e devolvido para o Brasil. Comi o bendito todo amaçarocado seis meses depois. Quase no Natal!!!

Volto a sentar à mesa, juntando os nossos, celebrando a vida e o mais legal é que minha celebração brasileira se expandiu, então agora amigos e vizinhos já estão convocados para assar easter buns, pintar ovos cozidos e participar da caça aos ovos. Com um detalhe! Agora meu ovo será de chocolate, com brigadeiro mole e mousse de maracujá (o nome disso é motivação extra para a brincadeira).

Globalização da Páscoa? Sei lá, foi o povo do gueto que mandou avisar que vai rolar a festa!

 

Related posts

Brasil – Uma pátria para os refugiados

Fabi Mesquita

Espanhol + inglês = espanglês

Alessandra Ferreira

Bye Bye Brasil, bonjour Suíça

Fabi Mesquita

9 comentários

Monica Bateman Abril 16, 2014 at 9:00 pm

Parabéns pelo texto, Fabi! Adorei o bom humor ….e as lágrimas no corredor dos ovos kkkkkkk feliz páscoa para vc, com muito chocolate, eh claro? Monica

Resposta
fabi mesquita Abril 21, 2014 at 10:18 pm

Menina, nao e’ que eu fui lenta e acabei esquecendo de comprar o ovo que eu queria? hahahahha mas o bom eh que vou comprar um montao de ovos na promocao…haja ginastica depois…rs
beijinhos

Resposta
Gabriela Abril 17, 2014 at 4:37 am

Fabiiiiiii,
Como sempre o dom das palavras! Tenho uma novidade, aqui nas Filipinas ja tem chocolates de Pascoa!
Maravilha! Kkkkkk

Resposta
fabi mesquita Abril 21, 2014 at 10:21 pm

Jura? Ovo e tudo? que bacana!!!
quero experimentar! 🙂

Resposta
Cintia Abril 17, 2014 at 6:30 am

LIndo texto Fabi. Bonita forma de mostrar como se re integrar…E vc tem razão festa no Brasil é o que há….Além dos ovos trufados, com mousse, etc…hummm já comecei a salivar.
Boa Páscoa !!!

Resposta
Cristiane leme Abril 17, 2014 at 10:02 am

Páscoa com sabor de Brasil… quem não se emociona? As lembranças de infância, as coisas que estão lá, só nossas, e a família em volta… isso é demais! Eu reparei no texto de quase todas as meninas que todo mundo mencionou os famosos ovos de chocolate, que a gente conhece e sonha com eles desde criancinha. E é mesmo uma delícia voltar pras nossas raízes, depois de tanto tempo fora! Boa páscoa pra vc e pra sua linda família, com muito ovo de chocolate e muita alegria! Bjs

Resposta
fabi mesquita Abril 21, 2014 at 10:23 pm

Obrigada querida, fico pensando que meu conceito de paraiso, seria juntar as coisas boas do Brasil, com amigos bons do mundo todo…ja imaginou? rs

Resposta
Bel Abril 17, 2014 at 3:40 pm

Tá vendo que tem um lado positivo de estar de volta????
Minha páscoa este ano está loooonge de ser parecida com isso! Mas vai rolar um chocolate Londt, com toda certeza!!!
Beijoooooo

Resposta
fabi mesquita Abril 21, 2014 at 10:24 pm

e da pra ter pascoa ruim com chocolate lindt? hahahahha
beijinhos querida

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação