BrasileirasPeloMundo.com
Associações de Apoio Pelo Mundo Suíça

BRISA é o nome do grupo de brasileiras na Suíça

BRISA é sopro suave na vida de mulheres Brasileiras na Suíça.

Se você segue meus posts, sabe que gosto muito de falar sobre o universo feminino pelo mundo. Poucos são os reais espaços de escuta e troca, para nós mulheres expatriadas.

Em setembro eu falei sobre a sororidade contra a depressão (leia aqui) e para não perder a prática vou falar de novo sobre o assunto, suporte entre pares e empoderamento feminino.

A globalização, os altos índices de recessão, a necessidade de buscar novos rumos, e até mesmo o crescente empoderamento feminino, têm gerado nas últimas décadas um fenômeno muito interessante, que tem transformado o mundo moderno e a realidade contemporânea: o aumento das ondas de migrações e do número de famílias expatriadas e nômades ao redor do mundo.

Para além do impacto social como um todo, há um impacto tremendo na vida das mulheres. Sejam elas companheiras, mudando com seus parceiros ou mulheres sozinhas em busca de aventuras, sonhos ou de uma melhor qualidade de vida para si e/ou sua família.

É dentro deste contexto, no âmbito da vida das mulheres expatriadas, que surgiu o grupo Brasileiras na Suíça, carinhosamente batizado de grupo BRISA, um espaço de acolhimento e apoio mútuo entre mulheres brasileiras expatriadas no país. Muitas dessas mulheres estão em situação de vulnerabilidade social e emocional e a rede de apoio e troca de experiências e cuidado, passa a ser uma ferramenta fundamental para o empoderamento dessas mulheres.

Esse círculo virtual de apoio recíproco é vital, porque oferece uma alternativa à solidão e ao isolamento dessas mulheres, proporcionando um local de fala e escuta seguro e protegido pela cumplicidade de quem vive as mesmas angústias e incertezas.

Óbvio que nenhuma de nós consegue imaginar por antecipação, como será a nossa vida de expatriada/imigrante, até que passemos a vivê-la concretamente.

Leia também: Livros sobre a Suíça que ajudam na adaptação cultural

Normalmente há um misto de empolgação e ansiedade, de surpresa e de saudade.

O fato é que ninguém está de fato preparada para viver longe de casa e há sempre maneiras muito diferentes de vivenciar estas questões. As experiências diferem muito de caso para caso. Se a mulher viajou sozinha, com ou sem os filhos, com ou sem o parceiro. Está iniciando sua família longe de casa, já viajou com uma família consolidada? Está indo para estudar? Para trabalhar? Como acompanhante do marido? Está viajando de forma legal ou ilegal? É uma imigrante ou uma expatriada?

Tudo difere na vida prática  dessas mulheres que partem de casa rumo ao desconhecido, mas há sentimentos que são comuns a todas: o medo, a solidão, a saudade, a autoestima colocada em xeque e a ausência de amigos e familiares que normalmente são os arrimos de nossas vidas.

Ninguém planeja se sentir assim, e por mais estável que seja a vida de uma mulher expatriada, esse misto de sentimentos sempre estará presente. É por isso que são tão importantes as redes de apoio mútuo. Elas conectam mulheres expatriadas e oferecem a possibilidade de alcançar apoio psicológico, jurídico, de empreendedorismo, espiritualidade e sororidade.

O grupo BRISA foi criado exatamente para conectar essas mulheres a redes de apoio, bem como umas às outras, unindo-as em um vínculo de cumplicidade, que só quem está longe de casa compreende como é importante. O grupo também compila informações diversas sobre trabalho, estudo, estadia, lazer e outras atividades, no sentido de acolher e empoderar mulheres brasileiras expatriadas na Suíça. Com essa corrente de apoio, torna-se mais fácil decidir os próximos passos de nossa caminhada imigrante.

Para manter o frescor das informações, as atividades e ações listadas no grupo estão em

permanente atualização. Se você conhecer ONGs, voluntários, projetos psicossociais ou escolas que possam ser potenciais parceiros desse projeto, não deixe de nos indicar.

Com certeza, o mais importante de tudo é que juntas encontremos foças para nos fortalecer mutuamente, facilitando a abertura dos caminhos umas das outras.

Nosso principal objetivo é amparar mulheres brasileiras expatriadas que vivam na Suíça, funcionar como um canal de acolhimento que promova uma rede de apoio para essas mulheres, realizar escuta e agregar relatos de brasileiras vivendo nos diversos cantões suíços, promover cidadania e contribuir para o resgate e fortalecimento dessas mulheres, promover o empoderamento feminino no âmbito profissional e inclusão social, auxiliar no processo de reorganização da vida das mulheres e no resgate de sua autoestima, disponibilizar contatos de profissionais cadastrados que possam oferecer apoio voluntário nas áreas psicológica, social e jurídica, auxiliar na prevenção de situações de violência e abuso físico e/ou emocional, propiciando o fortalecimento de mulheres em situação de vulnerabilidade, incentivando o empreendedorismo e promovendo desenvolvimento da autonomia individual e coletiva da mulher brasileira na Suíça.

Além de toda a conexão virtual promovida pelo grupo, há ainda diversos eventos e workshops presenciais, agendados a partir de novembro, em diversos locais do país. Para ficar por dentro, basta fazer parte do grupo.

O nome é BRISA, mas poderia ser Vento. Bons ventos que trazem o fortalecimento e o empoderamento das mulheres brazucas em terras europeias.

Para se integrar ao grupo, basta acessar o link clicando aqui.

Related posts

Suíça x Brasil – Copa 2018

Janaína Abreu

Curiosidades da Suíça

Selma Poncini

Verão e as piscinas públicas na Suíça

Janaína Abreu

1 comentário

Monica Andrade Novembro 11, 2019 at 4:21 pm

Cumplicidade, acolhimento, ética, emponderamento e tantas outras palavras nesta mesma conexão, foi tudo o que eu NÃO encontrei nos diversos grupos de brasileiras que já conheci na Suíça. No geral é só fofoca e panelinha. Espero de coração que esse grupo seja diferente, pois eu e tantas outras amigas já perdemos a esperança de ter realmente um GRUPO de acolhimento de compatriotas. Boa sorte!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação