BrasileirasPeloMundo.com
Espanha Turismo Pelo Mundo

Campos de lavanda na Espanha

Estamos na primavera porém, o passeio mais florido da Espanha acontece no verão! Então, caso você venha visitar o país em julho, não deixe de incluir no roteiro os campos de lavanda de Brihuega. Escrevo com essa certa antecedência justamente para dar tempo de você programar a visita.

A data da floração varia de um ano a outro pois, há anos em que o calor começa mais cedo e outros que demora um pouco mais para esquentar. Além disso, o período e a quantidade de chuvas também alteram a data. Mas o mês de julho é garantido para vê-las!

O que antes era uma viagem típica e chamada pelos espanhóis como “escapada de turismo rural”, foi se tornando nos últimos anos um destino conhecido internacionalmente cada vez mais. E, consequentemente, vem aumentando cada vez mais o número de visitantes em toda a região por temporada.

Em seu auge de floração, o Campo de Brihuega ocupa atualmente uma área de 10 mil hectares e não deixa nada a desejar à conhecida região francesa de Provence. Além disso, no mesmo entorno também existem várias plantações de girassóis espalhadas pelas estradas, completando um roteiro mágico. Porém, não são todos os anos que a floração dos girassóis coincide com as lavandas.

É uma experiência inesquecível para todos os sentidos, e nos meses de junho e julho todo o povoado é decorado de roxo ou violeta para celebrar a floração da lavanda, também chamada de espliego aqui na Espanha.

Leia também: Tudo que você precisa saber para morar na Espanha

Brihuega

É um povoado pequeno, amuralhado e monumental, localizado na província de Guadalajara, na comunidade de Castilla-La Mancha, e fica a menos de uma hora de Madrid. Um povoado declarado conjunto histórico e artístico devido a seu castelo medieval, sua igreja, praças, fontes, jardins e suas cuevas arabes.

Durante esses dois meses, a cidade prepara-se para receber os turistas e é possível, além de visitar os campos, também comprar vários produtos e souvenirs a base de lavanda. Eu comprei alguns sabonetes naturais e óleos essenciais nos pequenos comércios locais. E minha compra favorita foi o mel de lavanda que é simplesmente delicioso!

Foto: arquivo pessoal

Recomendações para visitar os campos

GU-925 dirección Malacuera o Solanillos del Extremo

CM-2005 dirección Sigüenza

Vá preparado para tirar muitas e muitas fotos. A maioria das pessoas vão vestidas de branco porque dá um destaque bastante bonito com o colorido das lavandas. Eu fui e adorei o efeito nas fotos.

É verão e a temperatura passa dos 30°C então, use roupas leves, proteção solar, repelente e beba bastante água.

Respeite as abelhas, esse é o período da polinização! Lembre-se: o visitante é você.

Você pode visitar o campo a qualquer hora do dia, mas o momento em que os campos ficam mais bonitos e coloridos, com certeza, é durante o pôr do sol, que é por volta das 9 horas da noite durante o verão.

Eu recomendo, se você puder, visitar durante a semana pois os campos estão muito mais tranquilos do que aos fins de semana.

Visitar os campos é um passeio gratuito. Quando estivemos em 2018, visitamos os dois campos sem pagar nada, mas, ouvi algumas pessoas comentando que em outros anos cobrava-se um valor simbólico de 2 euros.

Festival da lavanda de Brihuega

Todos os anos, uns dias antes da colheita, é feito um grande festival de música para celebrar esse momento. Sempre com cantores e músicos bastante conhecidos por aqui. O Festival de 2019 ocorrerá nos dias 19 e 20 de julho. Eu nunca fui ao festival pois, prefiro curtir os campos mais tranquilos. Mas deixo o link do Festival da Lavanda para quem se interessar. A compra de ingressos é antecipada e dizem que é bastante concorrido.

A lavanda

Conhecida e utilizada desde a antiguidade, essa erva aromática possui inúmeras propriedades, entre elas: o poder calmante e relaxante do seu aroma e perfume, os benefícios para a pele já que é um poderoso antisséptico e cicatrizante natural, os benefícios de seus óleos e vapores para problemas respiratórios e seu uso culinário que dá um sabor único aos pratos.

Eu sou suspeita para falar de lavanda porque sou absolutamente apaixonada por elas. Quando eu morava no sul de Minas, tinha muitas delas no meu quintal! Antes de me mudar para cá, elas estavam lindas e enormes. Minhas lavandas ficavam o ano inteiro floridas e recebiam a visita de beija-flores todos os dias durante as manhãs. Deu até uma pontinha de nostalgia em lembrar!

Related posts

As melhores áreas para emprego em Barcelona

Marianna de Castro

Por que conhecer a Lombardia?

Ana Patricia da Silva

Fallas

Thais Maciel Gomes

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação