BrasileirasPeloMundo.com
Dicas de passeio pelas cidades França

Carros antigos em Magny-Cours

Carros antigos em Magny-Cours e um final de semana diferente.

Moro numa cidade no centro da França que é caminho para quase todos os lugares. Deve ser por isso que nos outdoors daqui vemos propagandas de tudo e de vários lugares diferentes. Há eventos de outras cidades que se localizam até 3-4 horas de distância.

Foi dessa forma que conheci o Classic Days de Magny-Cours. Durante dois anos entre fevereiro a maio passava em frente ao outdoor que fazia a propaganda do Classic Days. Dois dias de festival de carros antigos (geralmente final de abril), incluindo exposição e corrida de amadores. No terceiro ano decidimos uma semana antes que seria uma boa ideia irmos. O Classic Days estava completando 10 anos em 2017, iria ter a comemoração dos 40 anos da Renaut na fórmula 1 e os 50 anos do Camaro.

Além disso meu marido é fã de carros antigos, o festival era num final de semana perto do feriado de 1 de maio, a previsão do tempo era boa e o circuito de Magny-Cours fica a 2 horas de Clermont.

O que é o Classic Days?

É uma mistura de exposição de carros antigos e corridas de particulares por categoria de carro ( na maioria antigos, mas tem até formula 1) no circuito de Magny-Cours, na França.

O ingresso pode ser comprado pelo próprio site (que da uma boa comodidade) ou nos vários pontos de venda. Aqui, o ingresso vende na Fnac, e nos grandes supermercados que tem sessão de venda de espetáculos e passeios.

Leia também: tudo que você precisa saber para morar na França

O ingresso dá o direito a visitar o padock. Para quem nunca foi é interessante.

Além disso tem uma área infantil boa, com parquinho, mini kart e maquiagem. Para passar o dia inteiro lá, tem que ter uma boa área infantil, porque não há criança que aguente.

Nossa experiência

Saímos de Clermont de manhã e fomos direto para Magny-Cours. Chegamos perto da hora do almoço.

Dica: faça como os franceses nesses casos, leve o seu almoço, geralmente sanduíche e frutas.

Como não levamos o almoço, foi complicado, pois o único restaurante que tinha estava lotado, e os quiosques vendendo hambúrguer e cachorro quente com filas quilométricas. No final enfrentamos a fila do cachorro quente que era menor.

Você sente o clima do lugar desde a entrada: já no estacionamento você vê cada carro de ficar de boca aberta. Assim que você entrega o ingresso tem uma área reservada para exposição de carros. Tem de todos os jeitos, cores, formatos e você consegue ver a pista de corrida de cima. Nessa parte a maioria são carros de particulares orgulhosos do “possante” e todo mundo quer tirar foto.

O lugar é enorme e realmente a área de exposição tem de tudo, cada ano tem uma homenagem, este ano são os 70 anos da Porshe, vai ter uma Expo motor Sport e os tesouros da coleção Schlumpf.

O padock vale a pena para quem gosta de carro, o ideal é ter um protetor de ouvido, pois o barulho é ensurdecedor. Porém,  ele não prende muito a atenção das crianças, e nessa hora percebi a importância do parquinho. Fiquei com minha filha brincando enquanto meu marido olhava o padock com calma. Ficamos até o fechamento (18h) e valeu muito a pena.

Compramos ingresso para dois dias e no final só fomos no primeiro dia, aproveitamos o segundo dia para conhecer a região, que por sinal é muito bonita. Fomos a Apremont visitar o parque Floral.

Leia também: O que são brocantes?

A roulote fonte: arquivo pessoal

 Hospedagem 

No próprio site do Classic Days tem uma lista de sites para você pesquisar lugares para ficar. Magna Cours tem várias cidades perto e lugares para ficar, é o que não falta. Como decidimos em cima da hora, os hotéis estavam lotados e os que sobraram eram caros. E começamos a pesquisar também hospedagens diferentes.

Nós tivemos a sorte (depois descobri que foi sorte mesmo, pois houve uma desistência de última hora) e a grata surpresa de conseguir vaga numa roulote (caravana Cigana) a la petite Fadette . Ela fica em uma cidade a 15km de Magny-Cours: Sancoin. Fiquei encantada quando vi no site. Roulote é um vagão de madeira que por dentro parecia uma casa de bonecas rosa, com banheiro, mini cozinha, uma cama de casal e duas de solteiro. A hospedagem ainda dava direito ao café da manhã. Ainda bem que tínhamos GPS, o lugar é um pouco escondido para achar ainda mais a noite.

Foi uma grata surpresa: os donos super simpáticos, a roulote realmente parecia uma casa de bonecas. Toda pequena, jeitosinha e em tons de rosa e azul. Tinha até aquecedor (ainda bem pois a noite fazia frio). Quando amanheceu, vimos realmente onde estávamos: do lado de um campo de colza (uma florzinha amarela muito bonitinha) e um campo de grãos em frente. Parecia que estávamos num cenário.

Podíamos tomar o café da manhã na mesa de madeira em frente a roulote, mas como estava muito frio, tomamos na Granja junto com os hóspedes de lá. E que café da manhã! Tudo fresco e a maioria das coisas feitas em casa.

A dona nos deu dicas de restaurantes e lugares para passear. Pegamos uma noite com chuva e vento, foi aí que vimos a fragilidade da roulote: uma barulheira só, foi difícil conseguir dormir, ainda bem que não durou muito tempo.

Mesmo com o episódio da chuva (que não demorou muito), super indico este lugar e este tipo de hospedagem diferente. No caso da roulote a dica é ir na primavera, pois o tempo está bom e os campos floridos. Não sei se no verão ficaria muito quente.

Descobrimos depois que os franceses adoram este tipo de hospedagem, eles chamam de hospedagem insólita e tem sites específicos para você pesquisar. Realmente foi um final de semana bem diferente e inesquecível. Fica a dica para quem gosta de carros antigos e lugares insólitos.

Ficou interessado nesse passeio? Deixe seu comentário!

Related posts

O equilíbrio entre a vida profissional e pessoal na França

Amy-Carole Diene

10 diferenças entre São Paulo e Lille na França

Regiane Legras

Tipos de vistos e residência na França

Marcella Delfraro

2 comentários

Marcella Delfraro Maio 29, 2018 at 10:41 am

ADOREIIIII !
Vou tentar ir no ano que vem ! 🙂

Resposta
Lilian Moritz Maio 30, 2018 at 8:50 pm

Que bom que vc gostou, Marcella!!!!
Para quem gosta de carros é uma ótima dica. E tenta ficar na roulote, é excêntrico mas uma vez vale a pena .
Bjks

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação