BrasileirasPeloMundo.com
Estações do Ano pelo Mundo França

Verão no Auvergne e arredores

Vulcania

Verão no Auvergne e arredores.

Moro na região do Auvergne, que fica na parte central da França, e férias de verão para a maioria das pessoas daqui é fugir para a praia, mas isso não quer dizer que a região não tenha coisas interessantes para fazer.

Geralmente, o verão no Auvergne é bem quente e os programas são escolhidos em função da temperatura. Este ano vamos passar uma parte das férias de verão na região, e vou dar umas dicas do que podemos fazer por aqui.

Quase todas as dicas que dei sobre a primavera na região podem ser usadas no verão também. A programação é quase a mesma, com a diferença que algumas atrações têm um foco maior no verão, ainda mais neste ano que não teve tantos dias bonitos na primavera.

Leia também: Primavera Francesa no Auvergne

Eu programei os seguintes passeios:

Vulcania

É um parque temático com atrações e de animações sobre a descoberta dos vulcões e do planeta Terra. É um lugar onde se aprende brincando. Geralmente, as crianças adoram a aventura científica. Tem uma parte só dedicada a elas, com a cidade das crianças, área de jogos externos e um gêiser (área de jogos com água, o que dá uma ajuda muita boa no calor).

Este é o tipo de parque que temos que ir pelo menos uma vez. Fica a 20 minutos de Clermont Ferrand, e durante dias específicos no verão tem o espetáculo noturno com fogos e muitas luzes. É bem legal. Veja a programação aqui.

Dicas: 

  • Comprar com antecedência e, se possível, aproveitar o espetáculo noturno.
  • Olhar a meteorologia no dia anterior e levar roupa de banho e toalha para as crianças.

Castelos

Em julho e agosto, está aberta a temporada de shows e espetáculos noturnos nos castelos da região. O  Château de la Batisse e o Château de Murol são exemplos de castelos com bons espetáculos noturnos.

Atenção: É sempre bom ver as programações com antecedência e checar os horários. Se começar/terminar muito tarde, não é um programa que as crianças pequenas aguentarão até o final. Neste caso, aproveite a programação diurna.

Este ano, vamos ao Chateau de Val, que fica à beira de um lago. Assim, aproveitamos a visita a um castelo e a delícia que são os lagos da região. É claro que levaremos o nosso piquenique para assim aproveitar o máximo. Quem não quiser levar o lanche, tem um restaurante ao lado do castelo.

O Château de Val  fica a 1 hora de carro de Clermont Ferrand.

Lagos e piscinas

Se o dia estiver muito quente, desista de programas com muita caminhada na parte da tarde. Ficar em casa ou hotel também não é a solução, pois além de perder o dia lindo, nem todos os lugares na França são adaptados ao calor.

O ideal é ir a uma das piscinas públicas da região. A maioria delas tem área externa para pegar sol , fazer piquenique e algumas têm jogos com água para as crianças. Se você não sabe onde tem piscina perto, é só olhar o guia de piscinas da França que separa por região. Veja aqui.

Os lagos também são uma boa pedida para passar o dia todo. Já disse antes, sou fã do Lac D’Aydat e do Lac Chambon. Este último é um lago natural de barragem vulcânica, com várias programações durante o verão.

Puy de Dôme
Puy de Dôme – Fonte: pixabay.com

Subir Puy du Sancy e Puy de Dôme

A cadeia de vulcões do Sancy tem várias portas de entrada. Uma delas é subir pelo  Funiculaire de Capucin, que fica na cidade de Mont-Dore. Construído em 1898, é classificado como monumento histórico e é o mais antigo funicular elétrico da França.

Uma vez lá em cima, você pode só admirar a paisagem ou fazer algumas trilhas para conhecer um pouco mais sobre as cadeias de vulcões. Tem para todos os gostos e a vista é linda. E depois do passeio pelas montanhas, aproveite para conhecer a cidade de Mont-Dore, que é uma gracinha.

Dicas:

  • Atenção  ao horário de funcionamento do funicular: entre julho e agosto das 10h às 12h10 e das 14h às 18h40. Isso mesmo, fecha para o almoço. Com isso, ou você leva o seu piquenique e come lá em cima, ou se organiza bem com os horários.
  • De manhã é mais fresco, porém, no alto verão a parte da tarde costuma ficar muito quente.

O Puy de Dôme é um antigo vulcão extinto, muito conhecido na região, e é o mais alto da cadeia de vulcões (Chaîne des Puys) – Faille de Limagne. Você pode subir a pé ou de trenzinho – Panoramiques des Domes. No verão (julho e agosto), o último horário de descida do trem é às 21h, assim dá para aproveitar bem o dia. Geralmente, lá em cima é mais fresco por causa da altura e venta bastante. É sempre bom levar um casaco corta vento.

A minha ideia é ir ao Sancy e ao Puy de Dôme no mesmo dia, almoçando em Mont-Dore. Espero que dê tempo e não fique muito cansativo.

Sei que para quem vem à França como turista, a região central nem sempre está no roteiro, mas para quem tem tempo e disponibilidade de conhecer, vale muito a pena.

Related posts

Apresentando a cidade de Lille na França

Regiane Legras

Inverno em Montevideo

Adriana Molha

O preço da ilegalidade na França

Carolina van Heesewijk

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação