Carteira de motorista na Tailândia

0
68
Fonte: pixabay.com
Advertisement

Carteira de motorista na Tailândia.

Mudar de país não é fácil, é preciso compreender o novo idioma, se adaptar com as diferenças socioculturais, identificar o que é necessário fazer e manter a calma para tentar resolver tudo da melhor maneira possível. A carteira de motorista é uma questão importante a ser resolvida, visto que nos dá liberdade de ir e vir de maneira legal e segura, por isso, entender todos os pontos envolvidos a isso facilita o processo.

Na Tailândia, uma característica bem evidente da mobilidade é a utilização de motos. Sim, muitas motos, principalmente do modelo scooter, estão em todos os lugares, dirigidas por pessoas de todo o tipo. É perceptível também a falta de segurança que ocorre aqui, pois é extremamente comum o não uso do capacete, assim como mais de duas pessoas andarem na mesma moto (já vi uma família com 6 pessoas em uma scooter) e também a não adoção da direção preventiva de modo geral.

Aliás, conforme o Global Status Report on Road Safety (Relatório de Status Global sobre Segurança Viária, em tradução livre) da Organização Mundial da Saúde (OMS), a Tailândia possui a segunda maior taxa do mundo de mortalidade no trânsito, estimada em 36.2 por 100.000 habitantes. Em primeiro lugar encontra-se a Líbia (OMS, 2015). Conforme a OMS, apesar de a Tailândia possuir políticas públicas relacionadas à segurança viária, a redução do número de acidentes ainda não é muito significativa.

Para saber mais sobre o assunto acesse o site do Global Status Report on Road Safety.

No que se refere ao direito de dirigir, primeiramente, acredito ser interessante procurar por pessoas que possam auxiliar no processo relacionado à carteira de habilitação aqui na Tailândia. Digo isso pois é difícil compreender o inglês dos tailandeses, na maioria dos casos eles não dominam o idioma e também tem uma pronúncia muito difícil de entender, principalmente se você acabou de chegar no país. Para mim, por exemplo, foi bem complicado. Talvez em Bangkok esse quesito não seja tão difícil, visto que é a capital. Além disso, não é tão simples assim descobrir todas as informações necessárias para realizar os processos.

Leia também: Uma nutricionista brasileira na Tailândia

Aqui na Tailândia existe o Land Transport Office, que seria equivalente ao DETRAN no Brasil, e é nesse local que você realiza todos os processos relacionados à carteira de motorista. Como funciona de forma geral? É importante chegar cedo para ser um dos primeiros a pegar a senha e fazer tudo o que é necessário. Depois de apresentar os documentos, é preciso fazer um teste de visão e reação, assistir a um vídeo sobre direção preventiva, fazer a prova prática e então a prova teórica. Se aprovado, a carteira de motorista é elaborada no final do processo no mesmo dia.

Existem duas formas de conseguir a carteira de habilitação na Tailândia. A forma mais fácil é realizar a validação da sua carteira de habilitação do Brasil/carteira de habilitação internacional. A outra forma é fazer o processo desde o início como se fosse obter uma primeira carteira de habilitação.

Para validar a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) ou a carteira internacional é preciso traduzir esse documento para a língua inglesa e autenticar a tradução no consulado brasileiro que fica em Bangkok. Além disso, é preciso retirar um comprovante de residência da Tailândia, também no consulado brasileiro. É exigido ainda um certificado médico de aptidão que pode ser retirado em inúmeros lugares na Tailândia e custa, aproximadamente, R$ 15. Também é preciso o passaporte. Nesse caso, não é necessário fazer a prova prática e nem teórica, somente provas de reação, visão e assistir a um vídeo sobre direção preventiva. Foi dessa forma que eu transferi minha carteira de habilitação para carros.

No que tange à carteira de habilitação para motos, eu precisei fazer o processo desde o início pois eu não tinha a mesma no Brasil. Sendo assim, foi necessário realizar primeiramente os testes de visão e reação, assistir ao vídeo sobre direção preventiva, realizar a prova prática, que consiste em dirigir em um trajeto pré-determinado, e, por fim, realizar a prova teórica, 50 questões em língua inglesa. Ao passar por todos os testes e acertar, no mínimo, 70% da prova teórica, recebi minha carteira de habilitação para moto.

Na prova prática tive um pequeno problema, eu cai da moto durante o teste (sim, eu fiz isso…kkk). Obviamente não passei na primeira tentativa, porém já foi agendado para a semana seguinte a realização do teste prático novamente e, dessa vez, depois de intenso treinamento, eu passei.

Durante o meu período de treinamento fui praticar nas ruas e fui pega pela polícia sem a habilitação. O que acontece na Tailândia é que você recebe uma multa, cerca de R$ 80, paga a mesma na delegacia no mesmo momento e então recebe uma “permissão” para andar sem a habilitação naquele dia, sem ser multado novamente, bastando apenas apresentar o comprovante de pagamento da multa.

Leia também: Férias na Tailândia

Outro ponto interessante no que se refere à carteira de habilitação é que o departamento de transporte da Tailândia, diferentemente do Brasil, não fornece veículos (carros/motos/ caminhões) para a realização do teste prático. Sendo assim, é necessário alugar ou realizar o teste com seu próprio veículo. Caso precise optar pela primeira opção, sempre há locais para locação nos arredores do Land Transport Office.

Apesar de ser um pouco mais confuso que no Brasil, é perfeitamente possível realizar todos esses processos de forma bastante econômica (com aproximadamente R$ 200).

Boa sorte!

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.