BrasileirasPeloMundo.com
Casamento Pelo Mundo França

Casamento num castelo francês

Foto de arquivo pessoal

Casamento num castelo francês.

Sempre sonhei em ter uma festa de casamento, mas meu objetivo nunca foi ter uma festa de luxo e sim ter uma cerimônia para reunir toda minha família junto com a do meu marido para passarmos um bom momento juntos.

Acabei encontrando minha cara metade na França, o que tornou esse meu sonho um tanto quanto complicado: como juntar as duas famílias em uma única festa? Pensamos muito sobre o assunto. Seria possível trazer todos do Brasil para França? Não, inviável! E o contrário? Afinal, a família do meu marido é bem menor, sua mãe possui “apenas” 7 irmãos e aproximadamente uns 20 sobrinhos. Pois é, também não foi possível já que nem todo mundo conseguiria tirar férias ao mesmo tempo e, além disso, o preço da passagem Paris -Rio é um tanto quanto salgado.

Sendo assim, tivemos a brilhante ideia de fazer duas festas: uma no Brasil e outra na França e, entre as duas festas, pensamos em aproveitar o bilhete de avião para o Brasil e passar nossa lua de mel por lá. Meu marido ficou encantado já que ele ADORA praia e o roteiro escolhido foi o litoral do nordeste brasileiro.

Ideias validadas, custos calculados e lá vamos nós para nossa aventura! Reservamos os dois locais para festas: no Brasil, dia 12/08/2017 e na França, dia 16/09/2017 – ambas para aproximadamente 150 pessoas. Sonho de princesa? Não! No entanto, o primeiro semestre de 2017 infelizmente foi MUITO complicado para mim, pois tive várias viagens a trabalho para outros países o que dificultou muito a organização das duas festas e lua de mel programada entre os casamentos.

Leia também: tudo que você precisa saber para morar na França

Quem já casou e já teve festa de casamento vai entender todo o meu estresse. Se uma festa de casamento é complicada, imaginem duas com tudo em dobro: duas listas de convidados, dois sites de casamento, dois dias de noiva, duas cerimônias, dois penteados, duas maquiagens, dois bolos, duas lembrancinhas para convidados, duas decorações, DJ, cerimonialistas, fotógrafos e por aí vai! Foi um período de muito trabalho, muita dedicação, pois queria que tudo fosse perfeito!

Bom, o estresse passou, as festas foram maravilhosas e só tenho ótimas recordações da minha lua de mel. Mas se alguém me pedir um conselho, eu diria para fazer em anos diferentes. Não só para ter mais calma na organização, mas também para curtir cada detalhe da sua festa que é muito gostoso.

Dito isso, vou contar para vocês alguns detalhes da minha festa aqui na França seguindo a tradição e espero que gostem!

1 – Local da festa

A França tem inúmeros castelos e a grande maioria deles possui um salão de festa (normalmente chamado de Salle Royale – Sala Real) onde se comemoram casamentos.
E eu, obviamente escolhi um castelo para comemorar o meu: Château Royal de Saint-Saturnin (Castelo Real de Saint-Saturnin).

Foto de arquivo pessoal
Foto de arquivo pessoal

2 – O casamento

Normalmente, um casamento tradicional francês é dividido em 4 etapas: cerimônia (religiosa ou não), coquetel, jantar e brunch (no dia seguinte). Estas 4 etapas, podem ser realizadas no próprio castelo ou em locais diferentes. No meu caso, eu fiz a cerimônia nos jardins do castelo, coquetel em uma sala simples e o jantar na sala Real. Já o brunch, eu acabei fazendo na casa dos meus sogros.

O mais engraçado é que você não é obrigado a convidar todo mundo para todas as etapas. É bem comum você chamar algumas pessoas apenas para a cerimônia e coquetel, deixando o jantar para os familiares e amigos mais próximos.

Foto de arquivo pessoal
Foto de arquivo pessoal

3 – Coquetel

O meu coquetel foi um pouco diferente, além do champagne e dos maravilhosos aperitivos franceses, eu contratei um grupo de samba brasileiro chamado Sambagogo que foi um sucesso e colocou franceses e brasileiros para dançar durante todo o coquetel.

Foto de arquivo pessoal
Foto de arquivo pessoal

4 – O jantar

O jantar que eu escolhi para o meu casamento, foi um jantar típico francês com duas entradas, prato principal, queijos e sobremesa. Tudo isso, com muito vinho. Para entender um pouco mais sobre os costumes alimentares franceses, leia o meu texto 10 pratos típicos franceses.

5 – O desenrolar do jantar

O jantar dura aproximadamente 3 horas e durante todo o jantar, o DJ anima a cerimônia com diversas músicas escolhidas pelos noivos. O engraçado, é que ninguém entra na pista de dança já que aqui na França, os noivos devem “abrir a pista”.

Para que os convidados não fiquem entediados durante essas 3h de jantar, entre um prato e outro, o DJ anima fazendo diversas brincadeiras com os convidados e, claro que essas brincadeiras são definidas pelos noivos durante a organização do casamento. Um exemplo de brincadeira, é a tal “dança dos 12 meses”: o DJ coloca 12 cadeiras e chama 13 convidados. O DJ coloca uma música e existem 12 desafios como por exemplo, trazer uma moeda de 5 centavos, pegar um pé de sapato tamanho 40, pegar uma chave de carro da marca Peugeot, etc. O último a chegar, fica sem cadeira e sai da brincadeira com uma missão para os noivos a ser cumprida em algum mês do ano seguinte. No total, são 12 perdedores, 1 a cada mês do ano que devem dar um presente para os noivos: o de janeiro, precisa dar uma galette du rois*, o de fevereiro, convidar os noivos ao cinema e assim sucessivamente até o mês de dezembro onde o perdedor deve dar uma árvore de Natal aos noivos. O divertido, é que os noivos passam o ano inteiro se lembrando da festa de casamento e reencontrando alguns dos convidados. Já para o grande ganhador, são os noivos que devem levá-lo a um restaurante em algum dia do ano seguinte.

Leia também: O mês da Galette du Rois na França.

6 – Abertura do baile

Depois do jantar, chega a tão esperada abertura do baile onde os noivos dançam uma música e convidam todos para a pista, aí que a festa começa e não tem mais hora para acabar!

7 – O bolo

Obviamente, não poderia deixar de falar do bolo que tradicionalmente é uma “peça montada”, piece monté em francês. Veja na foto abaixo. Esse tipo de bolo é usado em casamentos, batismo, festa de 30 anos, etc…

Foto de arquivo pessoal
Foto de arquivo pessoal

8 – Hospedagem

É muito comum os noivos se preocuparem com a hospedagem dos convidados. No meu caso, todos os convidados podiam reservar um quarto e dormir no castelo. Além disso, para quem não pudesse gastar muito, eu reservei inúmeros quartos em um alojamento ao lado do castelo para que todos pudessem beber na festa e ir andando até o alojamento, dormir com segurança e comparecer no brunch do dia seguinte.

9 – Noite de núpcias

Para fechar com chave de ouro, à noite de núpcias é realizada no quarto da rainha do castelo, um sonho para guardar para sempre na lembrança!

Bem, espero que vocês tenham gostado de saber como é um pouquinho de uma festa de casamento na França. Tem alguma dúvida? Já foi em alguma festa de casamento na França? Deixe seu comentário que eu respondo!

Para saber mais sobre como casar no civil na França, leia os textos abaixo:

Vou casar com um francês, e agora?

Casamento francês: cerimônia civil Parte 1

Related posts

Festas infantis na França

Lilian Moritz

Como abrir sua própria empresa na França

Marcella Delfraro

9 motivos para fazer um intercâmbio na França

Sabrina de Paula

1 comentário

Elizabeth Molinar Fevereiro 26, 2019 at 2:26 am

Oi Marcella! Minha filha vai casar agora em agosto tambem num castelo na França.
Estamos procurando um dj brasileiro. No seu casamento vc contratou um dj frances ou brasileiro? Voce teria alguem para nos indicar. O castelo e na regi’ao de Champagne.
Obrigada pelas dicas.
Beijos

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação