BrasileirasPeloMundo.com
Chile

Chile – Casando Com um Chileno

Apaixonar-se é fácil. Às vezes é só um olhar, um cheiro, um roce, uma palavra, um beijo. De vez em quando precisa de uma ajudinha externa, encontro à cegas, uma foto, um amigo em comum um e-mail, uma rede social. A paixão vem fácil, forte, potente, igual a um furacão. Difícil mesmo é amar… complicado é relacionar-se com o outro.

Paixão é cega. Amor é racional. Paixão é não conseguir imaginar viver sem o outro. Amar é poder viver sozinho, mas escolher ficar ao lado do outro. Relacionamento significa respeitar o outro e se adaptar à ele.

Quando somos criados na mesma cultura, fica menos difícil. Sabemos quais são os costumes à mesa, o que se pensa sobre o conceito de família, conhecemos as tradições sobre cada data festiva e conhecemos os prós e contras de tudo aquilo que nos rodeia e que nos influencia no comportamento diário: governo, imposto, educação, transporte.

Parece besteira falar de amor e política, relacionamento e governo, mas quando a paixão te leva a um amor com alguém de outra nacionalidade, todo pequeno detalhe pode mudar a relação.

Não sou a primeira nem serei a última brasileira que se apaixona, se enamora e se casa com alguém de outro país. E neste mês das noivas, vamos falar especialmente sobre esse assunto.

No Chile, as tradições da festa de casamento são bem similares às do Brasil, portanto não é bem sobre isso que vou falar desta vez. Vamos falar da outra parte do matrimônio, aquela que a gente vive antes e depois da lua-de-mel. Por que casar com estrangeiros é muito mais do que pensar nos convidados e saber quem vai poder viajar, decidir em qual país vão se casar, decidir flores e menus que agradem todos os gostos internacionais.

Quando você casa com uma pessoa que não é de sua nacionalidade, está entrando em um mundo novo. Quando nos referimos à pessoa amada, fica um pouco menos difícil de achar um ponto intermediário entre a nossa tradição e costumes e as dele. O papo muda bastante quando nos referimos ao resto da família. Muitas vezes sogros, sogras (principalmente), irmãos, tias e até amigos podem fazer da vida do casal um inferno se a gente deixar.

A maior queixa que ouço das brasileiras casadas com chilenos é o excesso de machismo que é inerente à cultura local. E, acreditem ou não, as pessoas mais machistas aqui são as mulheres, especialmente as sogras. Eu acho que as novas gerações vão ser mais tranquilas porque cada dia que passa vejo mais e mais mulheres empoderadas, preocupadas de ter uma vida independente antes de decidir casar e ter filhos, mas a realidade para mulheres adultas de hoje que decidem se relacionar com chilenos é que vão ter que enfrentar muito comentário azedo em relação a esse assunto.

Normalmente, as brasileiras, por algum motivo desconhecido, sempre escolhem o “chileno diferente”. É aquele chileno com uma mentalidade mais aberta, que não é xenófobo, gosta do trabalho que faz e, principalmente, não é machista. Mas lógico que tem coisa que pode ser considerada “tipicamente chilena” que atrai a gente, senão não haveriam tantas compatriotas deixando a pátria amada pra vir deste lado da cordilheira.

Claro, é uma relação como todas as outras, cheias de coisas ótimas e coisas muito difíceis. Usando meu próprio exemplo e das minhas conhecidas, cheguei à uma pequena lista de coisas que se amam e não se gostam de chilenos e brasileiras:

  •    Eles geralmente amam nossa conversa e sorriso fáceis e o pouco interesse aos sobrenomes da família e bairro onde moram. A gente gosta dessa formalidade que faz a gente sentir importante e o confortável que eles se sentem para   assumir um compromisso.
  •    Eles gostam de nossa segurança e auto estima bem trabalhada. A mulherada enlouquece com a importância que eles dão às refeições em família (mesmo que isso signifique somente você e ele).
  •    Nós amamos o cavalheirismo deles. E eles ficam felizes de saber que somos aquele tipo de mulher vaidosa que se cuida sem exagerar.
  •    A gente não curte o excesso de tranquilidade e eles acham que somos muito explosivas.
  •    Eles poderiam viver sem nossa mania de comparar os dois países o tempo todo e nós gostaríamos que eles apreciassem um pouco mais o nosso tempero.
  •    Quando a mulherada brasileira se junta o chileno tenta descobrir onde fica o botão do “mudo”. E a gente gostaria que eles “carreteassem” um pouquinho menos ou com mais moderação.

No fim das contas, é ótimo dividir a vida com quem a gente ama. E o melhor é continuar multiplicando esse amor e virar família. Família de dois, de três, de mais… de menino, menina, cachorro ou gato. Amar um chileno é bom demais. Casar com eles, uma ótima terapia. Que este mês das noivas venha recheado de amores internacionais!!! E que viva o amor e a diversidade!!!

familiagallardomattaedit

 

 

Related posts

Páscoa no Chile

Joy Matta

Chile – Souvenirs Para Todos

Joy Matta

Onde curtir a neve e o inverno chileno

Isabela Vargas

111 comentários

Tati Sato Maio 19, 2014 at 12:43 pm

Georgina, o seu post me deixou com um sorriso no rosto… =) Acho que o mais importante é o respeito, não? Beijos

Resposta
Joy Matta Maio 19, 2014 at 4:08 pm

Com certeza, Tati!!! Um relacionamento nunca é fácil, mas se há respeito, as coisas ficam muito mais amenas 😉 Beijinhos!!

Resposta
Pri Agosto 9, 2014 at 4:36 am

Ola gostei do seu post,porem estou apaixonada por um hombre chileno kk ,mas infelizmente ele se foi aqui do brasil e infelizmente quando ele chegou em sua terra nao manteve contatos comigo apenas oi ,tudo bem….gostaria muito de saber mas sobre eles e sobre a rotina deles para saber onde eu chegar….e sobre eles serem atencioso e pura verdade por isso estou tão apaixonada,!

Resposta
Joy Matta Agosto 11, 2014 at 7:03 pm

Oi, que bom que você gostou do post, Pri! Tem mais textos sobre o assunto aqui no blog: . O chileno costuma ser mais fechado e tem um pouco de medo à rejeição, portanto a tendência deles é ficar mais na defensiva e nem todos curtem relacionamentos à longa distância, por isso eu diria para ter bastante cautela. Planeje uma viagem de férias por estes lados e veja como vão as coisas… no mínimo você vai conhecer um país bem agradável e divertido. Boa sorte!

Resposta
Bruna Oliveira Outubro 23, 2015 at 2:00 pm

Amei seu post! Me chamo Bruna tenho 21anos conheci pelo Facebook um cara ele se chama Fernando Gabriel tem 31anos, Ele mandou convite e quando vi já sorri fiquie empolgada estamos na relação a um ano foi a distância marcamos de nós vê em SP e olha que eu moro no Pará. Passei 15 dias com ele foi os melhores dias da minha vida, tive medos pq não sabia na real quem era aquele cara atrás de um PC! Fui meia que fugida da família mas foi tudo lindoo.. Em breve vamos casar i hotel vou pro Chile ????????????
Histórias como as nossas parece um conto!

Resposta
Joy Matta Outubro 28, 2015 at 9:11 pm

Oi, Bruna. Que bom que você gostou do post. No entanto, ultimamente ando com a tendência de pedir um pouco mais de cautela com minhas conterrâneas, já que para cada caso de sucesso, ouço outros tantos que terminaram mal. Aconselho a se planejar para nao depender somente de seu cônjuge, especialmente no começo do relacionamento, trazer seus documentos de estudo legalizados para poder trabalhar em sua área e aprender bem o idioma o quanto antes. Abraços e boa sorte.

Resposta
Cristiane Foganholo Maio 19, 2014 at 4:33 pm

Georgina! Parabéns pelo texto!
É uma aventura enfrentar todas essas diferenças culturais em nome do amor. Eu ainda tenho que lidar com a distância. Ele no Chile e eu no Brasil. Não é fácil….mas o respeito e o amor supera todas essas barreiras…e lá se vão quase 2 anos e meio de relacionamento a distância.
😉
Besitos!!!

Resposta
Joy Matta Maio 19, 2014 at 7:34 pm

Entendo MUITO disso, Cristiane. Eu e o marido ficamos 8 anos lidando com a distância!!! E agora sao 8 anos lado a lado, 16 anos juntos no total… Valeu tanto a pena que o filhote nao aguentou ficar de canto e teve que sair na foto também!!!! Paciência e muita comunicaçao!! É a única forma de dar certo.

Resposta
Cristiane Foganholo Maio 19, 2014 at 8:07 pm

Minha nossaaa! 8 anos?? É difícil demais não é?! Sei que toda a espera valerá a pena, por isso enfrento com garra e objetividade. Nos comunicamos muuuuito, procuramos ao máximo participar da rotina um do outro, dizendo o tudo o que se passa no dia e enviando fotos. Tem momentos de desespero, mas nunca passa por nossas cabeças DESISTIR de estar juntos. Então é como você disse, PACIÊNCIA, COMUNICAÇÃO, RESPEITO e EMPATIA….são essenciais para isso funcionar.

Resposta
Joy Matta Maio 19, 2014 at 9:05 pm

pensa numa pessoa que só trocava cartas e escassos telefonemas no começo, menina! Hoje em dia é batatinha, tem facebook, internet, skype, whatsapp… é só querer!! Vai dar tudo certo!

Resposta
Cristiane Foganholo Maio 20, 2014 at 2:04 am

Simmm…nos conhecemos por Facebook e graças a Deus podemos nos ver todos os dias por webcam. A tecnologia ajuda muito nisso…e apesar da saudade, tem sido perfeito, não posso reclamar de nada.
Felicidades a você e sua família!! 😉

Pri Pivatto Maio 19, 2014 at 4:55 pm

Geo, como sempre arrasou!!!! Sou casada com brasileiro, mas achei bem interessante o seu texto 😉

Resposta
Joy Matta Maio 19, 2014 at 7:35 pm

Pri, homem é complicado em qualquer idioma, nao é mesmo??? E vc, morando no Chile e convivendo com tanta brachilena sabe bem do que estou falando no texto. Obrigada pelo elogio, sua fofa.

Resposta
Lívia Darly Maio 19, 2014 at 5:34 pm

Que post lindo Georgina! Eu estou noiva de um chileno…e o amo muito! O respeito é primordial! Parabéns pelas lindas palavras!!!! ♡♡♡♡♡

Resposta
Joy Matta Maio 19, 2014 at 7:36 pm

Respeito e muita, mas muita comunicaçao…. E acho que sempre é bom se colocar no lugar do outro. Empatia é importante demais nesses momentos!!! Obrigada e continue lendo os posts do Blog, que sao ótimos!!!

Resposta
Sallemah Mouhamed Ali Setembro 3, 2014 at 12:23 pm

Oii…
Meu casamento sera fim do mes….ele vivera aqui no brasil…nos conhecemos na net…ha algum tempo nos apaixonamos…ele e muito atencioso …porem muito possesivo..gostaria de conhecer um pouco mais a cultura chilena..
Bjus e amei o teu post

Resposta
Joy Matta Setembro 11, 2014 at 4:48 pm

Sallemah, dependendo de a regiao onde vc mora, pode encontrar grandes comunidades de chileno que se reúnem especialmente em setembro, por causa das festas pátrias. Em Sao Paulo procure informaçoes sobre o grupo Folclórico Chile Lindo. Eles fazem apresentaçoes das danças tradicionais e sao um ótimo meio de começar a se conectar com essa cultura. Abraços!!

Resposta
Monica Bateman Maio 19, 2014 at 6:21 pm

Georgina, bem interessante seu texto….me fez pensar nas diferenças entre mim e meu marido, que eh inglês. Por ele ter vivido em muitos lugares, ele sempre fui muito aberto. Mas teve que se acostumar com algumas coisas do meu jeito. Outras – como a pontualidade absurda – eu tive que me acostumar. Mas o importante eh o respeito e a admiração entre o casal – independente de nacionalidade! Bjs

Resposta
Joy Matta Maio 19, 2014 at 7:40 pm

Pois é, relacionamento é esse dar e receber eterno, fazer mudanças que ajudem à convivência, sem interferir em nossa natureza. Acho que hoje em dia muita gente acha que ceder um pouco é perder e a coisa não é bem assim. É ter empatia, se colocar no lugar do outro e dar o braço a torcer quando achar que eles podem ter um pouco de razão (que é raro, mas acontece rs). E eu só agregaria que a comunicação também é parte fundamental pra ter um relacionamento mais estável. Bjs, Monica!!

Resposta
Raquel Frattini Maio 19, 2014 at 8:51 pm

Georgina, adorei o texto e me identifiquei com muitas coisas. Estou em Santiago há cinco meses e em fase de adaptação total com o meu chileno e o entorno dele! Não é fácil, mas a perseverança da brasileira e o emor entre o casal ajuda a superar qualquer barreira!
Tenho um blog também que ajuda a desabafar um pouco sobre as dificuldades de viver no Chile, caso queira ver é umabrasileiraemsantiago.blogspot.com.br

Beijos

Resposta
Joy Matta Maio 19, 2014 at 9:07 pm

Legal, Raquel!! Muita, mas muita paciência. Eu, mesmo sendo filha de chilenos, te confesso que penei muuuuitoooo no processo de adaptaçao. Mas com ajjuda e muito apoio do marido, as coisas foram ficando mais fáceis. Fique à vontade pra passar por aqui e, se precisar de algo, é só falar 😉 Na adaptaçao, o que a gente mais precisa é o que menos tem: um abraço amigo 😉

Resposta
Isabela Maio 19, 2014 at 9:45 pm

Sou casada com um chileno há meses, mas estamos juntos há 2 anos. Arrisquei tudo e fui morar com ele quando ainda tínhamos muito pouco conhecimento um sobre o outro. Não poderia ter arriscado melhor. A sedução em um casamento onde há sempre novidades é eterna. De uma palavra engraçada aos detalhes de como receber alguém em sua casa… Sempre aprenderemos um com o outro!

Resposta
Joy Matta Maio 24, 2014 at 9:40 pm

Que bom que seu risco valeu a pena. Casamento e compromisso em qualquer caso é um risco e se vai dar certo ou nao depende do tempo e de nós!! Muitas felicidades pra vcs!! 😉

Resposta
Ana Cristina Kolb Maio 26, 2014 at 8:29 pm

Georgina, adorei seu texto, e assino embaixo, no meu caso sou casada com alemão, e o tempo foi pra gente um bálsamo, no inicio os mal entendidos devidos aos parâmetros que você citou como conceitos de família, trabalho e até políticos, eram motivos de muita conversa! rsrsr mas com o tempo fomos nos conhecendo melhor e aprendemos tanto um com o outro, que muitos amigos brincam e falam que não somos “compatíveis”ja somos simbiose, embora tenhamos vidas super independentes, curtimos as nossas diferenças e estas mesmas fizeram de um casamento mesmo depois de 22 nos ser sempre novo e cheio de cumplicidade! Lindo e inspirador seu texto! Namasté 🙂

Resposta
Georgina Maio 26, 2014 at 11:55 pm

Tem que ter paciência no começo, mas o resultado é tao interessante e delicioso que vale muiiiiitoooo a pena!!!! Lindo e inspirador teu casamento também!!! 😉

Resposta
Cliciane Ferreira Maio 7, 2016 at 11:59 pm

Oi Georgina,ainda usa este poste,a data é de 2014,preciso de uns conselhos sobre um chileno por quem estou completamente apaixonada,mais não sei se devo levar adiante????ah sim, ainda não nos conhecemos pessoalmente????.Bjo e boa noite,adorei seu poste????

Resposta
Joy Matta Maio 8, 2016 at 4:58 pm

Cliciane, eu respondo comentários em todos os meus textos, independente de quando foram publicados. Abraços.

Resposta
diovana ferreira Junho 27, 2014 at 6:53 pm

ola boa tarde..bom eu estou prestes a me casar com um chileno,data marcada dia 29 de agosto,ele muçulmano e eu crista..temos pouco tempo de namoro e pela net,ate o casamento dara 4 meses,mas ele nao sei se e carateristica de um chileno amar desta forma..demostra amor o tempo todo em meu facebook,e nao tem vergonha de se expor..mas fica sempre aquela expectativa,hoje ele vive na argentina por motivos de trabalho…mas quando voce puder podemos falar em box..bjuss

Resposta
Joy Matta Junho 29, 2014 at 12:43 am

Diovana, em geral, os chilenos são românticos, mas entre quatro paredes. Não há uma cultura (ao menos não os da minha geração – estou nos meus 30 já) de carinhos explícitos ou em público… talvez seja por já não morar no país, mas é o seu noivo pode ser considerado uma exceção. Inclusive meu marido, só foi aceitar beijos em público depois de um bom tempo de namoro e especialmente depois de ir morar comigo um tempo no Brasil. Eu sou bem suspeita pra falar sobre isso porque eu AMO meu chileninho e não troco por nenhum de nacionalidade alguma. Mas não é fácil se casar com pessoas de outros países, tem todo um período de adaptação, mas com muita conversa, paciência e respeito mútuo vale a pena e dá muito certo. Toda a sorte e amor do mundo pra vocês!!!

Resposta
Mel Puente Junho 29, 2014 at 3:21 am

Georgina, é a primeira vez que eu entro no blog e de cara me encantei por esse post, que mexeu muito comigo.
Vim pro chile de intercambio pela faculdade vai fazer um ano, meu namorado é chileno, conheci ele em um dos ramos que faziamos juntos. Amanha completamos 10 meses juntos e desde de final de dezembro, temos uma vida de casado ja que eu moro sozinha.
é muito complicado saber que em agosto eu to voltando pro brasil e vou deixar tudo aqui. E o pior de tudo é nao querer voltar pra la 🙁 o bom de tudo é que a nossa relaçao é muita concreta, mediante a convivencia que a gente tem. Sem falar da diferença cultural, é a diferença religiosa, eu sou evangelica e ele judeu. Sempre conversamos da nossa vida no futuro, e acredito que Deus nao poderia ter colocado melhor pessoa na minha vida, justo quando eu tava no auge do meu intercambio, mas a vida tem dessa surpresas ne? haha
Ver sua historia e de outras que eu li nos comentarios, me fez ainda mais forte, com vontade de lutar ainda mais por esse amor. O bom de tudo, é que ambas as familias apoiam essa relaçao e as condiçoes financeras ajudam para levar essa relaçao a distancia por 1 ano e meio, quando eu termino a faculdade. Vai ser facil, e sei que vamos conseguir, vamos estar sempre nos vendo no max a cada 2 meses, ainda bem hahah
Desculpa o super texto, mas precisava falar o que eu tava sentindo.
Sucesso e muitas felicidades pra vc e sua familia. O amor sempre vence!!

Resposta
Joy Matta Agosto 11, 2014 at 7:08 pm

Querida Mel, é tão legal quando as coisas parecem encaixar, mesmo com formas tão diferentes uma da outra, não é mesmo? Eu espero que seu relacionamento tenha tanto sucesso quanto o meu e que a distância seja somente física durante os meses que vocês tenham que ficar separados. O importante é não esquecer a importância da comunicação!!! Muito boa sorte e que o amor de vocês prospere!!!

Resposta
Espanha – Espanhóis e o Amor Julho 5, 2014 at 11:45 am

[…] as brasileiras viram nos espanhóis?  Ao contrário das nossas colegas que vivem na Dinamarca e no Chile, não posso falar por mim mesma – sou casada com um brasileiro – tive que sair em campo e […]

Resposta
Jheine Agosto 14, 2014 at 12:28 am

Hola Joy!! Super bacana seus post…
Eu tb´m so casada com um Chileno, e cá entre nós, eles sao extremamente machistas, pelo menos todas as brasileiras que conheco casadas com chilenos dizem o mesmo…
Essa frase tem muito a ver com meu marido jijijijijijiiijijijiji
“A gente não curte o excesso de tranquilidade e eles acham que somos muito explosivas.”
Ele vive dizendo que somos histericas… Nao sabe de nada, pobresito!!
Un gran Saludo desde Talca!!

Resposta
Joy Matta Agosto 14, 2014 at 2:22 am

Jheine, eu até falo do machismo no texto, mas pra dizer bem a verdade, só posso dizer que minha sogra é bem machista. Já meu marido não é nem um pouco! Agora os amigos dele…. a maioria é extremamente machista…. mas eu observo as novas gerações e vejo que a coisa está mudando aos poucos, o que é muito positivo!
A gente muitas vezes não combina… mas encaixa direitinho 😉
Beijos e continue acompanhando o blog!

Resposta
Rosana Setembro 19, 2014 at 3:45 pm

Ah que lindo! Seu post me deixou com lágrimas nos olhos… é bem perfeitinho! É assim mesmo! Estou diante de uma difícil situação de ter que largar tudo para ir viver com ele no Chile. Eu trabalho com TI, mas na minha área, aqui no Brasil, ganho o dobro e tenho muito mais oportunidades. Mas penso que dinheiro não é tudo a vida e esse amor é pra sempre… é ele que quero pra ser o pai dos meus filhos. Fazer o quê? rs

Resposta
Joy Matta Setembro 19, 2014 at 7:18 pm

Olá, Rosana.
Fico feliz que tenha se emocionado com o post. Esses homens chilenos são capazes de fazer a gente repensar todos os nossos planos, não é mesmo? O importante é você tomar uma decisão da qual não se arrependa! Pra ser feliz a gente precisa ceder um pouco…. mas costuma valer a pena 😉 Abraços e que sejam MUITO felizes!!!!

Resposta
Luciana Veronezi Setembro 26, 2014 at 5:06 pm

ahhaahaha que delíciaa ler esse post e os comentários… vou ter que ler de novo sim ou sim pro meu chilenito lindo!!! adorei te achar por aqui!!! e eu que pensava que era malvada de pensar todas essas coisas, que me parece agora que é bem comum, e sim uma pequena diferença entre culturas!!! aqui em Valdivia nao conheço brasileiras com chilenos, mas é ótimo descobrir que Santiago esta cheio de Eus e Eles ahahahaha
Parabéns por seus textos!!!

Resposta
Joy Matta Setembro 27, 2014 at 2:34 pm

Luciana, que bom que você gostou do texto e se sentiu identificada. Espero que seu chileno também goste (o meu aprovou!). Continue acompanhando o blog!!! Um beijo e aproveite as belezas naturais e o frio de Valdivia!!

Resposta
Luciana Veronezi Novembro 17, 2014 at 10:32 pm

Aprovado pelo meu chileno tbm! ahahaha

Resposta
Joy Matta Novembro 17, 2014 at 10:51 pm

Op! Aí sim!!! Muito amor pros dois 😀

Resposta
Cintia Setembro 27, 2014 at 7:48 pm

Ameei o texto 🙂 estou apaixonada por um chileno e só nos veremos em dezembro..desde entao sao 9 meses de mt conversa online ..fiquei animada c seu post 🙂 sucesso!!

Resposta
Joy Matta Setembro 28, 2014 at 2:58 pm

Cintia! Que bom que você gostou do texto. Paciência e muita comunicação sincera. Que seu amor dê frutos!!! Abraços!

Resposta
Elizabeth Outubro 6, 2014 at 7:53 pm

Gostaria de agradecer pelas dicas, eu namoro um chileno, ele quer casar e vamos morar no Chile, confesso que estava um pouco insegura,mas depois de lê o que você escreveu, me deixou um pouco mais tranquila, Muito obrigada, você me ajudou bastante. Um abraç
o

Resposta
amo-lo é dificil Novembro 3, 2014 at 7:28 pm

Oi,

Nós nos conhecemos a uns anos atrás… eu o amo… mas a distancia e a pouca comunicação da parte dele me deixa louca.
Eu li em um dos seus post acima… onde vc explica que os chilenos não são muito bons com comunicação/namoro a distancia… Eu vou a Santiago no final do ano… espero que nossa relação melhore.

Resposta
Joy Matta Novembro 4, 2014 at 12:13 am

Olá, nao se esqueça que o amor só funciona quando é uma via dupla… Boa sorte e os melhores desejos para seu relacionamento!!!

Resposta
Geane Castro Novembro 4, 2014 at 4:20 pm

Adorei sua publicação. Inteligente, realista e romântica :). Parabéns. Estou querendo conhecer o Chile.

Resposta
Joy Matta Novembro 6, 2014 at 12:55 am

Olá! Será muito bem-vindo quando vier 😉

Resposta
Isabella Alencar Novembro 5, 2014 at 6:07 pm

Ola ? Gostei muito do seu post ,pois sou casada com um chileno e é muito bom o nosso relacionamento… Sobre o que Vc disse :ele gostam de mulheres vaidosas sem exagero são toltamentes anteciosos… Gostaria de ter a oportunidade de conhecer noivas brasileiras casadas com chilenos !! Seria muito interessante conhecer algo em comum !! Bjs

Resposta
Joy Matta Novembro 6, 2014 at 12:52 am

Olá Isabella, que bom que você gostou do texto!! Que eu saiba, nao há nenhum grupo em redes sociais que reúna especificamente mulheres brasileiras casadas com chilenos…. Eu conheço várias, mas por diferentes meios e sei que a maioria reside em Santiago e tem algumas poucas cujos maridos estao no Brasil com elas. Um abraço e aproveite seu amor!

Resposta
Raquel Portela Dezembro 16, 2017 at 6:34 pm

Olá Isabella Alencar Tudo bem? estou namorando um chileno que conheçi pelo face, ele é amigo d eum primo meu e acabamos nos conhecendo, eu tenho muitas duvidas…. se puder me ajudar eu agradeço, me add no face Raquel Portela, obrigada!!

Resposta
Madelaine vilas boas Novembro 7, 2014 at 2:03 pm

Holá!!! Adorei ler seu texto,isso me dá mas ânimo pra seguir em frente pois a distância dói um pouco,mas estamos pensando em nós casar em fevereiro pois não aguentamos mas essa situação da distância… Por isso venho aqui pra pedir uma ajuda pois tenho dúvidas sobre os tramites de casamento,me disseram que eu tenho que fazer tradução juramentada dos documentos mas não sei quais, se é só a certidão de nascimento ou a de divórcio e também não sei onde devo fazer isso….consulado aqui ou no chile….desde já agradeço a ajuda! Besos!

Resposta
Joy Matta Novembro 14, 2014 at 12:56 pm

Olá Madelaine. Desculpe a demora em responder! Não fica muito claro se você vai se casar aqui no Chile ou no Brasil, ou se já casou em um país e quer legalizar no outro. São trâmites diferentes! Esperarei tua resposta para poder dar indicaçoes mais exatas. Abraços!

Resposta
miguel eugenio guimaraes lima Março 25, 2015 at 9:37 pm

Desejo saber com são as mulheres, para o namoro e depois o casamento no Chile? Tenho 56 anos e desejo encontrar uma Chilena e namorar e casar e morar no Chile…

Resposta
Joy Matta Março 25, 2015 at 9:59 pm

Miguel, infelizmente nesse quesito nao sei se posso te ajudar muito. Tenho amigas chilenas e solteiras, mas nunca parei pra avaliar o comportamento delas no quesito relacionamento… Só sei que tem muito chileno que prefere estrangeiras pra namorar… Abraços.

Resposta
Alvaro Letelier Março 27, 2015 at 4:43 pm

Oi Joy
Achei teu blog sem querer procurando informação para um amigo aqui no Brasil que pretende ir morar no Chile. Tem coisas que ele me pergunta quem nem sei como responder.

Como chileno achei engraçado esse teu post.
🙂
Lendo vejo que é o mesmo que a minha mulher (brasileira) fala sobre mim.
No meu caso eu também não sou machista (como o teu marido) e minha mãe (a sogra) também não é nem um pouco. Elas duas se dão super bem. Mesmo com a barreira do idioma ficam tagarelando sem parar quando se encontram nas ferias.
Moro há quase 13 anos aqui no Brasil, em Salvador.
Gostaria de voltar para o Chile, mas com o emprego e a “nova” família fica mais difícil se desvencilhar.
Mas não perco a esperança. 😉
O único ruim é pensar no frio e no cinza de abril a setembro.
Um abraço

Resposta
Joy Matta Março 27, 2015 at 6:19 pm

Alvaro, é sempre legal ter o ponto de vista de homens por aqui. Que bom que você se divertiu com o texto, espero que você consiga um dia cumprir seu sonho de voltar para cá…
Abraços.

Resposta
Elizabeth Maio 30, 2015 at 1:22 am

Joy, também namoro um chileno e eles são apaixonantes, apesar do maxismo, a sinceridade e a doçura deles os tornam encantadores.
Além de dizer que somos explosivas, extéricas, também dizem que conversamos demais. Jijijijijijijjjij.

Resposta
Joy Matta Maio 31, 2015 at 4:34 pm

Elizabeth, a conversa paralela das mulheres brasileiras deixa eles tontos, mas nao vivem sem a gente!! Abraços e carinhos pra vcs!

Resposta
neide alves Agosto 11, 2015 at 4:12 pm

Amei todos os comentários,viva o amor

Resposta
Laura Oliveira Outubro 10, 2015 at 4:18 am

Eu estou maravilhada com seus posts.
Converso com um chileno a pouco tempo, e a todo momento ele me diz estar “enamorado” por mim rs, acho muito estranho, e ele já me pediu em namoro apesar da distância e do curto tempo de conversa. Sinceramente estou meio assustada, as coisas aí no Chile são rápidas assim ? Aqui no Brasil cada dia que passa fica mais difícil de se relacionar, as pessoas não querem mais compromisso.Eu particularmente quando terminar a faculdade quero ir embora do país, quem sabe o Chile né????
Abraços, continue com seus posts está de parabéns ????????????????

Resposta
Joy Matta Outubro 11, 2015 at 10:13 pm

Laura,
Sinceramente, os chilenos em geral não são lá muito românticos e são bem poucos os que estão realmente a fim de compromisso. Não costumam ser tão rápidos, não, e sinceramente, antes eu me posicionava de forma um pouco distante, mas recentemente ajudamos a uma conterrânea que veio apaixonada, vendeu tudo o que tinha no Brasil e engravidou no primeiro mês aqui e o sonho virou pesadelo aos poucos, então vá aos poucos, conheça-o melhor, que ele te conheça melhor, visite-o em diferentes oportunidades, conheça amigos e família e mantenha um diálogo sempre aberto.
Boa sorte.

Resposta
carla Outubro 21, 2015 at 7:42 pm

Hola,conheci um chileno ha menos de dois meses, nos falavamos diariamente uma loucura de ansiedade foi demais p nos conhecermos entao marcamos e fui ao Chile no fds passado,,,para minha alegria ou tristeza voltei mais apaixonada , ele é gentil, educado, brincalhao, encantador, disse que me ama e me chamou a viver com ele no Chile, voltei e mil duvidas na cabeça, o que fazer com minha vida , meu emprego? Sou enfermeira aqui em SP tenho um salario relativamente bom, comprei meu ap, e no Chile começar novamente por causa de um Amor?? Achei o custo de vida muito caro no Chile, por exemplo um prato feito de comida 30 reais, enquanto no Brasil o mesmo 15 reais, cafe e sucos dez reais, e fui pesquisar o salario de Enfermeira é praticamente o mesmo daqui de SP,Nao sei mas vou levando vamos nos conhecendo e ver o que acontece, estou morrendo de saudades, e provavel vinda dele me novembro, aiaiia…fui mexer com fogo agora aguenta…rsrrs….mas ´so sei de uma coisa temos que arriscar p Amar sempre a vida é curta e passa rapido…beijos

Resposta
Joy Matta Outubro 21, 2015 at 10:50 pm

Oi, Carla.
Realmente, a vida é curta e passa muito rápido, mas também é bom ter pé no chão e planejar tudo muito bem, dentro daquilo que podemos controlar. Mesmo sendo uma romântica assumida, as histórias de finais pouco felizes nos relacionamentos não me permitem dizer só “larga tudo, venha e seja feliz” sem que eu me sinta ligeiramente negligente. O fato de você ter feito uma pesquisa já mostra que ao menos você tem um pouco de pé no chão, portanto siga esse instinto. Continue a pesquisar, dentro do possível não venda seu apartamento e deixe alugando para ter uma entrada de dinheiro, legalize seus documentos de estudo e investigue como pode exercer sua profissão por aqui, traga uma graninha extra quando (e se) vier definitivamente para poder comprar aquilo que acredite ser necessário e invista sempre na sinceridade para manter o relacionamento enquanto estão à longa distância.
Espero ter ajudado. Abraços.

Resposta
Larissa Cristina Março 24, 2016 at 5:05 pm

Hola Joy, sou Larissa e moro no Brasil conheci a 1 mês um chileno em Búzios no carnaval e nisso estamos se falando até hoje. Ele está totalmente apaixonado por mim e eu por ele, nosso relacionamento é somento por skype e wpp e também facebook pois trocamos algumas fotos e compartilhamos também. O engraçado de tudo é que conheci ele e não sabia falar nada de Español e ficamos só rindo e se beijando. Mas depois vi que foi tipo amor a primeira vista e nunca tive uma experiência assim sabe, Sempre namorei ou fiquei com Brasileiros. é muito diferente de verdade rs, ter paciência para hablar o español todos os dias né. Agora ele está vendo para vir para o brasil ficar uns 5 dias aqui na minha casa, moro com meus pais e aqui ninguém sabe falar nadica somente eu agora né, por estar estudando a lingua nativa dele. não sei nem qual vai ser minha reação dele vindo para cá e ficando aqui na minha casa rsrs. estou até com um pouco de medo e vergonha. mas creio que isso é normal né.. pelo fato deu nunca ter conhecido ninguém fora do Brasil. queria saber sua opnião sobre isso, iria dar um conforto maior rsrs Beijos amei seu post.

Resposta
Joy Matta Março 25, 2016 at 2:17 am

Oi, Larissa.
Que bom que ele vai pra sua casa e melhor ainda que você nao esteja sozinha. Afinal, nao se pode ter garantia da índole de ninguém hoje em dia, independente de nacionalidades. Vá com calma e sempre mantenha uma comunicaçao aberta e sincera. Pergunte sobre tudo o que quiser e confie no seu instinto. Acho ótimo que você esteja aprendendo espanhol, assim fica mais fácil a compreensao.
Só cuidado com quem promete mundos e fundos porque os relacionamentos à longa distância podem ser arriscados também. Há mais textos sobre o assunto de autoras de outros países. Tem o texto da India, da Turquia, tem do Brasil também…. Aliás, do Brasil tem 2!
Vale a pena ler mais um pouco sobre o assunto.
Abraços, boa sorte e muito amor pra você.

Resposta
Larissa Cristina Março 26, 2016 at 7:44 pm

aiii que linda, muito obrigada por ter lido o meu textinho (desabafo) rsrsrs, nunca imaginei que iria responder tão rapidinho rs, pelo fato do post ser de 2014 né. Obrigada de verdade, vou começar a ler sobre esses que me mandou. ainda sou um pouco insegura quanto a isso, tenho medo de me apaixonar demais sabe, sei o quanto devemos nos preocupar sobre relacionamentos a distancia. Um beijo linda… qualquer coisa volto aqui para você me dá mais dicas rsrs, e ah, uma curiosidade, você mora no Chile ou no Brasil atualmente?

Resposta
Joy Matta Março 26, 2016 at 9:09 pm

Oi, querida. Eu moro no Chile, sem previsao de mudar de país no curto prazo. Abraços.

Resposta
Larissa Cristina Março 28, 2016 at 12:14 am

ai que legal Joy, poderia contar como foi sua experiencia ai né.. acho que iria bombar!!
sobre a cultura, o idioma, o seu aprendizado etc.. um pouquinho da sua vida melhor dizendo rs. bjs

Joy Matta Março 31, 2016 at 2:20 pm

Boa ideia, Larissa. Ainda tenho algumas questoes mais burocráticas que cobrir aqui no blog, mas assim que vier a oportunidade, retomarei os assuntos pessoais. Abraços

Sandra Março 29, 2016 at 2:20 pm

Holla , adoro seus post !
Vivo em união estavel com um chileno, fazem 2 anos de chile e 3 de amor a distancia, nos conhecemos na net. Realmente essa diversidade cultural não tem sido nada facil pra mim.

Resposta
Joy Matta Março 31, 2016 at 2:21 pm

Sandra, às vezes o “problema” nao é com eles, mas com os que o rodeiam. E a gente acaba deixando eles numa sinuca de bico desse jeito. Mas com calma, paciência e MUITA comunicaçao, muitas vezes se ajeita. Abraços e boa sorte!!

Resposta
Pablo López Março 29, 2016 at 6:09 pm

Cara Joy, boa tarde

Adorei seu blog. embora eu seja um Brachileno como vc….rsrrsrs….Moro ha 28 anos aqui em São Paulo ( embora fiz uma especialização na UNAB, em Stgo ha alguns anos atras), não consegui me acostumar naquela época. De ai meu medo…e todo que vc mencionou antes. Já que trabalho com comercio exterior, por esse motivo devo ir a trabalho ao Chile ( porém qdo viajo a visitar a minha familia,. cada 4 anos), mesmo assim. me sinto um “passarinho em gaiola alheia”…rsrrsrs… minha esposa Nipo Brasileira é quem me esta dando forças e ânimos, para encarar esse desafio da nova vida, no lugar que me viu nascer…..e bla….bla…bla.
por motivos de trabalho minha esposa não pode viajar pelo momento, Assim que ainda mais tem essa de ficar sozinho e lidar com a distancia. E isso deve ser mais um empecilho, para querer encarar esse sacrifício de trabalhar lá.

Vamos nos comunicar por Whatssap, Skype e viajar dentro do possível, para nos reunir e matar a saudade com minha esposa, companheira e amante. ” Viva o amor “.

Você sabe como posso me reunir com Brasileiros ai em Santiago, Para matar a saudade do meu Brasil querido!!

Bjos querida!!

Resposta
Joy Matta Março 31, 2016 at 2:24 pm

É Pablo, mesmo para brachilenos nao é fácil se adaptar aqui. Temos algumas vantagens, mas ao mesmo tempo, um pouco mais de pressao por causa de nossa ascendência. Tem um texto meu sobre as comunidades de brasileiros aqui. Vale a pena dar uma olhada. Abraços e segura a onda que aqui é bom, sim. Só precisamos aprender a ver com outros olhos.
Boa sorte. Vai dar tudo certo.

Resposta
Flor Abril 4, 2016 at 6:27 pm

Oi querida, adorei o seu post…
Estou conhecendo um Chileno que me deixa encantada… Ele é atencioso, preocupado, carinhoso e ele confessou essa semana dizendo que não é romântico, mas disse que comigo não tem como não ser… Jajaja, eu o amo muito, ele sempre fala que me ama também, nos conhecemos a dois anos atrás no Brasil mas nunca esperei que um dia iríamos conversar outra vez, mas é engraçado de como o mundo da voltas, e o que era uma simples conversa de amigos, virou em um grande amor, ele vem ao Brasil em Julho para pedir minha mão em casamento, ele pensa muito na família futura e no bem estar dos filhos, o meu Chileno é extrovertido, tem um pouco de ciúmes, adora comer, fazer comidas gostosas e gosta de limpar a casa, é tudo que eu pedi para Deus. E sei que o amor tudo suporta, se minha sogra for machista, sei que o amor de nós dois será maior e enfrantara todas as dificuldades.
Grande abraço!

Resposta
Joy Matta Abril 4, 2016 at 8:58 pm

Olá Flor, espero que seu relacionamento dê certo. Já decidiram em que país morar??? Boa sorte e muito amor pra vcs.

Resposta
Pks Abril 20, 2016 at 5:18 pm

Olá …conheci há dois meses um chileno ..ele mora no Brasil há pouco tempo cm os pais.nos conhecemoa num site de relacionamento.ele é mto carinhoso..gentil..ainda nao nos conhecemos apesar de nos comunicarmos via whatsapp e ligaçoes de celular ha uns dois meses ja.ele diz ser mto fiel..mas reclama q toda vez q conhece uma mulher q vale a pena .ela mora longe.e eu como toda mulher ja fui logo me imaginando casada cm ele..so q toda vez q falo isso ele diz q é para por os pea no chao e irmos por partes.pq ele nao quer um relacionamento serio com ninguem agora..nao antes de concretizar os objetivos dele q é ganhar dinheiro e ter uma formaçao academica.pq segundo me disse ele foi casado ja apesar de ser bem jovem.ele tem 25 e eu 40 e ainda assim ele fala q sou a paixao da vida dele.mas ele me esfria pois toda vez fala q nao quer nada serio…mas no dia seguinte passou o dia todo me pedindo perdao pq disse isso..disse q nunca mais diria isso…so q percebi q toda vez q falo de algum homem ele tenta mostrar q nao ta afim de nada comigo..so q no dia seguinte passa o dia inteiro me buscando mandando menssagem tentando compensar o q falou .e outra ele me da mta satisfaçao do q ele faz o dia inteiro…a hora q acorda …qndo come..qndo toma banho..qndo vai pra academia..qndo chega e sai ou vai trabalhar..se ta em algum bar cm amigos..tdo me conta e sempre q sai do trabalho me liga e fala comigo por 3 a 4 horas seguidas.sempre depois das 23:00.ate o amanhecer..todos os dias ..em dois meses ta sendo assim…queria saber o pq ele age assim.algumas coisas percebo..ele quer poder sustentar uma mulher..nao quer ficar por baixo..e tb demonstra ter medo de ser rejeitado.
Adoro ele..apesar de nao o conhecer mto…mas vejo q ele é mto amado la onde mora pq escuto senhoras e crianças falando cm ele qndo estamos em ligaçao telefonica.
ele fala q em maio vem me ver. Estou confusa..pois qndo ele fala q nao quer nada serio eu esfrio mto e fico triste…mas ai ele vem todo meloso e amoroso ai fico na duvida…e isso ta me matando por dentro.ele nao sei o q pensar .pois toda vez q ele fala isso…ele tb diz q quer q eu deixe acontecer naturalmente aem pressao..ir conhecendo .sem apressar as coisas .por partes.
gosto mto dele.me acostumei a falar cm ele todos os dias..mas to mais fria e distante pois ja nao sei o q pensar.me ajuda.

Resposta
Joy Matta Abril 22, 2016 at 1:44 pm

Olá PKS, Os relacionamentos virtuais sao uma caixinha de surpresas. A gente nunca sabe até que ponto o que se diz corresponde à realidade. EU nunca tive um relacionamento sem conhecer a pessoa primeiro. Com meu marido nos conhecemos há muito tempo e só ficou a longa distância, portanto nao tenho experiência pessoal para compartilhar. No entanto, diariamente recebemos (eu e as meninas que moram em outros países) perguntas e questionamentos como os seus e posso dizer que você nao é a única que passa por tantas dúvidas sobre a seriedade e o futuro de sua relaçao.
Nao há uma resposta cultural que eu possa te dar, falando que há traços na personalidade cultural do chilenos que o faz ser de um jeito ou de outro neste quesito. O que posso te dizer é que homens e mulheres têm comportamentos que podem alavancar um relacionamento ou afundá-lo e que ambos envolvidos devem estar unidos em suas intençoes e pensamentos sobre o futuro.
Se há dúvidas ou se um quer algo diferente do outro, algum dos dois terminará sofrendo. E isso nao é amor, nem saudável. Suas conclusoes sobre a pessoa estao baseadas em “achismos” e isso também nao é garantia de nada. A única coisa que você parece saber é que ele nao quer nada sério e isso já deveria te dizer algo importante: se o que você quer é um relacionamento sério, essa nao é a pessoa para você.
Aconselho que leia sobre os relacionamentos com homens de diferentes países como os turcos, os textos da Fabi Mesquita sobre os perigos dos relacionamentos virtuais aqui e aqui; também recomendo o texto da Tati Sato sobre as Filipinas.
Boa sorte e um grande abraço

Resposta
Anny Maio 2, 2016 at 3:48 am

Ola… parabens amei seu testo ,assino embaixo.Entao ..conheci um chileno ja fazem uns dois anos atraves do facebook , sempre ola. boa noite e tchau mas esse tempo todo ele acompanha minhas postagens , uma bela noite começamos a jogar converrsa fora, e assim outras e outras noites fui me endenficando com ele . Nese meio tempo ja nao paramos mais de nos comunicarmos, ja fazem seis meses que estamos assim , ele muito carinhoso sempre mim fala de sua rotina todos os dias é muito dedicado ao trabalho enfim começamos a nomorar e ate esse momento estou muito feliz com ele. Ja conheço toda familia é claro via net.. Ja fizemos muitos planos ,o sonho dele é conhecer o Brasil e adoraria que eu fosse ao chile , mas as possibilidades sao poucas pois
nossos trabalhos empedem.Mesmo assim lhe pergunto sera que estou caindo apenas em um conto de fadas ou os chilenos sao essa perfeiçao que acabo de lhe contar.? Por favor fale um pouco sobre o comportamento dos chilenos com as bradileiras. Sua resposta me ajudaria a refletir mais um pouco.beijos Anny Barros

Resposta
Joy Matta Maio 3, 2016 at 5:34 pm

Olá Anny, homens mal intencionados há em todos os países. Nao tenho como dar fé do comportamento dessa pessoa. Seis meses é pouco tempo para saber quao sério pode ser esse relacionamento e inclusive acho pouco para conhecer alguém a fundo à longa distância.
Já ouvi histórias que começam bem e terminam mal, assim como também as que terminam bem. Nao tem receita infalível, mas quanto mais você puder souber sobre ele, melhor. E quanto menos depender dele para uma eventual mudança também.
Cautela é sempre prioridade nesse tipo de relacionamento. Abraços

Resposta
Livia Maio 4, 2016 at 11:51 am

Ola Joy amei seu texto
Conheci meu namorado nesse carrnaval e nos damos super bem e ja resolvemos ficar juntos conversamos por dois meses e fui pra la tem duas semanas
Conheci ele através de uma colega q tem um marido chileno e mora aqui no Brasil e eles são amigos eu sou super feminista e ela me alertou sobre o comportamento machista deles mas percebo q ele já estava em processo de melhora nesse pensamento e q se esforça mais cmg pra tentar aceitar tb
Mas quando estive aí no chile e sainos pra dançar acabei levando uma bronca pq beijei ele em público kkkkkkk ja estava tão acostumada a levar bronca por não beijar q até me assustei diferenças q temos q encontrar um equilíbrio, o importante no relacionamento é o respeito e isso nos temos de sobra
Bem amanhã ele chega aqui para conhecer meus filhos vista q tb conheci a filha dele e nos demos super bem.
Estamos pensando em ano que vem eu ir pro Chile mas o q me preocupa é de conseguir matricular as crianças na escola aí Não sei como vou conseguir esse visto imagino q vou ter muito trabalho pela frente.
De qualquer forma muito obrigada pelo texto me identifiquei bastante. Bj

Resposta
Espanha – Espanhóis e o Amor – Espanglish Traduções & Cursos In Company Maio 16, 2016 at 12:40 pm

[…] as brasileiras viram nos espanhóis?  Ao contrário das nossas colegas que vivem na Dinamarca e no Chile, não posso falar por mim mesma – sou casada com um brasileiro – tive que sair em campo e […]

Resposta
Juliana Maio 20, 2016 at 1:08 am

Oi ….. tudo bem?
Seu texto é ótimo. Já li mais de uma vez..
Vou te contar a minha história: conheci um chileno em setembro de 2014, em um aeroporto no Canada, enquanto esperávamos nossas conexões. No ínício passamos a nos comunicar esporadicamente por telefone. Com o tempo, as mensagens começaram a ficar mais constantes até que passaram a ser diárias. Ele é muito fofo, carinhoso.
Na proxima semana ele virá ao Brasil para me visitar. Ficará cinco dias na minha cidade e está disposto a construir um relacionamento. Temos 34 anos e ele tem um filho. Espero que dê certo… ele até já fala em vir morar aqui no Brasil.

Resposta
Joy Matta Maio 24, 2016 at 2:22 pm

Juliana,
Cinco dias acho pouco para ele conhecer um país e decidir se mudar. Precauçao sempre, mesmo que o pensamento seja positivo.
Boa sorte em seu relacionamento. Abraços.

Resposta
Eliana Maio 24, 2016 at 5:25 am

Que linda história estou apaixonada por um chileno que conheci através de redes sociais. Ele me pediu em casamento e já planeja vim ao Brasil gostaria de saber quanto tempo ele poderla ficar aqui pq estou me divorciando para me casar com ele. Beijos

Resposta
Joy Matta Maio 24, 2016 at 2:30 pm

Olá, Eliana. Como turista sao no máximo noventa dias. Pode pedir uma extensao de visto de turista também, por mais 90 dias, mas isso deve ser verificado na Polícia Federal.
Nao esqueça de manter o regime de matrimônio com divisao total de bens pois os regimes no casamento chileno nao aceitam a divisao parcial e, por ser um país com leis muito machistas, as mulheres acabam ficando sem nada se há o casamento acaba. Se forem legalizar o matrimonio no Chile, exija que o regime de bens como divisao total.
O amor pode ser cego, mas nós devemos sempre nos proteger de eventualidades.
Boa sorte.

Resposta
Luciana Junho 8, 2016 at 1:55 am

Olá Joy,

Minha história é a seguinte.
Fui passar férias no Chile e nesse tempo conheci um Chileno.
Passamos apenas 2 dias juntos, conheci parte da família dele e ele da minha e voltei para o Brasil, sem pensar que a comunicação continuaria mas não foi oq aconteceu.
Conversamos sempre que podemos trocamos fotos do que vamos fazendo no dia a dia e ele quer que eu volte pro Chile daqui a dois meses passar um tempo a mais com ele e depois ele que viria ao Brasil.
Quero muito ir mas ao mesmo tempo penso se não está sendo uma atitude arriscada da minha parte.

Desde já agradeço a atenção!

Beijinhos

Resposta
Joy Matta Junho 8, 2016 at 3:04 am

Olá, Luciana, venha com cautela, sempre. Se é arriscado ou nao, somente você pode saber, mas previna-se como puder, ande com seu dinheiro, sem depender dele, tenha seus documentos em maos e avise tenha meios de contatos com seus parentes no Brasil. Abraços

Resposta
Luciana Junho 8, 2016 at 10:38 am

Pensei em tudo isso, passar endereço, deixar o gps do celular ligado haha afinal apesar de tudo indicar que ele é uma pessoa do bem eu não posso ter certeza.
Não sei se vai dar em alguma coisa ou não mas queria viver esse momento.
Eu ficaria na casa dele e ele mora
com a mãe.isso me deixa um pouco menos preocuoada.nao que faça algum sentido hahaha
Como foi com seu marido?levou mt tempo para ir encontrar com ele?

Abraços

Resposta
Joy Matta Junho 13, 2016 at 2:26 pm

Luciana, eu conheço meu marido desde que era criança e vinha ao Chile visitar a minha família. Boa sorte na sua viagem!!!

Resposta
Luciana Junho 13, 2016 at 5:25 pm

Obrigada pelas dicas, ainda não sei oq fazer. Depois venho contar como ficou essa história! Beijinhos

Joy Matta Julho 3, 2016 at 3:34 pm

Olá, Luciana. Ficarei no aguardo de sua história!! Boa sorte e muito amor pra você!

Luciana Julho 7, 2016 at 12:08 pm

Joy, bom dia,

Comprei minhas passagens e em Agosto resolvi ir.
Estou bem ansiosa e cheia de inseguranças.
Aquele medo de voltar mais apaixonada, e a história não ir a frente, medo da sofrida despedida,medo de não dar certo.
As vezes me questiono se vale a pena se arriscar no meio de tantas incertezas e possibilidades.
Tem algum conselho para me dar?
E em relação a segurança que medidas posso tomar.

Obrigada!

Joy Matta Julho 11, 2016 at 8:51 pm

Que bom, Luciana. Boa sorte com tudo. Nao esqueça de avisar a sua familia onde vai estar e tente deixar alguma palavra de segurança combinada com alguém de confiança. Boa viagem!!

Danilo (fictício) Junho 21, 2016 at 3:54 pm

Olá Joy. Sou gay , conheci um chileno e estou procurando tudo sobre eles, pois é um mundo novo e quero o agradar e saber como eles funcionam dentro da nossa personalidade brasileira. Eles são muito sinceros e não tão melosos como nós e estou me adaptando (não generalizando).
Ele mora aqui a 4 anos e é de uma personalidade tão rica que estoi apaixonado com tudo que temos vivido até aqui.
Ele procurou saber sobre meu signo e me contou depois , fiquei feliz porque assim parece q ele está curtindo nosso relacionamento que ainda é a base de conhecr um ao outro, nada concreto. Mas, até aqui temos repertório pra não deixar os momentos chatos.
Seu post me confirmou muitas coisas q percebi nele e mostrou coisas novas também.
Um beijo imenso e obrigado pelo texto.

Resposta
Joy Matta Junho 21, 2016 at 7:33 pm

Danilo, querido. Que bom que gostou do texto. Espero que seu relacionamento vá de vento em popa e que sejam muito felizes desfrutando a troca de cultura. Abraços!

Resposta
Maria Junho 26, 2016 at 8:26 pm

Realmente seu texto foi cativante, ou o chileno que conheci o tornou cativante?
Ele me enviou um convite no face, estamos falando há uns dias, mas não aceitei seu pedido de amizade…
Por não saber nada da cultura chilena, nem como os homens chilenos se relacionam com as mulheres (medo)…Eles costumam agir como os brasileiros? Não falo nada de espanhol…vc poderia me dar dicas de perguntas para testá-lo?
Abçs

Resposta
Joy Matta Julho 3, 2016 at 5:12 pm

Olá Maria, a sociedade chilena costuma ser bem machista, mas é difícil dar dicas para um relacionamento, seja ele real ou virtual. Sequer tenho certeza de que entendo o que você quer dizer com “agir como os brasileiros”, portanto é complicado pensar em dar dicas. Te aconselho a ler mais alguns textos aqui no blog, de meninas em outros países que também tratam de relacionamentos virtuais com estrangeiros, como o da Fabi Mesquita, por exemplo.
Boa sorte e abraços.

Resposta
Vivianne Julho 1, 2016 at 3:58 pm

Oi Joy, que interessante encontrar esses post pela internet.
Eu conheci um chileno que vive no sul do Chile em Santiago em algumas das minhas inúmeras viagens pra lá, foi engraçado pois no começo não nos sentimos atraídos um pelo outro, mas aí veio as conversas noturnas e algumas declarações por parte dele, e desde então estamos nos falando todos os dias por 8 meses, já me programei para passar minhas férias em dezembro com ele no sul, e desta vez será maravilhoso, ele é super carinhoso e atencioso ao extremo comigo, me diz que sou explosiva e “cambiante” as vezes, coisa de brasileira né?
Como domino bem a língua deles, nos entendemos muito bem.
Na real estou extremamente apaixonado por ele.
É engraçado por que todas as vezes que fui para o Chile sempre fui sem expectativas de encontrar alguém, e desta ultima vez encontrei ele.
Super beijo e viva o Chile, esse país lindo com pessoas maravilhosas.

Resposta
Joy Matta Julho 3, 2016 at 5:19 pm

Que delícia!!! Espero que seu relacionamento dê muitos frutos!! E de qualquer forma, uma estadia no sul no Chile por si só, já é extremamente apaixonante. Boa sorte e seja muito feliz!

Resposta
Andrea Julho 14, 2016 at 3:04 am

Oi Joy, gostei mto dos seus posts. Eu qria um concelho seu Eu tenho 21 e já tenho 1 filho. e o chileno que conheci tem 45, já saimos umas 3 vezes apenas como amigos e ele è mto atencioso e preocupado cmg parece estar interessado, mas ñ sei a cultura deles se realmente ele está querendo algo a mais ou è coisa da minha cabeça pq pode ser que pela cultura ele realmente queira só amizade seja diferente dos homens brasileiros né. E estou aflita pq só tive 1 namorado na vida nunca me envolvi com homens mais velhos será que è errado? estou com medo de as pessoas me julgarem e medo de estar tbm criando expectativa com ele. Pq ñ sei como eles tratam uma mulher quando estão a fim. È engraçado quando nos encontramos peço pra ele falar devagar kkk ele fala bem rápido e ñ entendo nada de espanhol mas eu tento. Desculpa o baita texto mas è que vc è casada com um chileno e conheçe melhor os costumes deles. Obrigada bjao

Resposta
LU Agosto 24, 2016 at 7:55 pm

Nossa,que blog apaixonante!!!

Viva o amor,viva os desafios,viva a VIDA!!!

Driblando os desafios á caminho do AMOR!!!

Que este seja de tropeços,e leveza,de flores,de beleza,enfim,seja de tudo que o senhor nos achar capaz!!!

Resposta
Ana Agosto 28, 2016 at 7:15 pm

Comecei a conversar com um chileno fim de julho agora que eu estava em Santiago através de um App de relacionamento depois passei uns dias no Atacama e voltei para Santiago por motivos pesdoais ele não conseguiu se encontrar comigo no dia que tínhamos marcado..voltei ao Brasil e voltamos a convrrsar ele Est á vendo passagens para vir para cá mês q vem…nos falamos todos os dias e estamos muito encantados um pelo outro..mas somos Pe no chao8…vamos ver como será depois do nosso primeiro encontro pessoalmente..me diga uma coisa brasileira com estudo consegue um emprego nas empresas do Chile?

Resposta
Su Outubro 18, 2016 at 6:52 pm

Nossa, amei esse post. Estou conhecendo um chileno e to me apaixonando pq ele é muito gentil e carinhoso. Assim não tem como não amar uma criatura assim rsrsrrsrsr, esse texto me deixou feliz, obrigada.

Resposta
Gabryela Fevereiro 7, 2017 at 10:03 am

Os chilenos são realmente apaixonantes. Fui a Santiago há dois meses e voltei super apaixonada por um chileno e já querendo me mudar para o Chile.

A educação e cavalheirismo deles é algo indescritível. Não vejo a hora de conseguir morar em Santiago e viver esse amor ❤️

Resposta
wlad. Fevereiro 23, 2017 at 5:58 pm

hola,soy chileno y me voy a casar con una hermosa brasileña

Resposta
Joelice Junho 26, 2017 at 4:34 am

Sou brasileira e me relaciono com um chileno. Conheci pela net e me identifiquei muito com sua personalidade. Bom para o Chile Chile fim de conhece-lo e me dei conta de que foi a melhor coisa que me aconteceu. Uma benção de Deus para mim. Agora que conquistei toda a família e meus documentos chilenos estou voltando ao Brasil e vou leva-lo comigo.
Concordo com quem disse que são machistas e que tbm são muito atenciosos e sossegados e valorizam a vida familiar. Isso é muito positivo.
As qualidades que meu chileno tem, superam o machismo que não chega a me prejudicar ou sufocar, posso dizer que é controlado. Embora ele não admita ser machista. A gente com jeitinho brasileiro aos poucos rompe o machismo desses chilenos. Quando perceberem ja foram desinfectados dessa doença.
Gostei do seu post. Parabéns!
Estou feliz com meu “regalo” chileno.

Resposta
Joelice Junho 26, 2017 at 4:36 am

Corrigindo* o machismo não é positivo. As demais atitudes sim. Considero.

Resposta
Selma Setembro 19, 2017 at 4:34 pm

Olá, achei os comentário muito legal, e lendo alguns comentários, li um que esta acontecendo comigo, Conheci um hombre Chileno maravilhoso, a gente já estávamos conversando por telefone internet a 6 meses, e agora não sei o que aconteceu, ele sumiu, tinha até pedido de casamento. Ele sumiu. Estou com muita saudades dele.

Resposta
Chelle Outubro 19, 2017 at 5:33 am

Olá Joy, parabéns pelo blog!
Estou me relacionando com um chileno a 5 meses, sempre que ele vem a trabalho ao Brasil. Nossos encontros sempre foram em hotéis e mesmo sendo encontros esporádicos ele disse que gostaria de ter algo mais sério futuramente. Agora para a minha surpresa ele disse que queria conhecer minha casa. Aí perguntei se ele queria conhecer minha família e a resposta dele foi que queria também. Como não conheço o costume dele não sei o que pensar.

Resposta
Cristiane Leme Outubro 19, 2017 at 7:35 pm

Oi, a Joy parou de colaborar conosco.
Desejamos boa sorte no seu relacionamento. Para tirar dúvidas, talvez uma saída sejam os grupos de brasileiros no Chile, desses nas redes sociais.
Equipe BPM

Resposta
Ana Novembro 15, 2018 at 2:39 pm

Conheci um chileno numa festa regional de minha cidade. Ja faz 1 ano e 2 meses. Desde aquele dia muitas conversas, muitos telefonemas, ele diz que me ama, que me quer… que devemos casar…. Ele é um fofo, apaixonante. Não tenho emprego fixo no Brasil, nem casa própria (moro com a familia), não tenho medo de deixar as coisas pra trás, somente uma coisa me deixa com coração na mão: deixar meu pai e mãe. Me dá vontade de chorar, só de pensar. Mas ao mesmo tempo amo ele demais e tenho muita vontade de formar uma familia e ir embora para Chile. Vamos nos ver daqui 1 mês, e nas ferias Julho irei pro Chile. Está ficando serio e ele quer casar. Mas devo botar na cabeça que um dia tenho que abandonar meus pais ne? Esse meu unico problema…

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação