BrasileirasPeloMundo.com
Carteiras de Motorista Pelo Mundo Chile

Como tirar a carteira de motorista no Chile

Santiago tem um sistema de transporte público que, apesar de seus defeitos e horários de pico, conecta a cidade de forma bastante eficiente, o que faz com que muitos brasileiros adiem a compra de um carro particular. Ainda assim há aqueles que, por comodidade ou necessidade, adquirem seus veículos e tiram a carteira de motorista no Chile, assim que conseguem a documentação para morar aqui.

De acordo com a lei chilena, enquanto turistas, os brasileiros podem dirigir com suas CNH normalmente pelo período do visto de turista, ou seja, no máximo 90 dias, renováveis por mais 90. A partir do momento em que o estrangeiro se torna residente, seja com visto provisório ou definitivo (para saber mais sobre os vistos para morar no Chile, leia aqui), deve tirar a licencia de conduzir da maneira correspondente, de acordo com as normas da Dirección de Tránsito do bairro/comuna onde mora.

Ainda assim, infelizmente muitos de meus conterrâneos insistem em andar somente com a carta de motorista brasileira, aproveitando-se do fato de que os sistemas de Carabineros e Extranjeria não estão conectados. Eles normalmente alegam ser turistas ou dizem que não sabiam que era necessário ter a licencia de conducir chilena quando já possuem o visto provisório ou permanente. No entanto, fica a advertência para que todos regularizem sua documentação, pois, caso contrário, pode haver sérias consequências caso aconteça algum acidente.

Para aqueles que precisam fazer os trâmites para poder dirigir tranquilamente pelas ruas de Santiago, a documentação básica para poder dirigir legalmente por aqui é a seguinte:

  • cédula de identidade vigente;
  • certidão de residência (pode ser uma conta de serviços básicos) na comuna onde se vai tirar a carta de motorista, a nome do interessado; e
  • comprovante de estudos no mínimo do ensino básico (até oitava série).

A forma de legalizar o comprovante de estudos concluídos no Brasil é o que pode variar de comuna para comuna. Por exemplo: alguns solicitam que seja legalizado através de Cartório; outros exigem tradução, validação através do Consulado chileno no Brasil e legalização perante o Ministério de Relações Exteriores no Chile; e ainda há algumas comunas que aceitam a legalização feita através de carimbos feitos pelo Consulado do Brasil no Chile e pela Extranjeria.

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Para saber qual deles é solicitado na comuna onde você está residindo, procure o Departamento de Tránsito e verifique os pormenores do procedimento. Cada comuna tem a liberdade de tabelar o valor da expedição da licencia de conducir de acordo com suas próprias regras internas, portanto é bom perguntar o valor do processo também.

Mesmo que a pessoa já possua a carta de motorista brasileira há muitos anos, ainda assim deve fazer todos os testes (psicotécnico, oftalmológico, médico, teórico e prático), como se fosse a primeira carta. A única diferença é que não exigem o curso regular de auto escola.

Para o exame teórico, há a possibilidade de estudar o livro de Direção Segura através do site da Comissão Nacional de Segurança de Trânsito (CONASET). A exigência de aprovação do exame é bastante alta. É necessário aprovar com 87% de acertos dentre as 35 perguntas, sendo que 3 delas valem o dobro de pontos, resultando num total de 38 pontos. Isso significa que é necessário uma pontuação mínima de 33 pontos para passar no teste, que deve ser feito em 45 minutos.

Para estudar para a prova, recomenda-se fazer alguns simulados no site Educación Vial, cujas questões são bem similares as do teste original. Em caso de reprovação, a segunda tentativa não tem custo e pode ser feita no prazo em que a Direção de Trânsito informar, geralmente 20 dias depois da reprovação.

Foto: www.conaset.cl
Foto: www.conaset.cl

Todos os testes são feitos no mesmo dia e logo depois da aprovação nos demais exames, faz-se o exame prático. Na maioria das comunas, os trajetos que podem ser feitos estão delimitados no próprio site da Direção de Trânsito correspondente. O candidato deve escolher um e seguir as regras de trânsito o tempo todo, acompanhado de um instrutor da municipalidade. Ao regressar, faz-se o teste de estacionamento do carro (poucas comunas solicitam fazer baliza) e, caso o candidato seja aprovado em todas as instâncias, tiram a foto e entregam o documento imediatamente.

A maioria das comunas exige que o candidato leve seu próprio veículo para o dia da prova e há possibilidade inclusive de fazer o teste utilizando um carro de câmbios automáticos, sem que isso restrinja a permissão para dirigir veículos com marchas manuais.

Não se esqueça que há uma série de normas que variam de comuna para comuna, portanto verifique os pormenores com atenção antes de iniciar o processo, mas não deixe que esses detalhes sejam um impedimento para seguir as leis locais. Lembre-se que o mundo nunca vê com bons olhos essas tentativas de “jeitinho” cheios de malandragem e que as consequências podem ser mais graves do que um simples puxão de orelhas.

Related posts

Chile – Ame-o ou deixe-o… Será?

Joy Matta

As eleições no Chile e um balanço do governo de Bachelet

Renata D'onofrio

Como trocar a carteira de motorista brasileira pela croata

Nathália Nascimento

12 comentários

Gustavo Canepa Fevereiro 15, 2016 at 9:27 pm

me ajudou muito! Eu tenho 17 anos e estou morando no Chile atualmente. Estava buscando sobre como fazer carteira de motorista e esse Post meu ajudou muito! Parabéns!!

Resposta
Joy Matta Fevereiro 23, 2016 at 2:24 pm

Que bom que te ajudou! Boa sorte com o processo daqui em diante. Abraços.

Resposta
Gil lima Março 20, 2016 at 1:27 am

Muito bom o post porém eu gostaria de saber se aqui no Chile ha tbm a pissibilidade de treinamento para habilitados como no Brasil….pessoas que tem carta mas nao ae sentem aptas

Resposta
Joy Matta Março 20, 2016 at 3:07 pm

Olá, Gil, sei desta empresa que faz esse tipo de cursos. Mas quando eu fiz o curso numa auto escola tradicional, o instrutor me disse que, caso eu precisasse de mais apoio, era só contatá-lo. Acredito que falando diretamente com um instrutor, talvez você consiga umas aulas particulares.

Resposta
Fatima Maio 30, 2016 at 4:12 pm

Boa tarde, um chileno em visita ao Brasil por 60 dias pode dirigir com sua carteira ou precisa de autorização?

Resposta
Joy Matta Maio 31, 2016 at 3:40 am

Olá Fátima, em teoria sim, já que os acordos costumam ser bilaterais. Mas melhor confirmar no site do detran ou tirar a permissão internacional. Abraços.

Resposta
Andressa Junho 3, 2016 at 11:59 pm

Qual o valor médio para se tirar a habilitação no chile?

Resposta
Joy Matta Junho 8, 2016 at 3:07 am

Andressa, o valor nao é tabelado e depende de cada comuna. Eu paguei cerca de 30 mil pesos ano passado. Abraços.

Resposta
EDUARDO HENRIQUE Dezembro 10, 2017 at 11:15 pm

Tenho licença do Brasil estou morando. NO Chile como faço pra tirar minha carteira chilena e quanto pago por favor

Resposta
Liliane Oliveira Dezembro 11, 2017 at 2:26 pm

Olá Eduardo,
A Joy Matta parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas no Chile.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
eduardo Dezembro 15, 2017 at 5:37 pm

com quantos anos pode se tirar uma carteira no chile ?

Resposta
Liliane Oliveira Dezembro 15, 2017 at 6:02 pm

Olá Eduardo,
A Joy Matta parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas no Chile.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação