BrasileirasPeloMundo.com
Chile Criando Filhos Pelo Mundo

Creche e jardim da infância no Chile

Creche e jardim da infância no Chile.

Assim como na maior parte do mundo, aqui no Chile também cada vez mais mulheres procuram viver a experiência de vencer no mundo profissional ao mesmo tempo em que satisfazem o desejo de serem mães. Como já falei em um texto anterior, a licença maternidade dura até os seis meses do bebê, quando as mães devem buscar uma alternativa para o cuidado dos filhos durante o horário de trabalho. Algumas optam por contratar uma babá que possa cuidar deles em suas próprias casas, outras saem em busca das creches, onde bebês e crianças de diferentes idades iniciam sua vida escolar.

O cuidado durante primeira infância nas creches chilenas é feito pelas parvularias e, de acordo com as diretrizes do Governo, divide-se em 6 categorias, dependendo da idade da criança:

  • Sala Cuna Menor: Crianças entre 84 dias e um ano.
  • Sala Cuna Mayor: Crianças entre 1 e 2 anos.
  • Nivel Medio Menor: Crianças entre 2 e 3 anos.
  • Nivel Medio Mayor: Crianças entre 3 e 4 anos.
  • Primer Nivel Transición (Pré Kinder): Crianças de 4 a 5 anos.
  • Segundo Nivel de Transición (Kinder): Crianças de 5 a 6 anos.

A pior questão de levá-los às creches é que, inevitavelmente, eles adoecem mais, especialmente durante o período do inverno. Mas para muitas famílias esta é a opção mais acessível financeiramente, já que várias empresas costumam pagar pelas despesas referentes à sala cuna ou possuem convênios com algumas específicas. De qualquer forma, há excelentes estabelecimentos espalhados por toda a cidade de Santiago.

Os valores dependem da comuna em que se encontram e se o bebê ficará por meio período ou integral, além da variável de ter a alimentação incluída ou não. Existem creches e jardins infantis públicos (da rede JUNJI ou Fundación Integra), que são somente para famílias em situação de vulnerabilidade social, que pode ser comprovada pela Ficha de Protección Social, onde sempre dão prioridade para mães solteiras que trabalham ou precisam voltar (ou começar) a trabalhar.

As recomendações sempre são as mesmas tanto para creches/jardins públicos quanto para os particulares: quanto antes os pais procurarem um lugar que lhes agrade, melhor. Dessa forma evita-se que o stress do retorno ao trabalho se some à dificuldade de encontrar um estabelecimento que tenha as características que os pais buscam para o cuidado de seus filhos. Assim também é possível fazer uma adaptação gradual e com menos sofrimento para pais e bebês.

Filhote pronto para a adaptação no jardim. Foto Joy Matta
Filhote pronto para a adaptação no jardim. Foto Joy Matta

Para procurar creches próximas à comuna em que se reside ou trabalha, há alguns sites com listas separadas por comunas que pode facilitar o processo de busca. Estão divididas também entre as escolinhas JUNJI, Integra e particulares.

Crianças com problemas no desenvolvimento da fala, a partir dos três anos, têm a possibilidade de ingresso em Escuelas de Lenguaje, onde são realizadas atividades de um jardim infantil regular, mas com a supervisão de fonoaudiólogas dentro do próprio estabelecimento, que acompanham e avaliam o caso de cada criança individualmente por algumas horas por semana.

Neste link, você poderá encontrar as escuelas de lenguaje em seu bairro. Elas são gratuitas e para a matrícula solicitam avaliação de fonoaudiólogo para comprovar a necessidade do acompanhamento profissional, já que as vagas são limitadas.

Os documentos necessários para matricular as crianças em sala cuna e jardim infantil  do governo são: certidão de nascimento, certificado de controle médico regular emitido pelo consultório e o certificado da pontuação da ficha de protección social (CAS). Para os estabelecimentos particulares, eles costumam pedir somente a certidão de nascimento e fazem uma pequena entrevista com os pais para conhecer o desenvolvimento da criança desde o nascimento.

Para as escuelas de lenguaje, além da certidão de nascimento também é requerimento básico a avaliação profissional de um fonoaudiólogo: alguns pedem de forma particular e em alguns estabelecimentos isso é feito diretamente com a profissional da escola.

Algumas escolas exigem uniforme completo e outras somente o uso de roupas que permitam a autonomia de criança de acordo com sua idade. Alguns estabelecimentos têm como pré-requisito para crianças que passam para o jardim infantil que, a partir dos dois anos de idade, estes já não bebam leite em mamadeiras e não usem fraldas; o que para muitas mães acaba sendo uma pressão extra. No meu caso em particular, aos dois anos meu filho não estava pronto para deixar as fraldas e tive que procurar um local que respeitasse o tempo dele nesse quesito.

Hoje em dia, dependendo do objetivo dos pais em relação à educação de seus filhos, a escolha do jardim da infância é pedra fundamental para o futuro. Especialmente quando se trata de grandes colégios de renome, é importante que o ensino infantil “prepare” a criança para as provas de admissão aplicadas e que, de preferência, os acompanhe no momento da entrevista para o colégio.

Related posts

Chile – Impressões de uma “Brachilena”

Joy Matta

A beleza da mulher chilena

Isabela Vargas

Desafios de uma mãe em outro país

Monique Abbehusen

2 comentários

Adriana Abril 18, 2018 at 10:53 pm

Boa noite, meu nome é Adriana estou indo por um curto periodo de tempo para o Chile com minha filha de 3 anos. Aqui no Brasil temos a opção da criança ficar na escola/hoteizinhos/ casas de brincar apenas algumas tardes. Há algo assim em Santiago? Pode indicar ou dizer como se chamam? Estou tendo dificuldade sem encontrar escolas pela internet e saber de lugares assim me deixará mais tranquila, pois geralmente se paga pelo uso e são mais flexiveis.Obrigada

Resposta
Liliane Oliveira Abril 19, 2018 at 5:49 pm

Olá Adriana,
A Joy Matta parou de colaborar, por isso, sugerimos que acesse o site https://www.brasileirinhospelomundo.com/ e verifique se há publicações relacionadas ao assunto que você busca sobre o Chile.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação